segunda-feira, 29 de maio de 2017

Mulher Maravilha

O Encontro de Blogueiros O POVO traz, amanhã, um debate sobre o primeiro filme da Mulher Maravilha. O encontro será Espaço O POVO de Cultura & Arte, às 19 horas, com entrada gratuita.
O debate gira em torno do filme, que será lançado dia 1º de junho, e qual o papel da heroína e das mulheres no universo cinematográfico. Além disso, o público poderá participar com perguntas e compartilhar suas expectativas para o lançamento. 
Para essa discussão foram convidadas três blogueiras que formam a mesa de debate: Hillary Maciel, do site Quarto Ato; Camila Cerdeira, do site Preta, Nerd e Burning Hell e Marina Sofia, do canal Bacontástico, que fará mediação. 
O Encontro de Blogueiros ocorre todo mês na sede do O POVO, trazendo assuntos variados do universo dos blogueiros. Qualquer pessoa pode participar do encontro e, no decorrer do debate, haverá sorteio e surpresas para os presentes. 
Serviço
Encontro de Blogueiros O POVO
Quando: 30 de maio, às 19 horas
Onde: Espaço O POVO de Cultura & Arte (Avenida Aguanambi, 282)
Entrada franca

Contas de Camilo 2016

O Tribunal de Contas do Estado decidiu, por unanimidade, aprovar com ressalvas o Parecer Prévio das Contas do Governador Camilo Santana – Exercício 2016. Os dados consolidados foram apresentados pela relatora do processo nº 01918/2017-5, conselheira Patrícia Saboya, durante sessão extraordinária para apreciação do Parecer Prévio, na tarde de hoje, após análise do relatório técnico elaborado pela Gerência de Contas e parecer do Ministério Público junto ao TCE, a partir dos dados encaminhados pelo Governo do Estado ao TCE Ceará.
Segundo a relatora, em 2016, o Estado teve algumas receitas atípicas que ajudaram nos resultados, entre elas R$ 1,5 bilhão de créditos extraordinários, envolvendo recursos da repatriação, arrecadação de impostos e a utilização dos depósitos judiciais, com certeza contribuíram com os bons números do Estado.
A conselheira afirmou, no entanto, que, pela complexidade da matéria, existem situações que precisam ser aperfeiçoadas. “Foram várias recomendações em função de ressalvas identificadas ao longo da análise, que estão a exigir cumprimento de alguns dispositivos normativos, além de ocorrências que exigem medidas de ajustes e controle para viabilizar o exame e propiciar qualidade aos dados.”
De acordo com o Relatório, a Balança Comercial cearense manteve a trajetória de saldo negativo dos últimos anos, apresentando um saldo comercial negativo de US$ 2,19 bilhões e um valor corrente de comércio, dada pela soma do valor total das exportações e importações, de US$ 4,78 bilhões, tendo as exportações apresentado um total de US$ 1,29 bilhão e as importações, por sua vez, totalizado o valor de US$ 3,49 bilhões. Quanto à arrecadação total das receitas brutas tributárias estaduais, o Estado do Ceará apresentou um valor de R$ 13.365 milhões, representando um acréscimo nominal de 13,22% em relação ao exercício de 2015.
No exercício financeiro de 2016, a execução dos Programas Governamentais, considerando-se os recursos autorizados pela Lei Orçamentária (LOA) e os créditos adicionais, alcançou R$ 23.266.915.758,59, sendo executado um percentual para Programa Administrativo (97,50%), Programas Especiais (97,13%) e, por último, Programas Finalísticos (66,68%).
A LDO incluiu, no Demonstrativo da Estimativa e Compensação da Renúncia de Receita, medidas de compensação que não atendem os requisitos obrigatórios tampouco um dos requisitos alternativos constantes na Lei de Responsabilidade Fiscal. Assim, o governo do estado do Ceará não cumpriu as condições necessárias para as renúncias de receitas estimadas para o ano de 2016.
