sábado, 3 de agosto de 2013

Posse em dez de setembro

A CHAPA IVONETE MAIA eleita por 109 votos e três em branco para a diretoria da Associação Cearense de Imprensa (ACI). Posse em dez de setembro.

Na foto Luiz Cruz abraça a presidente eleita da ACI, Adísia Sá



CHAPA IVONETE MAIA



Conselho Superior

Aderson Maia Nogueira

Antônio de Pádua Lopes de Freitas

João Ferreira

José Edilmar Norões

Paulo Tadeu Sampaio de Oliveira

Zelito Nunes Magalhães
 
Diretoria

Presidente: Adísia Sá

Vice-presidente: Nilton Melo Almeida

1º Secretário: Antônio Alves Galdino

2º Secretário: Sylvia Helena Braun

1º Tesoureiro: Wilame Marinho de Moura

2 Tesoureiro: Luiz Siqueira Campos

Diretora de Com. Social: Emília Augusta Furtado Pamplona Bedê

Diretor de Patrimônio: Gutemberg Figueiredo

Diretor de Biblioteca e Hemeroteca: Salomão de Castro

Diretora de Atividades Sociais e Culturais: Maria Auxiliadora Guimarães

Suplentes: Ademir da Silva Costa /  Mara Cristina Barbosa Castro

Conselho Fiscal

Titulares:    

Arleni Portelada  
Auriberto Cavalcante 
José Maurício de Lima da Silva 


Suplentes

Ítalo Araújo Vasconcelos
José Flávio Vasconcelos
Paulo Verlaine

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

One & Two Gourmet

Fortaleza recebe a mais nova hamburgueria com padrões inovadores de atendimento e linhas variadas, que vão desde opções para crianças (kids), porções gigantes, diet (para diabéticos); os tradicionais e também para vegetarianos, celíacos (glúten) e intolerantes à lactose. 
One & Two Gourmet convida para o coquetel de lançamento, com degustações, na próxima quarta-feira, dia 7 de agosto, às 19h, na Rua Sabino Pires, nº 5 (esq. Des. Leite Albuquerque) para imprensa e convidados.

Pitú 710

O maior evento de negócios da América Latina, a Convenção Anual do Atacadista Distribuidor e 16ª Sweet Brazil International Expo, da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad), chega à sua 33ª edição no dia 5 de agosto. Entre as empresas que se reunirão durante quatro dias no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, está a pernambucana Pitú.
Com estratégia que visa marcar forte presença, o estande criado pela Ampla Comunicação reproduz a fábrica em Vitória de Santo Antão (PE), contemplando elementos característicos, como a garrafa gigante, os barris de carvalho, os engradados e as esteiras. Para dar mais realidade ao ambiente, o uniforme dos garçons e promotores é baseado no fardamento usado por funcionários.
Ainda no estande, clientes potenciais poderão saborear as bebidas à base de cachaça (Pitú Gold, Pitú Cola e Pitú Limão), a bebida mista Do Frei, a vodka Bolvana e conferir o lançamento nacional da novidade da marca, o Super Latão de 710 ml.
Participando desde a edição de 2004, a Pitú considera a Convenção um excelente momento para prospecção de negócios, apresentação de novidades, avaliação de atendimento e, como afirma o diretor Comercial e Marketing da Pitú, Alexandre Ferrer, relacionamento com os clientes.
A Abad reúne mais de três mil empresas de todo o Brasil que movimentam cerca de 4% do PIB (Produto Interno Bruto) e que comercializam produtos alimentícios industrializados, candies, bebidas, produtos de higiene pessoal e de limpeza doméstica, produtos farmacêuticos e de perfumaria, papelaria e material de construção, entre outros.

