Pesquisar no blog

sábado, 2 de novembro de 2013

Em Sobral

Entre os dias 08 e 10 de novembro, Sobral recebe mais uma edição do BMX Supercross – Campeonato Brasileiro de Supercross e Copa Sobral de Bicicross. A prova, única no Brasil e realizada exclusivamente em Sobral, chega à sua oitava edição e promete reunir os melhores pilotos de bicicross do Brasil em três dias de muita adrenalina na Princesinha do Norte. Com premiação de R$ 25 mil, a expectativa da Confederação Brasileira de Biciross (CBBx) é reunir mais de 100 pilotos, com idades a partir de cinco anos, para a competição.

Considerada a modalidade mais difícil do Bicicross, o Supercross exige do piloto muita técnica, perícia e uma explosão de velocidade. Por estes fatores, a prova só é disputada nas categorias Elite Man, para atletas a partir de 16 anos, e Elite Master, para atletas com mais de 30 anos. Para o 8º BMX Supercross já estão confirmados nomes como o tricampeão e recordista da pista de Sobral, Mauro Aquino (SP), Felipe Brick (SC), Luís Markiewicz (SC), Édipo Galdino (SC) e Júlio César Gomes (CE).

As provas serão realizadas na pista de bicicross do Parque da Cidade e as inscrições já estão abertas. Para os pilotos que pretendem disputar o Campeonato Brasileiro de Supercross, a inscrição custa R$ 150,00 para aqueles filiados à Confederação Brasileira de Bicicross (CBBx) e devem ser feitas pelo e-mail cbbx@cbbx.com.br até o dia 03 de outubro. Já para os atletas que irão participar da Copa Sobral de Bicicross, as inscrições custam R$ 30,00 e devem ser feitas pelo e-mailronaldo@taieventos.com.br. Os pilotos que residem em Sobral são isentos da taxa de inscrição.

BMX Supercross Sobral 2013 – Campeonato Brasileiro de Supercross e Copa Sobral de Bicicross integra o calendário oficial da Confederação Brasileira de Bicicross (CBBx). A realização é da T’Ai Eventos, com organização da Confederação Brasileira de Bicicross (CBBx) e apoio técnico da Federação Cearense de Bicicross (FCBX). O patrocínio é do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Esporte, e da Prefeitura Municipal de Sobral, através da Secretaria de Esporte.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL

Sexta-feira, 08/11/2013
18h às 20h – Inscrição Supercross e Copa Sobral
18h às 20h – Treinos oficiais Copa Sobral
20h às 210h – Treinos Oficiais Supercross

Sábado, 09/11/2013
15h às 17h – Inscrições Supercross e Copa Sobral
15h às 17h – Treinos Oficiais Copa Sobral
17h às 17h45 – Treinos Oficiais Supercross
18h – Desfile Inaugural
18h30 – Qualifying Supercross

Domingo, 10/11/2013
10h às 12h – Treinos Oficiais Copa Sobral
14h às 15h45 – Treinos Oficiais Copa Sobral
16h às 18h15 – Copa Sobral de Bicicross
18h30 às 19h20 – Treinos Oficiais Supercross
19h30 – Início Fase Classificatória Supercross
20h15 – Início Fase Quartas de Finais Supercross
20h30 – Início Fase Semi Final Supercross
20h45 – Início Fase Final Supercross
21h00 – Premiação Copa Sobral e Supercross    

Relacionamento com a Imprensa: Ana Peyroton, Guilherme Fernandes e Isabelle Vieira

Mochilas nas costas

Não é difícil olhar pelas ruas e ver crianças e adolescentes carregando enormes mochilas escolares. A cada dia são diferentes matérias, com grandes livros e cadernos, que deixam as bolsas abarrotadas e quase impossíveis de carregar. Mesmo assim, os alunos não abrem mão de sobrecarregar as bolsas, não gostam de levar nada nas mãos, preferem colocar nos ombros. Maurício Lebre Colombo, ortopedista do Hospital do Servidor Estadual de São Paulo, alerta os pais para este perigo. De acordo com ele, os futuros adultos podem desenvolver problemas de coluna por conta desta prática e ficam desde já com a postura afetada.

“As costas foram projetadas para suportar peso, mas não é simples dizer o peso máximo que pode ser carregado. Vale o bom senso, não ultrapassando nunca 10% do peso da pessoa, ou então a adoção de um sistema de armários nas escolas”, disse o especialista.

Um projeto no Senado Federal quer limitar o peso carregado ao equivalente a 15% do peso do estudante. Para não ultrapassar, as escolas podem ter que oferecer armários aos alunos. O projeto é da senadora Angela Portela (PT-RR).

Para se ter uma ideia, além das costumeiras dores nas costas, o excesso de peso também pode causar problemas em outras partes do corpo, tais como joelho e quadril. As coisas podem ficar ainda piores quando a mochila é carregada com uma alça só, pois o desequilíbrio do peso força o corpo a corrigir a postura para caminhar, causando estresse em outras partes como pernas, joelhos etc. Uma solução não muito aceita entre as crianças, segundo o ortopedista, é usar mochilas de rodinhas. É mais chato para a criança e o risco de esquecê-la por aí aumenta, mas, com certeza, é mais saudável.

“Em alguns casos, recomendamos que os pais procurem a direção da escola para a busca de uma solução comum, ainda mais quando se trata de adolescentes, já que, nesta idade, raramente seguem comportamentos diferentes do grupo”, explica.

Se houver interesse no assunto, podemos agendar com o ortopedista Maurício Lebre Colombo, e indicar crianças e adolescentes com problemas desta natureza.

Quem é Maurício Lebre Colombo

Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, ortopedista, com especialização em cirurgia do joelho no exterior. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia, Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho, Sociedade Brasileira de Artroscopia. Atualmente, Maurício Lebre Colombo é membro da equipe de cirurgia do joelho do Hospital do Servidor Estadual, em São Paulo.



Egom Assessoria de Imprensa 
Jornalista responsável: Marcela Matos

Salvando vidas

A espera por cirurgias neurológicas está chegando ao fim para mais quatro pacientes. Duas são vítimas de acidentes de motos na capital. Francisca Aparecida da Silva, 43 anos de idade, moradora do bairro Vicente Pinzon, em Fortaleza, e Yandra Barros, 24 anos, do bairro Canindezinho, foram vítimas de acidentes de motos na capital, e atendidas no Hospital Instituto Dr. José Frota, onde ficaram internadas durante um mês. Receberam alta, mas precisavam de cirurgias neurológicas de alta complexidade. Entraram para a fila de espera. Mas na ultima quinta-feira, 31, a espera de 2 anos e 8 meses pela cirurgia de aneurisma cerebral acabou para Francisca Aparecida e também para Yandra Barros, que estava na fila há 1 ano e 11 meses. Elas foram internadas no final da tarde desta quarta-feira, 30, no Hospital Regional Norte, em Sobral, e nesta quinta-feira, 31, a equipe de neurologistas do hospital fará as cirurgias. A transferência das pacientes foi regulada pela Central de Regulação do SUS. Os outros dois pacientes que serão operados no HRN vieram de Taboleiro do Norte e de Crateús, municípios da macrorregião Norte.

