quarta-feira, 26 de abril de 2017

No Teatro RioMar em 27 de maio

Todo caminho é sorte. A cantora e compositora mineira Roberta Campos - um dos novos nomes do time de grandes cantoras da MPB – sabe disso. Tanto que escolheu esta frase para nomear seu quarto CD. E a sorte – aliada à delicadeza de suas canções e de seu modo de cantar - apareceu em seu caminho. "Todo Caminho é Sorte" (Deck Disc) foi indicado a Melhor Álbum de MPB do Grammy Latino 2016, e a faixa Minha Felicidade é o tema de abertura da novela das seis da TV Globo, Sol Nascente, além de tocar nas principais rádios do país. Com realização da Opus e Estreia Produções, as apresentações acontecem no dia 27 de maio, no Teatro RioMar Fortaleza (CE) e 28 de maio, no Teatro Riachuelo (RN).
Com mais de 200 composições no currículo – entre elas “De Janeiro a Janeiro”, composição sua gravada com Nando Reis, que já atingiu a marca de 30 milhões de visualizações no YouTube, além de ter sido primeiro lugar em rádios de todo o Brasil -, Roberta é autora de grandes sucessos de trilhas de novelas: “Varrendo a lua” (Malhação – TV Globo), “Sete Dias” (Amor Eterno Amor – TV Globo), “Felicidade” (Além do Horizonte – TV Globo), “De Janeiro a Janeiro” (Sangue Bom – TV Globo).
Além de lançar seu novo CD, “Todo Caminho é Sorte”, Roberta estreou como escritora, com seu primeiro livro poesias, “Tudo que pertence ao meu futuro e ao seu” (Ed. Matrix).

TODO CAMINHO É SORTE
“Roberta Campos lança “Todo Caminho É Sorte”, seu quarto álbum (terceiro lançado por uma gravadora, a Deck). E (...) é justamente com aquela mesma pureza essencial – sem truque e nem maquiagem – que a cantora mineira constrói o novo trabalho. (...) ela continua em sua busca por preservar nas canções algo do espírito com que elas nasceram. Ainda se vale do impulso dos primeiros tempos, onde o que importa mesmo é o “registro de meus pensamentos e sentimentos”.  Marcus Preto
“Em Todo caminho é sorte, a cantora e compositora segue sua trilha autoral de afeto com passos lineares, sem querer impressionar ou pegar atalhos que, no caso, poderiam soar modernosos. No disco produzido por Ramos, Campos apresenta boa coleção de doces canções que versam sobre amor (e eventualmente a falta dele) e sobre natureza em clima zen, positivo.(...) Os passos musicais de Roberta Campos nunca são tortos. Todo caminho é sorte é mais um passo linear - mas firme em sua paradoxal suavidade e dado sem sobressaltos - na estrada ensolarada e amorosa seguida pela artista de janeiro a janeiro”. Mauro Ferreira
“Todo Caminho é Sorte” traz 12 faixas, todas de autoria de Roberta, com produção de Rafael Ramos. O disco conta com a participação de Marcelo Camelo e Marcelo Jeneci, além da primeira parceria de Fernanda Takai e Roberta Campos. As gravações de “Todo Caminho É Sorte” se dividiram entre os estúdios 12 Dólares (São Paulo) e Tambor (Rio de Janeiro).

ROBERTA CAMPOS
A mineira Roberta Campos se recorda de sentir paixão pela música ainda criança, com apenas quatro anos. Por muito tempo esse amor foi alimentado por uma brincadeira de cantar acompanhando os encartes dos discos de seus tios. Aos 11 anos, ganhou seu primeiro violão e sozinha aprendeu a tocar.

Logo, Roberta começa a se apresentar em eventos da escola em que estudava.  Com 18 anos, monta sua primeira banda. Em 1999, largou seu trabalho, estudou canto por oito meses e montou uma nova banda em Sete Lagoas, Pop Troti, com a qual se apresentou em diversas cidades da região durante três anos. Em 2003, deixou a banda e em 2004 mudou-se para São Paulo.

Em 2008, gravou sozinha, em casa, seu primeiro CD, “Para Aquelas Perguntas Tortas”, no qual cantou, tocou, compôs e produziu. Postou algumas músicas no MySpace e começou a ganhar fãs. A faixa “Varrendo a Lua” entrou na programação de rádios do segmento. Aos poucos, sua música delicada e cheia de personalidade foi conquistando mais gente.

A música chegou aos ouvidos dos produtores da Deck que chamaram Roberta para gravar um novo álbum, desta vez acompanhada de grandes profissionais e com a participação especial de Nando Reis em “De Janeiro a Janeiro”. “Varrendo a Lua” foi lançado em 2010 e abriu caminho para a carreira de Roberta. Músicas como a que dá o nome ao CD e “Mundo Inteiro” viraram hits e são cantadas em coro pelo público em cada apresentação. “De Janeiro a Janeiro” também ficou no Top 10 das rádios do segmento e está na trilha sonora da novela “Sangue Bom".