O Orçamento Geral do Estado (Administração Direta e Indireta) teve receitas orçamentárias estimadas em R$ 25,05 bilhões, sendo, no decorrer do exercício, atualizada para R$ 26,61 bilhões. O Estado arrecadou, considerando as deduções ao FUNDEB, 91,25% da Receita Atualizada, o que correspondeu uma Receita Orçamentária de R$ 24,28 bilhões.
Em relação à Receita Bruta Arrecadada, que é composta dos ingressos de disponibilidades nos cofres do Estado não considerando as deduções ao FUNDEB, registrou-se um montante de R$ 27,25 bilhões, valor este superior, em termos reais, em R$ 1,65 bilhão comparado ao ano anterior.
As receitas que mais contribuíram para o citado crescimento real (R$ 1,65 bilhão) foram as Receitas Tributárias, em decorrência de maior arrecadação no ITCD em R$ 569 milhões e Taxas em R$ 266 milhões, e as Transferências Correntes em R$ 480,5 milhões, em virtude, principalmente, de maior repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) decorrente da Receita de Repatriação.
Quanto à despesa total, o estado do Ceará realizou R$ 23,26 bilhões, havendo uma economia orçamentária de R$ 3,88 bilhões, resultando em uma execução de 85,7% da despesa orçamentária autorizada para 2016: 44,93% da despesa orçamentária executada se referem à Despesa com Pessoal e Encargos Sociais (R$ 10,5 bilhões), sendo que a maior concentração desses gastos está nas funções Previdência social (28%), Educação (19%) e Segurança Pública (16%).
Outro grupo de despesa relevante no total da despesa orçamentária se trata de Outras Despesas Correntes (R$ 9,11 bilhões), o que equivale a 39,18%. Desse montante realizado, R$ 2,86 bilhões (31,40%) foram destinados às transferências constitucionais e R$ 1,97 bilhão (21,65%) para Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica. Quanto aos recursos alocados em Investimentos (R$ 2,1 bilhões), houve uma diminuição real de 16% (R$ 411,4 milhões) em relação ao ano anterior, principalmente, por menores investimentos na função Transporte (R$ 429,7 milhões).
Anexaram declaração de voto com suas observações os conselheiros Alexandre Figueiredo e Soraia Victor. De acordo com o conselheiro decano, Alexandre Figueiredo, houve infração do Governo do Estado ao não aplicar, no ano de 2016, o mínimo de 20% de sua arrecadação tributária com investimentos. Quanto à aplicação de recursos com Fomento às Atividades de Pesquisa Científica e Tecnologia (Funcap), Alexandre Figueiredo também falou sobre o percentual investido de apenas 0,45%, inferior ao limite mínimo fixado pela Constituição Estadual, correspondente a 2%. A conselheira Soraia Victor destacou a todas as secretarias que utilizem a terceirização de mão de obra somente em se tratando de atividades acessórias e desde que não importe em substituição de servidores de carreira.
O Parecer Prévio das Contas do Governador é um documento de teor técnico especializado, que contém uma apreciação das contas consolidadas e prestadas pelo Poder Executivo. A análise técnica dos documentos foi feita pela Gerência de Contas de Governo e Acompanhamento da Execução Orçamentária e Financeira e das Receitas, composta pelos servidores Daniel Façanha Rocha de Souza (Gerente), Cléa Sabino de Matos Brito Bessa, Hennya Nunes Lemos Cardoso, Paulo Eduardo Juvêncio Neri e Pedro Humberto Rocha Filho. A coordenação ficou a cargo da Secretaria de Controle Externo. Do Gabinete da relatora, participaram a chefe de gabinete Maria Rita Valente e os servidores Bel Frota, Jairo Lima, Daniel Cavalcante e Ana Cláudia Freitas.
A apreciação do Parecer Prévio contou com a presença do secretário da Fazenda, Mauro Filho, do secretário da Controladoria e Ouvidoria-Geral do Estado, Flávio Jucá, e do procurador-geral do Estado, Juvêncio Vasconcelos. O documento será encaminhado à Assembleia Legislativa, a quem cabe aprovar ou desaprovar as contas do governador.