“Tenho fé em Deus que eu voltar bem do hospital, depois da cirurgia, ter uma vida normal e ser mais feliz com meu filho e marido do que eu era antes do acidente e do problema de saúde”, disse Francisca Aparecida minutos antes de viajar para Sobral. Ela falou que o que mais deseja é voltar a enxergar direito, não sofrer mais dores de cabeça e tonturas, provocadas pelo aneurisma cerebral. Já Yandra Barros afirmou que “não aguento mais viver com as limitações que as dores impõem”. Ela comentou que em breve “vou voltar para a minha casa em Fortaleza, livre do aneurisma. Nunca pensei que a cirurgia pudesse um dia ser realizada em um hospital do interior”.

Um dos quatro primeiros pacientes submetidos a cirurgias neurológicas no Hospital Regional Norte, a 233 quilômetros de Fortaleza, na última quinta-feira, 24, já receberá alta nesta quinta-feira. Além dele outro foi encaminhado da capital para o HRN, passa bem, e permanece internado para procedimentos complementares. Os outros dois pacientes, da macrorregião Norte, um de Santana do Acaraú e o outro de Camocim, já foram liberados e estão em casa.

A capacidade de assistência, incluindo a qualificação dos profissionais, estrutura de UTI e tecnologia de ponta, colocam o Hospital Regional Norte no mesmo nível dos principais  hospitais da capital. As cirurgias neurológicas estão sendo minimamente invasivas,  através da introdução de um pequeno aparelho na virilha dos pacientes até a cabeça graças a moderna tecnologia utilizada. No Hospital Regional Norte, construído pelo governo do Estado, são 382 leitos. Há 30 leitos de UTI, sendo 10 para adultos, 10 pediátricos e 10 neonatais, além dos 30 berçários de médio risco.



Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará

Promoção Cervejaria Devessa


Caminhada Rosa amanhã


Na manhã de amanhã parte da orla marítima de Fortaleza será tomada pela cor rosa. São as mulheres e apoiadores da luta contra o câncer de mama que sairão em caminhada vestidos com a camisa do Movimento Outubro Rosa e ainda carregando no peito o laço também rosa, símbolo mundial da luta contra a doença. Inicialmente, a caminhada estava marcada para este domingo, 27 de outubro. Com apoio da Secretaria da Saúde do Estado, a caminha encerra a programação, cheia de ações e atividades, do Outubro Rosa Ceará 2013. A concentração será às 7 horas, no aterro da Praia de Iracema e vai até a Praça dos Estressados. A caminhada chama a atenção para a promoção da saúde, pra a qualidade de vida.  

Um dos principais resultados do Movimento Outubro Rosa é o despertar , após um mês de intensas e permanentes ações de mobilizações coletivas, em boa parte das mulheres o cuidado com a própria saúde, em especial da saúde da mama. No cuidado, o foco foi a consciência de que o diagnóstico precoce do câncer de mama é o melhor remédio a partir de informações e orientações que foram feitas em praças, escolas, empresas, unidades de saúde. As mulheres não devem deixar de fazer a mamografia uma vez por ano, principalmente quando chegam aos 50 anos.                     

De 2007 para cá o número de mamógrafos na rede pública do Ceará aumentou de 22 para 48. Com essa quantidade, segundo o coordenador do Comitê Estadual de Controle do Câncer, Luis Porto, o Estado tem capacidade de realizar 480 mil mamografias por ano pelo Sistema Público de Saúde (SUS), bem acima dos 315 mil exames previstos para atender as necessidades da população de mulheres do Ceará com mais de 50 anos de idade. “Com esse aumento de aparelhos de mamografias o problema deixou de ser a dificuldade de acesso. Temos ainda muita  desinformação, que assusta as mulheres, medo que leva elas a adiarem o exame e a receberem um diagnóstico tardio, com menos chances de cura”, afirma Luis Porto.

Dos 26 novos mamógrafos que atendem pela rede pública, 10 estão nas 10 policlínicas regionais construídas pelo governo do Estado, realizando os exames, na própria região,   em Camocim, Baturité, Tauá, Acaraú, Sobral, Aracati, Brejo Santo, Campos Sales, Pacajus e Russas. Juntas, já realizaram 16 mil e 165 mamografias, até o último dia 30 de setembro. Além da dezena de mamógrafos que funcionam nas policlínicas regionais, através do governo do Estado foram adquiridos outros mamógrafos unidades e  instituições parceiras que atendem pelo SUS, sem nenhum custo para a população. Citou o mamógrafo novo instalado no Instituto de Prevenção do Câncer (IPC), unidade da Secretaria da Saúde do Estado, e ainda do Grupo de Educação em Oncologia do Estado do Ceará (Geon).               




Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará

Moda

 
Depois de uma temporada em Londres estudando e se aprimorando em negócios de moda, a estilista e empresária cearense Cândida Lopes esteve em São Paulo dando continuidade às suas pesquisas. Na última segunda-feira (28), a estilista esteve na loja da Chanel do Shopping JK – SP, para conhecer as novidades da marca.  Na ocasião, Cândida Lopes, os demais clientes e até os funcionários da Chanel ficaram surpresos e, claro, boquiabertos com a chegada inesperada de ninguém menos que Karl Lagerfeld, considerado o “papa da moda”. Já se especulava que Karl poderia marcar presença na festa de abertura da exposição da Chanel em torno da Little Black Jacket, que seria no dia 29 de outubro, na Oca, Parque Ibirapuera; mas se tratando de Karl Lagerfeld, só daria pra saber na hora mesmo.  “Estava no lugar certo, na hora certa”, afirma Cândida. Feliz e ainda surpresa, a diretora do Santo Studio considera esse encontro como uma emoção indescritível em sua carreira. 