Em 2012, Roberta entra em estúdio com Marcos Suzano e o baixista Dunga para gravar o álbum "Diário de Um Dia". É um disco com muitas cordas e menos guitarras, no qual as duas canções que tiveram guitarra foram gravadas por Davi Moraes. Roberta gravou neste álbum uma canção de Paulinho Moska, chamada "Meu Nome é Saudade de Vc", "Carne da Boca" de Frejat com Mauro Sta. Cecília e Guto Goffi e "Quem Nos Dera" de Zélia Duncan e Leoni. A canção “Sete Dias” de Roberta Campos em parceria com Danilo Oliveira entrou na novela global "Amor Eterno Amor".

Seja cantando suas próprias canções ou interpretando músicas de outros artistas, a personalidade de Roberta sobressai. Assim são suas versões de “Vinte Nove” (Legião Urbana), “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor” (Márcio Borges e Lô Borges) e “José” (de Georges Moustaki, na versão de Nara Leão), esta parte da trilha de “Amor e Revolução”, nova novela do SBT.

Em agosto de 2014, Roberta lançou o EP "Maior Que o Mundo", com o single que dá nome ao EP e que tocou em todas as rádios do Brasil. A canção "Maior Que o Mundo" é uma versão em português do sucesso de Ed Sheeran, "Lego House". Também em 2014, teve a canção "Eu Era Feliz", gravada no disco do Pato Fu. A composição é de autoria de Roberta em parceria com Ricardo Koctus e John Ulhoa, integrantes do Pato Fu. Nando Reis também gravou “De Janeiro a Janeiro” em seu DVD, gravado em Belo Horizonte, assim como o grupo Nenhum de Nós, que gravou composição de Roberta e Thedy Correa em seu mais recente CD, com participação especial da cantora.

Duração: 120min. 
Classificação: Livre
Realização: Estreia Produções e Opus Promoções
DIA 27 DE MAIO, NO TEATRO RIOMAR FORTALEZA (CE)
DIA 28 DE MAIO, NO TEATRO RIACHUELO (RN)
FORTALEZA (CE)
Dia 27 de maio
Sábado, às 21h

Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 - Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE) 

INGRESSOS:

Setor
Valor
 Meia-Entrada
Plateia Alta
R$ 100,00
 R$ 50,00
Plateia Baixa B
R$ 120,00
 R$ 60,00
Plateia Baixa A
R$ 140,00
 R$ 70,00

- 50% de desconto para assinante do Diário do Nordeste e um acompanhante. Limitado a 100 ingressos.

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br  
- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
- DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 - Shopping RioMarFortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

No Teatro RioMar

Mais um espetáculo sucesso de crítica e público aterrissa no Nordeste durante os meses de maio e junho nos três teatros administrados pela Opus Promoções na região. God, com Miguel Falabella, cumpre curta temporada nas seguintes cidades: Natal (dia 12 de maio, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 19 de maio, no Teatro RioMarFortaleza); Recife (dia 2 de junho, no Teatro RioMar Recife).
Quando alguma coisa está errada, pode confiar: Deus toma as devidas providências. E dessa vez, o Todo-Poderoso, Rei do Universo, autor do espaço e do tempo decide vir à Terra pessoalmente... ou quase isso. Cansado dos Dez Mandamentos e de toda a incerteza que eles vêm gerando à humanidade, o criador toma forma através de Miguel Falabella para propor novas leis e esclarecer qualquer mal-entendido a seu respeito. No espetáculo, ele e seus dois arcanjos dedicados, Miguel (Magno Bandarz) e Gabriel (Elder Gattely), respondem a algumas das questões mais profundas que têm atormentado a humanidade desde a Criação, em apenas 90 minutos. De uma forma muito particular, o Deus de Falabella vem para arrancar muitas risadas do público e desvendar os maiores segredos do universo ou, pelo menos, do Brasil. Afinal, Deus não é brasileiro?
De David Javerbaum, vencedor de Emmy Award Winner, o aclamado e premiado “GOD” fez um enorme sucesso na Broadway, sendo definido pelo jornal The New York Times como “delirantemente, divinamente engraçado". No Brasil, o espetáculo chega ao público pelas mãos de Miguel Falabella que, além de interpretar o personagem principal, assina a versão brasileira e a direção.
O Criador vem aos seus em uma versão bem mais “moderninha”, com direito à Bíblia em formato iPad, sabendo tudo sobre corte de gordura trans e glúten, e sem paciência para política. Dentre os mandamentos repaginados, estão “Honrarás teus filhos”, “Separar-me-ás do Estado” e “Não me dirás o que devo fazer” – todos peculiarmente muito bem explicados e fundamentados. A codireção é de Fernanda Chamma.
BASTIDORESDesde que assistiu a “GOD” em sua versão original na Broadway, em Nova Iorque, Miguel Falabella soube que precisava trazer o espetáculo para o Brasil. O diretor ainda conferiu a versão apresentada em Portugal, estrelada por um grande amigo, antes de assinar os papeis e começar a trabalhar na adaptação brasileira.

