sábado, 5 de dezembro de 2015

Fala Jocélio Leal

São Paulo está dando um bom exemplo para Fortaleza. Lá, a Prefeitura decidiu resolver o problema da ocupação indevida dos espaços públicos pelo comércio buscando a mão visível da iniciativa privada. Liderado pelo ex-camelô mineiro Elias Tergilene, do Grupo UAI – operador de shoppings populares em Minas Gerais e estados do Nordeste - o consórcio liderado por ele venceu a licitação da Prefeitura para implantação, operação, manutenção e exploração, por 35 anos, do Circuito das Compras. Vai integrar os quatro maiores centros de comércio popular da região central e beneficiará diretamente a tradicional Feira da Madrugada. Por contrato, fará um shopping popular.
O centro de compras terá cerca de 4 mil boxes, serviço de informação ao turista, praça de alimentação, áreas para depósito e armazenagem, 63 salas comerciais e 12 salas de reunião, hotel com pelo menos 148 quartos, serviço de despacho e recebimento de compras, guarda-volumes, áreas de conveniência, estacionamento para 2 mil veículos- incluindo 315 ônibus-, terminal de passageiros, área de descanso para motoristas e guias e sistema de transporte interligando os quatro polos do Circuito. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) modelou o projeto.
A solução paulistana atende aos interesses de todos os lados, menos de quem vive hoje de explorar de modo ilegal a importante atividade econômica para a cidade, tal qual é importante para Fortaleza. Aqui na Capital, o submundo é semelhante. Só muda o endereço: rua José Avelino e entorno. O POVO tem acompanhado o quadro. Galpões, em resumo, sem alvará de funcionamento. Ou seja, ilegais. Apresentam risco de incêndio, além de oferecer desconforto para quem trabalha e compra no local. Ademais, submetem as pessoas que lá trafegam a outro tipo de insegurança. Já passa da hora uma atitude da Justiça determinando o fechamento dos galpões.
No desenho de cidade que a Prefeitura encomendou a técnicos, a área hoje invadida pela falta de regras, tem outra destinação. Choca com o circuito cultural da região - Dragão do Mar, Caixa Cultural, Sesc Iracema, por exemplo. Portanto, tolerar este tipo de ocupação é um erro do Município e um risco para quem comercializa na área. Aquilo não pode dar certo.
HOJE À NOITE
23 HORAS. Ana Celina Bueno, diretora da Acesso Comunicação, diz por que as agências precisam se envolver com os negócios do cliente. Romeu Duarte (UFC) lê o abandono do Centro. Jesus Hernandez (Metalúrgica Hispano) está no quadro Ócio. 
CAPACETE ALHEIO
Generosidade às custas de imposto
Boa intenção não salva ideias ruins. Um exemplo recente nasceu no Governo do Ceará: distribuir capacetes para motociclistas habilitados na chamada Habilitação popular, outra excrescência. Quem defende, lembra que a distribuição é um ínfimo a compor um pacote de investimentos de R$ 1,1 bilhão. Nesta conta entram, por exemplo, construção e recuperação de estradas, novos postos de fiscalização e campanha educativa. Ao Estado cabe aplicar o rigor no exame de habilitação, não a gratuidade do documento; cabe também a aplicação do Código de Trânsito, não a generosidade com quem não respeita a norma. O contribuinte vai pagar mais esta. 
TURISMO
Âncora privada
O Beach Park é o melhor exemplo de como âncoras do turismo devem ser privadas. Já imaginou o Estado administrando toboáguas? Insano. O parque aquático, cujo poder de atrair turistas consegue mantê-los por pelo menos um dia em função dele, está completando 30 anos. Desde então, não houve nenhum outro grande investimento privado afim no Estado, embora o posicionamento do Ceará seja turístico. A última novidade de grande porte na área foi o Centro de Eventos, estatal e controverso. Não tem um grande auditório. 
JBS. A gigante brasileira JBS (Friboi) bate as asas no Ceará farejando aquisições no setor de alimentos. A empresa já tem negócios no Estado. Ocupa o pódio dos maiores exportadores, em função da venda de couro. No ano passado, vendeu R$ 182 milhões. 
CONSTRUÇÃO
Portas de PVC
André Montenegro, quando não está abrindo portas para o Sinduscon-CE, a entidade que preside, está fabricando-as. Todas de PVC. Ele é sócio na Previltech, a empresa cujo criador e desenvolvedor da tecnologia segue com um terço da fábrica. A unidade fica em Maracanaú. As portas pesam um quilo a mais do que as de madeira Paraná. Promete mais resistência do que a madeira. Por enquanto vende no Ceará, Maranhão e Piauí.
EVENTO
Café da manhã com melhores
O CEO do Great Place to Work (GTTW) Brasil, Ruy Shiozawa , estará no café da manhã, realizado pelo O POVO, na próxima quinta-feira, 10, às 8 horas. O encontro será oferecido no Espaço O POVO de Cultura & Arte, aos presidentes das empresas vencedoras da lista Melhores Empresas Para Trabalhar no Ceará - 2015. Haverá, ainda, o painel O cenário brasileiro e a repercussão na economia cearense - possibilidades e oportunidades, apresentado por jornalistas do Grupo de Comunicação O POVO.
ACQUARIO
O banco vem aí, mas precisa do aval do Senado
O secretário da Fazenda, Mauro Filho, se diz absolutamente tranquilo com relação à obtenção do empréstimo com o Eximbank para tocar as obras do Acquario. Segundo ele, o martelo de US$ 105 milhões será batido já em dezembro, quando o Banco norte-americano deverá vir à Brasília. O prazo final para a batida era 25 de novembro passado, mas foi prorrogado. De todo modo, mesmo com aval da Seain, Tesouro e PGFN, o dinheiro só pinga com o aval do Senado. Desde o início das obras, em 2012, o cearense já injetou pelo menos R$ 130 milhões, por conta. 
HORIZONTAIS
POLÍTICA. O presidente da Fiec, Beto Studart, recebe para almoço, na sexta, o governador Camilo Santana. No dizer de Beto, o "Almoço dos Industriais com o Governador" será um momento de congraçamento, “em que celebrará a relação harmoniosa e, principalmente, produtiva” n DUAS. Dois projetos recentes atraídos para o Ceará via consultoria Pentagonal começam a sair do papel. As indústrias de caixas d’água Fortleve e a indústria Ypê. As obras das fábricas avançam. RÁDIO. De segunda a sexta-feira tem Vertical S/A nas rádios Mucuripe FM 106.5 e O POVO CBN 95., a qualquer momento, em quatro edições por dia.