Contra Serraglio

Os auditores e técnicos lotados na CGU Regional Ceará realizam amanhã, a partir das 9h30, em frente ao prédio do Ministério da Fazenda em Fortaleza, ato de repúdio à possível nomeação do deputado Osmar Serraglio para o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União-CGU. Com a notícia, os servidores suspenderam as fiscalizações previstas e estão promovendo protestos em todo o país.
O objetivo da manifestação é mostrar para a sociedade e para o próprio Governo Federal que o órgão precisa atuar de forma independente, para que os servidores tenham autonomia no combate ao desvio de recursos públicos. “É preciso que o Presidente Michel Temer reconheça a importância da CGU, responsável pela fiscalização das atividades de todo o Governo Federal, especialmente no combate à corrupção”, destaca o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon-CE), Edilberto Barreto.
Segundo ele, a ida de Serraglio para a CGU fragiliza as ações do órgão, na medida em que o deputado foi citado nas investigações da Operação Carne Fraca, que apura um esquema de pagamento de propinas envolvendo frigoríficos e fiscais do Ministério da Agricultura. Além disso, a medida evita seu retorno ao mandato de deputado federal e, com isso, seu suplente na Casa, Rodrigo Rocha Loures, mantém o cargo e a prerrogativa de foro privilegiado. "Caso deixasse o cargo de deputado, Rocha Loures poderia ser preso por decisão do ministro do STF, Edson Fachin, sem precisar de aprovação do plenário da Câmara", frisa.
Na manhã de hoje, cerca de 300 servidores da CGU lotados em Brasília realizaram manifestação contra a medida em frente ao prédio Darcy Ribeiro, sede do órgão, por acreditar que isso desgasta a imagem do principal órgão de combate à corrupção.
Ato de repúdio dos servidores da CGU
Quando: 30/05/2017, às 9h30
Onde: Ministério da Fazenda - Rua Barão de Aracati, 909 - Meireles, Fortaleza-CE.

Em Sobral


Amanhã na AL-CE

O comandante da 10ª Região Militar, general de divisão Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, participa do segundo expediente da sessão da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) de amanhã (30). Ele vem falar sobre o funcionamento da Operação Carro-Pipa no Ceará, atendendo a convite do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT).
De acordo com informações publicadas em veículos de imprensa, estariam ocorrendo irregularidades no pagamento dos valores acordados pelos fretes dos carros-pipas, no montante pago por quilômetro percorrido pelo veículo, além de possíveis imprecisões no sistema de monitoramento via satélite (GPS) instalado nos carros para fazer o levantamento das distâncias percorridas.
A assistência humanitária por meio do fornecimento de água tratada transportada busca atender à demanda reprimida de água potável de pessoas que vivem em áreas urbanas ou rurais dos municípios em reconhecida situação de emergência decorrente de estiagem. A operação também é prestada pela Defesa Civil do Ceará.

Horizonte


De 29/05/2017 a 04/06/2017

Dia do Desafio mobiliza população para prática de atividade física 


Nesta quarta-feira (31), Horizonte participará do Dia do Desafio, campanha internacional promovida pelo Sesc de incentivo à atividade física  em que cidades com número parecido de habitantes competem entre si. Horizonte disputará com La Libertad, da Guatemala. Quem registrar o maior número de pessoas praticando alguma atividade individual ou em grupo, por pelo menos 15 minutos, ganha o desafio. As ações em Horizonte acontecerão em escolas, postos de saúde, prédios públicos, praças, entre outros.

No combate ao aedes aegypti, Horizonte recolhe e envia para reciclagem 16 toneladas de pneus 


Para contribuir com o meio ambiente, deixar a cidade limpa e prevenir focos do mosquito aedes aegypti, 16 toneladas de pneus coletados em Horizonte foram enviados para empresas recicladoras. O material descartado é recolhido regularmente pela Secretaria de Obras em borracharias, lojas e no aterro sanitário do Município. O envio de pneus à reciclagem é realizado periodicamente pela Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Agropecuária. 

Curso de Cadastro Ambiental Rural capacita técnicos municipais 


Horizonte irá sediar o Curso de Cadastro Ambiental Rural (CAR), nos dias 30 e 31 de maio, para gestores das Secretárias de Agricultura de Horizonte, Chorozinho, Pacajus, Itaitinga e Ocara. O curso acontece na sala do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM), do Centro Administrativo Domingão, e será promovido pela Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace). O CAR é o registro público eletrônico, de âmbito nacional, das informações ambientais dos imóveis com destinação rural.

