Pesquisar no blog

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Praias

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace), por meio da Gerência de Análise e Monitoramento (Geamo), divulga as praias próprias para banho em Fortaleza, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e litoral do Estado. O resultado das análises aponta o total de 20 de pontos próprios para banho na Capital. Já o resultado das praias localizadas na RMF e no litoral do restante do Estado, com 34 pontos monitorados, indica três pontos impróprios, localizados em São Gonçalo do Amarante, Paracuru e Acaraú.
As análises levam em consideração aspectos tais como condições climáticas, aumento da maré, presença de animais, disposição imprópria de resíduos sólidos e adensamento urbano nas proximidades das praias. Eles podem interferir no resultado da balneabilidade. As águas são avaliadas nas categorias própria e imprópria utilizando como parâmetro indicador básico a densidade de coliformes termotolerantes (ou fecais).

Resultado das análises em Fortaleza

Pontos Próprios:
Caça e Pesca
Barraca Arpão Praia Bar
Barraca Itapariká
Barraca Hawaí
Praça 31 de Março
Barraca América do Sol
Barraca Crocobeach
Barraca Beleza
Clube de Engenharia
Farol
Iate
Mucuripe
Ed. Vista del Mare
Edifício Arpoador
Final da Rua José Vilar
Volta da Jurema
Ponte dos Ingleses (Ponte Metálica)
Marina’s Park Hotel
Início da Av. Philomeno Gomes
Kartódromo

Pontos Impróprios:
INACE (Ind. Naval do Ceará)
Início da Rua Ismael Pordeus
Estátua de Iracema
Ideal Clube
Início da Av. Pasteur
Colônias
Início da Rua Lagoa do abaeté
Goiabeiras
Horta
Barraca Big Jeans
Barra do Ceará


Resultado das análises na RMF e litoral Leste e Oeste

RMF

Pontos Próprios:
COFECO – Barraca Cristal (Aquiraz)
Porto das Dunas – Barraca do Tadeu, em frente a colônia da SEFAZ (Aquiraz)
Prainha – Barraca Nossa Senhora de Fátima (Aquiraz)
Presídio – Av. Francisco Filomeno Stuart Gomes (Aquiraz)
Iguape – Peixada do Iguape, em frente ao Centro de Rendeiras (Aquiraz)
Barro Preto – Barraca Energia Erótica (Aquiraz)
Batoque – Barraca Pat Mar (Aquiraz)
Icaraí – Tô com Fome (Caucaia)
Tabuba – Rua da Padaria Fortpão (Caucaia)
Cumbuco – Barraca Lisboa (Caucaia)
Lagamar do Cauípe – Barraca “O Betinho” (Caucaia)
Pecém – Rua da Igreja, (São Gonçalo do Amarante)

Ponto Impróprio:
Taíba – Bar Encontro dos Amigos (São Gonçalo do Amarante)


Restante do litoral cearense

Pontos Próprios:
Barra Nova – Barraca Veleiro (Cascavel)
Tabubinha – Pousada Oca dos Índios (Beberibe)
Morro Branco Velho – Palhoça Beira Mar (Beberibe)
Praia das Fontes – Bar Peixada das Fontes (Beberibe)
Canto Verde – Pousada Beira-Mar (Beberibe)
Pontal de Maceió – Barraca Tropical (Fortim)
Canoa Quebrada – Barraca “O Casqueiro” (Aracati)
Majorlândia – Barraca Brisa do Mar (Aracati)
Quixaba – Barraca Marisol (Aracati)
Redonda – Barraca do Chicó (Icapuí)
Lagoinha – Pousada Vivamar (Paraipaba)
Flecheiras – Restaurante “O Edmar” (Trairi)
Mundaú – Centro Cultural de Mundaú (Trairi)
Baleia – Colônia de Pescadores (Itapipoca)
Icaraí de Amontada – Praça dos Navegantes (Amontada)
Almofala – Barraca da Lúcia (Itarema)
Jericoacoara – Ancoradouro Restaurante (Jijoca de Jericoacoara)
Camocim – Colônia de Pescadores (Camocim)
Bitupitá – Restaurante Leste Mar (Barroquinha)

Pontos Impróprios:
Paracuru – Barraca da Baiana (Paracuru)
Arpoeiras – Depois da Barraca “O Gato” (Acaraú)

Assessoria de Comunicação da Semace

Ana Luzia Brito (comunicacao@semace.ce.gov.br/85 3101.5554)
Twitter: @Semace
Facebook: semace.gov

Abengoa no Ceará


LUCIANA COLLET
Agência Estado
A Abengoa levou o lote B do primeiro leilão de transmissão de 2013. A proposta vencedora foi uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 49,030 milhões, deságio de 16,50% em relação à RAP de R$ 58,718 milhões estabelecida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
O lote B é composto por duas linhas de transmissão, totalizando 630 quilômetros de extensão, no Estados do Piauí, Ceará e Pernambuco. As obras têm prazo de conclusão de 36 meses. Conforme a Aneel, uma das linhas permitirá o escoamento de parte da energia da Usina Belo Monte para o Nordeste. A outra é uma solução para o esgotamento de trecho de linha já existente, entre Paulo Afonso e Milagres.