Futricas Cearenses

  • O porta voz da presidente Dilma Rousseff, Rodrigo de Almeida (ex-O Povo) levou um carão dela na coletiva de hoje em Recife. Ela quis encerrar a entrevista e a presidente disse "eu é que sei quando encerro".
  • Na VI Corrida Tome Cinco hoje os jornalistas:
  • Joelma Leal.
  • Paulo Rogério.
  • Lauriberto Braga.
  • Diego Benevides.
  • Natal dos Cronistas Esportivos será na próxima segunda-feira à noite, no Cresse.
  • Receberão em 14 de dezembro o Trioféu Flávio Ponte os cronistas esportivos:
  • Colombo Sá.
  • André Henning.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Ricardo Bacelar hoje e amanhã

Ele estudou piano clássico, integrou o Hanói-Hanói, uma das principais bandas do rock nacional dos anos 1980/90, com quem fazia em média 200 shows por ano, mas, parafraseando os autores de "Totalmente Demais", famoso hit do Hanói, "rock1n roll pra ele é jazz". E é com um repertório jazzístico que Ricardo Bacelar lança o CD / DVD "Concerto para Moviola", gravado ao vivo em fevereiro deste ano no palco do Festival Jazz & Blues,em Fortaleza. O lançamento acontece neste fim de semana, sexta-feira (04) e sábado (05), às 21h, no Teatro Celina Queiroz.

