Pesquisar no blog

quinta-feira, 20 de julho de 2017

"Depois da colaboração da Odebrecht argumento de investigação seletiva não faz sentido", diz Deltan Dallagnol

O chefe da força-tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol rebateu nesta quinta-feira (20), em Fortaleza, as críticas de que a investigação é seletiva. Dallagnol explicou que depois de conseguir a colaboração de empresas que atuavam na Petrobras, como a construtura Odebrecht, foi possível apurar esquemas de corrupção não só no Governo Federal, mas também em diversos Governos Estaduais, com o envolvimento de mais 400 políticos de mais de 25 partidos. Para o procurador, depois do acordo de leniência da Odebrecht as acusações de seletividade "não fazem o menor sentido".

As declarações foram dadas durante o evento Ideias em Debate, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

O paranaense afirmou que a Lava Jato se concentrou inicialmente no PT, PP e PMDB porque os três eram partidos da base aliada do Governo Federal e tinham influência sobre a indicação das diretorias da Petrobras, a corrupção na estatal foi o primeiro foco de investigação da operação. "Não tinha como pegar corrupção da oposição dentro da Petrobras, a não ser eventualmente em Comissões Parlamentares de Inquérito destinadas  para investigar a Petrobras, nós pegamos corrupção da oposição naquela época, mas era minoritária".

Dallagnol também afirmou que o argumento da seltividade sempre foi uma "teoria da conspiração" e destacou o perfil apartidário dos membros da força tarefa da Lava Jato. "Os procuradores e policiais da força tarefa e o juiz Sérgio Moro foram selecionados para trabalhar nesse caso muito antes de aparecer o primeiro político na Lava Jato e são todos agentes sem vinculação político partidária".


Fala Dallagnol: "A Lava Jato não vai morrer"

O chefe da Força Tarefa da Operação Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol, foi taxativo hoje, em Fortaleza: "a Lava Jato não vai morrer, mesmo com os ataques sofridos. Ela vai continuar e não vai cessar só porque está atingindo poderosos". Para o procurador o que aconteceu foi uma redução no número de etapas da Operação "por causa do sufocamento de trabalho da Polícia Federal". Segundo ela força tarefa é "um time bastante preparado tecnicamente que está cheio de energia para combater graves crimes que fazem todos nós sofrermos".

Foto: Luiz Henrique Campos

O sobre o recurso do Ministério Público Federal quanto a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva feita pelo juiz Sérgio Moro, de nove anos e meio de prisão, Dallagnol disse que "os pontos do recurso estão em análise, em estudo, mas dentre eles estará a ampliação da pena. O que nós temos visto é que o tribunal no Rio Grande do Sul tem ampliado as penas aplicadas pelos juiz Sérgio Moro, que têm sido brandas para a gravidade dos fatos em estão sob consideração".

Dallagnol credita o sucesso da Lava Jato as investigações bem feitas. "Quando as provas são fortes, os fatos são graves e as investigações são cuidadosas não resta outra defesa que não seja a política, de que está sendo perseguido. Se buscar desqualificar e atacar a credibilidade dos investigadores".

Sobre a polêmica entre o atual procurador geral da República, Rodrigo Janot e a futura procuradora Raquel Dodge quanto ao orçamento para a Lava Jato, Dallagnol elogiou Janot "que até ampliou nosso trabalho e este foi compromisso dele e da nova procuradora, que toma posse em setembro, que inclusive foi promessa dela de campanha de preservar na integra o trabalho da Lava Jato e vejo com muito bons olhos isso com o atendimento adequado à força tarefa em Curitiba. Então nada em relação a nenhuma demanda nossa foi dito não por Janot. Se isso aconteceu no papel isso seria revisto diante demanda nossa e acredito na luta dos procuradores na luta contra a corrupção".

