sábado, 28 de novembro de 2015

Série de Reportagem

Confira na Agência Fortaleza de Notícias (AFN) a partir da próxima terça-feira (1) a Série de Reportagem "Economia Verde".

Personalidades Esportivas 2015

  • Sérgio Ponte já anunciou as primeiras personalidades esportivas que vão receber o Troféu Flávio Ponte na 44ª Noite das Personalidades Esportivas em 14 de dezembro, no Marina Park:
  • Governador Camilo Santana (PT).
  • Cafu.
  • Fernando Graziane.
  • Alex Portela.
  • Tirulipa.

Campeão de Segundona

  • E o Ceará é campeão de Segundona do Brasileirão.
  • É o time que mais disputa Segundona.
  • Nunca caiu para Terceirona.
  • Escapou nas últimas hoje, ao vencer 1 a 0 no Macaé (RJ), rebaixando o time do norte fluminense.
  • O Ceará terminou em 15º lugar.
  • Fez 45 pontos.
  • Ganhou 12 partidas.
  • Empatou nove.
  • Perdeu 17.
  • Marcou 42 gols.
  • Levou 50.
  • Saldo negativo de oito.
  • Aproveitamento de 38%.
  • Levou 12 cartões vermelhos.
  • Levou 90 cartões amarelos.
  • A renda de hoje na Arena Castelão foi de R$ 1.245.191,00.
  • Público de 45.539 pagantes e 1.381 não pagantes.
  • O Botafogo (RJ) campeão ficou com 72 pontos.
  • O vice campeão é o Santa Cruz (PE) com 67 pontos.
  • Em terceiro ficou o Vitória (BA) com 66 pontos.
  • Em quarto, o América (MG) com 65 pontos.


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Ceará para enfrentar o Macaé amanhã

ATLETAS
ALAN FABRÍCIO
ALEX AMADO
BARAKA
CARLÃO
CHARLES
DOUGLAS BORGES
ÉVERSON
EVERTON
FABINHO
FERNANDINHO
GILVAN
JOÃO MARCOS
JÚLIO CÉSAR
MAZOLA
RAFAEL COSTA
RICARDINHO
RICARDO CONCEIÇÃO
SANCHEZ
SANDRO
TIAGO CAMETÁ
VICTOR LUÍS
WELLINGTON CARVALHO
WESCLEY






Paz em Casa

A III Semana da Justiça pela Paz em Casa começa na próxima segunda-feira (30) e segue até a próxima sexta (4/12) em todo o Estado. Até o momento, estão agendadas 559 audiências, sendo identificadas 343 de instrução e 169 preliminares.
A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) agendou audiências até hoje. Além de Fortaleza, outras 29 comarcas participarão da força-tarefa.
Para a coordenadora, desembargadora Sérgia Mendonça Miranda, o evento significa muito. “A resposta célere e eficaz da Justiça a estes crimes contribui para o fortalecimento de uma cultura de gênero equitativa, coibindo a perpetuação da subordinação feminina dentro e fora do espaço doméstico, além de evitar maiores sequelas emocionais nos menores envolvidos”, concluiu.
Só em Fortaleza, o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher agendou 240 audiências. A unidade suspendeu atendimento ao público geral durante a semana para priorizar os processos da campanha.
A última edição da Semana Justiça pela Paz em Casa aconteceu entre os dias 3 e 7 de agosto deste ano. A primeira ocorreu de 9 a 13 de março. A mobilização é uma iniciativa do Supremo Tribunal Federal (STF), que prioriza a tramitação de ações em que a mulher seja vítima de violência doméstica, principalmente as de homicídio.

Nomeação II

A Comunidade Católica Shalom terá quatro sacerdotes entre os designados pelo Vaticano para serem missionários da misericórdia no Jubileu da Misericórdia de 2016. No mundo inteiro, serão mil sacerdotes. Os padres poderão absolver pecados designados apenas à Santa Sé no período da quaresma e em dias específicos que o bispo local designar. Padre Antonio Furtado, padre Almeida Neto, padre Denys Lima e padre Livandro Monteiro são os sacerdotes da Comunidade que estão inclusos na lista. Na Arquidiocese de Fortaleza, também será missionário da misericórdia o reitor do seminário propedêutico, Padre Rafhael Maciel.