Horizonte realiza I Formação de Conselheiros de Igualdade Racial 


Será realizada a I Formação de Conselheiros de Igualdade Racial nesta segunda-feira (29), às 14h, no Núcleo de Política de Promoção da Igualdade Racial (Nuppir). O curso será ministrado pela representante da Coordenadoria Especial de Políticas para Promoção da Igualdade Racial (Ceppir), profª Drª Zelma Madeira. A iniciativa é da Secretaria de Assistência Social e Trabalho em parceria com o Conselho Municipal das Políticas de Igualdade Racial (Comppir). 

Enem 2017

Fala Ciro

O ex-ministro Ciro Gomes lança nota à imprensa esclarecendo sua posição de destacar o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o ex-ministro Nelson Jobim como "os melhores nomes possíveis" no caso de uma eleição indireta neste ano. Ciro coloca que vê Tasso "pela experiência de seus governos e pela respeitabilidade merecida" como mais destaque para ser presidente "tampão". Ele lembra que "apesar de ser adversário de ambos (Tasso e Jobim) e especialmente de seus partidos PMDB e PSDB, como os melhores nomes possíveis". Ciro escreve na nota que "o resto é intriga enquanto, nos bastidores, conspira-se generalizadamente, mentem para o povo muitos!"
Ciro diz que "não tenho nenhuma discrepância com as diretrizes corretamente estabelecidas pelo meu partido, o PDT, com relação à condução da gravíssima crise que pesa sobre o povo brasileiro".
Segundo ele, "o PDT, com a corretíssima direção de meu companheiro e amigo Carlos Lupi, nosso presidente, defende que, em caso do necessário afastamento do senhor Michel Temer, da presidência, que o Congresso Nacional vote uma emenda à constituição convocando eleições diretas. Ainda muito corretamente, anunciamos que nosso Partido não participará de uma eleição indireta feita por um congresso de maioria golpista e corrupta. Estou de pleno acordo com esta diretriz . E tenho defendido publicamente".
Mas na nota, Ciro esclarece que "ocorre que, como é natural, setores da imprensa me perguntam o que, independentemente de meu desejo e posicionamento, eu, com minha experiência e apego à franqueza, acho que acontecerá, pois bem aqui reproduzo: este congresso, podre como está, em sua maioria, não devolverá ao povo o direito de votar diretamente. Assim, o que restará é a torcida para que, em caso de saída do presidente usurpador o congresso escolha alguém minimamente capaz de administrar a delicada transição até às eleições gerais de 2018".

FAN

O 6º Concertos Solidários – FAN tem programação para todas as idades. Vinte atrações culturais em dez dias de programação gratuita, evento de incentivo à produção e difusão da música instrumental em suas variações do erudito ao popular. Vai ser um diferencial!

Nesta edição, entrea presentações que alargam e extrapolam referências ao compositor, pianista, organista e regente cearense Alberto Nepomuceno (1864 – 1920), a transversalidade de linguagens artísticas também celebrados elos musicais em tessituras literárias, estéticas e outras composições,voltadas para formações artísticas e de platéias. Os músicos, além de inserirem no repertório composições de Nepomuceno, farão homenagens ao compositor cearense Belchior, incluindo canções dele nas apresentações. Projeto, via Lei Rouanet, tempatrocínio do Banco do Nordeste e do Grupo Marquise.

Ao contemplar os vários modos de ouvir, aprender, ensinar, fazer e ecoar música, o Festival Alberto Nepomuceno – FAN é instrumento de inclusão social e acessibilidade cultural na ocupação de espaços públicos coletivos, como igrejas, escolas públicas, bibliotecase ao alcançar as populações rurais cearenses. “A programação gratuita e aberta ao públicode todas as idades e camadas sociais, sem distinção de escolaridade ou de iniciação, reforça e amplia as integrações propostas nas cinco edições anteriores”, referenda Cris Queiroz, diretorado Festival pela Vagalume Produção Cultural e Comunicação.

A programação artística do FAN 2017 foca acervos artísticos e avança na formação de público e na irradiação da partilha de saberes e fazeres. Renata Sampaio, que também assina a direção do festival, destaca o compromisso do FAN em tornar suas atividades acessíveis para maiores públicos e públicos com necessidades específicas como disponibilização de aporte profissional para confecção de folders em Braille, interpretação em libras, audiodescrição e gente para facilitar o acesso e a acomodação de pessoas que têm necessidades especiais”, pontua.