Delação de Cunha "é mera especulação", diz Dallagnol

Foto: Luiz Henrique Campos
O procurador Deltan Dallagnol, chefe da força tarefa da Operação Lava Jato, disse que "é mera especulação" a delação premiada prometida pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba pela Lava Jato. "Não nos manifestamos em processos em andamento e essa delação falada é mera especulação", afirmou. Sobre a condenação de nove anos e meio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dallagnol foi evasivo. "Nós vamos recorrer em relação ao tempo de prisão, mas quanto a prisão agora o juiz Sérgio Moro foi cauteloso para não gerar um tumulto na sociedade".

O procurador durante em entrevista coletiva, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), onde veio falar sobre a Operação  Lava Jato, destacou que as etapas da Operação foram reduzidas "pelo sufocamento do trabalho da Polícia Federal. Por isso o número de etapas da Lava Jato reduziu, mas não acabou. São dez anos sem cessar de crimes as centenas que estamos investigando e a Operação vai avançar com certeza".


Para ele a Lava Jato não deve se resumir a Petrobras. "O sistema político para arrecadar propinas para o financiamento eleitoral e para ser usado para enriquecimento ilícito próprio não tem porque está restrito a Petrobras e conforme as investigações avançam é descoberto este mesmo esquema de corrupção em diversos outros órgão públicos federais, estaduais e municipais. Com isso a Lava Jato continua avançando com vento em popa".

Num balanço da Lava Jato, Dallagnol disse ela já envolveu 280 pessoas acusadas, 150 condenações que somando já dão 1,5 mil anos de prisão.

Concurso vai premiar melhor vídeo sobre sinal digital

A campanha deve mobilizar milhares de estudantes e os vencedores ganharão TVs de tela plana

A Seja Digital, entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico de TV no Brasil, em parceria com a ABERT (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão) e com a ABRATEL (Associação Brasileira de Rádio e Televisão), lançou um concurso para engajar os alunos do ensino fundamental das 24 cidades das regiões de Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, no desligamento do sinal analógico de televisão.
O objetivo da campanha é estimular crianças e adolescentes a apoiarem suas comunidades, informando e orientando, de forma clara e didática, sobre a mudança do sinal de TV. Os estudantes que participarem do concurso concorrerão a prêmios como TVs de 40 e 32 polegadas, kits com antenas e conversor e um tablet com sinal de dados liberado por um ano.
Para participar do concurso, os estudantes devem gravar vídeos inspirados no tema ‘Seja Digital e não deixe ninguém ficar para trás’! Os alunos do 1º ao 4º ano, que fazem parte da categoria ‘Seja um youtuber’, devem criar seus vídeos tutoriais, ensinando como se tornar digital. Os alunos do 5º ao 7º ano (categoria ‘Você é um repórter’) devem gravar vídeos que contem histórias de pessoas que estão realizando o processo da conversão para o sinal digital. Já os estudantes do 8º e 9º ano devem criar uma reportagem ou minidocumentário em vídeo, participando da categoria ‘Você é o jornalista’.

Na AL-CE

Na abertura dos trabalhos da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) hoje, o presidente Zezinho Albuquerque (PDT) parabenizou o prefeito Zé Ailton, pelo sucesso da Expocrato - Exposição Agropecuária do Crato. Segundo o parlamentar, evento "obteve mais uma vez sucesso de público e de negócios realizados". Zezinho Albuquerque também saudou o prefeito de Santana do Acaraú, Marcelo Arcanjo, que está aniversariando hoje.
Com a leitura do expediente, iniciaram tramitação na AL três projetos de lei, de iniciativa dos parlamentares.
De autoria do deputado Evandro Leitão (PDT), o projeto de lei 182/17, denomina Guilherme Correia Lima, escola de ensino médio, localizada em Quixeramobim.
O 183/17, do deputado Carlos Matos (PSDB), estabelece a vedação de indicação de membros do legislativo à cargos nos tribunais de contas.
184/17, do deputado Audic Mota (PMDB), institui o cartão de acessibilidade para pessoas com deficiência, em parques de diversão, cinemas, shoppings, bancos, supermercados e em estabelecimentos congêneres no Ceará.
Depois da leitura no Plenário, as matérias seguem para análise da Procuradoria da AL. Em seguida, para as comissões técnicas da Casa. Se aprovadas, serão encaminhadas para votação em Plenário.
www.al.ce.gov.br