Sobral


Proparque, 18 anos

"O Movimento Proparque completa 18 anos. Estamos comemorando com a entrega do abaixo-assinado com 2.750 assinaturas, reivindicando a regularização do Parque Ecológico Rio Branco como área verde pública, como definida pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente [Conama] na Resolução CONAMA 369/2006. [Veja definição abaixo, confrontada com área verde no Plano Diretor de 2009]. Via sítio Avaaz, na internet, outras 750 pessoas de todo o Brasil também assinaram o mesmo pedido.
A comemoração de aniversário do Movimento Proparque será no piquenique DOMINGO NO PARQUE, das oito da manhã ao meio dia de amanhã, no Parque Ecológico Rio Branco, que fazemos desde agosto, todo primeiro domingo do mês. Haverá exposição oral e de documentos e peças relativas à exposição sobre a história do Movimento.
CONQUISTAS – Ao longo desses anos, o movimento acumula as seguintes vitórias:
1.       Circuito de caminhada de 900 metros. Antes era a metade;
2.       Área de brinquedos de crianças duplicada;
3.       Piso intertravado em todas as alamedas de caminhada. Antes era pedrisco e a caminhada era penosa, especialmente para idosos, e depois Juraci Magalhães colocou um de cimento com pedra que danificava qualquer joelho, em uma queda;
4.       Anfiteatro;
5.       Campo de futebol amador;
6.       Campo de futebol ou vôlei de praia;
7.       Espaço multiuso para exposições, festas e outros eventos da comunidade ou do poder público;
8.       400 mudas plantadas [muitas mortas, é verdade, por falta de aguação pela Emlurb] sobre a área em que foi depositado entulho. Chamamos este espaço de Jardim da Paz, área de aproximadamente 500m X 500m X 1,5m a 2,0m  de altura, da qual não conseguimos que a prefeitura retirasse o entulho;
9.       Retirada de cerca de 50 famílias de uma ocupação [favela] dentro do parque e sobre a nascente do Riacho Rio Branco. Restam na “vila Manduca” oito ou 10 famílias.
10.   Radical queda na colocação de entulho dentro do parque. Hoje só colocam nas entradas, o que ainda é ruim. Antes, era colocado dentro do parque, mesmo. Este é um resultado de nosso trabalho de educação ambiental e de sensibilização em prol do parque;
11.   Todo dia, cerca de 400 pessoas andam no parque, só pela manhã; e no mínimo 100 à tarde;
12.   Respeito pela comunidade, manifesto dessas formas: adesão a nossos eventos, comparecendo; colaboração em nossas campanhas, fornecimento de informações;
13.   Respeito do poder público. É forçado a nos ouvir [“engolir” KKK], pois reagimos ante os desmandos. Tanto que o prefeito Roberto Cláudio nos recebeu dia 2/9/13, depois de denunciarmos um desmatamento da fonte e 2 queimadas. [Em um mês, 4 queimadas: 22/8, 24/8, 7/9 e 21/9]. Roberto Cláudio determinou à Seuma fazer o decreto de oficialização do parque, mediante negociação conosco e estamos contribuindo [Veja adiante como está a negociação]; Luizianne fez uma reforma bem legal, mas incompleta; Juraci recebeu-nos e mandou duplicar o circuito de caminhada em sua reforma, abriu as entradas da Av. Visconde e da R. Castro Alves, porém fora do projeto original];
14.   Respeito do movimento ecológico;
15.   Apoio a todas as iniciativas do movimento ecológico local;
16. Projeto Cidadania em Rede, da Secretaria de Direitos Humanos, funcionando no parque, para atender adolescentes em situação de risco.
 Área Verde – O parque nunca foi regulamentado [situação igual à do Cocó]. O Movimento Proparque quer aregulamentação como área verde pública [cfe. Resolução Conama 369, de 2006] e a prefeitura insiste em parque urbano, categoria que não existe na lei do Sistema Nacional de Unidades de Conservação [Lei 9985/2000]. A prefeitura sugere não querer cumprir nem a Resolução [de abrangência nacional, a submeter todos os poderes públicos] nem a Lei 9985/2000.
Há divergência entre área verde no plano diretor e na Resolução 369, como se lê acima. A resolução federal não permite a impermeabilização. O plano diretor permite isso, ao omitir a proibição federal e considera área verde até um terreno desmatado que alguém se disponha a plantar. Isto é: mistura áreas verdes públicas e privadas.
REGULAMENTAÇÃO DO PARQUE – Prossegue a negociação. O Movimento Proparque apresentou sugestões para o projeto que a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente disse aceitar, porém ainda não nos apresentou a redação definitiva do projeto. Alega estar em análise pelo setor jurídico da Seuma. Dia 2/9 o prefeito deu prazo de 30 dias para a assinatura do decreto. Estamos começando novembro e a data não foi marcada.
As propostas do Movimento Proparque para o decreto são estas:
PROPOSTAS DO MOVIMENTO PROPARQUE PARA O DECRETO DE REGULARIZAÇÃO DO PARQUE ECOLÓGICO RIO BRANCO
Apresentadas em reunião na Seuma em 19.09.13, após o movimento receber e analisar o texto da minuta que lhe foi enviada por e-mail dia 16.09.13.
1.         Colocar nos “considerandos” a definição de área verde pública da Resolução CONAMA nº 369, Art. 8º, III, § 1º: “Considera-se área verde de domínio público, para efeito desta Resolução, o espaço de domínio público que desempenhe função ecológica, paisagística e recreativa, propiciando a melhoria da qualidade estética, funcional e ambiental da cidade, sendo dotado de vegetação e espaços livres de impermeabilização”.
 2.        Adequar todos os artigos do Decreto a esta definição de área verde pública, por ser a Resolução Conama uma norma válida para o país e por ser o parque a única área que se enquadra nesta definição do Lagamar ao oceano Atlântico e da Av. Aguanambi à Av. Barão de Studart. Trata-se de uma ilha verde em um mar de concreto e asfalto, para a qual convergem as águas das chuvas, direcionadas para o Riacho Aguanambi.
Nota: O Plano Diretor Participativo de Fortaleza [Lei Complementar 062, de 2009] adotou outra definição de área verde, abrangendo as públicas e as particulares, sem referência à impermeabilização, porém temos a convicção de que, do ponto de vista jurídico, a norma emanada do Conama se superpõe à do PDP-For, no que diz respeito às área verdes públicas.
3.         A localização correta do parque é bairro Joaquim Távora.
4.         Manter o nome do parque vinculado ao nome do riacho que nasce nele: Parque Urbano Rio Branco.
5.         Como está, o decreto dá ênfase às possibilidades de colocar mais equipamentos de cultura, esporte e lazer no parque. Como o PDP-For é de 2009, quando os atuais equipamentos já estavam instalados no parque, propomos que o poder público use seu poder discricionário e mantenha [“congele”] o parque com os atuais equipamentos e os aperfeiçoe, pois são suficientes para a população dos bairros circunvizinhos e visitantes de outros bairros ou turistas terem à sua disposição, no parque, eventos de cultura, esporte e lazer oferecidos ao longo do dia pelas Secretarias Municipais de Urbanismo e Meio Ambiente [educação ambiental], Cultura [todas as artes, eventos de valorização do folclore como apresentações de Maracatu], Turismo [visitas guiadas, exposições], Esporte e Lazer [exercícios aeróbios, dança, campeonatos e eventos similares], Direitos Humanos [Eventos do Projeto Cidadania em Rede, dentre outros] e de Desenvolvimento Econômico [feiras e exposições]. Além destas e de outras secretarias municipais e estaduais, poderiam promover eventos e desenvolver programas pertinentes a seus públicos, no parque, as Coordenadorias Municipais de Idosos, Juventude e outras, além dos movimentos sociais e entidades da sociedade civil.
6.         Os usos do parque descritos no tópico anterior são propostos a partir da experiência do Movimento Proparque vivida nos últimos 18 anos, a partir da qual concluímos ter o parque essa vocação para vivências que reforçam as relações de vizinhança e a solidariedade entre os cidadãos. Foram estes os usos propostos pelos usuários do parque que sempre aderiram aos eventos realizados pela entidade, mas também verbalizados, nas Assembleias do Povo realizadas nas três últimas semanas com o mote “como você quer o parque, como você gostaria de usar o parque, como você se sente/sentiria bem no parque?” Ao citarem estas e propostas similares, as pessoas frisaram sempre: a segurança pública é indispensável em todas essas situações. Cidadãos e cidadãs são taxativos: nada funcionará sem segurança pública 24 horas no parque.
7.         Os usos referidos no tópico 5 e outros que venham a ser propostos deverão ser sempre compatíveis com o “status” do parque de Área Verde Pública, como referido no tópico 1, e de Zona de Preservação Ambiental [que interpretamos ser igual ao “status” de APP, do Código Florestal, Lei 12651/12].
8.         Mantida a área e manejada como Área Verde Pública e APP, todo o parque servirá, também, para estudos científicos das suas funções ecológica, paisagística e outras, no contexto urbano. Para isso, a Prefeitura de Fortaleza firmará acordos e parcerias com as universidades públicas e privadas e com entidades da sociedade civil dedicadas à pesquisa.
9.         O parque ter um Conselho Gestor, de caráter deliberativo, e não apenas um Conselho Consultivo.
10.       A Prefeitura de Fortaleza manter uma estratégia de educação ambiental e permanente comunicação com os usuários do parque, para que compreendam as intervenções de caráter conservacionista e preservacionista naquela ZPA. Só assim, o poder público obterá a adesão das pessoas e, em consequência, êxito em suas ações, atingindo os objetivos preconizados no Plano Diretor Participativo 2009.
11.       Das propostas acima, exceto a de nº 9, todas foram aceitas pela equipe da Seuma presidida pela Dra. Magda Maia, titular da Coordenadoria de Políticas Públicas. Ela explicou que, por questões institucionais, o Conselho deveria ser Consultivo. Foi aceita, então, a sugestão Movimento Proparque de que, no instrumento de regulamentação do Conselho Consultivo, conste que este será composto por representantes de entidades da sociedade civil, de comprovada atuação no interesse público, e não, por pessoas naturais que se candidatassem de forma autônoma.