Tira Treco

Os moradores dos bairros Curió e Lagoa Redonda, na Regional VI, podem separar móveis, sofás e colchões velhos que a operação tira treco, da Autarquia de Regulação Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental,Acfor,  irá acontecer neste domingo.
No sábado, dois carros de som passam pelos bairros avisando que no dia seguinte acontecerá a operação e que as pessoas podem colocar para fora de casa os materiais que não querem mais. Já no domingo, novamente os carros de som passam, dessa vez acompanhados pelos dois caminhões de coleta.
A operação acontece de forma cíclica, passando por todas as regionais. Caso algum morador tenha um móvel velho e não saiba como descartar, é possível ligar para o 0800.285.1919 e solicitar a ida de um dos carros coletores.
A operação tira treco começou em janeiro de 2011 e leva o material que não cabe nos caminhões compactadores de lixo que fazem a coleta regular. Com isso, para evitar que a população descarte de forma irregular e esse material de maior porte acabe indo para canais, ou formando pontos de lixo, semanalmente dois caminhões fazem a coleta desses resíduos sólidos aos domingos. Até junho deste ano já foram recolhido 137 toneladas de móveis e levadas para o Aterro Sanitário Metropolitano Oeste de Caucaia.

Serviço:
                Operação Tira treco
                04 de agosto
                Bairros Curió e Lagoa Redonda
                De 07h a 13h.

Luana Gurgel
    Assessora de Imprensa Acfor
8868.9470

Encontro com a Arte

Quem tem obras de Estrigas e Nice Firmeza? A pergunta é dos organizadores do projeto “Nice e Nilo Firmeza – Encontros com a Arte”, que resultará em exposição e livro sobre a arte e a vida dos dois importantes artistas plásticos cearenses. Para isso, a Terra da Luz Editorial está realizando um levantamento de suas obras, pertencentes a acervos pessoais e públicos. 
A ideia é reconstruir a trajetória de Estrigas e Nice, por meio de suas artes, além de fotografias e vídeos do casal. O projeto convida colecionadores de artes plásticas, apreciadores e demais proprietários de suas obras e imagens, interessados em colaborar com o projeto, a emprestar seus acervos para a exposição e o livro. O Memorial da Cultura Cearense, do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), será responsável pelo transporte e seguro das obras emprestadas. 
A exposição, com abertura marcada para o dia 19 de setembro no CDMAC, deverá ser composta por cerca de 80 obras e o lançamento da publicação previsto para o mês de outubro. Aprovado no IV Edital Mecenas do Ceará, com o apoio cultural da Coelce, o projeto “Nice e Nilo Firmeza – Encontros com a Arte” é coordenado por Patrícia Veloso e tem a curadoria de Bené Fonteles. 
Muito além de um simples registro dos trabalhos dos dois artistas, o projeto prevê a documentação dos riscos dos bordados e das receitas e temperos da Nice, dos espaços do cotidiano permeados pela arte, dos jardins do sítio do casal no Mondubim, onde viveram (e ainda vive Estrigas) com o frondoso Baobá, da resistência em manterem e preservarem voluntariamente o Minimuseu Firmeza, que fundaram em 1969. Tudo isso representado através da casa-museu, que é integrante principal de toda a arte que exala deles e que faz parte de suas histórias. 
Estrigas e Nice 
Nascido em Fortaleza em 1919, Nilo de Brito Firmeza (Estrigas) é pintor e ilustrador. Formado em odontologia, profissão que exerceu e lecionou na área por cerca de 15 anos, Estrigas fez seus primeiros cursos de pintura e desenho em 1950 na Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP), onde conheceu Nice, também aluna da SCAP, com quem se casou e viveu por mais de meio século, até o falecimento da artista em 13 de abril de 2013. 
Bastante atuante no movimento artístico local e nacional, Estrigas participou de inúmeras exposições e salões de artes e tem obras em acervos particulares e museus Brasil afora. Entre as homenagens que recebeu, destacam-se Medalha do Mérito Cultural, da UFC, Medalha Boticário Ferreira, da Câmara Municipal de Fortaleza, e a Sereia de Ouro, do Grupo Edson Queiroz. 
Estrigas já publicou cerca de 20 livros, na maior parte sobre a arte e os artistas do Ceará. Entre os quais, “Contribuição ao Reconhecimento de Raimundo Cela” (1988), “A Saga do Pintor Francisco Domingos da Silva” (1988), “Arte: Aspectos Pré-Históricos no Ceará - Uma Contribuição ao Estudo das Artes Plásticas no Ceará” (1989) e “Barrica: O Alquimista da Arte” (1993). 
Maria de Castro Firmeza (Nice Firmeza) nasceu em Aracati, no litoral cearense, em 18 de julho de 1921. Na década de 1950 foi a primeira mulher a entrar para a Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP), como aluna do Curso Livre do Desenho e Pintura e de Iniciação à História da Arte. 
A pintura e o bordado à mão marcaram a obra desta artista, que atuava também como arte educadora. Transmitia com alegria seus conhecimentos às crianças, o bordado a um grupo de mulheres e a culinária aos visitantes de sua residência, aos quais regalava com suas receitas criativas. 
Criança, flores e muitas cores eram traços sempre presentes em sua arte, tendo participado de inúmeras exposições no Brasil e no Exterior. Os bordados (verdadeiras obras de arte, que chamava de pintura em linha) renderam uma exposição particular, em 2005, nomeada "Mandalas". Em 2007 Nice recebeu da Secretaria da Cultura do Estado (Secult) o título de Tesouro Vivo. Nice Fitmeza faleceu em 13 de abril de 2013, aos 91 anos.

