Pesquisar no blog

sábado, 27 de julho de 2013

Serra recebe alta

  1. José Serra recebe alta após cirurgia cardíaca

Genoino deixa UTI

  1. Genoino a acaba de sair da UTI e vai para outra unidade semi intensiva. Um grande avanço em sua recuperação.

Líder Chapecoense pega Ceará no Castelão

AE - Agência Estado
Foram 45 dias longe de sua torcida e o reencontro não poderia ter sido melhor para a Chapecoense. Na tarde deste sábado, o time derrotou o Avaí, por 3 a 1, na Arena Condá, em Chapecó, no clássico catarinense, e conseguiu recuperar a liderança isolada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida valeu pela décima rodada.
O reencontro com a ponta poderia ter acontecido na última semana, mas o duelo contra o América-MG foi adiado devido ao mau tempo. Sem entrar em campo, a Chapecoense havia perdido a ponta para o Palmeiras. Mas, com a vitória segue como único time invicto da Série B, chegou aos 23 pontos e retomou a liderança. O time da capital catarinense, por outro lado, está afundado na zona de rebaixamento e estendeu a sequência negativa para sete jogos - cinco derrotas e dois empates.
Pressionado pela crise e pela proximidade com a zona de rebaixamento, o Avaí começou melhor. As ações do time da capital eram comandadas pelo meia Marquinhos Santos. Em duas jogadas de bola parada, ele exigiu duas boas intervenções de Nivaldo.
Com o passar do tempo, os donos da casa encontraram o caminho para chegar ao gol adversário pelo lado esquerdo, nas costas do lateral Ricardinho. Pelo setor, Paulinho Dias foi lançado e só não marcou pois o zagueiro Leandro Silva tirou em cima da linha. Na cobrança de escanteio, em seguida, Dão aproveitou cruzamento preciso e marcou aos 28 minutos de cabeça.
Com o gol, os donos da casa pressionaram e conseguiram aumentar a vantagem antes do final da primeira etapa. Aos 43 minutos, Athos recebeu passe de Anderson Pico e mandou no contrapé de Diego.
Atrás do resultado, o técnico Hemerson Maria voltou dos vestiários com mais um atacante. Luciano entrou na vaga de Alê. Os mandantes conseguiram controlar bem o jogo e evitaram que o adversário fizesse algum tipo de pressão. O time ainda conseguiu ampliar a vantagem.
Aos 19 minutos, Bruno Rangel ficou ligado após cobrança de escanteio e apareceu livre de marcação para apenas empurrar cruzamento rasteiro de Wanderson: 3 a 0. Ele lidera a artilharia com 11 gols. Valente, o Avaí não desistiu de procurar o gol e conseguiu diminuir. Luciano aproveitou rebote de Nivaldo e bateu cruzado de perna esquerda.
Apesar do placar praticamente definido, o jogo ficou bastante aberto e cada equipe criou uma grande chance de marcar. Márcio Diogo tentou para os visitantes, mas acabou batendo para fora. Assim como Athos, que recebeu bom passe de Soares, em contra-ataque, mas bateu rende à trave esquerda.
Os dois times voltam a campo na terça-feira, quando a Série B terá rodada completa. A Chapecoense enfrenta o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza, às 19h30. No mesmo horário, o Avaí recebe o Atlético-GO.
FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 3 X 1 AVAÍ
CHAPECOENSE - Nivaldo; Glaydson, André Paulino, Dão (Alemão) e Anderson Pico; Augusto, Wanderson, Paulinho Dias e Athos (Diego Felipe); Fabinho Alves (Soares) e Bruno Rangel. Técnico - Gilmar Dal Pozzo.
AVAÍ - Diego; Ricardinho, Leandro Silva, Bruno Maia e Héracles; Alê (Luciano), Eduardo Costa, Cléber Santana e Marquinhos (Diego Jardel); Marcio Diogo e Tauã (Reis). Técnico Hemerson Maria.
GOLS - Dão, aos 28, e Athos, aos 43 minutos do primeiro tempo; Bruno Rangel, aos 19, e Luciano, aos 25 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC)
CARTÕES AMARELOS - Bruno Maia e Héracles (Avaí); Athos e Wanderson (Chapecoense).
PÚBLICO e RENDA - Não disponíveis.
LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC). 

Túnel do Iguatemi

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Túnel da Av. Engenheiro Santana Jr. será liberado neste sábado (27)PDFImprimir
Sex, 26 de Julho de 2013 15:36
PANFLETO-bannerO Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Rodovias (DER), vai liberar neste sábado (27) o túnel da avenida Engenheiro Santana Jr., acesso ao Shopping Iguatemi. Com isso os motoristas que estiverem no sentido Washington Soares chegarão ao shopping pelo túnel. Aqueles que forem para sentido oposto seguem normalmente. Os trabalhos no local encontram-se com mais de 70% de conclusão e estão previstos para serem entregues em setembro de 2013.