Durante a Festa da Árvore, na roda de conversa que se estabeleceu, os presentes aprovaram estas propostas:
12.       O Conselho Consultivo ser integrado também pelas universidades públicas sediadas em Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará e Instituto Federal do Ceará, cujos cursos poderão oferecer a atividades e estudos no parque, bem como dar suporte aos projetos desenvolvidos pela prefeitura e pela coletividade.
13.       Uma pessoa representante de uma das entidades da sociedade civil participar da gestão direta do parque, em nome do Conselho.

Maria Luísa Vaz Costa
Coordenadora do Movimento Proparque



Adoto aqui o conceito de área verde pública do Conselho Nacional de Meio Ambiente, que me parece consolidar as discussões acadêmicas em torno do tema. Para o Conama, área verde é

“o espaço de domínio público que desempenhe função ecológica, paisagística e recreativa, propiciando a melhoria da qualidade estética, funcional e ambiental da cidade, sendo dotado de vegetação e espaços livres de impermeabilização”. (BRASIL. RESOLUÇÃO CONAMA 369, 2010).

Já a Prefeitura Municipal de Fortaleza trabalha com o conceito de área verde inscrito em seu Plano Diretor Participativo, Lei nº 62/2009, artigo 19:

“Integram o sistema de áreas verdes os espaços ao ar livre, de uso público ou privado, que se destinam à criação ou à preservação da cobertura vegetal, à prática de atividade de lazer, recreação e à proteção ou ornamentação de obras viárias”.

Ceará


Futricas cearenses

  • Novidades na programação da Rádio Verdes Mares AM (810 Verdinha). Tadeu Nascimento estreou na Rota do Crime, de 11 ao meio dia. Paulo César Norões apresenta um debate esportivo as segundas-feiras. Antônio Bonfim tem um quadro "as Bombas do Biondim", no Show da Manhã apresentado por Ênio Carlos. O ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, Cleyson Martins está de volta à emissora no departamento de Radiojornalismo comandado por Evandro Nogueira.
  • O Povo comemora a conquista pela segunda vez o Prêmio Jornalistas&Cia, HSBC de Imprensa e Sustentabilidade. Desta vez na categoria Criação Gráfica com o caderno Planeta Seca, uma obra dos jornalistas Gil Dicelli, Amaurício Cortez e Pedro Turano. A entrega será no próximo dia 13, em São Paulo.
  • A Rádio Liderança FM ganhou a disputa pelas palavras de fé de padre Reginaldo Manzotti e passa a transmitir seus programetes em Fortaleza.
  • A Federação Cearense de Futebol (FCF) estreou sua tevê na web. Narração de Brenno Rebouças e comentários de Manuella Viana.

Café da Bahia

Nas últimas três décadas, a Bahia tem contribuído para que o Brasil mantenha a primeira posição de maior produtor e exportador e segundo maior consumidor de café em nível mundial. Esse posição é resultado da articulação de instituições de ensino, pesquisa e extensão no âmbito do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, e demais segmentos do setor em todo o País. Nesse contexto, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB tem sido protagonista do desenvolvimento da cafeicultura baiana, em especial nas seguintes regiões produtoras: Cerrado, Planalto e Atlântica.
A UESB inseriu o café em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, o que vem contribuindo para estimular o fortalecimento da cafeicultura na Bahia. A Uesb tem sede na cidade de Vitória da Conquista, situada na Mesorregião do Centro-Sul do Estado. A cidade é um centro de atração populacional, por ter boas condições de habitabilidade, principalmente em razão do comércio bem dinâmico e por ter influência em mais de 70 municípios do Estado e 16 cidades do norte de Minas Gerais.