Em 1969, o casal fundou o Minimuseu Firmeza em seu sítio no Mondubim. Mais de 600 peças compõem o acervo, na maioria de artistas cearenses, entre os quais Vicente Leite, Aldemir Martins, Chico da Silva, Zenon Barreto, Barrica, Mário Barata, Heloisa Juaçaba, Sérvulo Esmeraldo e Hélio Rôla. O acervo possui ainda reproduções, catálogos e livros relacionados às artes no estado do Ceará.

COMO PARTICIPAR 
Quem possui trabalhos de Estrigas e Nice Firmeza e deseja colaborar com o projeto, deve entrar em contato com a Terra da Luz Editorial pelo telefone (85)3261-0525 ou pelo e-mailterradaluzeditorial@gmail.com. 

Beberibe nuclea Fagner

"A respeito de matéria divulgada pelos meios de comunicação do Estado de Ceará, no dia 31 de agosto de 2013, sobre o fechamento da Escola Raimundo Fagner, na comunidade de Praia das Fontes, a Assessoria de Comunicação e a Secretaria de Educação do Governo Municipal de Beberibe, vêm esclarecer os fatos.
A prefeita Michele Cariello Queiroz tem como prioridade da sua gestão o melhor para o povo de Beberibe. Dentro deste critério, os alunos e os funcionários merecem melhores condições para que a aprendizagem se concretize em todas as suas modalidades. E a Administração Municipal acompanha e trabalha, com a Secretaria de Educação, a execução das ações que garantem tais benefícios. Por isso, esta nota vem esclarecer aos cidadãos beberibenses, às autoridades e aos meios de comunicação sobre O NÃO FECHAMENTO DA ESCOLA RAIMUNDO FAGNER.
A referida escola, que na gestão passada funcionava com salas multisseriadas (isto é, com várias séries funcionando na mesma sala de aula), tinha a seguinte distribuição: em uma mesma turma estavam o Maternal (com 2 alunos), o Pré I (com 9 alunos), e o Pré II (com 2 alunos); o 1º ano (com 10 alunos), e o 2º ano (com 7 alunos) estavam juntas noutra sala, o mesmo acontecendo com o 3º (13 alunos) e o 4º anos (10 alunos). No final, o RPA (Relação Professor-Aluno), ficou muito baixo e, como o mesmo caso se repetiu em muitas escolas, a folha de funcionários da educação tornou-se onerosa, comprometendo o próprio pagamento. Além do mais, o sistema multisseriado, onde o professor trabalha em uma mesma turma com livros diversos, não contribui de modo satisfatório para o nível de ensino e de aprendizagem dos alunos, também prejudicando os indicadores do município.
Ciente da situação, o Governo Municipal de Beberibe, através da sua Secretaria de Educação, resolveu nuclear algumas escolas e, entre elas, a Escola Municipal Raimundo Fagner de Ensino Fundamental. Em tempo: nuclear não é fechar escola, embora isso também possa ocorrer, e, sim, neste caso, objetiva reordenar o que temos para fazer melhor, respeitando a proximidade e condições das escolas envolvidas e a priorização de um ensino de qualidade. Com a nucleação, os alunos e os funcionários transferidos da Escola Raimundo Fagner (da Praia das Fontes), para a Escola Germano José (do sítio Onofre), encontrarão melhor estrutura, conforto e condições para o trabalho escolar. Além do que, as comunidades distam menos de 1 km uma da outra.
A ESCOLA RAIMUNDO FAGNER NÃO VAI FECHAR, pois continua funcionando normalmente em dois turnos, manhã e tarde, com o PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO (alunos do 1º ao 9º ano), e o PRO-JOVEM, que funciona pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Beberibe. Isto, por si só, desfaz boatos, mal-entendidos e má-fé de algum comentário.
O Governo Municipal de Beberibe tem um olhar carinhoso, cuidadoso e especial para as comunidades, os pais, os alunos, os professores e demais funcionários da Rede Pública de Ensino Municipal.
Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Beberibe, Ceará."