Nos dias das apresentações, o Festival estimula ainda a arrecadação de materiais de limpeza para doação às instituições benemerentes. Nessa 6ª edição será contemplado o CAVIVER–Centrode Aperfeiçoamento Visual Ver a Esperança Renascer, ONG que trabalha com crianças socialmente desfavorecidas do Estado do Ceará com as principais causas de cegueira infantil.

Programação em três cidades e na zona rural

Toda a programação é gratuita. O 6º Festival Alberto Nepomuceno– FAN terá início em Fortaleza, às 15h30 do dia 02/06 (sexta-feira), no Museu da Fotografia Fortaleza com um papo regido pela jornalista Izabel Gurgel sobre “Livros, leituras e fotografia: música para os olhos”,tendo como convidados especiais alunos doInstituto Filippo Smaldone e público assistido pelo CAVIVER– Centro de Aperfeiçoamento Visual Ver a Esperança Renascer. Após a fala, o público segue em visitação ao acervo do local.

Ainda no dia 02/06, às 17h, o evento se desloca até o CentrCultural Banco do NordestFortaleza, no Centro, onde o público será recebido ao som do DJ Duda, colecionador de discos de vinil que promove agito festivocom set de brasilidades ereferências do universo eletrônico e digital, entre vertentes do trip-hop, downtempo e outros beats. Às 19h, inicia o show da banda “Fera Neném Into the Jungle Boogie” com o trio Lucas Santos (teclas, samples, efeitos e Beat), Caio Pascoal (guitarra) e João Emannuel (baixo),em misturas rítmicas da funk musicaos beats eletrônicos, passando pelo bluesreggaee até mesmo o brega.

No sábado 03/06, das 13h às 17h, o FAN 2017 prossegue pelo Centro da capital cearense com programação que ocupa o Plebeu Gabinete de Leitura, um lugar de liberdade da palavra, leitura pública e compartilhamento de idéias. Lá, Conversas Plebeias e leituras ritmadas pela DJ Renatinha (projeto Long Play) inicia com “Adelaide Gonçalves e sua casa de papel”, na qual a profª. dra. (História/UFC) fabula sobre o ano em que Alberto Nepomuceno nasceu, com citações a livros do acervo do Plebeu. Em seguida, sob o tema “Geme a cuíca nas crônicas de Rubem Braga”, a jornalista e escritora Ana Karla Dubiela desfia sobre as gingas presentes nos escritos do autor. A jornalista Izabel Gurgel fecha a tarde ao tecer acerca do tema “Labirinto sobre as águas: Nepomuceno em Ana em Veneza”, a partir do livro de João Silvério Trevisan.

Villa-Lobos para Criança no primeiro domingo do FAN

Aprimeira domingueira do 6º FAN, no dia 04/06 às1 7h, promove final de tarde na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura ao som do espetáculo “Villa-Lobos para Criança” pelo Grupo “A Pessoa Bob”, encabeçado pelo músico Ayrton Pessoa Bob (acordeom e sintetizador), Jônatas Gaudêncio (clarinete) e Luis Gustavo Lima (violino e viola).

Atividades artísticas na zona rural de Canindé

Canindé é a próxima parada do Festival, que abre a semana às 10h do dia 05/06 (segunda-feira) levando o repertório do Grupo “A Pessoa Bob” no espetáculo “Horizonte Aparente” à Capela de São José, em assentamento na zona rural do município. Também na zona rural de Canindé, às 14h, a jornalista Izabel Gurgelversa sobre “Cirandas e Cantigas de Roda” para as presenças na Escola do Campo Patativa do Assaré, enquanto a DJ Renatinha pontua a fala com referências musicais (projeto PARATODOS).

De volta a Fortaleza no dia 06/06 (terça-feira) às 19h30, o 6º FAN programa para os alunos e às comunidades vizinhas da Escola Municipal Professor Godofredo de Castro Filho, no bairro Vicente Pinzón, a apresentação da Luthieria Ensemble, projeto musical da ONG Tapera das Artes, a partir de instrumentos fabricados com material reciclado, como cabaças e canos PVC. 