III Corrida e Caminhada Estácio

O Centro Universitário Estácio FIC promove até amanhã o Universo Estácio, um grande congresso na área de ensino, pesquisa e extensão. No encerramento da programação, acontecerá a III Corrida e Caminhada Estácio, com largada prevista para sete da manhã, no Aterro da Praia de Iracema. A competição está dividida nas modalidades Masculina e Feminina: público geral, alunos da Estácio, colaboradores da Estácio, alunos do ensino médio e portadores de necessidades especiais. Os três primeiros colocados de cada categoria receberão medalhas e prêmios que variam de tablets a bolsas de 100% no curso de pós-graduação na modalidade Ensino a Distância.
Em Fortaleza, a competição também conta a parceria do movimento “Outubro Rosa”. Este, inclusive, realizará uma caminhada no mesmo dia, com largada às 8 horas, no Aterro da Praia de Iracema. 

Percurso
A III Corrida e Caminha Estácio terá seu trajeto passando por toda a orla da Beira Mar, com percursos de 10 km e 5 km ou 3 km de caminhada. Já a Caminhada Outubro Rosa terá o seguinte itinerário: Aterro, Rua: Carlos Vasconcelos, Av. Monsenhor Tabosa, Av. Barão de Studart e Av. Beira Mar.

Roberto Lopes
O bicampeão mundial e medalhista panamericano de vôlei de praia, Roberto Lopes, será um dos participantes da III Corrida e Caminhada Estácio. Ele, que é ex-aluno da instituição, atualmente é manager da Fifa em Fortaleza.

Cássio Borges esclarece

"Não poderia silenciar em relação à Nota publicada neste Blog do distinto jornalista Eliomar de Lima, do Sistema O Povo de Comunicação, sobra a minha ausência nas comemorações dos 104 anos de existência do DNOCS. Há mais de 30 anos escrevo naquele jornal sobre aquele Departamento Federal e recursos hídricos do Ceará e do Nordeste, tendo feito grandes e sinceras amizades naquela organização do saudoso Demócrito Dummar. Isto já seria o suficiente para justificar a razão da publicação da referida Nota, pelo que agradeço o apreço e a consideração do seu autor.
Por volta do dia 13 deste mês não se ouvia falar no aniversário do DNOCS que seria no dia 21. Temendo que esta significativa data da região nordestina passasse em brancas nuvens, mandei para o Jornal O Povo um artigo que intitulei DNOCS: A RAZÃO DE SUA EXISTÊNCIA, o qual foi publicado no dia 21, justamente na data do aniversário daquele Órgão. Graças a esse artigo, creio, o DNOCS foi lembrado, inclusive, soube que o mesmo foi lido no Programa do ilustre jornalista Cid Carvalho, que muito me honrou.Sobre o referido artigo, transcrevo o seguinte e-mail que recebi do renomado economista Otamar de Carvalho que tem dezenas de publicações, palestras e conferências sobre a problemática da seca e o desenvolvimento de nossa Região: “É bom que você não esquece a data e a instituição centenária”.
Dentre muitos outros e-mails que recebi sobre este assunto, peço aos amigos a permissão para transcrever o seguinte do meu amigo Dr. José Aldemir Arruda Coelho, filho ilustre da minha querida cidade natal, Sobral: “Parafraseando você, caro Cássio, eu digo que sem sua presença vigorosa e atuante, acredito que o DNOCS já estaria fadado ao esquecimento e automaticamente fechado”.
Meu objetivo neste momento é justificar a minha ausência nas comemorações dos 104 anos de existência do DNOCS ocorrido no último dia 25, portanto, quatro dias depois da data de sua fundação: Primeiro, porque não fui comunicado e, segundo, porque após a publicação do meu artigo no Jornal O Povo viajei e levei livros para ler. Somente ontem, segunda-feira, retornei a Fortaleza.
Aproveitando, ainda, esta oportunidade, lembro que o ilustre Presidente da FAEC, Flávio Sabóia, no último dia 9, enviou carta para o atual Ministro a Integração Nacional, o cearense Francisco José Coelho Teixeira, na qual ele solicitava a revogação da Portaria (politiqueira) nº 603, de 14.11.2012, do seu antecessor, pela qual transferia para a “CODEVASF a gestão de todo o Programa de Integração do Rio São Francisco no Nordeste Setentrional”. Sobre este assunto, vi , na imprensa, uma declaração evasiva, sem fundamentação lógica (para não usar um adjetivo mais adequado) do Ministro dizendo que o DNOCS também participará do referido Projeto,” porque 12 dos açudes que fazem parte do referido Projeto pertencem àquele Departamento Federal”. Sem comentários…
Era esta a explicação que gostaria de dar aos caros amigos e colegas do DNOCS.
Atenciosamente,

* Engenheiro Cássio Borges
Fortaleza, 29 de outubro de 2013.

Para Croatá

São Gonçalo do Amarante foi contemplado nos investimentos anunciados na última semana pela presidente Dilma Rousseff. Depois do pleito do prefeito do Município da Região Metropolitana de Fortaleza, Cláudio Pinho, será destinado o recurso total de 23,8 milhões, sendo 18,8 milhões investidos nas obras de saneamento no distrito de Croatá (60 quilômetros de Fortaleza). O restante será empregado na pavimentação e qualificação das vias urbanas do Município.
Com esse capital, mais de seis mil habitantes irão se beneficiar. Dentre as principais melhoras para a população está o acesso à rede de esgoto, redução da contaminação alimentar e, em consequência, melhor qualidade de vida e saúde.
Satisfeito com a conquista, o prefeito Cláudio Pinho (Pros) acredita que essas aplicações irão potencializar as ações e trazer significativo desenvolvimento. “Além das melhorias evidentes de higiene e saúde, os investimentos impulsionarão a economia local. Com a proximidade do Porto do Pecém, esses projetos trarão atratividade para outros distritos, fazendo com que, num futuro próximo, grandes investidores se instalem na região”, afirmou.
Conforme anunciado pela chefe do Governo Federal, os recursos advêm do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e serão liberados pela Caixa Econômica Federal o mais breve possível. A expectativa é que ainda esse ano o orçamento seja repassado e as obras sejam iniciadas. 