Fala Ivo Gomes II

Meia dúzia de manifestantes são recebidos pelo Prefeito e comissão de negociação da Câmara Municipal de Fortaleza, Professor Evaldo F. Lima faz parte dela e também compõem a mesa presidida pelo Presidente Vereador Walter Cavalcante. O próprio Prefeito está presente e negociando. E ainda há quem diga que essa gestão é intransigente. Anti-democrático é meia-dúzia de pessoas que querem, na marra e no grito, impor a sua vontade, impedindo uma obra necessária à nossa Cidade como fez a manifestante que entrou no plenário e impediu a fala do Prefeito aos gritos mais cedo na reabertura dos trabalhos da Câmara.
A Cidade não pode parar por conta da vontade da minoria cujo candidato foi derrotado nas últimas eleições. Democracia é aceitar a derrota e conviver democraticamente com quem tem opinião contrária à sua.
Enquanto eles debatem, ocupam, protestam e derrubam tapumes, o Cocó continua sendo devastado no lado pobre (que não dá palanque) da Cidade e os congestionamentos absurdos na Engenheiro Santana Junior com Antônio Sales - que fazem parte do Transfor, que data de 2002, saibam - continuam aumentando a emissão de Co2. Isso não é ecologia, é política!
  • 46 pessoas gostam disto.
  • Alexandre Cunha Dá uma vontade de convocar uma grande manifestação a favor da obra(mais de 87% dos Fortalezenses) e ir contra essa meia dúzia de petistas inconformados e mal informados...
    há 10 horas através de telemóvel · 2
  • Ramiro Jorge Alexandre Cunha.Essa sua idéia foi excepcional.Se você quizer tocar o projeto para frente,pode contar comigo para ajuda0-lo a organizar.As boas coisas também devem ser motivo de manifestação.Porque não um adesivaço no cruzamento das avenidas em apoio a obra?

Fala Ivo Gomes

Membro do PSB Ceará, o deputado estadual licenciado e secretário de Educação de Fortaleza, Ivo Gomes, irmão do ex-ministro Ciro Gomes e do governador Cid Gomes, disse para este Blog que o lançamento da candidatura de Eduardo campos (PSB) para sucessão da presidente Dilma Rousseff é uma traição do PSB a ela. "Você dentro do governo, trabalhar um candidato contra esse governo, isso para mim é estranho, é esquisito, não soa bem. Me soa a quinta coluna, a traição. Eu não gosto disso", afirmou Ivo Gomes,
O deputado estadual disse ainda que "se sente desconfortável estando dentro de um governo e trabalhar uma candidatura que não seja a candidatura da presidenta Dilma". Ivo Gomes citou o caso da eleição de 2010. "Se fosse o final do segundo governo Lula que a gente ambicionou ter um candidato. Ai tudo certo. Mas agora não, pois a presidenta faz um governo limpo e tem o direito a reeleição".