Refinaria Premiujm II já


LAURIBERTO BRAGA / FORTALEZA , ESPECIAL PARA O ESTADO - O Estado de S.Paulo
A paciência do governo do Estado e da Assembleia Legislativa com a falta da construção da Refinaria Premium II, no Pecém, no Ceará, que se arrasta há dez anos, chegou ao limite ontem. O presidente da Assembleia, deputado José Albuquerque (PSB), cobrou em pronunciamento na Casa o início imediato das obras. Albuquerque lançou uma campanha de mobilização para que a Petrobrás comece a construir a refinaria ainda neste semestre.
A Assembleia Legislativa percorrerá, a partir do fim deste mês, 12 cidades de todas as macrorregiões do Estado, mobilizando os cearenses em defesa do início imediato das obras. Serão realizadas atividades públicas nos municípios de Aquiraz, Baturité, Camocim, Crato, Crateús, Fortaleza, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Quixadá, Sobral e Tianguá.
"Compromisso assumido pelo ex-presidente Lula e confirmado pela presidente Dilma, a Refinaria Premium do Ceará precisa começar a virar realidade", destacou o deputado em seu discurso.
O presidente da Assembleia cobrou maior empenho da presidente Dilma Rousseff e da presidente da Petrobrás, Graça Foster, de honrar o que classificou de "compromisso firmado com o povo cearense". "O terreno, parte do acordo que cabe ao Governo do Estado, já está pronto e foi entregue pelo governador Cid Gomes à presidente Dilma", informou.
Segundo Albuquerque, a Refinaria Premium II será a redenção econômica para o Ceará, Ele lembrou que, com a refinaria, "a economia cearense terá substantivo avanço". "Serão criadas novas empresas, gerando empregos, aumentando a arrecadação de impostos e promovendo a melhoria das condições de vida da população."
Albuquerque estima que, com um ano de funcionamento, a Refinaria Premium elevará em 50% o Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará. Na construção, serão gerados 90 mil empregos diretos e indiretos.
Para o deputado, a Refinaria Premium do Ceará é fundamental para que o Brasil reduza custos logísticos na exportação de petróleo e na importação de derivados. Mesmo a entrada em operação da Refinaria Abreu Lima, em Pernambuco, segundo Albuquerque, não será suficiente para cobrir o crescimento da demanda, e o País tende a continuar precisando comprar no exterior o volume de combustível que é incapaz de produzir.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Guerra dos Portos


RENATA VERÍSSIMO
Agencia Estado
O secretário de Fazenda do Ceará, Mauro Benevides Filho, disse nesta quarta-feira, 08, que não houve consenso na reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) em relação à Resolução 13, que acabou com a chamada guerra dos portos. Segundo ele, Norte, Nordeste e Centro-Oeste não concordaram com a proposta apresentada pelo Sul e Sudeste para calcular a alíquota interestadual do ICMS sobre os produtos importados que chegam aos portos brasileiros.

Por causa disso, Benevides informou que se comprometeu a trazer uma nova proposta na quarta-feira, 15, quando haverá uma nova reunião do Confaz. Por outro lado, a União e o Estado de São Paulo também se comprometeram a apresentar na próxima reunião proposta para convalidar os incentivos fiscais concedidos pelos Estados até hoje. Esta é uma exigência dos Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste para apoiar a reforma do ICMS que tramita no Congresso Nacional.

Benevides disse que também voltou a solicitar ao governo que a criação dos fundos de compensação e de desenvolvimento regional seja por meio de lei complementar. Outra reivindicação é que o fundo de desenvolvimento regional tenha mais recursos do Orçamento e menos participação de recursos financeiros do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o secretário, foi solicitado que se tire do texto a restrição para que os recursos do fundo de desenvolvimento regional sejam usados apenas para investimentos.

O secretário afirmou que o Ceará é favorável à retirada do setor de comércio e serviços da alíquota diferenciada de ICMS aprovada na terça-feira, 07, pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE). Segundo ele, o importante é que o setor industrial tenha uma alíquota maior no Norte, Nordeste e Centro-Oeste para manter a atratividade dos investimentos.

Inspeção


Servidores da 14ª Inspetoria de Controle Externo (14ª ICE) iniciaram na manhã desta quarta-feira (8), os trabalhos de auditoria sobre os convênios celebrados entre a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e a ONG Instituto Vida Melhor, nos anos de 2010 a 2012. A equipe técnica foi recebida pelo secretário da SDA, Nelson Martins.

Foi solicitada a disponibilização de processos, informações, cópias e quaisquer outros documentos indispensáveis à execução da auditoria. O material deve estar nas mãos dos auditores até esta sexta-feira (10/5) para início da verificação. De acordo com a SDA, cerca de 15 mil documentos devem ser analisados. O valor total dos quatro convênios é de R$ 13, 3 milhões. Já foram empenhados recursos da ordem de R$ 8,6 milhões.

A autorização para início da inspeção específica destes convênios foi dada pelo presidente da Corte de Contas, conselheiro Valdomiro Távora, em virtude de denúncias de supostas irregularidades veiculadas na imprensa local.

Em 2012, o TCE-CE já havia realizado uma auditoria para verificar a formalização dos convênios referentes à construção de cisternas. Na época, a auditoria aconteceu devido ao elevado montante de recursos utilizados para um mesmo fim. O processo está aguardando esclarecimentos da SDA.

Este ano, já estava previsto no Plano de Auditoria, da Secretaria de Controle Externo, a realização de auditoria a fim de verificar como a SDA acompanha a execução da construção das cisternas.

Usina de Resíduos Solidos


Em reunião com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, diretores da Cooperativa da Construção Civil do Ceará (Coopercon-CE), apresentaram o projeto de instalação de uma Usina de Resíduos Sólidos do setor construtivo na Região Metropolitana de Fortaleza. A cooperativa vai investir os recursos necessários para efetivação do projeto e a Prefeitura deverá otimizar a legislação para o uso dos produtos reciclados. Nos próximos dias, técnicos da PMF e diretores da Coopercon formarão um comitê para visitar as instalações da Usina de Reciclagem da Pampulha, em Minas Gerais, considerada modelo em gestão ambiental e em parceria público privada.  

Aecio empossa Tomás no PSDB Fortaleza


Paul amanhã na Arena Castelão


ulio Maria, enviado especial/ Goiânia - O Estado de S.Paulo
Harold deu um salto violento. Um voo que o tirou do gramado do Estádio Serra Dourada e o levou em curvas e zigue-zagues até o ombro de Paul McCartney. Gafanhoto esperto, aguardou a grandiosa balada The Long And Winding Road começar para entrar em cena e se destacar em meio à família de grilos voadores que bailavam em torno do beatle. Deu certo. As 42 mil pessoas da plateia o viram no telão, no ombro de Paul McCartney, e Harold viveu seu dia de John Lennon.