As obras fazem parte do Relatório de Impacto Sobre o Trânsito (RIST) de construção do Centro de Eventos e incluem a construção dos dois túneis e o alargamento de 1,2 quilômetro, entre a Rogaciano Leite e o viaduto da Washington Soares. Além do túnel de acesso ao shopping Iguatemi, será entregue à população um outro, que sairá da avenida Rogaciano Leite passando por baixo da avenida Washington Soares em direção à Santana Júnior.

De acordo com o superintendente do DER, Sérgio Azevedo, o investimento total na intervenção é de R$ 30 milhões, sendo R$ 25 milhões do tesouro estadual e R$ 5 milhões provenientes de recurso privado (Shopping Iguatemi). “Os atuais engarrafamentos existentes devido à demanda de veículos na área, especialmente nos horários de maior movimento, irão diminuir após a conclusão das obras”, afirma Sérgio Azevedo.

Fala Heitor

http://www.verdinha.com.br/noticias/heitor-ferrer-diz-que-pode-ser-candidato-a-governador-do-estado-em-2014/
Por: verdinha às 11:01 de 27/07/2013
Deputado fez duras críticas ao governo Cid Gomes em entrevista ao programa Sábado Show. Foto: Evandro Nogueira.
Deputado fez duras críticas ao governo Cid Gomes em entrevista ao programa Sábado Show. Foto: Evandro Nogueira.
O deputado estadual Heitor Férrer (PDT-CE) disse, na manhã deste sábado (27),  em entrevista à Redação Web da Rádio Verdes Mares, que pode ser candidato a governador do Estado nas eleições de 2014, a depender da vontade de eleitores e de seu partido.
Ibope divulgou, no último dia 24, pesquisa que aponta o deputado com 18% das intenções de voto para o Senado.”Eu fui bem avaliado para o Senado, mas, se nas pesquisas eu for bem avaliado para o governo, nós podemos considerar.Eu não descartaria minha candidatura ao governo do Estado”, assegura.
Ouça o deputado:

“Não pense a sociedade que vamos ter viaduto sem agredir o meio ambiente”, diz
Sobre os viadutos a serem construídos no cruzamento das avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Júnior, o deputado avalia que as consequências ambientais são inevitáveis.”Não pense a sociedade que vamos ter viaduto sem agredir o meio ambiente. O ideal é que onde se possa fazer túneis que se faça. O que cabe também ao governante do Estado, em consonância com o do município, é acelerar a construção da Linha Leste do metrô. Essa sim vai dar uma feição de modernidade e segurança pública ao transporte urbano”
Heitor defende, no entanto, que o prefeito Roberto Cláudio deveria dar mais margem para que vários setores debatessem o empreendimento. “São obras que agridem muito o meio ambiente e que devem ser discutidas com o meio acadêmico, com técnicos da área e com a sociedade”, cobra.
Heitor diz que o programa Ronda do Quarteirão “foi à falência”
Em entrevista ao radialista Evandro Nogueira, no programa Sábado Show, da Rádio Verdes Mares, o deputado fez uma série de críticas ao governo Cid Gomes e afirma que o “programa Ronda do Quarteirão foi à sua exaustão e falência”.
Heitor embasou sua crítica com uma série de dados que mostram o aumento da violência no Ceará nos últimos anos. “Quando ele [governador Cid Gomes] assumiu, foram 1936 assassinatos no ano de 2007. No ano de 2012, nós tivemos 3685 assassinatos”, afirma o deputado.
Com relação a esse quadro de insegurança, o político diz que o Governo do Estado tem se omitido em dar respostas à população. “É uma tragédia. O governador não se pronuncia e o secretário de Segurança Pública não dá uma coletiva”.
Heitor também defende que deveriam ter sido feitos mais investimentos no tratamento de dependentes químicos, tendo em vista que “75% dos homicídios estão ligados a drogas. O Governo do Estado não investiu nada em tratamento de dependentes químicos no ano de 2012″.

CNI-Ibope

www.ibope.com.br
Na média nacional, governadores têm avaliação positiva em patamar semelhante
JOSÉ CRUZ/ ABR
​Além do recuo na avaliação do governo, diminuem também a aprovação da maneira de governar e a confiança na presidente.
​Primeira pesquisa CNI/IBOPE Inteligência realizada após a onda de manifestações que se espalhou por todo o país mostra que a popularidade da presidente Dilma Rousseff cai de maneira significativa entre junho e julho deste ano, de acordo com a pesquisa.

Segundo a pesquisa, em julho, o percentual da população que avalia o governo da petista como ótimo ou bom é de 31%, índice que no mês anterior era de 55%. Já o percentual dos que avaliam o governo como ruim ou péssimo salta de 13% para 31%, enquanto os que o consideram regular cresce de 32% para 37%, no mesmo período. 

Além do recuo na avaliação do governo, diminuem também a aprovação da maneira de governar e a confiança na presidente, ambas com 45%. Em junho, os percentuais eram 71% e 67%, respectivamente.

Vale ressaltar que em julho, a parcela da população que desaprova a maneira de governar de Dilma supera a que aprova, atingindo 49%. O percentual dos que não confiam na presidente também se eleva e vai a 50%. Em junho, esse percentual era de 28%.