Na Casa Cor

Até 26 de novembro, a Marquise Incorporações participa da Casa Cor 2013 - edição cearense da mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. Com o tema “Um olhar para o Ceará”, o evento está sendo realizado na propriedade da família Boris, localizada na Avenida Rui Barbosa esquina com Rua Pereira Filgueiras (Aldeota). O funcionamento é de terça a domingo das 16 às 22 horas, inclusive, nos feriados.
No lounge "Terra do Sol" da Lopes Immobilis, a Marquise faz a apresentação do Imperator Residence. Os visitantes do espaço poderão conhecer todo o conceito e exuberância do empreendimento, que possui mais de 5.500m² de área de lazer, com apartamentos de 138m² e 145m² e 03 suítes. O Imperator  oferece duas torres, Ravenna Domus, com hall social privativo, elevadores codificados, varanda gourmet, coletor de óleo e central de água mineral.
Na área nobre do bairro Guararapes, o empreendimento de alto padrão conta ainda com espaço infantil, playgrounds baby e aventura, brinquedoteca, quadra poliesportiva, mini campo, complexo aquático com mais de 240m² de piscina, e espaço fitness interno e externo. “O Imperator Residence é uma soma de requinte, conforto e diferenciais de alto padrão. O lounge na Casa Cor será o espaço ideal para conhecer detalhes do projeto e conferir as condições especiais para aquisição dos apartamentos com o padrão Marquise de qualidade”, enfatiza Andrea Coelho, superintendente de Incorporação do Grupo Marquise.

Melhores prefeitos

Na última quinta-feira (31), no La Maison Buffet, aconteceu a 26ª edição dos Melhores Prefeitos do Ceará. O evento é realizado anualmente pela empresa Promoção e Eventos e objetiva incentivar e homenagear os gestores dos municípios do Ceará que estão trabalhando corretamente e colaborando para o maior desenvolvimento do Estado.
Dentre os 184 municípios do Ceará apenas 28 receberam pontuação satisfatória e foram agraciados com a comenda. Dentre eles estão Tauá (25 votos), Maranguape, Brejo Santo e Sobral (23 votos), Fortaleza (20 votos), São Gonçalo do Amarante e Palhano (17 votos), Ocara, Camocim e Caucaia (16 votos), Maracanaú (14 votos), Aracati, Mombaça e Iguatu (13 votos), Redenção e Milagres (12 votos); Aracoiaba, Uruburetama, Eusébio e Limoeiro do Norte (11 votos); Acaraú, Cedro, Fortim, Horizonte, Parambu, Russas, Santa Quitéria e Viçosa do Ceará (10 votos).
Para Cláudio Pinho, prefeito de São Gonçalo do Amarante, estar no ranking dos melhores prefeitos do Estado é motivo de orgulho. “É gratificante ver nosso esforço já está sendo reconhecido mesmo com menos de um ano de administração pública. Temos colhido bons frutos e vamos continuar buscando o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida do nosso povo”, declara.
Na escolha foram observados requisitos ligados à gestão, como avanços dos indicadores sociais, transparência das contas públicas, correta aplicação dos recursos municipais, realizações de obras de infraestrutura e projetos de saúde e educação. A apuração contou a presença de 34 jurados, entre eles nomes de destaque, tais como o vice-governador do Estado, Domingos Filho, ministro do STJ, Raul Araújo, e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Albuquerque. 

PREFEITURA DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Os projetos da prefeitura de São Gonçalo do Amarante são focados nos eixos que envolvem infraestrutura, melhoria da saúde, Educação, e capacitação técnica e qualificação da mão de obra. Com menos de um ano de gestão, já é possível avaliar os resultados da gestão do prefeito Cláudio Pinho, dentre os principais resultados podemos citar obtenção de recurso para obras de saneamento e pavimento de Croatá, os investimentos nas reformas dos postos de saúde e novo distrito industrial do município.

Na Parangaba

Um dos bairros mais promissores de Fortaleza, a Parangaba tem se destacado no cenário atual, principalmente no que se refere ao desenvolvimento socioeconômico local. Verifica-se grandes investimentos na região, devido a sua posição geográfica e perfil residencial, que está passando a ganhar nova roupagem. O local sofreu modificações e, com elas, resultados positivos têm surgido, dentre os mais significativos estão novos shoppings, linhas de metrô e o a nova unidade do Centro Universitário Estácio FIC.
Segundo a reitora Ana Flávia Chaves a escolha bairro foi definida após estudo de demanda, que comprovou a evolução econômica e social de uma das áreas mais antigas e importantes da cidade. “Fizemos uma pesquisa e percebemos que o bairro da Parangaba está em uma região que cresce substancialmente na nossa capital. Há grande concentração de um público que também é o nosso alvo: classe média, com muita vontade de alavancar ainda mais suas condições, reconhecendo que o ensino superior de qualidade é o caminho”, afirma a reitora.
Ao todo são 11 mil m² com infraestrutura e tecnologia de ponta. Seguindo o modelo dos outros dois campi na cidade, a unidade possui biblioteca, laboratórios de informática, área de convivência e estacionamento próprio. A obra resultou em 52 salas, sete blocos e uma capacidade para receber nove mil alunos.
INAUGURAÇÃO
Parte da programação do Universo Estácio, ontem foi inaugurada a unidade Parangaba do Centro Universitário Estácio FIC. O campus, que está em operação desde março deste ano, terá sua cerimônia oficial  com objetivo de entregar ao corpo docente e aos estudantes toda a infraestrutura e valorizar, ainda mais, o suporte acadêmico investido na região.
UNIVERSO ESTÁCIO
O Universo Estácio vai até amanhã com debates em torno do tema central: “Ética e Ciência Sustentável”. São esperadas cerca de 30 mil pessoas para acompanhar a programação, que irá dispor de palestras, mesa-redonda, fórum, além da Inauguração do Centro Universitário Estácio FIC Parangaba e da III Corrida e Caminhada Estácio. 

ESTÁCIO
Presente em todas as regiões geográficas do Brasil, a Estácio atua há 43 anos no país. Com cerca de 4 mil funcionários, 7,5 mil professores e 313,4 mil alunos matriculados, é formada por 39 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades. Com um total de 79 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas, cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa. Saiba mais em www.estacio.br.

Pela Primeira Infância

A deputada estadual Patrícia Saboya (PDT), participa na próxima segunda-feira, às 17 horas, do Fórum Municipal pela Primeira Infância de Fortaleza. O Fórum acontece nos dias 4 e 5 de novembro, na Assembleia Legislativa do Ceará, e faz parte do compromisso pelo prefeito Roberto Cláudio Bezerra (Pros), em prol da criança e do adolescente, coordenado pelo gabinete da primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. 
A parlamentar participará de uma conferência com o tema: Primeira Infância: Um olhar sobre as Ações Intersetoriais - Cuidar, Educar, Proteger, Promover a Garantia de Direitos à Criança. Também participam do debate, Rui Aguiar, coordenador do Unicef para os Estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí e Paulo Bonilha, coordenador técnico de saúde e aleitamento materno, do Ministério da Saúde. 
Na ocasião do evento, também será lançado o Programa Cresça com Seu Filho, que tem o objetivo de assistir as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, promovendo desenvolvimento integral das crianças no período de gestação e da primeira infância. 