Hey Paul: até os gafanhotos do cerrado apareceram para dançar - Divulgação
Divulgação
Hey Paul: até os gafanhotos do cerrado apareceram para dançar
Se em 20 anos perguntarem a Paul o que ele achou de sua passagem por Goiânia em 2013, ele dirá: "Ah, a noite dos gafanhotos!" Paul, que deve viver de tudo nas turnês que emenda há quatro anos, sempre com passagens pelo Brasil, ainda não havia cantado para o corpo de baile verde que o rodeou na noite de segunda. Os grilos deram rasantes em seus cabelos, pousaram na correia de seu baixo, brincaram na mesa de seu piano. Em My Valentine, Paul chegou a parar de cantar para estapear o vento. Imóvel, Harold foi batizado assim pelo besouro mais pop do planeta antes de Hope of Deliverance. "Diga oi, Harold."
O beatle e os gafanhotos fizeram história dentro de uma história que parece não ter fim. Aos 70 anos, Paul McCartney explora palcos que poucos artistas com mais de R$ 2 milhões na conta ousam pisar por temerem a infraestrutura regional ou por simplesmente sentirem que não precisam mais se expor. Hoje, depois de Belo Horizonte e Goiânia, Paul aterrissa em Fortaleza. Apesar de seu extrato acusar um saldo positivo de US$ 1 bilhão, mais de 2 bilhões de reais, ele segue na pista de baile. Em Goiás, na sensação térmica de 45 graus do cerrado, não houve refresco: Paul chegou em seu jato particular às 17 h, seguiu direto para o estádio, fez 40 minutos de uma passagem de som que já se tornou um pocket show e descansou no camarim atrás do palco para que, às 21h33, com um inusual atraso de 33 minutos, ele começasse um show de duas horas e quarenta minutos de duração sem tomar uma única gota de água. Afinal, por que Paul faz isso?
Mais: Paul, o Roberto Carlos elevado à 20ª potência em escala mundial, poderia se ancorar em um repertório estático, como faz o rei latino. A imprensa que o ama não lhe cobraria nada por isso e seus cerca de R$ 5 milhões de cachê seriam o mesmo. Mas, como um justiceiro, alguém que parece querer que o mundo ouça aos poucos tudo o que os Beatles fizeram em estúdio mas que jamais tocaram para plateias, ele volta com canções que nunca havia mostrado. Algumas - como Your Mother Should Know, de Magical Mystery Tour, (1967); All Together Now, de Yellow Submarine (1968); e Being for the Benefit of Mr. Kite! Lovely Rita, de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967) - foram tocadas em show pela segunda vez. A primeira havia sido em Belo Horizonte, no último sábado. Mas afinal, por que Paul faz isso?
Um olhar atento ao palco e algumas suposições podem tentar explicar a longevidade de uma carreira que segue produtiva. Paul tem nas mãos 18 músicas que devem estar em um disco inédito a ser lançado até o final do ano. Algo que também não seria nada se não houvesse o fator diversão. "Os olhos dele ainda brilham quando está em cena", diz Marco Antonio Mallagoli, presidente do fã clube Revolution. Só diversão ainda seria pouco para explicar o fenômeno. A vida de Paul, privada em 90% das maravilhosas simplicidades da vida comum, como levar o filho para tomar um sorvete na praça, só faz sentido se ele continuar sendo alguém capaz de fazer até os gafanhotos dançarem.

Cisternas de placas


O presidente do Tribunal de Contas do Ceará (TCE-CE), conselheiro Valdomiro Távora, autorizou realização de auditoria/inspeção objetivando coletar documentos e informações sobre convênios celebrados entre a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e o Instituto Vida Melhor, nos exercícios de 2010 a 2012.

A decisão do Presidente foi tomada em virtude de denúncias de supostas irregularidades nos convênios divulgadas na imprensa local. Servidores da 14ª Inspetoria de Controle Externo (14ª ICE) iniciarão os trabalhos nesta quarta-feira (8/5).

O objetivo é verificar a regularidade das prestações de contas dos convênios, que tinham como objeto a construção de cisternas de placas em comunidades carentes atingidas pela seca no Ceará.

Ofício assinado pelo presidente Valdomiro Távora, na manhã desta terça (7/5), será entregue diretamente pela equipe de inspeção ao secretário da SDA, Nelson Martins, solicitando a disponibilização de processos, informações, cópias e quaisquer outros documentos indispensáveis à execução da auditoria para os servidores da 14ª ICE.

A equipe do TCE também terá livre acesso aos sistemas informatizados. Caberá à SDA designar uma pessoa qualificada para prestar os esclarecimentos que se fizerem necessários durante a auditoria.

64,89%


A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe termina nesta sexta-feira, 10 de maio, e no Ceará 52 municípios já cumpriram a meta de imunizar 80% da população de  idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados. Até as 16 horas de quarta-feira, 8 de maio, o Ceará estava com cobertura de 64,89% da população alvo da campanha, com 891.525 doses aplicadas.

Durante a campanha são oferecidas as vacinas Trivalente, contra Influenza B (Sazonal), Influenza A (H3N2) e Influenza A (H1N1); Pneumococo 23 valente, contra doenças invasivas causadas pelo pneumococo para pessoas institucionalizadas e acamadas; Hepatite B, para intensificação na faixa etária até 29 anos; e dupla adulto, contra difteria e tétano. Para se vacinar, a população pode ir às unidades de saúde que funcionam como postos de vacinação – unidades básicas de saúde, centros de saúde, hospitais. Nos municípios também há equipes que fazem a vacinação em domicílio daquelas pessoas impossibilitadas de se deslocar até o posto de vacinação. Em Fortaleza, a equipe volante pode ser solicitada pelos telefones 3452.6973 e 3452.6980.

Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o percentual de hospitalizações por pneumonias e 39% a 75% a mortalidade global. Entre os idosos, pode reduzir o risco de pneumonia em aproximadamente 60%, e o risco global de hospitalização e morte em cerca de 50% a 68%, respectivamente. A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), é respaldada por estudos epidemiológicos e na observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina demora até 15 dias para produzir anticorpos protetores contra a influenza, portanto quanto mais cedo for vacinado, mais rápido estará protegido.

Além da vacina, outras medidas simples de higiene pessoal são  fundamentais para evitar a contaminação por gripe. É importante higienizar as mãos com água e sabão (depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz); usar lenço descartável; proteger com lenços a boca e nariz ao tossir ou espirrar; evitar sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até cinco dias após o início dos sintomas); evitar aglomerações e ambientes fechados. É importante, ainda, que o ambiente doméstico seja arejado e receba a luz solar para eliminar os possíveis agentes das infecções respiratórias e que a população mantenha hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física.


Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará
(85) 3101.5220/3101.5221/ 8733.8213
www.saude.ce.gov.br
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Refinaria Já

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, deputado  José Albuquerque (PSB), defenderá, nesta quinta-feira (9), em pronunciamento, que o Governo Federal inicie as obras da Refinaria Premium II. Compromisso firmado com o povo cearense pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ratificado pela presidente Dilma Rousseff, o empreendimento tem previsão de ser instalado no Porto do Pecém, nos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia. O pronunciamento será feito durante a sessão ordinária desta quinta-feira da Assembleia Legisla

GVT investe

Neste mês, a GVT lança oficialmente o novo pólo de operações de atendimento ao cliente com a apresentação ao mercado do novo Call Center em Fortaleza, o terceiro da empresa no país e o primeiro no Nordeste. Com investimento de R$ 12 milhões em um empreendimento de mais de 2 mil metros quadrados, no bairro Joaquim Távora, a estrutura de atendimento gera mais de mil postos de trabalho diretos na primeira fase e dobrará de capacidade até 2014. “Fortaleza reúne qualidade de vida, profissionais qualificados e que têm empatia natural no contato com as pessoas”, resume o diretor de Atendimento ao Cliente a GVT, Leandro Noronha.

A escolha por Fortaleza reforça a tendência de desenvolvimento da região Nordeste que, segundo a Associação Brasileira de Telesserviços, ganha destaque como pólo nacional de empresas de Call Center. Com forte foco em promover a melhor experiência do cliente em TV por assinatura, internet banda larga e telefonia fixa, a empresa promove a expansão constante da área de atendimento preservando o modelo de negócios escolhido desde o início da operação, no ano 2000. As equipes dos call centers da GVT são formadas por funcionários próprios orientados a resolver as chamadas dos clientes no primeiro contato.  O pólo da GVT na cidade dará vazão ao crescimento das equipes de atendimento nos próximos anos.

Crescimento Sustentável e com Qualidade

A GVT está em processo de expansão, tanto para a entrada em novas cidades quanto para aumentar a área de cobertura nas localidades em que já atua. A meta é manter o ritmo acelerado de crescimento e evolução de serviços baseados em conectividade, interatividade e conteúdo. A empresa terminou 2012 com presença em 137 cidades, atualmente está presente em 144 cidades e o objetivo é operar em 200 municípios até 2016.

Para sustentar o crescimento com qualidade, a GVT investe no relacionamento com seus clientes. Pioneira no setor, com Call Center 100% próprio, a empresa é destaque no Ranking do Instituto Brasileiro de Relacionamento com o Cliente (IBRC). Pelo terceiro ano consecutivo, a GVT foi considerada a prestadora de serviço com melhor atendimento ao cliente em telefonia fixa e, em 2012, também em banda larga. A estrutura de relacionamento tem função estratégica: mensalmente, experiências e comentários dos clientes são tema de um fórum com as áreas de marketing e produtos que visa gerar melhorias e novidades.

“Além de resolver todos os pontos dos clientes, o atendimento próprio tem papel estratégico de contribuir com melhorias e novidades sintonizadas com o desejo dos consumidores”, afirma o Leandro Noronha. Com o lançamento do Call Center em Fortaleza, somados as equipes sediadas no Paraná (Curitiba e Maringá), são 4.350 colaboradores dedicados ao relacionamento com o cliente.

Sobre a GVT

A GVT é a empresa que oferece ultravelocidades de banda larga em toda a área de atuação, TV por assinatura com a maior quantidade de recursos interativos e canais em alta definição para 100% dos assinantes além de telefonia fixa avançada de forma integrada e convergente. Presente em 144 cidades do País, a empresa realiza ampliação constante de sua rede de telecomunicações para chegar a novas áreas e cidades. Para viabilizar este crescimento com qualidade, a empresa conta com funcionários próprios no call center e na instalação. No terceiro trimestre de 2012 atingiu 8,7 milhões de linhas em serviço e a mais alta taxa de penetração de Internet na base de clientes do mercado brasileiro, superior a 93%. Em linha com a liderança em banda larga, interatividade em TV e convergência com telefonia fixa, a GVT promove a conscientização para o uso responsável da Internet e das novas tecnologias (www.internetresponsavel.com.br). A GVT está na lista das Melhores Empresas para se Trabalhar das revistas Você S/A e Época, é considerada a melhor banda larga do Brasil, por quatro anos consecutivos, de acordo com pesquisa aberta realizada com leitores da revista INFO e uma das 20 empresas mais inovadoras do país pela Revista Época Negócios.