A queda na popularidade de Dilma também se evidencia na comparação do seu mandato com o do ex-presidente Lula. Em julho, o percentual dos que consideram o atual governo pior que o anterior atinge 46%, ante 25% registrado em junho.  Já o índice dos que consideram os dois governos iguais cai de 57% para 42%, enquanto 10% acreditam que o governo de Dilma é melhor, percentual que em junho era de 16%.

Atuação do governo
De acordo com a pesquisa, quando questionados sobre em quais áreas o governo Dilma apresenta melhor desempenho, 28% dos brasileiros apontam a área da habitação. Na sequência, são indicadas a atuação do governo no combate à fome e à miséria (23%), capacitação profissional (22%), energia elétrica (21%), cultura e lazer (21%), geração de empregos (18%), agricultura (16%), desenvolvimento (14%), meio ambiente (13%), estradas e rodovias (12%), educação (11%) e saneamento básico (8%).

Já entre áreas apontadas com o pior desempenho do governo federal, estão a saúde (71%), segurança pública (40%), educação (37%), combate às drogas (24%), combate à corrupção (21%), salários (15%), impostos (14%), custo de vida (12%), geração de empregos (10%), transporte e mobilidade (9%), fome e miséria (6%) e habitação (5%).

Avaliação do governo por regiões
A popularidade da presidente Dilma é mais elevada na região Nordeste e no Norte/Centro-Oeste, apresentando índices mais baixos no Sudeste.

No Nordeste, o percentual de entrevistados que avaliam o governo Dilma como ótimo ou bom é de 43%, 12 pontos percentuais acima da média nacional. Já na região Sudeste, o percentual cai para 24%. No Sul, esse índice é de 28% e no Norte e Centro-Oeste, 35%.

Os demais indicadores – avaliação da maneira de governar e confiança na presidente – apresentam resultados similares. Na região Nordeste, a maioria da população (58%) aprova a maneira de governar da presidente. Esse percentual atinge 48% no Norte e Centro-Oeste e 41% no Sul, enquanto no Sudeste cai para 37%.

No que diz respeito à confiança na presidente, na região Nordeste e nas regiões Norte e Centro-Oeste, mais da metade da população confia na presidente: 56% e 51%, respectivamente. No Sul, esse índice é de 41% e no Sudeste, 37%.

Principais problemas do país
De uma lista com 25 opções, os entrevistados indicaram os três principais problemas do Brasil. Para a população, área da saúde é a mais crítica, sendo apontada como um dos principais problemas do país por 77% dos brasileiros. Depois aparecem a educação indicada por 39% dos entrevistados, segurança pública e violência (38%), drogas (29%) e corrupção (27%).

Popularidade dos governadores de estado
Os entrevistados também avaliaram os governadores de seus respectivos estados. Dentre os 11 estados avaliados, os governadores mais populares são os de Pernambuco, Paraná, Ceará e Minas Gerais. No outro extremo– menor popularidade – têm-se Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Na média nacional, 28% da população brasileira considera o governo do(a) governador(a) de seu estado ótimo ou bom. O governo de Pernambuco é considerado ótimo ou bom por 58% da população do estado. No Paraná, o percentual é de 41%, no Ceará de 40% e em Minas Gerais de 36%.

Há, entretanto, estados que ficam abaixo da média da nacional. É o caso do Rio de Janeiro, pior estado avaliado, onde apenas 12% da população considera o governo ótimo ou bom. Depois, abaixo da média, aparecem Goiás, Rio Grande do Sul e São Paulo com 21%, 25% e 26% de avaliação do governo como ótimo ou bom, respectivamente.

Na avaliação da maneira como o (a) governador(a) de seu estado vem atuando, a média nacional de aprovação é de 42%. Dentre os 11 estados considerados, apenas Rio de Janeiro (com 29%), Goiás (34%) e São Paulo (40%) estão abaixo dessa média. O governador de Pernambuco lidera com folga, com 76% de aprovação, seguido pelos governadores do Ceará (54%), Paraná (52%) e Minas Gerais (50%).

O governador de Pernambuco é o que mais inspira confiança entre seus eleitores: 68% da população do estado confia no governador. Esse percentual é de 53% no Ceará e 49% em Minas Gerais. No outro extremo têm-se Rio de Janeiro (25%), Goiás (29%) e São Paulo (34%). A média nacional é 38%.

Manifestações populares
Entre os entrevistados, 84% não participaram, nem tiveram um residente no domicílio que tenha participado das manifestações populares. No total, 9% dos respondentes participaram das manifestações e 6% responderam que algum residente no domicílio participou.

Na faixa etária de 16 a 24 anos, 12% responderam que foram às manifestações, percentual que cai para 3% entre os entrevistados com 50 anos ou mais. A participação também é maior à medida que aumenta o nível de instrução e a renda familiar do entrevistado.

Mas independente de ter participado ou não dos protestos, 89% dos brasileiros se posicionam a favor das manifestações, sendo que 39% ressaltaram, espontaneamente, que são a favor desde que sem violência.