Programação do dia 4 de novembro:

15h - Abertura
Prefeito Roberto Cláudio
Primeira Dama Carol Bezerra
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Ministério da Saúde
Poder Judiciário
Ministério Público Estadual
Defensoria Pública do Estado do Ceará
Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMDICA
Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF
Rede Nacional e Estadual da Primeira Infância
Lançamento e apresentação do Programa Cresça com Seu Filho – Carol Bezerra

16h às 17h - Conferência
Primeira Infância: Novos Desafios para Gestão SUS
- Secretário Nacional de Gestão Estratégica e Participativa do  Ministério da Saúde - Odorico Monteiro
- Secretário Estadual de Saúde – Ciro Gomes
- Secretária Municipal de Saúde – Socorro Martins

17h às 17h45 - Conferência
Primeira Infância: Um olhar sobre as Ações Intersetoriais  - Cuidar, Educar, Proteger, Promover a Garantia de Direitos à Criança
- Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF / Coordenador do UNICEF para os Estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí - Rui Aguiar
- Ministério da Saúde / Coordenador Área Técnica de Saúde e Aleitamento Materno  - Paulo Bonilha
- Assembléia Legislativa do Estado do Ceará / Reitora da Universidade do Parlamento Cearense -  Deputada Patrícia Saboya

 18h - Encerramento

Smiles

A Smiles reportou lucro de R$ 63 milhões no 3T13, avanço de 30% T/T, com a margem líquida recuando um pouco (-2,2 p.p.), mas se mantendo acima de 40%. Os destaques positivos do resultado foram: a) aumento de 25% T/T nas milhas resgatadas e  consequente aumento de 23,5% T/T no faturamento bruto, que chegou a R$ 266,7 milhões; b) aumento de 48% no resultado financeiro, ainda beneficiado pela compra antecipada de passagem aéreas da GOL com recursos do IPO; e c) ações conjuntas com os  parceiros financeiros e renovação do contrato com o Itaú. O principal ponto negativo do resultado foi o aumento substancial do custo médio de passagens aéreas, que apresentou alta de 48%, motivado pelo maior resgate de passagens comerciais.

Tornando o programa mais atrativo
O faturamento bruto avançou 23,6% T/T, beneficiado pelo aumento de 20,1% no acumulo de milhas com parceiros ex-Gol, principalmente financeiros. O faturamento do programa com os bancos não é impactado pela variação cambial, pois a empresa vendeu  R$ 400 milhões em milhas antecipadas para três de seus principais parceiros com o dólar travado em R$ 1,99, e que já consumiram R$ 150 milhões deste saldo. A receita bruta avançou 37,7% T/T com impactos positivos provindos do avanço da receita de resgate de milhas, que compensou a queda de 16,4% T/T da receita de breakage. A empresa intensificou o relacionamento com os parceiros financeiros e também retomou o investimento em marketing, buscando aumentar a atratividade do programa para seus clientes. Este  maior investimento em marketing foi iniciado no final de setembro e ainda não impactou os custos operacionais da companhia, que avançaram 3,5% T/T.

Perspectivas
A Smiles apresentou novamente um resultado trimestral positivo, com forte resultado financeiro e aumento da receita de resgate de milhas. Hoje, ainda vemos a Smiles trabalhando melhor o relacionamento com os bancos, apesar de ações desenvolvidas pela  Multiplus nos últimos meses. Continuamos otimistas com o desempenho da empresa e ajustamos nosso preço alvo de R$ 38,10 para R$ 37,50 ao final de 2014, mantendo o rating em Outperform.

Bazar das Amigas


Bolsa Família, 10 anos

“O Bolsa Família veio para ser uma porta de saída da miséria e uma porta de entrada para um futuro de esperança”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff durante o ato de celebração dos 10 anos do maior programa de transferência de renda do País. Nessa década, beneficiou 13,8 milhões de famílias carentes, garantindo o acesso à saúde e a educação para mais de 50 milhões de brasileiros, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).
Criado em 2003, na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o programa alavancou a renda de 36 milhões de brasileiros que saíram da extrema pobreza no País. Para Lula, “o Bolsa Família integrou ao Brasil milhões de pessoas que estavam apartadas do desenvolvimento nacional, e que, em seu tempo, estão mudando o curso da história do País.”
O programa tem como inovação o condicionamento da transferência de renda a compromissos assumidos pelas pessoas beneficiadas. O poder público oferece e acompanha o acesso das famílias aos serviços de saúde, educação e assistência social. Em contrapartida, as famílias precisam manter crianças e adolescentes na escola e garantir o calendário de vacinação de meninas e meninos menores de sete anos. Além disso, as gestantes têm que fazer pré-natal e ir à rede de saúde para o acompanhamento pós-parto.
Segundo a ministra Tereza Campello, o Bolsa Família não só melhorou a renda dos brasileiros, como também a saúde e a educação avançaram entre os mais pobres. “Como o programa é de transferência de renda condicionada ao acesso a esses serviços, temos mais de 99% das crianças com a vacinação em dia. A mortalidade infantil das crianças de até 5 anos caiu 19,4%, entre 2004 e 2009."
Na educação, de acordo a ministra são mais de 15 milhões de alunos sendo acompanhados pelo Governo Federal.  “Os alunos do Bolsa Família abandonam menos a escola. Garantimos uma frequência de 85% e a taxa de aprovação no Ensino Médio chega a ficar, em alguns casos, acima da média nacional. Essas questões contribuem, de forma decisiva,  para diminuir a desigualdade educacional do País”, explica.
Para o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, que prestigiou o evento, os benefícios do programa no meio rural têm duas vertentes. “Metade dos brasileiros extremamente pobres estão no campo. Então, o Bolsa Família traz duas grandes vantagens para o meio rural: ajuda a reduzir a extrema pobreza e também, ao elevar a renda de uma parcela expressiva da população brasileira, contribui com o aumento do consumo de alimentos e, consequentemente, da produção e da renda da agricultura familiar.”
Só em 2013, o Governo Federal espera investir R$ 24 bilhões no Bolsa Família - o equivalente a 0,46% do Produto Interno Bruto (PIB). O valor médio do benefício por família é de R$ 152 mensais.
Autonomia feminina

Moradora do município de Guaíba (RS), Odete Terezinha Dela Vechio, 45 anos, é uma das beneficiárias do Bolsa Família Com o programa ela teve a oportunidade de mudar de profissão por meio de cursos voltados ao público do programa e assegurar mais renda para a família. “Sou beneficiária do Bolsa Família há cinco anos. Nesse período, pude me qualificar pelo Pronatec. Hoje sou carpinteira e armadora de ferragens e trabalho na construção civil. Estou satisfeita com o meu trabalho e com a minha profissão”, conta.
Assim como ela, 93% dos titulares do cartão do Bolsa Família são mulheres. “O programa constrói também o poder feminino, por    que dentro dele elas ganham força e autonomia e este é um reconhecimento da importância das mulheres no lar”, ressaltou a presidenta Dilma Rousseff.
10 anos do Bolsa Família
O evento foi realizado nesta quarta-feira (30), no Museu da República, em Brasília (DF). Participaram da solenidade ministros do Governo Federal; ex-ministros do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; deputados e senadores, entre eles o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e o presidente do Senado, Renan Calheiros; governadores; o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda; beneficiários do Bolsa Família; e demais convidados.