Entre os chamados crimes canônicos estão a profanação à Santíssima Eucaristia (por exemplo, roubar a hóstia consagrada para ritos satânicos), um sacerdote quebrar o sigilo de confissão ou se um padre absorver o cúmplice no sexto mandamento (por exemplo, se um padre possui uma amante e a absolve do pecado), agressão física ao Papa, se algum bispo ordenar outro bispo sem autorização da Santa Sé. Esses casos são passíveis de excomunhão latente e somente a Santa Sé pode absorver.

Normalmente, os sacerdotes que se deparam com um desses pecados na confissão escrevem para o Supremo Tribunal da Penitenciaria Apostólica (um dos três tribunais da Cúria Romana) e aguardam a fórmula de absolvição dos pecados e a penitência que deverá ser cumprida. No caso dos missionários da misericórdia, a absolvição será logo após o pecado confessado.

O objetivo do Papa Francisco, expresso na bula Misericordiae Vultus, que proclama o Jubileu Extraordinário da Misericórdia, é que todas as pessoas tenham acesso ao perdão de Deus durante o Ano da Misericórdia. O ano santo será aberto no dia 8 de dezembro de 2015, solenidade da Imaculada Conceição. O Ano Jubilar terminará na solenidade litúrgica de Jesus Cristo, Rei do Universo, 20 de Novembro de 2016.

Trecho da Misericordiae Vultus

Na Quaresma deste Ano Santo, é minha intenção enviar os Missionários da Misericórdia. Serão um sinal da solicitude materna da Igreja pelo povo de Deus, para que entre em profundidade na riqueza deste mistério tão fundamental para a fé. Serão sacerdotes a quem darei autoridade de perdoar mesmo os pecados reservados à Sé Apostólica, para que se torne evidente a amplitude do seu mandato. Serão sobretudo sinal vivo de como o Pai acolhe a todos aqueles que andam à procura do seu perdão. Serão missionários da misericórdia, porque se farão, junto de todos, artífices dum encontro cheio de humanidade, fonte de libertação, rico de responsabilidade para superar os obstáculos e retomar a vida nova do Batismo. Na sua missão, deixar-se-ão guiar pelas palavras do Apóstolo: « Deus encerrou a todos na desobediência, para com todos usar de misericórdia » (Rm 11, 32). Na verdade todos, sem excluir ninguém, estão chamados a acolher o apelo à misericórdia. Os missionários vivam esta chamada, sabendo que podem fixar o olhar em Jesus, « Sumo Sacerdote misericordioso e fiel » (Hb 2, 17).

Peço aos irmãos bispos que convidem e acolham estes Missionários, para que sejam, antes de tudo, pregadores convincentes da misericórdia. Organizem-se, nas dioceses, « missões populares », de modo que estes Missionários sejam anunciadores da alegria do perdão. Seja-lhes pedido que celebrem o sacramento da Reconciliação para o povo, para que o tempo de graça, concedido neste Ano Jubilar, permita a tantos filhos afastados encontrar de novo o caminho para a casa paterna. Os pastores, especialmente durante o tempo forte da Quaresma, sejam solícitos em convidar os fiéis a aproximar-se « do trono da graça, a fim de alcançar misericórdia e encontrar graça » (Hb 4, 16).