Apenas 9% da população se posicionam contra as manifestações, sendo que quanto maior a idade do entrevistado, mais alto o percentual dos que são contrários às manifestações. Entre os entrevistados com 50 anos ou mais, 15% são contra. A posição contrária também é maior entre os com menor grau de instrução (17% entre os com até a 4ª série do fundamental) e menor nível de renda familiar (16% entre os com até um salário mínimo).

Sobre a pesquisa
Entre os dias 9 e 12 de julho, o IBOPE Inteligência realizou 7686 entrevistas em 434 municípios, sendo 2.002 entrevistas para amostra nacional, e complemento de 5.684 entrevistas em 11 Estados. Nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Espírito Santo , Paraná, Santa Catarina , Rio Grande do Sul e Goiás foram feitas 602 entrevistas e, 812 entrevistas nos Estados de São Paulo , Rio de Janeiro e Minas Gerais. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para a amostra nacional, de 3 pontos para os Estados com 812 entrevistas e de 4 pontos percentuais nos Estados onde foram realizadas 602 entrevistas. 

Fala papa Francisco

Eis a fala do papa Francisco hoje na Catedral do Rio de Janeiro:
"Amados Irmãos em Cristo,
vendo esta catedral lotada com Bispos, sacerdotes, seminaristas, religiosos e religiosas vindos do mundo inteiro, penso nas palavras do Salmo da Missa de hoje: Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor. Sim, estamos aqui reunidos para glorificar o Senhor; e o fazemos reafirmando a nossa vontade de sermos seus instrumentos, para que não somente algumas nações mas todas glorifiquem o Senhor. Com a mesma parresia  (coragem, ousadia) de Paulo e Barnabé, anunciemos o Evangelho aos nossos jovens para que encontrem Cristo e se tornem construtores de um mundo mais fraterno. Neste sentido, queria refletir com vocês sobre três aspectos da nossa vocação: chamados por Deus; chamados para anunciar o Evangelho; chamados a promover a cultura do encontro.
1. Chamados por Deus: Creio que é importante reavivar em nós esta realidade que, frequentemente, damos por descontada em meio a tantas atividades do dia-a-dia: Não fostes vós que me escolhestes, mas eu que vos escolhi, diz-nos Jesus. Significa retornar à fonte da nossa chamada. No início de nosso caminho vocacional, há uma eleição divina. Temos que nos lembrar sempre deste primeiro chamado. Fomos chamados por Deus, e chamados para permanecer com Jesus, unidos a Ele de um modo tão profundo que nos permite dizer com São Paulo: Eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim. Este viver em Cristo configura realmente tudo aquilo que somos e fazemos. E esta vida em Cristo é justamente o que garante a nossa eficácia apostólica, a fecundidade do nosso serviço: Eu vos designei para irdes e para que produzas fruto e o vosso fruto permaneça. Não é a criatividade pastoral, não são as reuniões ou planejamentos que garantem os frutos, isso ajuda e muito, mas temos que ser fiel a Jesus, que nos diz com insistência: Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. E nós sabemos bem o que isso significa: Contemplá-lo, adorá-lo e abraçá-lo, particularmente através da nossa fidelidade à vida de oração, do nosso encontro diário com Ele presente na Eucaristia e no abraço às pessoas mais necessitadas. O “permanecer” com Cristo não é se isolar, mas é um permanecer para ir ao encontro dos demais. Vem-me à cabeça umas palavras da Bem-aventurada Madre Teresa de Calcutá: Devemos estar muito orgulhosos da nossa vocação, que nos dá a oportunidade de servir Cristo nos pobres. É nas favelas, nos cantegriles, nas Villas miseria, que nós devemos ir procurar e servir a Cristo. Devemos ir até eles como o sacerdote se aproxima do altar, cheio de alegria. Jesus, Bom Pastor, é o nosso verdadeiro tesouro; que procuremos fixar sempre mais n’Ele o nosso coração.
2. Chamados para anunciar o Evangelho. Muitos de vocês, queridos bispos e sacerdotes senão todos, vieram acompanhar seus jovens à Jornada Mundial. Eles também ouviram as palavras do mandato de Jesus: Ide e fazei discípulos entre todas as nações. É nosso compromisso ajudá-los a fazer arder, no seu coração, o desejo de serem discípulos missionários de Jesus. Certamente muitos, diante desse convite, poderiam sentir-se um pouco atemorizados, imaginando que ser missionário significa deixar necessariamente o País, a família e os amigos. Deus quer que sejamos missionários onde estivermos. Deus me mostrou que o meu território de missão estava muito mais perto: na minha pátria. Ajudemos os jovens a perceberem que ser discípulo missionário é uma consequência de ser batizado, é parte essencial do ser cristão, e que o primeiro lugar onde evangelizar é a própria casa, o ambiente de estudo ou de trabalho, a família e os amigos. Não poupemos forças na formação da juventude. Os jovens precisam ser escutados. Temos que ajudá-los e ter a paciência de escutar. São Paulo usa uma bela expressão, que se tornou realidade na sua vida, dirigindo-se aos seus cristãos: Meus filhos, por vós sinto de novo as dores do parto até Cristo ser formado em vós”. Também nós façamos que isso se torne realidade no nosso ministério. Ajudemos os nossos jovens a descobrir a coragem e a alegria da fé, a alegria de ser pessoalmente amados por Deus, que deu o seu Filho Jesus para nossa salvação. Eduquemo-los para a missão, para sair, para partir. Jesus fez assim com os seus discípulos: não os manteve colados a si, como uma galinha com os seus pintinhos; Ele os enviou. Não podemos ficar encerrados na paróquia, nas nossas comunidades, quando há tanta gente esperando o Evangelho. Não se trata simplesmente de abrir a porta para acolher, mas de sair pela porta afora para procurar e encontrar. Decididamente pensemos a pastoral a partir da periferia, daqueles que estão mais afastados, daqueles que habitualmente não frequentam a paróquia. Também eles são convidados para a Mesa do Senhor.
3. Chamados a promover a cultura do encontro. Em muitos ambientes, infelizmente, ganhou espaço a cultura da exclusão, a cultura do descartável. Não há lugar para o idoso, nem para o filho indesejado; não há tempo para se deter com o pobre caído à margem da estrada. Às vezes parece que, para alguns, as relações humanas sejam regidas por dois dogmas modernos: eficiência e pragmatismo. Queridos Bispos, sacerdotes, religiosos, religiosas e também vocês seminaristas, que se preparam para o ministério, tenham a coragem de ir contra a corrente desta cultura. O encontro e o acolhimento de todos, a solidariedade, palavra escondida nessas culturas, e a fraternidade são os elementos que tornam a nossa civilização verdadeiramente humana. Temos de ser servidores da comunhão e da cultura do encontro. Permitam-me dizer: deveríamos ser quase obsessivos neste aspecto. Não queremos ser presunçosos, impondo as “nossas verdades”. O que nos guia é a certeza humilde e feliz de quem foi encontrado, alcançado e transformado pela Verdade que é Cristo, e não pode deixar de anunciá-la.
Queridos irmãos e irmãs, fomos chamados por Deus, chamados para anunciar o Evangelho e promover com alegria a cultura do encontro. A Virgem Maria seja o nosso modelo. Na sua vida, Ela deu exemplo daquele afeto  maternal de que deve estar animados todos quantos cooperam na missão apostólica que a Igreja, tem de regenerar os homens. Não podemos esquecer das pessoas da periferia que tem sede de Deus. Que sejamos discípulos do Senhor e concedamos a todos esta graça.