Ciro sugere que Dória pendure "uma melancia no pescoço"

Em resposta à queixa-crime que o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), apresentou contra ele, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) disse que o tucano vai entrar numa fila na qual estão outros políticos, como o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha e o presidente do Brasil, Michel Temer, ambos do PMDB. E insinuou que o prefeito estaria se exibindo. “Quer aparecer? Melhor colocar uma melancia no pescoço”, comentou.
Ele (Dória) vai entrar numa fila que já tem o Eduardo Cunha, que já está na cadeia, e eu denunciei quando ninguém queria saber quem era; o Michel Temer, que também me processou e todo mundo está vendo quem é agora; e esse João Dória, que é isso mesmo: um farsante, e todo mundo vai ver rapidamente”, afirmou Ciro, em entrevista concedida, ontem (19) a repórteres de jornais cearenses, que cobrem o aeroporto de Fortaleza.
Ainda ontem (19), em seu perfil pessoal no Facebook, Ciro compartilhou uma reportagem sobre mendigos em São Paulo que estariam sendo despertados com jatos de água fria. “Chega a ser criminoso esse gestor”, escreveu Ciro junto ao post. Ele também compartilhou o vídeo com a reportagem concedida no aeroporto de Fortaleza.
Representado pelo escritório Fernando José da Costa, Dória acusa Ciro pelos crimes de calúnia, difamação e injúria. Na ação, o prefeito de São Paulo lista palestras e entrevistas em que Ciro o chamou de “farsante” e “lobista”. Ele também compilou trechos em que o ex-ministro também disse, em mais de uma ocasião, que o prefeito de São Paulo fez fortuna “às custas de dinheiro público”.

Homens armados invadem a sede da CUT-CE

Homens armados invadiram, hoje (20/07) de manhã, em Fortaleza, a sede da Central Única dos Trabalhadores, no Ceará (CUT-CE). Os bandidos roubaram celulares, notebooks e dinheiro dos dirigentes, funcionários da Central e demais presentes. No local, foram feitos ainda reféns os membros da operativa da Frente Brasil Popular, que estavam em reunião para organizar o ato em apoio ao ex-presidente Lula, condenado na Operação Lava Jato, previsto para a tarde desta quinta-feira, na Praça da Bandeira. A direção da entidade está tratando o caso como um "atentado" e convocou a imprensa para falar sobre o assunto.
SERVIÇO
Coletiva de imprensa sobre atentado na CUT – CE
Local: Rua Solon Pinheiro, 915 – Centro – Fortaleza
Hora: 12 horas.

Saiba como elaborar estratégias de comunicação para projetos culturais

O Theatro José de Alencar (TJA) e o Outro Grupo de Teatro estão com inscrições abertas para uma oficina gratuita sobre assessoria de imprensa e estratégias de comunicação para projetos culturais. A formação vai ser mediada pelo ator e jornalista Ari Areia entre os dias 25 e 28 de julho (terça a sexta-feira da semana que vem), das 19h às 21h, no anexo do TJA. Quem tiver interesse pode se inscrever presencialmente na administração do Theatro (Praça José de Alencar, S/N. Centro) ou através de formulário disponível em na página do Outro Grupo de Teatro no facebook.
Esta ação formativa abre as atividades de comemoração pelos seis anos de trabalho continuado do Outro Grupo, Ari vai compartilhar experiências interessantes desenvolvidas durante esse período tanto no relacionamento com os veículos de imprensa quanto na mobilização de público.