No Náutico

O Instituto da Primeira Infância (Iprede) promove, a partir desta nesta sexta-feira (10), uma feira com venda de produtos importados, doados pela Receita Federal, no ginásio do Clube Náutico Atlético Cearense.
A feira é aberta ao público e oferece produtos como eletroeletrônicos, cosméticos, perfumes, brinquedos, utensílios para cozinha, entre outros artigos, com preços a baixo custo.
Toda a renda da venda dos produtos será revertida em benefícios aos programas e projetos desenvolvidos pelo Iprede no combate aos distúrbios nutricionais e atenção à primeira infância.
O horário de funcionamento da feira é das 9h30 às 19 horas e vai do dia 10 ao dia 17 de maio.
O ingresso de acesso custa R$ 5,00 e os produtos podem ser pagos em dinheiro, cartões de crédito ou débito e parcelados em até três vezes sem juros.

IPREDE - O Instituto da Primeira Infância (Iprede) é referência no atendimento de crianças desnutridas no Ceará. O Instituto é dedicado à estimulação da nutrição, do desenvolvimento da primeira infância e do fortalecimento das competências familiares promovendo a inclusão social de famílias que vivem em situações de vulnerabilidade social e pobreza.

Serviços da feira:
Data: 10 a 17 de maio
Horário: 9h30 às 19 horas
Local: Ginásio do Clube Náutico Atlético Cearense - Avenida da Abolição, 2727, Meireles
Informações: (85) 3218.4000

Arcebispo do Rio visita Shalom

O arcebispo metropolitano do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta reservou a tarde desta quarta-feira, para visitar o Governo Geral da Comunidade Católica Shalom, em Aquiraz (CE). Dom Orani é também presidente do Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.
Dom Orani visita Fortaleza depois do anúncio oficial da agenda do Papa Francisco durante os dias de atividade da JMJ. “Aqui celebrarei  minha primeira missa depois deste anúncio. Adianto que dia 13 estarei em Fátima (Portugal) para consagrar a Jornada Mundial da Juventude à Nossa Senhora de Fátima”, adiantou o presidente ontem durante celebração na Igreja de Fátima de Fortaleza.
A Comunidade Católica Shalom possui missão na cidade do Rio de Janeiro onde desenvolve trabalhos com dependentes químicos, Centros de Evangelização e membros engajados no COL. “É uma grande alegria receber em nossa Casa Dom Orani. Ano passado contamos com sua presença no Festival Halleluya e hoje ele conhecerá a Diaconia Geral, sede do Governo Geral de nossa Comunidade”, disse Moysés Azevedo, fundador e moderador geral da da Associação.
SERVIÇO
Visita de Dom Orani à Diaconia Geral Shalo
Data: hoje, 8 de maio
Horário: 16h00
Endereço: Estrada de Aquiraz, S/N Lagoa do Junco - Aquiraz, CE, A 27 KM de Fortaleza. Vizinho à  subestação da Coelce.

Mulher

As mulheres podem chegar ao topo. Para isso, o crescimento deve ser passo a passo, aliado ao ganho de experiências e à maturidade pessoal e profissional. Essa foi uma das opiniões dadas pela presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, durante o evento "Wise: Mulheres da Indústria Dividindo Experiências", que aconteceu nesta terça-feira (7), na Offshore Technology Conference (OTC), em Houston, nos Estados Unidos.

"A presença das mulheres nas empresas torna o debate mais rico e melhora o processo de tomada de decisão. Quando o preconceito é permitido nas companhias, pode haver erros nas decisões administrativas e isso leva à perda de competitividade. A diversidade não é um problema, pelo contrário, é uma vantagem competitiva das corporações", disse a presidente para mais de 200 mulheres e homens presentes.

Graça Foster lembrou que a última vez em que esteve na OTC foi em 2004, junto com a então ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff. "Hoje, Dilma é a primeira presidenta do Brasil após 124 anos de República. É uma vitória da nossa democracia e por que não dizer de todas as mulheres?", disse a presidente, sendo muito aplaudida em seguida.

A presidente, que em 2012 foi eleita uma das mulheres mais poderosas do mundo dos negócios pela revista americana Fortune; a 20ª mais poderosa do mundo e a terceira mais influente na categoria negócios pela revista Forbes; e está entre as 100 pessoas mais influentes do mundo no ranking da revista Time, também falou de sua trajetória profissional, lembrando que não foi fácil chegar à presidência. "Passei por todos os cargos de gerente antes de ser presidente", disse. "Obstáculos sempre existiram no caminho e vão sempre existir. Meu desafio sempre foi não aceitar limitações, não impor limitações a mim mesma e, principalmente, nunca desistir", avaliou, ressaltando a importância do conhecimento e da informação para o crescimento profissional.

Ela admitiu que a Petrobras ainda é uma empresa predominante masculina, com 84,4% da força de trabalho sendo homens e 15,6% mulheres. "Mas comparados ao restante da indústria do petróleo, não estamos tão mal", avaliou. No segmento de petróleo e gás, os homens são 92,2% e as mulheres, 7,8%. Para ela, há 33 anos na empresa, é preciso brigar contra o preconceito, inclusive na escolha das carreiras. Hoje, as carreiras técnicas ainda têm maioria de homens.

Com relação às cotas para mulheres, a presidente destacou que acredita que o melhor caminho para eliminar a discriminação e proporcionar oportunidades iguais para todos é eliminar o preconceito e não por meio de sistemas de cotas. "Nós somos diferentes, mas podemos fazer o mesmo trabalho se assim decidirmos", disse.

 
Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional
Telefone: 55 (21) 3224-1306 e 3224-2312
Plantão: 55 (21) 9921-1048 e 9985-9623
Fax: 55 (21) 3224-3251
imprensa@petrobras.com.br

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Psicologia

Começa, na próxima quarta-feira (8), o 8º Congresso Norte-Nordeste de Psicologia (CONPSI), que será realizado até o dia 11, no Centro de Eventos do Ceará. O evento, que tem o apoio do Fortaleza Convention e Visitors Buerau - presidido pelo empresário Colombo Cialdini, reúne, a cada dois anos, psicólogos, pesquisadores, docentes e alunos de todas as regiões do País, com o objetivo de compartilhar conhecimentos acadêmicos e profissionais, discutir políticas para a área e promover o avanço na Psicologia do País. Este ano, o tema é “Psicologias, Contemporaneidade e Inserção Social: Desafios e Perspectivas”.