 

Juazeiro do Norte também ganha ecos do FAN 2017 na quinta-feira 08/06, com a banda “Fera Neném” noshow “Into the Jungle Boogie” no CentrCultural Banco do Nordeste Cariri, às 19h30.


De volta a Fortaleza, na sexta-feira 09/06 às 15h30, uma nova oportunidade de fluir entre “Livros, leituras e fotografia: música para os olhos” com a jornalista Izabel Gurgel, no Museu da Fotografia. A conversa aberta ao público traz alunos da Escola Pública Estadual Helenita Mota convidados pelo FAN, e tem seguimento com consultas às ilustrações referenciadas no bate papo, além de visitação à biblioteca e ao acervo do Museu. No cair da noite, às 19h30, um encontro de acervos motiva papos e trocas musicadas no evento “Alberto Nepomuceno em Serenata”, que junta o pesquisador Miguel Ângelo de Azevedo, criador do Acervo do Nirez, aos achados do colecionador Osmar Onofre, em seu arejado quintal de casa, na rua Barão de Aratanha, 835.  

No Sábado10/06 às 16h, na Escola Beneficente de Surf Titanzinho, o 6º FAN promove “Um Acordeom na Beira do Mar” com concerto de Jair Dantas, educador e único acordeonista canhoto brasileiro, que apresenta trabalho voltado para a música Erudita e Popular.

O último dia de atrações do 6º Concertos Solidários – FAN é intenso, e começa às 17h do domingo 11/06, no Museu de Arte Contemporânea – MAC (Centro Dragão do Mar de Arte e Culturacom a apresentação do Duo Glière de Cordas da UFC pela violinista Liu Man Ying e pela violoncelista Dora Utermohl de Queiroz, ambas professoras do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Ceará. O Duo Glière faz homenagem ao violinista e compositor russo Reinhold Glière (que incorporou o uso da música folclórica da Rússia e de países vizinhos em suas composições) e traz no programa o Duo n.1 de Beethoven, entre as peças arranjadas para esta formação, caso de“Meditação de Thaís”, do compositor Massenet.

Às 18h30, a Arena Dragão (também no Centro Dragão do Mar) ganha os movimentos da Camerata de Cordas da UFC, sob direção das profªs. Dra. Liu Man Ying (violino e viola) e Ms. Dora Utermohl de Queiroz (violoncelo e contrabaixo), em que repercute repertório selecionado para o coletivo musical. Na sequência, o FAN recebe oGrupo de Violoncelos da UFC, composto por 22 alunos violoncelistas sob coordenação da profª Dora Utermohl de Queiroz, que compartilham saberes, o mesmo interesse e dedicação por um instrumento e pela música em concerto gratuito e aberto à comunidade com obras escritas especialmente para esta formação.

Último domingo do FAN tem concerto na Igreja da Piedade

Para o encerramento do 6º FAN, o Grupo Choro Jazz Trio, formado por Moacir Bedê (guitarra, flauta e bandolim), Fábio Amaral (Baixo acústico e elétrico) e André Benedect (Bateria) sobe ao altar da Igreja N. Sra. da Piedade, às 18h45, com reverberações multi-instrumentais e autorais, que vão do jazz, bossa nova, MPB, balada até o baião, entre belas harmonias e muita improvisação jazzística.

FAN tem o patrocínio do Banco do Nordeste e Grupo Marquise, via Lei Rouanet. Realização da Vagalume Produção Cultural e Comunicação e apoio da Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte – ICA, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Secretaria de Cultura de Aquiraz e Museu da Fotografia de Fortaleza. 

Atendimento e informações para a Imprensa:
Kiko Bloc-Boris – (85) 98892.1195 – kikobb@gmail.com
Isabelle Vieira – (85) 98871.4139 – vieira.aisabelle@gmail.com

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL ALBERTO NEPOMUCENO

DATA
HORA
ATRAÇÃO
LOCAL
02/06, sexta
Fortaleza

15h30
“Livros, leituras e fotografia: música para os olhos” com a jornalista Izabel Gurgel
Museu da Fotografia Fortaleza (R. Frederico Borges, 545 – Varjota)
17h
DJ Duda
CentrCultural Banco do NordesteFortaleza(R. Conde d'Eu, 560 – Centro)
19h
Show A Fera Neném Into the Jungle Boogie, com a banda A Fera Neném
CentrCultural Banco do NordesteFortaleza(Rua Conde d'Eu, 560 – Centro)
03/06, sábado
Fortaleza
13h
às 17h
Conversas Plebeias ao Som da DJ Renatinha (Projeto Long Play):