No BNB Clube

Sábado (27) – Festival Blues do Nordeste
No último dia de Festival Blues do Nordeste duelos de cearenses com o tema “Do Rock ao Blues”. Às 19h, Vitor Gueiros e Rafael Balboa sobem ao palco. 
Às 21h30 tem Marcelo Justa e Felipe Cazaux, encerrando a noite. Entrada gratuita. Mais informações: (85) 4006.7200 e 4006.7203.
Sábado (27) – BNB Rock Clube Especial Beatles
A partir das 21h, a banda Rubber Soul comanda uma segunda edição do BNB Rock Clube, para celebrar o aniversário do álbum “A Hard Day's Night”. No show a banda também apresenta outros clássicos dos Beatles. A festa acontece no Salão Nobre, com ingressos custando R$15,00 (meia) e R$12,00 (sócios). Outras informações pelos telefones 4006.7200 ou 7203.
Domingo (28) – Pato aqui, pato acolá 
Espetáculo com montagem lúdica e divertida e elenco composto por bonecos e um palhaço, do Circo Tupiniquim. A história trata de um rei egoísta, que faz de tudo para manter-se eternamente no poder. Às 15h, no Salão Nobre do BNB Clube Aldeota. Entrada gratuita. Mais informações pelos telefones 4006.7200 ou 7203.