Nomeação

Chegou nesta manhã de sexta-feira,  da Santa Sé, a nomeação de padre Rafhael Silva Maciel como Missionário da Misericórdia, um serviço instituído pelo Papa Francisco para o Ano da Misericórdia que terá início dia 8 de dezembro. O Pontifício Conselho para a Nova Evangelização é quem está cuidando deste serviço.
"Recebi a nomeação com imensa alegria e responsabilidade", declarou padre Rafhael, que é sacerdote da Arquidiocese de Fortaleza. Dia 9 de fevereiro o padre participará de um encontro com os demais Missionários da Misericórdia com o Papa Francisco, em Roma. No dia seguinte, que será a Quarta-Feira de Cinzas, eles serão “enviados” em missão pelo Romano Pontífice. 
Os Missionários da Misericórdia “Serão um sinal da solicitude materna da Igreja pelo povo de Deus, para que entre em profundidade na riqueza deste mistério tão fundamental para a fé”, descreve o Papa Francisco na Bula de Promulgação do Jubileu Extraordinário da MisericórdiaMisericordiae Vultus (Rosto da Misericórdia).
O santo padre esclarece que estes Missionários “serão sobretudo sinal vivo de como o Pai acolhe a todos aqueles que andam à procura do seu perdão”. A referida Bula ainda orienta que “Organizem-se, nas dioceses, ‘missões populares’, de modo que estes Missionários sejam anunciadores da alegria do perdão”.
Também foram nomeados Missionários da Misericórdia Monsenhor Acúrcio de Oliveira Barros, Diocese do Crato e os sacerdotes da Comunidade Shalom Padre Antonio Furtado, padre Almeida Neto, padre Denys Lima e padre Livandro Monteiro.
Notícia recebida em um dia especial
Padre Rafhael Maciel destacou a data em que recebeu a nomeação. “Hoje [27 de novembro] é dia de Nossa Senhora das Graças, data muito especial na minha vida. Nossa Senhora das Graças acompanha-me em toda a minha história a começar pelas minhas três tias-avós, Irª. Irene, Irª. Vivência e Irª. Clemência de Oliveira que foram freiras da Ordem das Filhas de Caridade, de São Vicente, propagadoras por excelência desta devoção; Meu estágio diaconal foi em uma paróquia dedicada à Nossa Senhora das Graças, em Pindoretama (CE) e duas Equipes de Nossa Senhora que acompanho, também estão bob o patrocínio desta titulação de Nossa Senhora”, comentou o padre na Missa presidida no Seminário Propedêutico onde é reitor.
Abertura da Porta Santa em Fortaleza
O Ano Santo tem início na Festa da Imaculada Conceição, 8 de dezembro, e uma semana depois o Papa Francisco presidirá a abertura da Porta Santa. Por determinação do santo padre, todas as Dioceses deverão também celebrar a abertura da Porta Santa. Em Fortaleza, a celebração será dia 13 de dezembro, às 10h, na Catedral Metropolitana.
Mais sobre Padre Rafhael Maciel
Histórico Pastoral:
– 04/01/2006 a 10/01/2007 – Provisão Diaconal – Áreas Pastorais de Pindoretama e Tapera;
– 10/01/2007 – Provisão de Vigário Paroquial de Nossa Senhora dos Prazeres, em Caucaia-CE até 03/01/2008;
– 03/01/2008 Vice-Reitor do Seminário Propedêutico Dom Aloísio Lorscheider até 02/01/2010;
– 02/01/2010 – Provisão de Diretor Espiritual do Seminário Arquidiocesano São José de Teologia até 06/12/2010;
– 06/12/2010 – Reitor do Seminário Propedêutico Dom Aloísio Lorscheider da Arquidiocese de Fortaleza
 Com atenção, 

Vanderlúcio Souza

Fala Camilo

No início da tarde, fomos também ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), em São Gonçalo do Amarante, para entregar material de pesca às colônias de pescadores do Pecém e da Taíba. Os kits são compostos por linha de nylon, redes, GPS e arames, entre outros itens utilizados para a atividade. Aproveitei para visitar as obras dos píeres 8 e 9 e da esteira que levará minério de ferro até as empresas instaladas na região, entre elas a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).
Fotos: Marcos Studart e Carlos Gibaja

Nos Jardins

A magia do Natal continua no Jardins Open Mall. Depois de acender as suas luzes e tornar-se um dos principais cartões postais da cidade do final de ano, o shopping segue com a sua programação natalina. Para a criançada, a festa continua com o momento mais esperado desse período: a chegada do Papai Noel, que escolheu neste ano, nada mais nada menos, que um UTV para chegar ao mall. Amanhã a noite mágica começa às 18h30, com a apresentação do musical “ONatal da turma do Mickey”. A partir de então, todos os sábados, sempre às 18h30, o Jardins contará com um espetáculo lúdico diferente.
“A cada ano procuramos inovar nesse momento que a gente sabe o quão especial é para a criançada, um dos nossos principais públicos. Os pais sempre escolhem trazer as crianças para o Jardins por ser um espaço aberto, cercado pela natureza, aconchegante e que sempre capricha na decoração natalina. Por isso, não medimos esforços para impressionar de forma bastante positiva esses pequenos na chegada do Papai Noel”, explica Tatiana Gurgel, gerente de marketing do Jardins Open Mall.
A programação do shopping continua nos finais de semana seguintes. Em cinco de dezembro, é a vez de “O Natal da Bela e Fera” encantar a criançada. “O Natal da fábrica de brinquedos” dá continuidade às festividades em 12 de dezembro. E, para fechar em grande estilo a programação natalina, “O Expresso Polar” é a bela apresentação que os pequenos irão conferir em 19 de dezembro. Aos domingos, a partir de 29 de novembro, também haverá contação de histórias para a garotada, sempre às 18h30, no palco do shopping, com os grupos Encantos Contando Histórias e Zip Zap.
O Jardins Open Mall também pensou em uma programação especial para os adultos e para famílias e, a partir de quatro de dezembro, nas sextas-feiras, sempre às 20h30, o shopping irá presentear os visitantes com boa música. Quem ficará responsável pela execução desses cantos natalinos é o Grupo News Orleans Jazz Band.

Futricas Cearenses

  1. Prestigiaram hoje o Seminário Economia Verde, no auditório Waldir Diogo, da Casa da Indústria, os jornalistas:
  2. Maristela Crispim.
  3. Idelfonso Rodrigues.
  4. Luis Carlos Moreira.
  5. Luis Henrique Campos.
  6. Amélia Gomes.
  7. Del Marcondes.
  8. Paulo Mota.
  9. Kiko Barros.
  10. Aline Oliveira.
  11. Marina Sanso.
  12. E este escriba.
  13. Por lá ainda:
  14. Artur Bruno.
  15. Joaquim Cartaxo.
  16. Albert Gradvohl.
  17. Francini Guedes.
  18. Carina Jordão.

No final de semana

A praça itinerante Simpex|Dasart Incorporações, no Cocó, recebe neste sábado (28) e domingo (29) o “Fim de semana do Fook Park”. Espetáculos Espetinhos Gourmet, Steak Subs, Pudim Gourmet e Naturalle IceUp sãos os food trucksconfirmados na programação, que acontece de 16h às 21h.

Além de área recreativa para crianças e coopistas, ciclistas também podem frequentar a praça. O espaço conta Bike Fix – mini-estação de reparo para bicicletas, um Paraciclo Moove - escultura interativa com banco que se integra ao estacionamento das bikes e Bancos Encaixa - módulos com painel artístico de arte urbana ideal para o descanso e a contemplação do ambiente.

A “Praça Itinerante” segue o conceito de grandes capitais mundiais, o projeto, implantando no bairro Cocó pela Simpex|Dasart Incorporações tem como objetivo promover a gentiliza urbana na cidade e estimular a convivência entre as pessoas para a melhoria da qualidade de vida.  Durante o período em que ficará instalada na região, serão ofertadas para o público diversas atividades, como oficinas, palestras, aulões esportivos, atrações artísticas e passeios ciclísticos aos finais de semana.

A praça abriga o estande de vendas do Jonas Cardoso, novo empreendimento residencial no Cocó da Simpex Incorporações e Dasart Incorporações. Trata-se de um contêiner onde poderão ser conferidos, além do material publicitário, um vídeo imersivo, no qual o visitante poderá ter uma visão minuciosa do Jonas Cardoso Residence.

SERVIÇO:

Food Park na Praça Itinerante Simpex| Dasart Incorporações neste final de semana
Horário: 16h às 21h
Local: Rua Bento Albuquerque, 1021 – esquina com Rua Professor Otávio Lobo - Cocó

Caatinga

Levar transformações reais para o semiárido. Essa é a principal proposta do projeto No Clima da Caatinga, que chega ao final da sua segunda fase e quatro anos de atuação no sertão de Crateús – CE e Buriti dos Montes – PI.

Realizado pela Associação e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental o projeto une ações de conservação, uso sustentável, geração de renda e educação ambiental na Reserva Natural Serra das Almas em Crateús (CE) e nas 28 comunidades do seu entorno. O projeto já beneficiou mais de 3.000 famílias e tem contribuído de forma significativa para a mitigação de efeitos do aquecimento global e adaptação das comunidades locais às mudanças do clima na Caatinga, bioma exclusivamente brasileiro.

O projeto No Clima da Caatinga acaba de produzir o documentário intitulado “Caatinga”, que está disponível para visualização e download. Nele é apresentado o bioma nordestino, suas características e aspectos surpreendentes, as ameaças produzidas pela ação humana e como conviver em harmonia com esse que é o semiárido mais rico do mundo. “O documentário representa importante ferramenta para sensibilizar a sociedade sobre os verdadeiros valores da Caatinga além de enfatizar a necessidade de preservação deste patrimônio natural único em tempos de grandes desafios climáticos enfrentados pelo nosso planeta” comenta Rodrigo Castro, coordenador geral do projeto.

Além disso, foi lançado pelo projeto um livro contendo as experiências realizadas pelos professores que participaram das capacitações de educação ambiental fornecidas pelo projeto. A publicação será distribuída entre educadores da rede pública para que as experiências práticas educativas possam ser compartilhadas com um número cada vez maior de escolas.