Cuca V


O prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio, e o secretário de Juventude, Élcio Batista, convidam para coletiva de imprensa nesta terça-feira, às 8 horas, no Cuca V, no bairro do Mondubim, sobre a retomada das obras dos Cucas das Regionais V e VI.

Na ocasião, serão repassadas aos jornalistas informações sobre o estado dos equipamentos, duração e custo da obra restante e período previsto para inauguração.

A Prefeitura de Fortaleza recebeu os Cucas V e VI sem condições de uso. O Cuca da Regional V estava com 85% da obra concluída, e o Cuca VI com apenas 60%. Em ambos, falta, entre outras coisas, finalizar o acabamento do teatro e das salas de aula, além de licitações importantes para o funcionamento.

Após concluído, cada Cuca vai beneficiar por mês pelo menos 1000  jovens em cursos regulares, podendo chegar em 3 mil jovens que se beneficiarão do equipamento por meio da programação de difusão.

SERVIÇO

Coletiva de Imprensa sobre a retoma das obras dos Cucas V e VI, às 8h, no Cuca V - Rua Alfredo Mamede, s/n, às margens da Lagoa do Mondubim. Em seguida, visita ao Cuca VI - Avenida Castelo de Castro, a principal do bairro São Cristóvão.

GVT


GVT lança amanhã oficialmente a primeira Central de Atendimento da companhia no Nordeste, responsável pelo relacionamento com os clientes da empresa em todo o país.
Na ocasião, serão apresentadas as condições que determinaram a implantação da estrutura de atendimento ao cliente em Fortaleza, os resultados dos primeiros meses da operação e planos de expansão.

Participantes:
Leandro Noronha: Diretor Nacional do CRM GVT.
Ricardo França: Gerente do CRM GVT em Fortaleza (CE).
Data: 07/05/2013 (terça-feira)
Horário – 9 horas
Local: CRM (Call Center de A tendimento ao Cliente GVT)
Avenida Barão de Studart, 3.333 – Joaquim Távora


Sobre a GVT

GVT é a empresa que oferece ultravelocidades de banda larga em toda a área de atuação, TV por assinatura com a maior quantidade de recursos interativos e canais em alta definição para 100% dos assinantes além de telefonia fixa avançada de forma integrada e convergente. Presente em 142 cidades do País, a empresa realiza ampliação constante de sua rede de telecomunicações para chegar a novas áreas e cidades com excelência no atendimento ao cliente realizado por funcionários próprios no call center e na instalação. No terceiro trimestre de 2012 atingiu 8,7 milhões de linhas em serviço e a mais alta taxa de penetração de Internet na base de clientes do mercado brasileiro, superior a 93%. Em linha com a liderança em banda larga, interatividade em TV e convergência com telefonia fixa, a GVTpromove a conscientização para o uso responsável da Internet e das novas tecnologias (www.internetresponsavel.com.br). A GVT está na lista das Melhores Empresas para se Trabalhar das revistas Você S/A e Época, é considerada a melhor banda larga do Brasil, por quatro anos consecutivos, de acordo com pesquisa aberta realizada com leitores da revista INFO e uma das 20 empresas mais inovadoras do país pela Revista Época Negócios.


Quarta do Camarão


A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante promove na próxima quarta-feira (8), às 19 horas, na praça da Igreja Matriz do município,  o lançamento do Festival Gastronômico – “Quarta do Camarão”. Proprietários de restaurantes, bares e quiosques do município participaram de treinamento para aperfeiçoamento da culinária local, além de abordagem sobre importantes normas de segurança alimentar e técnicas de atendimento voltadas para preparação de pratos especiais.
De acordo com o prefeito Cláudio Pinho, os culinaristas concludentes dos cursos apresentarão suas novas receitas a base de camarão e a  cada quinzena, uma equipe irá oferecer ao público as opções de pratos, em porções e valores acessíveis, com um cardápio variado; atendendo aos padrões de qualidade, higiene e atendimento exigidos pela saúde pública e pelo consumidor.

domingo, 5 de maio de 2013

Seca reaparece Jaguaribara


Lourival Sant'Anna, texto, e Evelson de Freitas, fotos - O Estado de S.Paulo
Depois de 45 minutos de barco, surgem as pontas dos postes de luz, vestígios da velha Jaguaribara. Inundada em 2001 pelo Açude Castanhão, é a primeira vez que as partes altas da antiga cidade de 9 mil habitantes emergem, em consequência de uma das maiores secas da história, que reduziu à metade o volume do reservatório. A caixa d'água destruída e o obelisco do herói emancipacionista Tristão Gonçalves também ressurgem - e, com eles, a tristeza e a revolta de uma população arrancada à força de seu lugar, para o qual jamais poderá voltar.
Lívia Barreto, de 31 anos, secretária-executiva de Pesca e Aquicultura da nova Jaguaribara, erguida a 55 km dali, acompanha o repórter e o fotógrafo do Estado até a cidade onde passou a infância e a adolescência. Ou melhor, até a superfície tranquila do açude, que está hoje 4 metros mais baixa do que há um ano. "Todos nós temos a lembrança da aula de campo sobre como foi a morte de Tristão Gonçalves", diz ela, ao lado do monumento de bronze. "Quando tínhamos mais ou menos 8 anos, a professora nos trazia aqui e dava essa aula." As tropas do império fuzilaram Tristão e penduraram seu corpo em uma árvore em 1824, pondo fim à sua insurreição armada contra a cobrança de impostos e pela criação da Confederação do Equador.
"Aqueles postes ali estão marcando a avenida da entrada da cidade", orienta-se Lívia. "Ali ficava o cemitério. Mais para a frente, o hospital. Aqui é outra avenida paralela, onde a gente tinha alguns comércios, açougue, algumas casas." O piloto do barco, Gil Queiroz, aponta para onde passava o Jaguaribe. "Eu morava próximo do rio, da ponte molhada", recorda Lívia. "Tinha umas pedras ao redor e a água passava por cima. Formavam-se umas cachoeirinhas. A gente ficava tomando banho ali onde fazia as poças junto com as pedras. Cada turminha tinha seu ponto para tomar banho." Debaixo da ponte havia tubos, que os mais corajosos atravessavam mergulhando. A Pedra dos Três Dedos e nove poços, para nadar e pescar, completavam o lazer.
   