Cigel na ABAD

A Cigel Industrial participa pela primeira vez da 33ª Convenção Anual do Atacadista Distribuidor - ABAD 2013, que acontece no Centro de Eventos do Ceará, de 5 a 8 de agosto. Com 27 anos de mercado, a empresa detentora dos produtos Alyne leva ao evento seus lançamentos e inovações no mercado nacional de higiene pessoal e beleza. Em estande de 70 m2, os destaques serão novas fórmulas e embalagens de artigos da linha de cabelos da marca Alyne.
Os produtos Cigel, comercializados em várias cidades das regiões Norte e Nordeste do Brasil, já são líderes no mercado cearense no segmento de água oxigenada e de acetona. Hoje, a empresa detém em seu portfólio 148 produtos das marcas próprias Alyne, Aseplyne e Taillys.
O grupo conta com uma capacidade de produção de 600 toneladas de produtos cosméticos/mês. E ainda possui unidade para fabricação das embalagens plásticas, tendo mais poder de inovação e de redução de custos.
Sobre as linhas de produtos
Alyne
O shampoo Alyne foi o produto pioneiro da Cigel. Depois veio a água oxigenada Alyne. São dezenas de produtos em um completo portfólio para cabelo e corpo. Nos supermercados, o consumidor encontra a linha Alyne em modernas embalagens de shampoo e de condicionador de 350 ml, creme para pentear 300g, óleo capilar 60 ml, máscara de tratamento 1kg, gel fixador 250g e reparador de pontas 30 ml.
Para cuidar do corpo, sabonete líquido íntimo 200 ml, sabonete líquido 200ml, acetona 100ml, amolecedor de cutículas 100g, óleo de banana 30 ml, água oxigenada 100ml, amoníaco 100ml e óleo bronzeador 100ml.
A marca Alyne também está nos salões de beleza, oferecendo aos profissionais cabeleireiros embalagens especiais e econômicas de 1L, 2L e 5L de shampoos e condicionadores, acetona 500ml e água oxigenada de 1L.
Taillys
Sem esquecer da qualidade, a Cigel oferece ao consumidor, a preços populares, a linha Taillys Corpo e Cabelo, com shampoo e condicionador em embalagens de 350ml, creme para pentear 300g, acetona 80ml e 500ml, água oxigenada 70ml, amoníaco 80ml e desodorante 80ml.
Aseplyne
A linha Aseplyne traz os cuidados para uma pele protegida diariamente, com sabonetes e álcool em gel. Os sabonetes líquidos e em barra Aseplyne estão disponíveis em duas fragrâncias: erva doce e aroeira, plantas de reconhecidas utilidades para a saúde humana. A Cigel produz embalagens de 100ml, 200ml, 500ml, 1L, 2L e 5L, além da barra de 90g. Já o álcool em gel está disponível em unidades de 92g e 4,5kg.
Sobre a Cigel
A busca pela satisfação dos clientes direciona os negócios da Cigel, empresa genuinamente brasileira, desde sua fundação, em 1986. A partir do esforço do empreendedor Paulo Gurgel nasceu uma pequena fábrica de produtos de limpeza, que depois já lançaria o “Shampoo Alyne”. Assim, não demorou muito para a empresa conquistar o público consumidor e avançar, sempre com processos de qualidade. Todos os processos da fábrica de 13.700 m², localizada em Caucaia-Ceará, são acompanhados com rigor.
Mais informações para a Imprensa:
AD2M Engenharia de Comunicação
www.ad2m.com.br | (85) 3258.1001
Adailma Mendes – adailmamendes@ad2m.com.br | (85) 8889.1511