1864, o ano de nascimento de Alberto Nepomuceno, com a Professora Adelaide Gonçalves (História/UFC)

Geme a cuíca nas crônicas de Rubem Braga, com a escritora Ana Karla Dubiela

Labirinto sobre as águas: Nepomuceno em Ana em Veneza, livro de João Silvério Trevisan, com a jornalista Izabel Gurgel
Plebeu Gabinete de Leitura (Rua Floriano Peixoto, 735 – Centro / 5º andar, Sede da Associação Cearense de Imprensa)
04/06, domingo
Fortaleza
17h
Concerto Villa-Lobos para Criança, com grupo A Pessoa Bob
Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
05/06, segunda
Canindé
10h
Concerto Horizonte Aparente, com grupo A Pessoa Bob
Capela de São José (Zona Rural de Canindé)
14h
Livros e Leitura ao Som da DJ Renatinha (Projeto Paratodos):

Cirandas e Cantigas de Roda, com a jornalista Izabel Gurgel.
Escola do Campo Patativa
do Assaré(Assentamento da Santana da Cal / Zona Rural de Canindé)
06/06, terça
Fortaleza
19h30
Aula-espetáculo com Luthieria Ensemble, da ONG Tapera das Artes (instrumentos feitos de cabaças e canos PVC)
Escola MunicipalGodofredo de Castro Filho(Av. José Sabóia, 905 – Vicente Pinzón)
08/06, quinta
Juazeiro do Norte
19h30 às 22h
Show A Fera Neném Into the Jungle Boogie, com a banda A Fera Neném
Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri(Rua São Pedro, 337 – Centro)
09/06, sexta
Fortaleza

15h30
Livros, leituras e fotografia: música para os olhos, com a jornalista Izabel Gurgel
Museu da Fotografia
Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota)
19h30
Alberto Nepomuceno em Serenata, Osmar Onofre recebe Nirez
Rua Barão de Aratanha, 835 – José Bonifácio / Quintal
10/06, sábado
Fortaleza
16h
Concerto Um Acordeom na Beira do Mar, com Jair Dantas
Escola Beneficente de Surf Titanzinho (Rua Pontamar, S/N – Cais do Porto)
11/06, domingo
Fortaleza
17h
Concerto com Duo Glière de Cordas da UFC
Museu de Arte Contemporânea- MAC do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
18h30
Concerto com Camerata de Cordas e Grupo de Violoncelos, ambos da UFC
Arena Dragão do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
18h45
Show com grupo Choro Jazz Trio

Igreja Nossa Senhora da Piedade (Rua Joaquim Tôrres, 185 – Joaquim Távora)


Lamparina de Histórias

Chegando em sua décima sexta edição, o Lamparina de Histórias – Festival de Contos Populares reúne grandes narradores do estado entre os dias 8 e 9 de junho no município de São Gonçalo do Amarante e entre os dias 23 e 24 de junho em Fortaleza. Serão 20 atrações gratuitas, além de feira de artesanato, livros e cordéis.
Apoiado pela Enel Geração Fortaleza, pelo Banco do Nordeste, pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, através do IX Mecenas do Ceará e Ministério da Cultura, o projeto tem marcado o calendário cultural de Fortaleza e São Gonçalo do Amarante como uma ação de valorização da terceira idade, oralidade e cultura popular.
O compromisso é de compartilhar a sabedoria popular para as novas gerações com a participação de mestres consagrados local e nacionalmente como o Mestre Lucas Evangelista (Crateús - CE), Jiddu Saldanha (RJ), grupo Dona Zefinha (Itapipoca), Banda Carmim (Fortaleza) Aldenor Miranda (São Gonçalo) Tamara Bezerra, Fatima Mendes. Ainda na programação estão confirmadas a participação dos contadores Fátima Mendes, Liliane Matos, Galeguinho, Airton Barbosa, Coco do Pecém, Gonçalo, Terezinha Rabelo, Instituto Chico Mota, Maria Rita Mota e Kelvia Piragibe.
O projeto Lamparina de Histórias: Festival de Contos Populares reúne contadores de histórias da terceira idade e amantes da arte narrativa. “Celebramos a memória oral daqueles que sabem guardar por tanto tempo uma boa história”, explica Júlia Barros coordenadora geral do projeto, que já visitou 12 municípios cearenses e alcançou um público cerca de 50.000 mil pessoas. 
Sobre o Lamparina de História
O projeto já esteve em 12 cidades do Ceará: Aquiraz (sede e Batoque), Assaré, Canindé, Caucaia (Boqueirão dos Cunhas), Fortaleza (João XXIII, Dias Macedo, anfiteatro do Centro Cultural Dragão do Mar e Centro Cultural Banco do Nordeste), Itarema, Saboeiro e São Gonçalo do Amarante (sede, Pecém e Taíba), resultando num documentário sobre a prática destes velhos narradores, incluindo as cidades de Beberibe, Hidrolândia, Guaramiranga e Itapipoca.
O Lamparina de Histórias: Festival Nacional de Contos Populares é um evento cultural que reúne narradores tradicionais, urbanos e amantes da velha arte de contar histórias para a celebração da palavra através dos causos, lendas, adivinhas, cordéis, pertencentes à literatura oral e outras manifestações da cultura popular, num grande festejo do fazer narrativo.
Programação
Praça do Pecém
8 de junho, quinta-feira
Exposição de artesanatos, livros e cordéis
9h - Contação de histórias com Fátima Mendes, na Escola Euclides Pereira Gomes.
14h - Contação de histórias com Liliane Matos, na Escola Euclides Pereira Gomes.
15h - Oficina Memória de pescadores com Júlia Barros.
17h30 - Apresentação com o Coco do Pecém, na Praça do Pecém.
18h - Contação de histórias com Tâmara Bezerra, na Praça do Pecém.
19h - Apresentação com a quadrilha Filhos do Sol, na Praça do Pecém.
9 de junho, sexta-feira
Exposição de artesanatos, livros e cordéis
8h - Contação de histórias na Escola Gov. Tasso Jereissati.
8h45 - Contação de histórias na Escola Municipal Socorro Gouveia
9h30 - Contação de histórias no Polo ABC de São Gonçalo do Amarante.
14h - Recital de Cordel com o cordelista Raimundo Nonato Abreu, na escola Euclides Pereira.
18h - Maratona de histórias com narradores de São Gonçalo do Amarante - Cordelista Raimundo Nonato Abreu, Aldenor Miranda, Galeguinho e Airton Barbosa na Praça do Pecém.
19h - Forró pé de serra com a Banda Carmim, na Praça do Pecém.
Lamparina de Histórias no CCBNB/Fortaleza
23 e 24 de junho, sexta-feira
Exposição de artesanatos, cordéis e livros
10h - Roda de histórias com narradores tradicionais da terceira idade: Mestre Lucas Evangelista, D. Terezinha Rabelo e Sr Raimundo, mediação de Tâmara Bezerra.
12h - Recital de cordel com as cordelistas da rede Mnemonise.
14h - Contação de histórias com narradores da terceira idade do Instituto Chico Mota.
14h30 - Oficina de Coco, com Aldenor Miranda.
17h - Apresentação do Coco do Pecém.
18h - Peleja de viola e narrativas com o Mestre Lucas Evangelista.
24 de junho, sábado
Exposição de artesanatos, cordéis e livros
10h - Bate-papo: Memórias afetivas com a neuropsicóloga Juliana Lemos e Maria Rita Mota, contadora de histórias e coordenadora do Instituto Chico Mota. 
12h - Peleja de Viola com o Mestre Lucas Evangelista (Crateús/CE).
14h - Contação de histórias do livro A tardinha... Baseado em 90 vivas tardinhas (Memória de Idosos) - Instituto Unimed Fortaleza.
14h30 - Oficina de gestos para narradores, com o mímico e contador de histórias Jiddu Saldanha (RJ).
18h - Gilgamesh e outras histórias, com Jiddu Saldanha.
19h - Show com a banda Dona Zefinha (CE).

Mais informações:
Facebook e Instagram: Casa do Conto

Seguidores

Arquivo do blog