O Jaguaribe, afogado pela confluência de outros três rios desviados, era a alma da cidade. Ele passa a 10 minutos de carro de distância da cidade planejada construída para abrigar a população, mas isso faz uma diferença brutal para os moradores, a imensa maioria sem carro. Todos se lembram de Antonio de Anália, um rapaz com Síndrome de Down que tomava banho todos os dias no rio. Depois da transferência da cidade, seus pais passaram a obrigá-lo a tomar banho de chuveiro. "Não quero ficar em São Paulo", dizia o rapaz, pensando que tinha ido para a cidade grande que atraía os jaguaribanos em busca de uma vida "melhor". "Quero voltar para Jaguaribara." Antonio "morreu de tristeza", contam os moradores, assim como alguns idosos, que pararam de se alimentar depois da mudança.
"Minhas lembranças são de uma colônia de férias, onde todo mundo era amigo: as crianças, os pais", descreve Lívia, chorando. "A gente tinha um convívio, uma liberdade de brincar na rua, de explorar a cidade. A gente andava de bicicleta em quase toda a cidade, que era pequenininha." A nova Jaguaribara coincide com a antiga apenas no nome. Cidade planejada, ela foi dimensionada para 70 mil habitantes, porque os políticos e técnicos achavam que as atividades geradas pelo açude - piscicultura, turismo de pesca esportiva e agropecuária irrigada - atrairiam 60 mil novos moradores.
Indenização. Cerca de metade dos 9 mil jaguaribanos recebeu a indenização e foi embora para cidades vizinhas, Fortaleza e São Paulo. Apenas 6 mil pessoas de outros lugares - um décimo do previsto - vieram instalar-se na nova cidade. Longas e largas avenidas, com ilhas delimitadas por meios-fios, dão voltas ao redor de imensas áreas vazias. Para evitar essas distâncias artificiais, em vez de retornar nas grandes rotatórias, motoristas dirigem na contramão, transformando as pistas em mãos duplas. O movimento é tão pequeno que isso não causa risco.
"A praça principal era onde tudo acontecia, todo mundo ia para as festas, ia passear à noite", continua Lívia. "Era cidade boa, tranquila, não tinha brigas, violência, as pessoas dormiam com as portas escoradas, as janelas abertas." As casas eram emendadas, parede contra parede, e os vizinhos se comunicavam apenas falando mais alto, sem sair de casa. "As cadeiras ficavam nas calçadas e as famílias esperavam até os filhos voltarem da escola."
O barco segue e vão aparecendo as copas de árvores ressequidas. Lívia reconhece o pé de algaroba do quintal de sua avó, onde ela brincava com seus três irmãos e os primos. "A árvore dos camaleões", exclama ela, abraçando-se ao tronco. Ela conta que esses lagartos cobriam a árvore e as crianças gostavam de se juntar ali no fim da tarde.
Além das algarobas, outra árvore típica de Jaguaribara eram as acácias. Praticamente não existem essas árvores na cidade nova. Foram substituídas pelo nim da Índia, uma árvore exótica, sem relação com a história do lugar, mas que cresce depressa. "As acácias e algarobas demoram a crescer", constata Lívia. Os laços das pessoas com um lugar, também.

Simone e Simaria


Simone e Simaria lançaram seu mais novo CD, o volume três depois da carreira independente, no site oficial da dupla. Com um repertório recheado de novidades, o novo trabalho das cantoras é composto por 21 músicas e traz uma mistura de novos e antigos sucessos. A canção chamada “Eu Te Esperarei” é uma das grandes apostas das irmãs e vem em duas faixas, sendo a primeira em forró e a última na versão acústica. O CD completo de Simone e Simaria já pode ser baixado gratuitamente pelo site oficial das Coleguinhas (simoneesimaria.com).

North Shopping Jóquei


Padre Reginaldo Manzotti cidadão fortalezense

Padre Reginaldo Manzotti se torna amanhã às onze da manhã, em solenidade no plenário da Câmara, cidadão fortalezense. A proposta do presidente da Câmara, vereador Walter Cavalcante (PMDB) foi aprovada por unanimidade 

Gomes é eleito prefeito de Meruoca

O petista Manuel Costa Gomes foi eleito hoje prefeito de Meruoca, a 270 quilômetros de Fortaleza. A eleição suplementar aconteceu porque o petista João Coutinho Aguiar Neto eleito, em outubro do ano passado, foi condenado pele Lei da Ficha Limpa. 
Hoje, Manuel Gomes ganhou de George Luiz Bernardo Martins (PHS). O novo prefeito obteve 64.04% dos votos válidos contra 35.96% de Aguiar Neto.
Manuel Gomes contou com o apoio do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), que tem casa de serra na cidade. A coligação que apoiou Gomes é formada pelo PT, PCdoB, PRB, PDT e PMDB. O novo vice-prefeito é o ex-vereador Rubens Lima Vasconcelos (Rubinho).
Dos 10,3 mil eleitores aptos a votar, 8.452 compareceram ao pleito, que foi considerado tranquilo pela Justiça Eleitoral, onde não foi registrada nenhuma anormalidade quer nas urnas eletrônicas quer de boca de urna. A abstenção ficou dentro do esperado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE): 17,90%. A eleição anotou ainda 7.57% de votos em branco e 4.64% de votos nulos.
A Justiça calcula em R$ 14.980,00, o custo da eleição suplementar deste domingo em Meruoca.
O juiz da 106ª Zona Eleitoral, Rafael Lopes do Amaral, coordenou o pleito, tendo como chefe de cartório, Jeferson Maciel Pimentel, e, atuando como promotor eleitoral, Zenusto da Silva Cardoso.
A eleição suplementar foi realizada porque o candidato a prefeito João Coutinho Aguiar Neto (PT), que obteve 58,91% dos votos válidos nas eleições municipais de 2012, teve o registro indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), enquadrado pela Lei da Ficha Limpa.