O show que deu origem ao CD/DVD foi resultado de um trabalho de pesquisa sobre os teclados analógicos dos grupos de jazz dos anos 70 e 80, a música brasileira e o uso do piano acústico. Bacelar foi buscar inspiração no que ouvia na adolescência: o jazz fusion, e o resultado foi um disco que define como mais alegre, diferente do anterior, "In Natura" (2001),  que era mais introspectivo.

De compositores estrangeiros, Ricardo interpreta em "Concerto para Moviola": Birdland (De Joe Zawinul. Clássico da banda americana Weather Report, muito importante no cenário do jazz dos anos 80); Killer Joe (De Benny Golson. Jazz contemporâneo); So May it Secretely Begin (De Pat Metheny. Essa música traduz as melodias bem construídas deste renomado compositor e guitarrista); March Majestic (De Bob Mintzer. Gravada pelo Yellowjackets, essa música tem uma riqueza melódica e rítmica muito consistente); The Windmills of Your Mind (De Michel Legrand. Gravada em Concerto para Moviola com um arranjo mais moderno, com mais suingue); Senor Blues (DeHorace Silver. Música da década de 50, gravada em um clima afrojazz, com muita percussão); The Groove (De Brian Culbertson e Larry Dunn. Nessa música Ricardo Bacelar apresenta a fusão do funk com o afoxé); Blue Miles (De Chick Corea. Pianista e compositor que muito inspirou Ricardo Bacelar e o influenciou na forma de tocar. É um grande mestre que está ainda em atividade).

Dos grandes compositores brasileiros, estão em "Concerto para Moviola": Sabiá (De Chico Buarque e Tom Jobim. Para Bacelar esta composição é um primor de harmonia e caminhos melódicos surpreendentes); Palhaço (De Egberto Gismonti e Geraldo Carneiro. Música das mais conhecidas do Gismonti, que Ricardo considera um grande gênio da música brasileira); Setembro (De Ivan Lins, Vitor Martins e Gilson Peranzzetta. Esta peça, que traz a habilidade harmônica do Ivan Lins, recebe neste trabalho um andamento mais rápido); Água deBeber (De Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Para Ricardo, uma joia da música brasileira; Nanã (De Moacir Santos. Esta música, do grande maestro do arranjo e da composição brasileira, aparece numa versão cheia de percussão).

Composições próprias também estão no repertório de "Concerto para Moviola". São elas: Cordilheira (Uma introdução em um clima viajante, para esquentar as turbinas); Moviola (Música que inspira o nome do disco e lembra um pouco a linguagem do cinema. Moviola era uma máquina que fazia a montagem dos filmes em analógico); Enquanto isso, chove... (Música dedicada ao pai, que é pianista);Apartheid Blues (Originalmente gravada por Ricardo Bacelar com Frejat, do Barão Vermelho, fazendo o solo de violão).

A banda

No palco, praticamente a mesma banda que está presente no DVD: Ricardo Bacelar (piano acústico e teclados) é acompanhado pela banda formada por Ronaldo Pessoa (guitarra), com quem divide a produção do show e do CD/DVD, Luizinho Duarte (bateria), Miquéias dos Santos (contrabaixo), Marcus Vinicius Cardoso (violino), Maria Helena Lage Pessoa (teclados e percussão) e Hoto Júnior (percussão). A exceção vai para os sopros, que no CD/DVD teve Marcio Resende no sax soprano, sax tenor e flauta, e no show terá a interpretação de Bob Mesquita.

CD e DVD no Itunes, Google Play, Apple Music...

A novidade no lançamento do trabalho, além das mídias em DVD e CD convencionais, é a disponibilização em todas as lojas virtuais: Itunes, Spotify, Deezer, Google Play, Apple Music, Rdio e outros. “A indústria da música sofreu um redimensionamento, com a recolocação do ponto de venda virtual. Todos temos que nos reinventar”, pontua. Ricardo também colocou para o mercado virtual seu primeiro álbum solo In Natura e o álbum Credus, do Hanoi Hanoi e seus sucessos, com destaque para o hit Totalmente Demais, que é o nome da nova novela das 7h, da Rede Globo. “Essa música insiste em ser sucesso há mais de 25 anos”, brinca.