Funcionamento do Del Paseo no Dia de Finados


Informamos o horário de funcionamento do Shopping Del Paseo hoje, Dia de Finados. Conforme acordo firmado entre, os representantes do Sindicato dos Comerciários e o Sindilojas, a praça de alimentação e Game Station, tem seu funcionamento normal, das 10 às 22 horas. As lojas Americanas funcionam de 10 às 21 horas e as demais lojas estarão fechadas durante o feriado. Os cinemas do Shopping funcionam a partir das 13 horas.
DATA
PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO
GAME STATION
CINEMA
LOJAS AMERICANAS
LOJAS
02/11,
Sábado

Das 10 às 22 horas

Das 10 às 22 horas
A partir das 13 horas
Das 10 às 21 horas
Fechadas

Modernell

Experiente e polêmico, Renato Modernell, de 60 anos, é audacioso ao falar da relação entre o texto jornalístico, a ficção e o entretenimento. Com um currículo invejável, o jornalista, professor e escritor teve passagem por alguns dos principais veículos do país. Aos 18 anos, esse gaúcho nascido na cidade de Rio Grande, no extremo sul do Brasil, radicou-se em São Paulo, onde se formou em jornalismo. Modernell foi colaborador da Folha de S. Paulo na Itália, trabalhou em diversos jornais e revistas, como Quatro Rodas, Globo Ciência, Época e Caminhos da Terra, dedicando-se, sobretudo, às reportagens de viagem.

Seu fascínio e inspiração em escrever sobre o tema estão relacionados à sua origem. “Fui criado dentro de um hotel de veraneio, vendo pessoas chegarem e partirem. Desde criança minha vontade era essa, mover-me pelo mundo, como os hóspedes do hotel da nossa família”.

Não é à toa que o escritor mistura em seus trabalhos o jornalismo e a ficção, sentindo-se à vontade dentro do jornalismo literário, algo que domina plenamente. Ganhador de duas edições (1989 e 2013) do Prêmio Jabuti, o mais conceituado no Brasil, é professor da Academia Brasileira de Jornalismo Literário (ABJL) e do curso de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Além disso, Modernell ministra oficinas de escrita criativa desde 1990. Ele é enfático ao se referir à importância de recursos criativos e envolventes na construção de um bom texto. “Vamos fazer um paralelo com a culinária: por que um prato saboroso não pode ser também nutritivo? Se separarmos essas duas coisas, os melhores restaurantes seriam os dos hospitais, onde há nutricionistas de avental branco. Não queremos jornalistas de avental branco. O mundo ficaria insuportável”.

Com um texto leve, inteligente, coerente e ao mesmo tempo informativo, o escritor, nascido em 1953, acredita que não deve haver, na essência, uma fronteira fixa entre o jornalismo e o entretenimento. Segundo ele, a época áurea do jornalismo, no Brasil, a década de 1960, caracterizou-se por matérias que sabiam conciliar as funções informativa e lúdica. “Acho que a palavra entretenimento não implica ou não devia implicar futilidade. As grandes reportagens da época informavam e envolviam o leitor ao mesmo tempo”, afirma.

Com um estilo inconfundível, o criador do conceito de “fatores de fabulação”, que estreita as fronteiras entre a realidade e a fantasia, analisa uma série de recursos de escrita que juntos, tornam-se, capazes de “ficcionalizar” o texto jornalístico. 

Modernell conquistou seu primeiro Jabuti em 1989 com o romance “Sonata da Última Cidade”, ambientado em São Paulo. Ao se referir à ficção atrelada ao contexto jornalístico, o autor de “A notícia como fábula: Realidade e ficção se confundem na mídia”, livro ganhador do terceiro lugar na categoria Comunicação do Prêmio Jabuti 2013, acredita que um texto eficaz, assim com um voo de um pássaro, desafia os limites territoriais entre a realidade e imaginação.

O outro livro ganhador do Jabuti foi lançado em 2012 pela Editora Mackenzie e pela Summus Editorial. Nele o autor examina os textos jornalísticos que provocam a fusão entre a fantasia e a realidade, um fenômeno misterioso que faz pensar nas múltiplas versões, não necessariamente falsas, mas díspares, de um acontecimento. Dividida em 15 capítulos, a obra faz reflexões sobre a profissão e o trabalho dos jornalistas, passeando pelos domínios da filosofia, da mitologia e da arte. “Posso dizer que a obra surgiu de uma inquietação pessoal que nunca me abandonou ao longo da minha carreira como jornalista, dentro de um universo impreciso e fascinante no qual tive grande contato”, ressalta o autor.
O tema dessa obra deriva do trabalho de mestrado concluído em 2004, na ECA-USP. No livro, o escritor fala sobre algo que sempre o atraiu: o limite entre o que se inventa e que se reproduz na mídia, uma grande fusão entre a fantasia e a realidade.

Na área da ficção, o autor acaba de publicar o último livro de sua Trilogia Transversal, que propõe um novo olhar sobre a vida de grandes personagens da cultura universal, como Marco Polo, Cristóvão Colombo, Jesus Cristo e os Magos. Essas três obras são “Mare Magnum”, “Gird” e “Viagem ao Pavio da Vela. Na obra do autor também se destacam os títulos “Sonata da Última Cidade” (Jabuti em 1989), “Meninos de Netuno” e “Che Bandoneón”.


Sobre o Mackenzie

A Universidade Presbiteriana Mackenzie pelo segundo ano consecutivo (2012/13) foi avaliada como a melhor instituição de ensino privado do Estado de São Paulo, de acordo com o Ranking Universitário Folha de São Paulo\RUF. O Mackenzie ainda está entre as 100 melhores instituições de ensino da América Latina, segunda a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.

Informações para a imprensa:
Universidade Presbiteriana Mackenzie; imprensa@mackenzie.br
Assessoria de imprensa: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação