Em Pacatuba

O Sobrado da Abolição em Pacatuba mantém em cartaz até a próxima sexta-feira (23) a exposição “Estudos de Antropologia da Imagem e da Técnica em Pacatuba: fabricando a foice”, que registraem fotografias pelo antropólogo George Arruda o acompanhamento, entre 2009 e 2013, do ofício e manufatura artesanal pelo Mestre Manuel Messias Pereira dessa ferramenta utilizada na produção agrícola na serra da Aratanha. A mostra, montada no primeiro piso da centenária edificação no bairro Alto São João, assim como o próprio prédio histórico estão abertos às visitações diárias das 14 às 21 horas, revelando nas imagens do ensaio o fazer do mestre Manuel, além de informações e memórias visuais do povo da região que frequenta a oficina do artesão.
O Sobrado da Abolição ainda se integra à realização do 1º Natal com Arte, a partir das 18 horas da próxima sexta, na Praça da Fonte em Pacatuba, organizado pela União dos Músicos de Pacatuba, cujo intuito é mostrar aos pacatubanos e visitantes a força da cultura local com apresentações artísticas e ação solidária para arrecadação de alimentos e brinquedos a serem entregues às famílias carentes do município cearense.
Após a realização dessas atividades pela “Mostra Sobrado Abolição” e do Seminário “O Papel da Educação na Formação de uma Identidade Cultural” nos últimos dias 16 e 17/12, o Sobrado em seu projeto desenvolvido pelo Instituto Aptus e Iguarias de CASA com apoio institucional do Instituto Eduardo Campos, por meio da Secretaria Municipal de Educação, continua a habitação no local com atividades internas.
Saiba mais sobre o Sobrado da Abolição – Situado na Rua Major Crisanto de Almeida, onde se situam também o teatro e o museu de Pacatuba, se encontra o Sobrado da Abolição. O prédio se destaca na história da cidade, pois foi cenário de duas expedições científicas, incluindo a Expedição das Borboletas, em 1859. Além disso, foi o lugar em que se outorgou a abolição da escravidão no município e ainda sediou a primeira farmácia municipal, dirigida por Rodolpho Theophilo.
Com a proposta de ocupar equipamentos culturais da cidade, o prédio foi reaberto em 2015 pela produção do projeto Iguarias de CASA, em parceira com a Secretaria de Educação Municipal de Pacatuba. Após a ocupação, o Instituto Eduardo Campos promoveu restauros no Sobrado da Abolição, que durou de dezembro de 2015 a junho de 2016, para garantir maior segurança aos seus visitantes.
Hoje, o espaço acolhe grupos de flautas, capoeira e teatro de investigação a partir de um convite da artista e educadora Juliana Capibaribe. “Desde a sua reabertura para a realização do projeto Iguarias em Cena, a busca para ativação de espaços no centro de Pacatuba visa sensibilizar olhares e proporcionar diálogos com munícipes e turistas para preservação patrimonial da cidade, que recebe o título de nona cidade com o bioma mais preservado do País”, revela a articuladora de todas essas ações no Sobrado da Abolição. Vejam mais sobre no site: www.sobradopacatubace.com.
SERVIÇO
Exposição “Estudos de Antropologia da Imagem e da Técnica em Pacatuba: fabricando a foice”
Data: até 23/12
Horários: das 14 às 21 horas
Local: Sobrado da Abolição (Rua Major Crisanto de Almeida, 1926, Centro, Pacatuba – CE)
Grátis
1º Natal com Arte
Data: dia 23/12
Horário: a partir das 18 horas
Local: Praça da Fonte em Pacatuba
Mais informações: (85) 988405516
Instagram: @sobradoabolicaopacatuba

Comentários