Ricardo Bacelar

Pianista, compositor e arranjador nascido em Fortaleza, Ricardo Bacelar aprimorou seus estudos de piano clássico. Estudou harmonia e composição com o alemão Hans-Joachim Koellreutter. Morou no Rio de Janeiro por 11 anos, quando integrou o grupo carioca Hanoi Hanoi.

A obra do grupo foi gravada por Caetano Veloso, Cazuza, Lobão, Gilberto Gil, Mariza Monte, Ney Matogrosso, Simone e outros. O Hanoi Hanoi realizava uma média de 200 concertos por ano, em uma época que Ricardo dividiu os palcos com os estúdios, onde produziu diversos discos, trilhas para cinema, teatro, televisão e publicidade. Gravou com grandes nomes da música brasileira e internacional.

Advogado, Ricardo Bacelar atualmente é Vice Presidente da OAB CE, especialista em direito autoral e direito empresarial, estuda os direitos culturais e a propriedade intelectual. Redigiu importantes projetos de lei na área cultural, como o Sistema Estadual de Cultura, os Mestres da Cultura e o capítulo da Constituição do Estado do Ceará que trata da cultura e comunicação.  Com vasta experiência como artista, produtor e advogado, traz um olhar multidisciplinar sobre a arte e a expressão humana.

SERVIÇO

Concerto para Moviola - Shows de lançamento do CD/DVD, dias 4 e 5 de dezembro, às 21 horas, no Teatro Celina Queiroz - Campus Unifor (Av. Washington Soares, 1321 - Edson Queiroz). Ingressos: R$ 40,00 e R$ 20,00, à venda na loja do Campus Unifor ewww.ingresso.com.  Informações: (85) 3477-3033.
 

Fala Rafael Costa

Em 2015, o atacante Rafael Costa viveu uma situação inédita na carreira. Acostumado a conquistar acessos nas últimas temporadas (2013 com o Figueirense e 2014 na Ponte Preta), o goleador chegou para reforçar o Ceará na Série B. Sua estreia aconteceu na 11ª rodada, quando o Vovô ocupava a vice-lanterna da segundona.
Após a chegada de Rafael Costa o Ceará cresceu na competição, em especial o setor ofensivo. Em 26 jogos disputados, ele marcou nove gols, sendo artilheiro do time na Série B, e contribuiu com quatro assistências. O tento mais importante dele foi anotado na última rodada, quando o Vovô venceu o confronto direto contra o Macaé por 1 a 0 e se livrou do rebaixamento empurrando o rival carioca para a Série C.
Com mais um objetivo conquistado na carreira, Rafael Costa comemora o feito, mesmo sendo bastante diferente do que ele estava acostumado. “Vim de acessos consecutivos para a Série A e tive propostas de outros times que estavam brigando para subir. No entanto, escolhi o Ceará que era penúltimo colocado. Quis esse novo desafio e mais uma vez o objetivo traçado foi conquistado, principalmente pela nossa entrega e concentração na reta final da Série B. A comemoração foi do mesmo tamanho dos acessos que tive com a Ponte Preta, Figueirense e Avaí”, garantiu o atacante que está com 28 anos.
Rafael Costa é jogador do FC Seoul até o final da próxima temporada. Ele estava emprestado ao Ceará até o final da Série B. O jogador ainda não definiu o seu futuro, porém, já traçou sua meta para 2016: chegar a 150 gols na carreira. Até então, o jogador balançou as redes adversárias 132 vezes. “Não sei ainda irei atuar, mas independente do clube quero chegar logo essa marca de 150 gols, que é um número expressivo para um atacante. Quero aproveitar as oportunidades de balançar as redes”, concluiu.
Números de gols de Rafael Costa por temporada
2006 – 12 gols
2007 – 16 gols
2008 – 08 gols
2009 – 04 gols
2010 – 08 gols
2011 – 09 gols
2012 – 23 gols
2013 – 27 gols
2014 – 12 gols
2015 – 13 gols
Total – 132 gols