Ednardo, 40 anos hoje

Neste sábado, 27, a partir das 21 horas, a Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) será palco de um momento que deverá entrar para a história da música no Ceará. Com o show“40 anos de canção”, o cantor e compositor Ednardo comemora quatro décadas do lançamento do disco Meu Corpo Minha Embalagem Todo Gasto Na Viagem – Pessoal do Ceará, gravado em 1973 com Rodger Rogério e Teti.
Com acesso gratuitoo show será gravado em DVD ao vivo, com Ednardo acompanhado no palco por grandes instrumentistas cearenses. São eles: Mimi Rocha (guitarra), Luis Miguel Caldas (baixo), Zé do Norte (acordeon), Edson Távora (teclado), Carlos Patriolino Filho (bandolim/violão), Márcio Resende(metais), Denilson Lopes (bateria), Hoto Junior (percussão) e Nilton Fiore (percussão).
Alguns momentos do show serão marcados por participações especiais, de amigos de longas datas, como Rodger Rogério e Teti, o multiinstrumentista Manassés de Sousa, Mona Gadelha, cantora que também fez parte do movimento Massafeira, o paraibano Chico César, seu parceiro na música “Única Pessoa”, do CD homônimo lançado por Ednardo em 2001, e Carol Oliveira, representando a nova geração de intérpretes cearenses.
No show, Ednardo vai fazer uma viagem nos 40 anos de carreira interpretando grandes hits de sua autoria, como “Terral”, “Beira Mar” e “Pavão Mysteriozo”, parcerias como “Aurora” (de Ednardo e Belchior) e “Flora” (Ednardo, Dominguinhos e Climério), novas composições, como “Eu tô up to date” (Ednardo e Zeca Baleiro), entre tantas outras.
40 ANOS DE CANÇÃO
De 1973 - quando lançou os hits “Beira Mar”, “Terral” e “Ingazeiras” - para cá, Ednardo foi muito além das dunas brancas.  A estrada o seduziu. Ganhou o sul, a sorte e vem construindo uma vasta história, com mais de 400 músicas e letras, distribuídas em 15 discos originais, 16 discos de compilações, duas trilhas musicais para teatro, dois especiais para TV e quatro trilhas musicais de cinema.
Em 1976, “Pavão Mysteriozo” lançado dois anos antes no disco O Romance do Pavão Mysteriozo, abriu asas na carreira de Ednardo ao virar tema de abertura da novela Saramandaia, da Rede Globo, neste ano relançada em nova versão. De suas músicas se destacam ainda muitas outras, como “Artigo 26”, discoBerro (1976), “Enquanto engoma a calça” – coautoria com Climério - e “A Manga Rosa” (Ednardo, 1979). 
Reconhecidas internacionalmente, suas músicas já foram gravadas por mais de 50 diferentes intérpretes e tocam em países como Portugal, Espanha, França, Itália, Holanda, Alemanha, Japão, Israel, Cuba, México, Argentina, Uruguai, comunidades Latino-Americanas dos Estados Unidos, entre outros.
Ednardo é o autor das trilhas musicais dos filmes Luzia Homem (Fábio Barreto) sucesso de bilheteria no Brasil e exterior, Tigipió (Pedro Jorge de Castro), com trilha premiada nos festivais de Karlov Vary, na Checoslováquia, e em Verona, na Itália, e O Calor da Pele (também de Pedro Jorge de Castro). Em 1977 dirigiu e produziu o filme Cauim, um misto de documentário e ficção sobre o maracatu cearense. Este trabalho deu nome ao seu disco lançado no ano seguinte.
Em 1979 Ednardo realizou em Fortaleza o festival de artes Massafeira Livre, ponto alto da efervecência cultural cearense, levando ao Theatro José de Alencar nomes como Fagner, Belchior, Fausto Nilo, Mona Gadelha, Patativa do Assaré, Lúcio Ricardo, Régis & Rogério, entre muitos dos 400 artistas participantes.
No ano seguinte, o grupo, formado por mais de 80 pessoas, seguiu para o Rio de Janeiro para gravar, em estúdio, obras que marcaram o festival, dando origem ao álbum duplo Massafeira, com direção artística, de produção e estúdio de Ednardo.
Em 2010 o álbum, que é considerado um dos mais importantes registros da música cearense, ganhou uma reedição especial, em CD duplo e livro, comemorativa de 30 anos do antológico encontro musical.
A riqueza musical de Ednardo nesses 40 anos de carreira rompe qualquer tentativa de rotular sua obra. Ele é um dos responsáveis por ampliar a uma dimensão nacional, as manifestações da tradição regional do maracatu, frevo, forró, baião e cordel, que misturadas ao rock, blues, canções românticas, boleros e outros ritmos, resultou nessa tão múltipla obra. Nas palavras do professor e pesquisador Gilmar de Carvalho, emReferências Cearenses na Comunicação Musical de Ednardo, “Ele cria em cima do que seria raiz, sem folclorizar seu trabalho. É um artesão da canção, um compositor cearense/brasileiro/universal".
SERVIÇO
Ednardo - 40 anos de Canção – Show e gravação do DVD ao vivo, comemorativo aos 40 anos de carreira de Ednardo. Dia 27 de julho, às 21 horas, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema, Informações: (85)3488-8600. Acesso gratuito.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
DÉGAGÉ
Jornalistas Resp: Sônia Lage e Eugênia Nogueira

Encontro da Aceji

Encontro de Comunicadores da RMF – 03.08.2013

PROGRAMAÇÃO OFICIAL*
8h – credenciamento
9h – abertura oficial
10h – entrega de homenagens
11h – palestra “Lei 12.232/2010: Nova Legislação, Novas Oportunidades” – palestrante       Jornalista Sérgio Pires
12h – almoço
13h30 – palestra “Convivência com a sustentabilidade no semiárido” – palestrante – jornalista e empreendedor Paulo Neves Pereira
14h30 – palestra “A história da Comunicação no Interior” – palestrante jornalista Nelson Faheina
15h30 – palestra “A Importância das Redes Sociais e Ferramentas na web para Comunicadores” – palestrante – especialista em Tecnologia da Informação Robson Queiroz
16h30 – “A Importância da Comunicação da Administração Pública” – palestrante jornalista Walter Bardawil
17h – encerramento

*Sujeita a alteração

Pague Menos grande

As Farmácias Pague Menos ganham destaque internacional e aparecem na 48ª colocação entre as maiores empregadoras da América Latina, segundo o ranking das 500 maiores empresas do continente divulgado pelo instituto América Economía Intelligence, referente ao ano de 2012. A maior rede de varejo farmacêutico do País também ocupou o 407º lugar na classificação  geral.