Aprenda a ser beer sommelier

Foto: Divulgação
O Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE), lança a terceira turma do curso de qualificação de Beer Sommelier. As aulas são aos sábados e domingos, começando no dia 05 de agosto, até dezembro de 2017. O curso aborda o perfil profissional do Beer Sommelier, segue com informações sobre a produção de cerveja, bem como sua história, cultura e curiosidades.
Há módulos de produção de cerveja caseira; compras, tributação e distribuição; legislação do setor; análise sensorial; principais concursos cervejeiros; as diversas escolas pelo mundo – belga, alemã, americana, inglesa etc; leitura e interpretação de rótulos; serviços de chope; serviço de atendimento; estocagem; vendas; cartas de cerveja; organização de eventos; cerveja e gastronomia; mercado no Brasil e no mundo.
O curso ainda promove visitas à cervejarias artesanal e industrial, produção de cerveja artesanal pelos alunos e degustação de mais de 120 rótulos. Além disso, os alunos têm a oportunidade de colocar em prática o aprendizado adquirido em sala de aula com a apresentação de projetos integradores sobre os temas abordados durante todo o curso.

Coordenador da força-tarefa da Lava Jato faz palestra hoje em Fortaleza

Acontece hoje (20/7) às 18h30, o Fórum Industrial Ideias em Debate com o procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol. O evento é gratuito e será realizado na Casa da Indústria (Av. Barão de Studart, 1980 - Aldeota). As inscrições devem ser feitas no site da Fiec.
Deltran Dellagnol ganhou notoriedade por integrar e coordenar a força-tarefa da Operação Lava-jato que investiga crimes de corrupção na Petrobras. Graduado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e mestre em Direito pela Harvard, Dallagnol é especialista em crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro.

Temer pede acesso aos áudios recuperados de gravadores usados por Joesley Batista

A defesa do presidente da República, Michel Temer, apresentou petição no Inquérito (INQ) 4483, nesta quarta-feira (19), pedindo para ter acesso aos sete arquivos de áudio recuperados de gravadores usados pelo empresário Joesley Batista para gravar conversa com o presidente. O advogado diz que o acesso é importante para a defesa a ser feita na Câmara dos Deputados, que analisa a admissibilidade da denúncia apresentada pelo procurador-geral da República.
A partir das gravações e da colaboração premiada do sócio do grupo empresarial J&F, Temer e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures foram denunciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pela suposta prática de corrupção passiva, previsto no artigo 317 do Código Penal. A denúncia foi enviado à Câmara, uma vez que a Constituição Federal, em seus artigos 51 (inciso I) e 86, prevê a necessidade de autorização daquela Casa Parlamentar para que o presidente da República seja processado perante o STF.
A defesa diz na petição, dirigida à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, por conta do período de férias forenses, que já havia feito pedido semelhante ao relator do caso, ministro Edson Fachin, juntamente com o pleito de acesso aos gravadores usados. De acordo com defensor, contudo, o ministro Fachin decidiu ouvir a Procuradoria-Geral da República (PGR) antes de analisar o pleito. Assim, por entender que a manifestação da PGR se refere apenas à perícia dos gravadores, e considerando a possível importância dos áudios recuperados para a defesa junto à Câmara, o advogado de Michel Temer pediu para ter acesso aos arquivos de áudio antes do dia 2 de agosto, data prevista para a análise da denúncia na Câmara.
Fonte: Assessoria STF

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Vencedores do Prêmio BNB de Jornalismo

Foto: Maria Eugênia Brasil
Os vencedores do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional 2017 foram anunciados nesta quarta-feira (19/07), em cerimônia realizada na sede da instituição, em Fortaleza. Ao todo, foram reconhecidos dez trabalhos jornalísticos, em nove premiações (em uma delas, houve empate entre dois trabalhos).
Na categoria Grande Prêmio Nacional de Inovação no Nordeste, a vencedora foi a reportagem “Os frutos da terra seca” (www.osfrutosdaterraseca.com), publicada no portal da Tribuna do Norte. A matéria da jornalista potiguar Renata Moura mostra o êxito da fruticultura em municípios do Rio Grande do Norte, apesar da estiagem.
Nesta edição, o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo recebeu 192 inscrições, que concorreram a R$ 183 mil, em nove premiações: Grande Prêmio Nacional de Inovação no Nordeste; cinco prêmios nacionais por mídia (texto em mídia impressa, iconografia, TV, rádio e internet); dois prêmios regionais e um extrarregional. As categorias prestam reconhecimento a trabalhos jornalísticos nacionais que retratem iniciativas exemplares de vertentes diversas do tema desenvolvimento regional.