Foto:Divulgação/Ceará

Beach Park 30 anos

Na festa dos 30 anos do Beach Park, a primeira dama de Fortaleza, Carol Bezerra (foto Peopleonline)

IAC

Sempre preocupado em promover e estimular ações sociais nos estados onde atua – Ceará, Pará e Tocantins, o Grupo Aço Cearense, por meio do Instituto Aço Cearense, mobilizou os seus colaboradores da Aço Cearense Comercial, da Aço Cearense Industrial – ambas no Ceará – e da SINOBRAS – siderúrgica do Grupo localizada em Marabá (PA) – com a realização da campanha Abraço Feliz, que visa proporcionar momentos de alegria para crianças neste Natal e convidar toda a empresa a sentir-se parte das ações sociais realizadas pelo Grupo. As primeiras entregas foram feitas nesta sexta-feira (4), na Aço Cearense Comercial e na Aço Cearense Industrial. A criançada recebeu os presentes das mãos do colaborador responsável pela doação e dos diretores do Grupo, que também participaram da campanha. Na SINOBRAS, a entrega acontece nos dias 11 e 12 de dezembro.

Foi instalada uma árvore de Natal em cada unidade, com cartinhas escritas por crianças atendidas por instituições beneficentes. Os colaboradores “adotaram” uma carta e realizaram o desejo ali escrito viabilizando o presente escolhido. No Ceará, a solidariedade dos colaboradores das quatro unidades da Aço Cearense fez a alegria de 104 crianças em situação de vulnerabilidade social da Escola de Campeões e da Associação Brasileira de Educação Familiar e Social (ABEFS). Já as doações da SINOBRAS proporcionarão um Natal mais feliz a 97 crianças atendidas pelo Espaço de Acolhimento Provisório (EAP) e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), ambas sediadas em Marabá.

“Ações de responsabilidade social fazem parte do cotidiano do Grupo Aço Cearense, que criou o Instituto Aço Cearense para dar uma maior atenção aos trabalhos sociais realizados junto às comunidades. Com a Campanha Abraço Feliz, em específico, pretendemos proporcionar que o colaborador se sinta cada vez mais participante do trabalho social do Grupo. E o resultado foi bastante positivo: neste primeiro ano da campanha, em apenas algumas horas, todas as cartinhas foram ‘adotadas’, mostrando o quanto nossos colaboradores comungam do espírito solidário da empresa. Sem dúvida, é uma interação muito importante, da empresa com a comunidade, do colaborador com a comunidade e o retorno da comunidade a ambos”, explica a diretora do Instituto Aço Cearense, Rosemeire Matos.

Em tempo: o Grupo Aço Cearense, por meio do Instituto Aço Cearense, já investiu cerca de R$ 5,5 milhões em ações sociais, beneficiando mais de 160 instituições e somando um total de 52 mil pessoas favorecidas, nos últimos 5 anos. O Instituto colabora atualmente com 10 instituições, de forma permanente, que recebem doações mensais e são acompanhadas em suas ações cotidianas. A Escola de Campeões e a Associação Brasileira de Educação Familiar e Social (ABEFS) são duas delas.


No Espaço O Povo

Espaço O POVO de Cultura & Arte
Programação de dezembro 2015

Instagram: @espaço.opovo
E-mail:  espaco.opovodeculturaearte@gmail.comTelefones para informações:  (85)  3255 6037 ou 3255 6226

Data: 5/12 (sábado)
Arte & Leitura
Tempo de Vida – a partir das crônicas de Nelson Rodrigues, Ricardo Guilherme cria um diálogo no qual põe em cena o draumaturgo pernambucano. O  espetáculo tem como tema a inexorabilidade da passagem do tempo e marca os 60 anos de Ricardo Guilherme.
Convidado: Ricardo Guilherme, escritor e dramaturgo   
Horário: 17h