Procuramos construir uma relação de confiança e uma política permanente de valorização dos talentos internos. O crescimento contínuo da rede, por si só, abre oportunidades de ascensão profissional. Mas é preciso mais, o que nos leva a investir em treinamento e qualificação permanentes”, justifica o presidente da Pague Menos, Deusmar Queirós. Como resultado, 3% dos funcionários atuam na empresa desde sua fundação, em 1981, e 15% trabalham há mais de dez anos.

Em 2013, a rede já contabiliza mais de 300 mil horas-aulas de treinamento profissional. O departamento de Desenvolvimento Humano, na matriz em Fortaleza, coordena as ações desenvolvidas em todo o Brasil e cada regional dispõe de uma estrutura física para os treinamentos. Na matriz são promovidas também avaliações semestrais de desempenho, na qual os funcionários mais destacados recebem certificados, divididos em categorias Prata,Ouro e Diamante, e são premiados com a prática de uma remuneração variável.

Sobre as Farmácias Pague Menos

As Farmácias Pague Menos são a primeira rede varejista presente nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Mantêm um crescimento médio anual (CAGR) de 25% nos últimos 10 anos, um dos maiores índices contínuos do Brasil. Conta hoje com mais de 630 lojas e mais de 16 mil colaboradores que atuam em cerca de 230 municípios. Com sede na capital cearense, a rede figura também com destaque no ranking das Melhores & Maiores doBrasil da revista Exame, edição 2013: ocupa a 154ª colocação geral, é a 13ª maior nas regiões Norte e Nordeste, líder no estado do Ceará e a quarta mais rentável do setor varejista.

Enxuta

Começa na próxima segunda-feira (29) o 21º Encontro do Grupo Internacional para Construção Enxuta (IGLC 21 st), que pela primeira vez será realizado em Fortaleza, e a C. Rolim Engenharia não poderia ficar de fora deste grande evento que busca reunir o que há de mais moderno e atual nos conceitos e práticas do Lean Construction.  Já no primeiro dia acontece o Gemba Day, no qual os participantes poderão acompanhar as aplicações da construção enxuta no canteiro de obras do Paço dos Pássaros, da C. Rolim Engenharia, através de uma visita guiada que inicia às 8 horas.

No segundo dia (30), será a vez do Industry Day, que vai apresentar as experiências nacionais e internacionais sobre diversos temas relacionados à implantação da construção enxuta. Para abrir os trabalhos desta etapa, às 8h30 o diretor técnico da C. Rolim Engenharia, Alexandre Mourão, palestra sobre “A filosofia Lean Construction como base para a construção sustentável”, no Ponta Mar Hotel. Entre os dias 31 de julho e 02 de agosto, a programação segue com painéis e apresentações de pesquisas científicas, quatro delas contam com a participação de colaboradores da C. Rolim. A expectativa é de que cerca de 250 pessoas participem das atividades do encontro, incluindo profissionais da construção civil, pesquisadores, estudantes e público em geral.

De acordo com Alexandre, a aplicação dos conceitos de Lean Construction, baseado no Sistema Toyota de Produção, tem como objetivo eliminar e/ou reduzir todos os tipos de desperdícios dos processos (materiais, tempo, transporte, espera etc.) e agregar valor ao cliente no que realmente importa. “A filosofia lean, como o termo sugere, “enxuga” as atividades, racionalizando-as e simplificando-as ao máximo. O método busca implementar sistemas de informação e novas ferramentas que viabilizem a estabilização do ambiente produtivo”, explica.

A responsabilidade socioambiental é um dos principais pilares da construtora. Uma iniciativa importante, adotada pela construtora desde 2009, é o Compromisso Verde, instituído pelo presidente da empresa Pio Rodrigues Neto.  O programa faz com que seja plantada, em local público, ou doada uma árvore  para cada metro quadrado de terreno adquirido para os empreendimentos da C. Rolim Engenharia.  Até o momento, mais de 36 mil árvores foram plantadas ou distribuídas em áreas como o Campus do Itaperi da Universidade Estadual do Ceará (Uece), o bairro Dunas, a Lagoa do Papicu e o Hospital da Mulher, entre outras localidades.