9º Feirão da Caixa negocia R$ 1,48 bilhão


Terminou, neste domingo, o 9º Feirão CAIXA da Casa Própria, que foi realizado em Fortaleza. Durante os três dias do evento, 26.133 pessoas passaram pelo local, e foram negociados mais de R$ 1,48 bilhão, com 9.262 contratos assinados e encaminhados.

O superintendente regional da CAIXA em Fortaleza, Odilon Pires Soares, avalia que o Feirão foi um sucesso. “Foram mais de 9 mil famílias com a satisfação de terem realizado o sonho da casa própria. Mais uma vez, o empenho da CAIXA e dos parceiros, possibilitou o êxito do Feirão”, concluiu.

No evento, foram oferecidos mais de 20 mil imóveis, distribuídos pela capital cearense e região metropolitana. Neste ano, o visitante teve como opção de compra, imóveis usados e novos ou na planta. Participaram dessa edição, 100 construtoras, mais de 60 imobiliárias e parceiros institucionais. Mais de 150 empregados da CAIXA trabalharam para atender o público visitante.

A rede de agências da CAIXA continua a atender as pessoas interessadas em financiar a casa própria, com as mesmas condições do Feirão. Este ano quem adquirir o financiamento imobiliário durante o período do Feirão poderá começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2014. A condição é válida para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Considerado o maior evento do setor, em sua nona edição, está oferecendo mais de 400 mil imóveis.

Região do Cariri:
O Feirão Caixa da Casa Própria também será realizado em Juazeiro do Norte, nos dias 15 e 16 de junho, durante a 6ª Feira de Imóveis do Cariri. O evento ocorrerá na praça de eventos do Cariri Garden Shopping, reunindo construtoras e imobiliárias das cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Na ocasião, cerca de 1.400 imóveis devem ser ofertados, sendo mais de 90% novos.


05/05/2013
Assessoria de Imprensa da CAIXA
Regional Fortaleza
Tel.: (85) 3266-2551

O Povo Noivas


Já pensou em usufruir a lua de mel em um cenário dos sonhos, paradisíaco e cercado de belezas naturais?  Não fica difícil adivinhar que estamos falando de Fernando de Noronha.  A possibilidade é real, mas apenas para as noivas antenadas e bem informadas, que visitarem a Feira O POVO Noivas

Será um dia completo para inspirar e conferir as novidades do segmento para o tão esperado dia. A Feira O POVO Noivas tem data e local definidos: dia 22 de maio, no La Maison Coliseu Buffet, das 14h às 22 horas, em Fortaleza (CE). 

Convite, vestido, sapato, buffet, bem casados, bolo, decoração, cerimonialista, músicos, cabelo, maquiagem...a lista é extensa e parece não ter fim, mas na Feira O POVO Noivas,  os visitantes vão poder "ter uma luz" para definir todos os detalhes com o apoio de uma centena de expositores. 

Uma dica é chegar cedo para visitar todos os estandes e profissionais. O acesso é gratuito e as inscrições devem ser realizadas pelo hotsite www.opovo.com.br/opovonoivas, a partir de segunda-feira, 6 de maio.  

A viagem é apenas um dos sorteios a serem realizados. Até lá, fiquem ligados nas promoções que serão realizadas pelas redes sociais do O POVO, além dos prêmios exclusivos e especiais. 

A programação conta com desfiles, oficinas, palestras, exposição de produtos e serviços, apresentação do DJ Itaquê, do cantor Gustavo Serpa, das bandas Caribbean Kings, Mix Brasil, além da presença e assessoria dos principais nomes ligados a festas.  Uma das novidades da Feira O POVO Noivas é o lançamento da Caribbean Jazz, uma nova opção de repertório e estilo da badalada Caribbean Kings.  Entre os desfiles, está confirmado o da estilista Solange Sahdo, sinônimo de sofisticação, ousadia e personalidade.

Realizada pelo Grupo de Comunicação O POVO, a Feira O POVO Noivas é a oportunidade para celebrar o mês das noivas, assim como colaborar para que os momentos que antecedem a chegada ao altar sejam leves e prazerosos, independente do orçamento.  Com amplo estacionamento, oLa Maison Buffet é o cenário ideal e garantia de requinte e qualidade para sediar o evento. 

Revista O POVO Noivas - a publicação O POVO Noivas, produzida pelo O POVO, funciona como um verdadeiro guia para as noivas. Dicas para todos os perfis e bolsos compõem a lista de pautas. Os colunistas Francisco Campelo (coluna e site Circuito A), Andrea Fialho (coluna e site Vanguarda) e Roberta Fontelles (coluna Bob to You, programa Beleza & Saúde e blog Beleza) reforçam o conteúdo da revista.

avant-première da O POVO Noivas será em um momento exclusivo para convidados, no próprio La Maison. Após o lançamento oficial, a publicação estará disponível em bancas e livrarias de Fortaleza por R$12,90. 


Serviço:
Feira O POVO Noivas
Dia 22 de maio, das 14h às 22 horas
Onde: La Maison Coliseu Buffet (Av. Engenheiro Luís Vieira, 555, Dunas, Fortaleza-Ceará)
Entrada gratuita
Inscrições online pelo hotsitewww.opovo.com.br/opovonoivas, a partir de segunda-feira, 6 de maio
Mais informações: (85) 3025 5551 / 3025 5552