Data: 7/12 (segunda-feira)
Lançamento Lançamento do caderno especial Iracema 150 Anos, do O POVO. Trata-se de uma das principais obras de José de Alencar, publicada em 1865.
Convidados: A cantora Mona Gadelha, a escritora Ângela Gutierrez e a professora de literatura Cícera Holanda
Mediação: Henrique Araújo, jornalista do O POVO
Horário: 19h30min

Data: 8/12 (terça-feira)
Encontro de BlogueirosStar Wars: Um debate sobre o Futuro do Cinema Geek 
Convidados: Julian Leno (site Soul Geek), Gabriel Amora ( site Quarto Ato) e Kaléo Mendes (Art & Cia Animation School)
Mediação: André Bloc, jornalista do O POVO
Horário: 19h


Data: 9/12 (quarta-feira)
CAFÉ CLUBE DE LEITURA
A descoberta do mundo
Apresentação do documentário sobre Clarice Lispector. O documentário foi gravado em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife e resgata material inédito da última passagem da escritora pela capital pernambucana.
Horário: 19h
Mediação: Inês Cardoso, Cleudene Aragão e Vânia Vasconcelos
Com presença em quatro edições do Café Clube, o participante terá direito a um certificado.
Mais informações no facebook: Café-Clube de Leitura O POVO


Data: 10/12 (quinta-feira)
CAFÉ CLUBE DE LEITURA
Encontro que reúne leitores para estimular o diálogo entre autores e livros.
Uma conversa sobre contos de natal 
Horário: 19h
Mediação: Inês Cardoso, Cleudene Aragão e Vânia Vasconcelos
Com presença em quatro edições do Café Clube, o participante terá direito a um certificado.
Mais informações no facebook: Café-Clube de Leitura O POVO
  
Data: 11/12 (sábado)
Arte & Leitura
Traços intimistas: um bate-papo sobre poesia e música com a cantora e compositora Jord Guedes.
Convidado: Jord Guedes, cantora e compositora
Mediação: Flávio Paiva, jornalista e escritor
Horário: 17h



Fala Ciro Gomes


  • Ciro Gomes disse na TV Gazeta:
  • "Não quero ser candidato a presidente em 2018, Mas acho que vou ter que ser, pois só depositar meu voto em alguém que confie".
  • "Fomos enganados pela presidente Dilma".
  • "Temos que mudar de rumo".
  • "Eu estou muito decepcionado".
  • "Governo indefensável. Muito ruim".
  • "Não faltam enganos no PT".
  • "Não sou nenhuma mocinha que chega no cabaré. Tenho trinta e seis anos de vida pública".

PMDB

  • O senador Eunício Oliveira estará em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), no comando do 5º Encontro Regional do PMDB.
  • O evento acontece amanhã, às nove horas, e abordará, entre seus principais temas, o caos na saúde pública do Ceará.
  • Assim como nos demais Encontros Regionais já realizados pelo partido em 2015, o evento abrirá espaço para troca de ideias entre os participantes, inclusive os cidadãos, com foco na questão da seca, segurança pública e geração de emprego e renda.
  • Neste ano, o partido se reuniu em Camocim, Quixadá, Sobral e Pacajus, além de ter promovido um encontro para seus novos filiados em Fortaleza.
  • Encontro Regional do PMDB em Itaitinga
  • Data: 05/12/2015
  • Local: Itapark –  BR-116 KM 20 – Avenida Geraldo Batista, 1089. Gereraú - Itaitinga
  • Hora: 9 horas