Paço dos Pássaros
Com área privativa de 226,73 m², os apartamentos são compostos por três suítes (sendo a principal com closet e banheira), sala de estar/jantar, gabinete, WC social, varanda com churrasqueira, cozinha, despensa, área de serviço, DCE, hall individual e quatro vagas na garagem. A área comum conta com salão gourmet, fitness center, spa com sauna, hidromassagem, quadra poliesportiva, jacuzzi, piscinas infantil e com raia de 25 m, spire ball, kids room, guarita blindada entre outros. O empreendimento dispõe ainda de aquecedores de água a gás, sistema de irrigação automatizado, sensores de presença, medidores individualizados de água e gás, sensor de gás na cozinha, louças e metais sanitários de baixo consumo, coleta seletiva de lixo, automação de iluminação nas áreas comuns e poço profundo. 


Sobre a C. Rolim Engenharia
Com 35 anos de mercado e amplo reconhecimento nacional e internacional, a C. Rolim Engenharia Ltda., localizada em Fortaleza, é membro do Green Building Council dos Estados Unidos e foi uma das primeiras construtoras do Ceará a ser certificada com a norma ISO 9000, em 1998. Desde 2004, a empresa vem aplicando os conceitos de Lean Construction.  O uso dessa filosofia de gestão de processos permite que a construtora atue em conformidade com os padrões tecnológicos mais avançados, cortando desperdícios, aumentando a produção e agregando mais qualidade aos seus produtos. A conquista da Pré-certificação Internacional LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) Core & Shell – V3 (2009), fornecida pelo U.S. Green Building Council (USGBC), para o empreendimento Paço das Águas, em junho de 2010, fez da C. Rolim a primeira do Brasil a ter esse reconhecimento. Hoje, a marca é referência em utilização de modernas tecnologias verdes com aplicação eficiente de recursos.  

Serviço – C. Rolim Engenharia no IGLC 21 st
·         Gemba Day (29)
 8h - visita técnica ao residencial Paço dos Pássaros
Local: Rua Marcos Macedo, 1460 – Aldeota, atrás do shopping Pátio Dom Luís.

·         Industry Day (30)
8h30 – 9h15 - “A filosofia Lean Construction como base para a construção sustentável” - palestra com o diretor técnico da C. Rolim Engenharia, Alexandre Mourão, e lançamento da Coletânea Lean & Green da construtora.
Local: Ponta Mar Hotel (Avenida Beira Mar, 2200 – Meireles)

·         Apresentações de pesquisas científicas (31/07 a 02/08)
- Lean & Green: how both philosophies can interact on stratrategic, tactical and operational perspectives of a company (autores:  Caroline P. Valente, Carlos Alexandre M. A. Mourão and José de Paula B. Neto).

- Benefits of bacth size reduction: a case study in a residencial project (autores:  Caroline P. Valente, Germano A. Montenegro, Felipe L. Brito, Clarissa N. Biotto, Bruno P. Mota and Fábio K. Schramm).

- Redesigning administrative procedures applying the value stream mapping in a construction company: a case study (autores:  Humberto M. Costa, Marcelo Victor V. Silva, Alexandre Mourão,Caroline P. Valente and Francisco Laércio).

- Managing the information flow in customised apartment building projects (autores: Cecília Gravina da Rocha, Sergio Luiz Kemmer and Lisyanne Meneses).
Local: Ponta Mar Hotel (Avenida Beira Mar, 2200 – Meireles).


Mais informações para a Imprensa:
AD2M Engenharia de Comunicação
www.ad2m.com.br | (85) 3258.1001

PF entra no caso Cocó

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF) recebeu, nesta sexta-feira, 26 de julho, ofício da Polícia Federal (PF) que informa a instauração de inquérito policial para apurar a responsabilidade criminal da Prefeitura de Fortaleza no desmatamento de mais de 70 árvores no Cocó. As intervenções foram iniciadas pela Prefeitura para dar início à construção de viadutos no cruzamento entre as avenidas Engenheiro Santana Júnior e Antônio Sales.
 
De acordo com o documento assinado pelo delegado da Polícia Federal Thomas Wlassak, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, é oficiado a prestar esclarecimentos sobre a derrubada das árvores, após o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) emitir laudo que comprova a ilegalidade no desmatamento de área de manguezal, pertencente à União. O laudo foi encaminhado à PF pelo MPF, na última quarta-feira, a pedido do procurador da República, Oscar Costa Filho.
 
No ofício que comunica a abertura do inquérito policial, o delegado Thomas Wlassak também pede que os analistas ambientais que elaboraram o laudo do Ibama apresentem-se à PF para prestarem depoimento sobre o trabalho de vistoria realizado na área equivalente a sete metros do parque do Cocó. A PF solicita, ainda, manifestação da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) no caso.
 
De acordo com o laudo emitido pelo Ibama e enviado à PF, o desmatamento no Cocó foi realizado em perímetro considerado pelo Código Florestal como área de preservação permanente, além de área de relevante interesse ambiental para a cidade de Fortaleza. No documento, o Ibama também atestou que a devastação ocorreu em área pertencente à União, sem que houvesse sido pedida autorização à SPU. O laudo ainda aponta que as intervenções foram iniciadas sem que houvesse sido elaborado prévio Estudo de Impacto Ambiental e o respectivo Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima).
 
Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Ceará