Fuxico do Vinil no Dragão do Mar

Foto: Carmen Pompeu
Durante o mês de julho, nas Férias com Artes, do Instituto Dragão do Mar, a tradicional feirinha dominical Fuxico no Dragão ganha versões temáticas. No próximo domingo (23), por exemplo, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura realiza o Fuxico do Vinil, que reunirá uma série de colecionadores de vinil e artigos relacionados para venda e troca, sob o som dos DJs Alan Morais e Betty Silvério. Além dos colecionadores, a feira está convocando artistas que tenham trabalho em vinil para venderem e autografarem, na ocasião.
O disco de vinil tem reconquistado o público e o mercado. Consumidores - especialmente os amantes da música - têm valorizado cada vez mais os álbuns produzidos em vinil. Artistas concentram esforços para prensar seus trabalhos na bolacha, a exemplo de Oscar Arruda, Vitor Colares e Cidadão Instigado, todos cearenses. Livrarias e lojas especializadas têm investido nessa oferta aos clientes. Grandes gravadoras, como a Sony, anunciam a retomada da produção de vinis. Feirinhas com boa demanda de público, em Fortaleza, são mais um termômetro desta tendência. 

Cine Ceará premiará com R$ 3 mil melhor curta feito com celular

Estão abertas até o dia 2 de agosto as inscrições para a mostra “Curta Cocó”, um concurso promovido pelo 27º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Ceará, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e a Oi, em que os participantes terão que produzir um filme com imagens captadas por meio de um aparelho celular.
Os cinco curtas selecionados serão exibidos durante o festival, na programação noturna entre os dias 06 e 10 de agosto, às 19h30, no Cineteatro São Luiz. O melhor curta-metragem será exibido na Cerimônia de Encerramento do 27º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema e receberá um prêmio no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais).
O curta-metragem terá como cenário o quarto maior parque urbano da América Latina e do Brasil, o Parque do Cocó. Os inscritos deverão produzir um filme com o tema “Parque do Cocó: o parque da cidade”, com no mínimo 80% das cenas captadas por um aparelho celular, com classificação livre e não poderá ser exibido na internet antes da inscrição no festival, entre outras condições que estão no regulamento.
Os filmes inscritos serão avaliados por uma comissão julgadora que utilizará como critério a capacidade de aproveitamento dos recursos da mídia proposta com singularidade, inovação, criatividade e peculiaridade pelo tema proposto.
A Mostra “Curta Cocó” tem como objetivo utilizar meios tecnológicos para produção de curtas-metragens através de aparelhos celulares, de curta duração, para assim estimular a criatividade mesclada com a tecnologia.

Ceará Fashion Trade

Com o objetivo de fomentar negociações estratégicas e consolidar o Ceará e o Nordeste como um dos maiores e principais polos confeccionistas do país, além de apresentar a moda local para o Brasil e mundo, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Sinditêxtil, Sindroupas e Sindconfecções, apresenta entre os dias 16 e 18 de agosto, no Centro de Eventos, a edição 2017 da Ceará Fashion Trade, Feira Internacional de Negócios de Moda. Durante a Feira, as empresas atacadistas e de pronta entrega dos setores feminino, masculino, infantil, moda íntima, praia, fitness, jeanswear, calçados e bolsas, acessórios, têxtil e aviamentos terão a oportunidade de promover suas coleções junto aos compradores de redes de lojas internacionais, caravanas nacionais, lojas multimarcas, magazines, lojas especializadas e redes atacadistas, além de atuar junto a representantes, corretores e compradores autônomos.