Eleição domingo em Araripe

No próximo domingo (seis), os eleitores de Araripe, na região sul do Ceará, voltam às urnas para eleger o prefeito e o vice-prefeito. A eleição suplementar será realizada em decorrência de decisão do Pleno do TSE, no último dia 22/9, no Recurso Especial n.º 13426, que ratificou decisão da Corte do TRE-CE, mantendo a cassação do prefeito e do vice-prefeito de Araripe, José Humberto Germano Correia e Guilherme Lopes de Alencar, e determinando a realização de novas eleições.
A eleição suplementar, que havia sido marcada para o dia 17 de maio, fora suspensa por decisão liminar concedida pelo ministro do TSE, João Otávio de Noronha, também derrubada pelo Pleno do TSE, no último dia 22/9. O prefeito e o vice-prefeito foram cassados pelo TRE-CE, por abuso de poder político, em face da contratação de servidores públicos em caráter temporário, no período vedado por lei. Em março deste ano, por unanimidade, a Corte do TRE-CE deu provimento à Petição nº 1334-10, que determinou a realização de eleição suplementar. Decisão ratificada pelo TSE.
Duas chapas concorrem aos cargos de prefeito e vice-prefeito. Pela coligação "Araripe para Todos" (PT/PR/DEM/PSDC), disputam Giovane Guedes Silvestre (prefeito) e Francisco de Sales Alves Andrade (vice-prefeito). Já a coligação "Para o Araripe Seguir Avançando" (PSD/PP/PROS) traz os candidatos Damião Rodrigues de Alencar (prefeito) e Francisco Bosco dos Santos (vice-prefeito).
Na eleição suplementar, do próximo domingo, estarão aptos a votar 17.127 eleitores, em 64 seções com urnas, distribuídas em 40 locais do município, com colaboração de 256 mesários. O juiz da 68ª Zona Eleitoral, Marcelo Wolney Alencar Pereira de Matos, dirigirá o pleito, tendo como chefe de cartório, Gilson Carvalho, e, atuando como promotora eleitoral, Nara Rúbia Silva Vasconcelos Guerra.
A apuração/totalização da eleição suplementar de Araripe ocorrerá, a partir das 17 horas de domingo (6/12), no cartório eleitoral da 68ª Zona Eleitoral, localizado na rua Antônio Valentim de Oliveira, no Centro do município. Fone: 88-3530-1220.
Gestor Responsável: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social.





O Globo


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) definiu a relação dos vencedores do seu Edital de Cinema 2015, que apoiará com R$ 14 milhões a produção de 17 novos filmes brasileiros. 
A novidade desta edição foi a inclusão de uma nova categoria: Coprodução Internacional, que tem como objetivo estreitar laços entre países latino-americanos e internacionalizar a produção audiovisual brasileira. O primeiro vencedor da categoria é a co-produção entre Brasil e Argentina A Procura de Martina, de Márcia Faria, contemplado com R$ 500 mil. Também continuam vigentes as categorias Ficção, Documentário, Animação e Finalização. 
Na categoria Ficção, o Grupo 1 premia, com R$ 1 milhão cada, dois projetos que priorizem o sucesso comercial, sem prejuízo da qualidade artística e técnica. Foram selecionados neste grupo Pluft, o Fantasminha, da cineasta Rosane Svartman; e Malasartes, de Paulo Morelli. 
No Grupo 2 da categoria Ficção, voltado a filmes que priorizem a busca de reconhecimento artístico e técnico no mercado internacional, pelo menos um dos filmes contemplados deve ser de um cineasta estreante. Este ano, dois projetos obedecem ao critério: O Rastro, de João Caetano Feyer; e A Memória é um Músculo da Imaginação, de Flavia Castro. Os demais selecionados da categoria foram: Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky; O Filme da Minha Vida, de Selton Mello; e As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra. Cada longa será apoiado com R$ 1 milhão. 
Na categoria Animação, que apoia com R$ 1,5 milhão cada projeto, foram selecionados:Bizarros Peixes das Fossas Abissais, do estúdio carioca Marão Desenhos Animados; e O Mundo Proibido, da paulistana Um Filmes. 
Os cinco projetos aprovados na categoria Documentário — e que receberão R$ 500 mil cada um — são: Brasil de Nelson (Big Bonsai Brasilis Produções Artísticas – SP), Mangue Bit(Willian Cubits Capela – PE), Missão 115 (Diálogo Comunicação – RJ), Minha Fortaleza – Os filhos de fulano (Exótica Cinematográfica – SP) e Soul Brasil (Kinoscópio Cinematográfica - SP). 
Já na categoria Finalização serão apoiadas com R$ 500 mil a produção O Grande Circo Místico, dirigida pelo cineasta Cacá Diegues; e De Onde Eu te Vejo, de Luiz Villaça. 
Cadeia produtiva – Com o resultado da atual edição, o Edital de Cinema do BNDES chegará à marca de 432 filmes apoiados, com R$ 201 milhões. Este concurso, cuja primeira edição foi lançada em 1995, é a mais antiga ferramenta de apoio do BNDES ao setor audiovisual. 
O Banco dispõe, ainda, de uma série de outros instrumentos financeiros — reembolsáveis e não reembolsáveis, de renda fixa e variável — para apoiar o setor audiovisual. 
Esse apoio contempla todos os elos da cadeia produtiva, desde a produção de filmes até planos de negócios de produtoras, construção e digitalização de salas de cinema e patrocínio a festivais e eventos por todo o País. 
O Programa BNDES para Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult) e o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) — do qual o BNDES é um dos agentes financeiros — investiram, juntos, R$ 746 milhões no setor desde 2007. 
O BNDES também já investiu R$ 39 milhões nos Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional, os Funcines. Regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), tais fundos de participação foram criados para atrair novos investidores à cadeia produtiva, de modo a capitalizar as empresas e melhorar sua profissionalização e governança.