Cine Holliúdy

(www.ad2m.combr) - Na contagem regressiva para a estreia de Cine Holliúdy, marcada para 9 de agosto nos cinemas de  Fortaleza, o público terá a oportunidade de participar de um bate-papo com o diretor Halder Gomes e parte do elenco do filme amanhã.O evento acontece no auditório da Livraria Cultura (Avenida Dom Luís, 1010), a partir das 19 horas. Na ocasião, os participantes poderão conhecer os bastidores da produção do filme e ainda assistir ao curta premiado nacional e internacionalmente, “Cine Holliúdy – O Astista Contra o Caba do Mal” (sic), que deu origem ao longa. Cine Holliúdy retrata de forma hilária, romântica, lúdica e nostálgica as exibições mambembes de cinema no interior do Ceará na década de 1970, no período em que a popularização da TV iniciava a sentença final aos cinemas nas pequenas cidades. O elenco conta com grandes nomes, como Edmilson Filho, João Netto, Karla Karenina e Falcão. Entrada franca (vagas limitadas).  

O Duelo

Inspirada na novela do escritor e dramaturgo russo Anton Tchekhov, a mundana companhia (SP) estreia dia 2 de agosto o espetáculo O Duelo, às 19h, no Theatro José de Alencar. As apresentações acontecem de 2 a 4 e de 8 a 11 de agosto, das quintas aos sábados, às 19h, e aos domingos, às 18h. O projeto foi idealizado pelo ator e produtor Aury Porto. Na produção, além de Aury, estão a atriz Camila Pitanga e a produtora Bia Fonseca. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal e do Fundo Estadual de Cultura do Ceará.
A equipe da mundana companhia está sempre em transformação. A cada nova peça, um diretor com afinidades afetivas e estéticas com o projeto e membros da companhia é convidado a integrar a equipe. Para O Duelo, o convite foi feito para a atriz e também diretora Georgette Fadel. Esta é a quarta encenação da mundana companhia a partir de um autor russo e encerra, assim, a tetralogia que se iniciou com O Idiota, de Fiódor Dostoiévski.
O escritor russo Anton Tchekhov (1860-1904) consagrou-se como contista e dramaturgo, mas foi também notável novelista. Nome forte dessa vertente é O Duelo (1891), narrativa que aborda a desavença entre duas hombridades e duas ideologias em meio às supostas civilização e barbárie. Ou seja, o conflito entre duplos díspares, mas complementares. Rússia versus Cáucaso, humanismo versus determinismo. A história, inquietante e surpreendente, acontece sob o calor quase alucinógeno do litoral do lendário Mar Negro.
Desde a primeira leitura dessa novela (O Duelo) fiquei interessado na forma inusitada e irônica como a situação duelar, tão característica da sociedade humana, é superada. E o que me fez idealizar este projeto foi a possiblidade de superação do duelo, no qual necessariamente um homem tem que exterminar o outro para seguir vivo. Essa história nos mostra que podemos superar o duelo em nome da vida.”, afirma o diretor Aury Porto.
POR QUE O CEARÁ?
Antes de chegar à capital, a companhia residiu durante seis semanas, entre ensaios e oficinas, nos municípios de Arneiroz, Lavras da Mangabeira e Iracema. “Assim, o espetáculo chega a Fortaleza com os elementos resultantes do intercâmbio com o povo e os artistas de cada uma dessas regiões do Ceará. O objetivo é extrair o máximo da experiência cênica de cada local e transformá-la em algo único, próprio deste espetáculo.”, diz Aury Porto.
Segundo ele, foram várias as motivações que levaram a peça ao Ceará, ainda em seu processo de ensaio: “Ensaiar parte da peça no Ceará (no sertão e no litoral) é exercitar artisticamente um atrito pela sobreposição de cenários. O cenário físico e humano do sertão cearense atrita com o cenário físico e humano do Cáucaso”, explica. Outro ponto levantado por ele é a comparação entre a situação econômica periférica do Cáucaso em relação à Rússia, assim como é o sertão do nordeste brasileiro em relação às grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.
Criar para os artistas uma ambiência equivalente à da cidade provinciana onde se desenvolve a trama da história de Tchekhov, na qual quase todos os personagens são estrangeiros e afastar os atores das enormes cidades caóticas onde vivemos, foram outros motivos”, comenta Aury.
Serviço:
O Duelo, da mundana companhia/SP
Datas: 2 a 4 / 8 a 11 de agosto, quintas a sábados, às 19h, e domingos, às 18h
Local: Theatro José de Alencar
Classificação etária: 12 anos
Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia), no Theatro
Informações: Telefone:(85) 3101-2583
Endereço: R. Liberato Barroso, 525 - Centro, Fortaleza - CE, 60030-160