Com o objetivo de dar ampla divulgação às tecnologias sustentáveis disseminadas pelo projeto No Clima da Caatinga, foi produzido um kit de tecnologias da Caatinga com sete cartilhas para distribuição a cada secretaria municipal de agricultura e meio ambiente do Ceará. Os kits estão sendo distribuídos em parceria com o COMDETEC – Conselho dos Secretários Municipais de Agricultura e Meio Ambiente do Ceará e a APRECE – Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará e todas as cartilhas também estão disponíveis para download através dos canais virtuais do projeto.

Os resultados

Ao longo dos quatro anos de projeto foi evitada a emissão de 152 mil toneladas de gás carbônico; 12 mil toneladas de CO² capturadas; 3.300 famílias envolvidas; 1.600 pessoas capacitadas pelas ações de promoção das tecnologias sustentáveis;500 educadores capacitados; 21 mil alunos envolvidos nas ações de educação ambiental; 96 hectares de Reservas Legais e Áreas de Proteção Permanente (APPs) protegidas e recuperadas; 16 nascentes tratadas e resguardadas, três novas Reservas Naturais criadas; três prêmios nacionais e internacionais conquistados e duas tecnologias do projeto certificadas.

Outro número de destaque alcançado foi o impacto conseguido pela estrutura de educação ambiental do projeto, a tenda itinerante “Caatinga, Um Novo Olhar – Entre Nesse Clima”, que já recebeu mais de 60 mil visitantes e conta com réplicas de animais da Caatinga em tamanho real e monitores para apresentar o surpreendente mundo da Caatinga através de painéis interativos.

Tecnologias sustentáveis

Além de conhecidas por serem soluções práticas para a adoção de uma vida socialmente responsável, as tecnologias sustentáveis do projeto No Clima da Caatinga são ferramentas de transformação social.

A compostagem e a gestão de resíduos sólidos, feitas a partir da coleta seletiva, evitam a poluição do solo e das águas e garantem alimentos livres de contaminação. A produção de mudas e sementes nativas da Caatinga proporcionam a recuperação de áreas degradadas pela ação humana através das ações de restauração florestal e contribuem para a geração de renda nas comunidades onde é feita. O projeto trabalha com mais de 35 espécies nativas.

Florestas recuperadas garantem vida. É o caso da abelha jandaíra, espécie tipicamente sertaneja que não possui ferrão e que desapareceu do sertão nordestino em decorrência dos constantes desmatamentos e uso de inseticidas. Os cuidados com a vegetação na Reserva trouxeram a jandaíra de volta ao Ceará. O mel produzido é mais rico em nutrientes e propriedades medicinais que o das abelhas africanas, que possuem ferrão.

O uso eficiente da energia também é uma das marcas do projeto. Os paineis de captação de energia solar reduzem o consumo de energia e geram economia. O fogão ecoeficiente reduz o uso de lenha, a emissão de gás carbônico e a exposição à fumaça, que é prejudicial à saúde. Já o forno solar canaliza a luz do sol e a transforma em calor, mantendo uma temperatura ideal para preparar quase todos os tipos de alimentos. Além da energia, pensar estratégias para uma boa gestão hídrica no sertão é fundamental para lidar com a estiagem: as cisternas de placas armazenam grandes quantidades de água das chuvas que podem ser utilizadas para o consumo humano, minimizando os efeitos da seca.

Prêmios

Para além de ver a vida do sertanejo mudando para melhor, o reconhecimento veio em forma de prêmios. Como a conquista na categoria Natureza do prêmio Von Martius de Sustentabilidade, um dos maiores reconhecimentos na área de sustentabilidade e meio ambiente no país.

O projeto recebeu em 2014 o título DrylandChampions, da UNCCD/Ministério do Meio Ambiente, pelas ações de combate à desertificação. Também recebeu da Presidência da República o prêmio ODM Brasil, pela importante contribuição do projeto para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

O No Clima da Caatinga também conseguiu o apoio do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal com a proposta Água Preservada - Segurança hídrica no sertão de Crateús, que estimula a reutilização da água do consumo doméstico em pequenas hortas e pomares além de promover a recuperação de nascentes e o projeto foi duas vezes certificado pelo Banco de Tecnologias Sociais da Fundação Banco do Brasil, que agrega ideias comprovadamente eficazes para a solução de problemas cotidianos na vida de quem mais precisa.

Comunicação


Sesc

Seguidores

Arquivo do blog