Em Juazeiro

A Caixa realiza no próximo dia 08 de dezembro um leilão de jóias em sua agência de Penhor em Juazeiro do Norte. No catálogo de exposição estão relacionados 17 lotes, que podem ser vistos no portal eletrônico da Caixa, no endereço www.caixa.gov.br/vitrinedejoias.

Os lotes são decorrentes de contratos de penhor vencidos há mais de 30 dias, cujos proprietários ainda não regularizaram a situação de pagamento com a Caixa. As peças são organizadas em lotes e serão vendidos pelo maior lance.

O lote mais caro tem lance mínimo de R$ 5.706,00, já o lote mais barato tem lance mínimo de R$ 241,00. Os clientes, titulares dos contratos incluídos no leilão, ainda podem regularizar a situação de atraso nas salas de autoatendimento da CAIXA em Juazeiro do Norte, até o dia do leilão, durante o horário bancário.

Para participar do leilão, o interessado deve realizar o cadastro em qualquer agência da CAIXA que opere com Penhor, apresentando documento de identidade original e cópia, CPF e comprovante de residência.

Os lances deverão ser efetuados com o uso da senha, fornecida durante o cadastramento, no dia 08 de dezembro nos terminais de autoatendimento de qualquer agência da CAIXA. O resultado será divulgado em nove de dezembro, a partir das 10 horas, na agência da CAIXA em Juazeiro do Norte e no site www.caixa.gov.br.

O penhor
Não é necessário avalista, análise de crédito nem consulta ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou na Serasa. Isso por que as jóias servem de garantia real.
Contratos de penhor com mais de 30 dias vencidos, serão leiloados para quitação do débito. No caso do valor de arremate ser maior do que a dívida, o saldo da diferença entre o lance pago e o débito é entregue ao titular do contrato.

03/12/2015
Assessoria de Imprensa da CAIXA

Eduardo Pompeu

  • Faleceu hoje de madrugada Eduardo Pompeu de Sousa Brasil Filho.
  • Meu sogro.
  • Pai da Carmen Pompeu.
  • Guardo boas lembrança do Seu Eduardo.
  • Morreu aos 74 anos.
  • Enterro no Parque da Paz, na tardinha de hoje.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Fala Ciro

Ciro Gomes
1 h
Não aceitaremos que um chefe de quadrilha processado na justiça por corrupção leve o País à ruptura democrática ! NÃO ACEITAREMOS O GOLPE !

Seguidores

Arquivo do blog