Mais informações:

Ficha Técnica O Duelo:
Autor: Anton Tchékhov
Tradução: Klara Guriánova
Elenco: Aury Porto, Camila Pitanga, Carol Badra, Fredy Allan, Guilherme Calzzavara, Paschoal da Conceição, Sergio Siviero e Vanderlei Bernardino
Adaptação: Aury Porto e Vadim Nikitin
Colaboração na adaptação: Camila Pitanga
Direção: Georgette Fadel
Cenografia: Laura Vinci
Figurinos: Diogo Costa
Iluminação: Guilherme Bonfanti
Direção Musical: Otávio Ortega e Lucas Santtana
Direção de Cena: Rafael Matede
Produção: Camila Pitanga e Aury Porto
Direção de Produção: Bia Fonseca e Aury Porto
Patrocínio: Caixa Econômica Federal
Co-patrocínio no Ceará: Secretaria Estadual da Cultura – Governo do Estado do Ceará

Há 26 anos no ar


Na ABAD

Principal elo entre a indústria e o mercado de consumo, o atacado distribuidor aposta na excelência da prestação de serviços ao varejo independente, para promover o crescimento da cadeia produtiva de abastecimento. A convenção anual da ABAD, que acontece de 5 a 8 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará, sem dúvida agrega essas características, visto que contribui com o planejamento e execução de ações eficazes para modernizar o comércio atacadista, com foco na distribuição regional. Desta forma, grandes empresas, como a nordestina ASA Indústria, apostam na grande importância de geração de negócios que a feira promove.

Para esta 33ª edição, a ASA, que produz grandes marcas como a Vitamilho, Bem-te-vi, Palmeiron e Invicto, está dando destaque para o lançamento oficial do lava roupas líquido concentrado Invicto, amaciante Invicto concentrado, suco integral Casa de Vinhas, bolo caneca brownie e o bolo de pão de queijo, todos da Vitamilho. Durante a feira, a Asa estará com degustação no balcão dos seus principais produtos.

O investimento que a ASA realiza na ABAD tem por objetivo estreitar o relacionamento da empresa com o mercado de atacadistas e distribuidores do Brasil, visto que hoje a empresa tem uma forte atuação nacional. Outro foco importante é de poder apresentar o seu portfólio de produtos composto por mais de 250 itens e nove marcas de uma maneira que o cliente consiga visualizar as vantagens competitivas que a linha oferece para o seu negócio.

Por isso, o stand de 140 m² é composto por salas de reuniões para os executivos tratarem de negócios e propostas, além de vitrines com gôndolas, lembrando um grande supermercado. “Abordamos também o mercado através de ações promocionais no stand a partir de apresentação de nossos produtos no uso dos mais diversos modos de preparos gastronômicos, mostrando as diversas possibilidades de preparo e criatividade para as receitas das mais diversas”, completa Wagner Mendes, gerente de marketing da ASA Indústria. Para o evento a Asa estará com uma equipe de 10 profissionais.


Serviço:
ASA Indústria
Rua da Paz, 82, Afogados, Recife/PE
Contatos: (81) 3073.5000 ou pelo site www.asanet.com.br

Seguidores

Arquivo do blog