A montagem e os ensaios aconteceram durante um mês, em São Paulo. Nesse período, Miguel se dedicou à grande quantidade de texto do personagem principal, interpretado por ele, e também a todo trabalho corporal.

Ao seu lado, esteve a coreógrafa Fernanda Chamma, que assina a codireção do espetáculo. Ela conta que recebeu com alegria o convite do diretor para essa função e que, por trabalhar há muito tempo com Falabella, os dois já têm uma grande sintonia: “São praticamente dez anos juntos. Já trabalhamos em muitos musicais, seriado e novela. A gente tem um mesmo olhar para colocar um espetáculo em cena, o nosso gosto bate. Ele me permite criar e respeita a opinião dos parceiros de criação. A gente aprende a cada dia, além de se divertir muito”.

Unindo a codireção à coreografia e movimentação de cena, Fernanda dedicou especial atenção à construção dos personagens Miguel (Magno Bandarz) e Gabriel (Elder Gattely) – os anjos que estão ao lado de Deus durante toda a peça. “Esse trabalho corporal é um diferencial da adaptação brasileira. Eu quis fazer com que o corpo desses atores se transformassem em símbolos de imagens de anjos. Os detalhes de pescoço, cabeça, mãos e cotovelos tornam-se vivos para poder dar o texto de cada um, ditar os mandamentos e fazer a ponte com o Falabella. São posições bonitas, desenhadas”, detalha a codiretora.

O cenário de Marco Pacheco traz para o palco a atmosfera celestial, com inspiração nos deuses gregos e presença de elementos como o mármore branco e as colunas jônicas. “O principal objetivo era criar uma alusão de Deus descendo do Céu à Terra, por isso a ideia da escada alta com degraus diminuindo de acordo com a altura, para criar uma profundidade. Também criamos um sofá largo e confortável para que ‘Deus’ ficasse à vontade conversando com o público”, explica o cenógrafo.

No figurino, também assinado por Marco, a inspiração para as roupas de Miguel e Gabriel veio das pinturas clássicas, onde os anjos vestiam armaduras celestiais. E não faltou a elas o lado moderno: “A armadura e as asas são fixas para facilitar a locomoção e principalmente o conforto dos anjos. A calça é de resina e eles usam tênis com aplicação de spikes. Esse figurino ficou pronto antes dos ensaios para que os atores se adaptassem à roupa e pudessem replicar a coreografia da Fernanda Chamma”, justifica Pacheco. Já o figurino de Deus o coloca no lugar completamente atual em que ele quer estar: “Esse Deus é um Deus descolado, que gosta de luzes e brilho, por isso o terno dele tem um corte moderno, diferente dos tradicionais. A gravata azul entra na paleta do cenário e relembra as cores do céu”, acrescenta.

Ficha Técnica:
Texto: David Javerbaum
Versão Brasileira e direção: Miguel Falabella
Codireção: Fernanda Chamma
Produção Geral: Sandro Chaim
Cenário e Figurino: Marco Pacheco
Iluminação: Adriana Ortiz
Trilha Sonora: Leandro Lapagesse
Visagismo: Dicko Lourenço
Elenco: Miguel Falabella, Elder Gattely e Magno Bandarz
Voz em off Deus: Bruno Garcia
Transportadora Oficial: Avianca
Promoção: Globo

Classificação: 12 anos
Duração: 90min.



As sessões dos dias 12/05 (em Natal)19/05 (em Fortaleza) e 02/06 (em Recife) são realizadas com recursos da Lei de Incentivo à Cultura e realização do Ministério da Cultura.
MINISTÉRIO DA CULTURA apresenta
Realização: OPUS PROMOÇÕES e MINISTÉRIO DA CULTURA - Governo Federal, Ordem e Progresso
Apoio: CVC


GOD
COM MIGUEL FALABELLA
Dia 12 de maio, no Teatro Riachuelo (Natal/RN)
Dia 19 de maio, Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE)
Dia 02 de junho, Teatro RioMar Recife (Recife/PE) 


FORTALEZA (CE)
Dias 19 de maio
Sexta-feira, às 21h
Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 - Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE) 

INGRESSOS:

Setor
Valor
 Meia-Entrada
Plateia Alta
R$ 50,00
 R$ 25,00
Plateia Baixa B
R$ 150,00
 R$ 75,00
Plateia Baixa A
R$ 180,00
 R$ 90,00

- 50% de desconto na compra de até dois ingressos por assinante titular do Jornal Diário do Nordeste, mediante apresentação do voucher do Clube do Assinante e documento de identificação com foto. Desconto válido apenas para vendas na bilheteria do teatro e limitado a 100 ingressos.

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br  
- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
- DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.


CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Ingresso Rápido: 4003-1212



Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 - Shopping RioMarFortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

MRV

Um aplicativo pensado e desenvolvido a partir das necessidades de seus usuários, esse é o Meu MRV. A construtora apresenta ao mercado uma ideia pioneira e sai na frente como a primeira empresa do setor da construção civil a oferecer um App voltado para o relacionamento e atendimento ao cliente, utilizando inteligência artificial. A ferramenta foi estruturada com o objetivo de melhorar constantemente a experiência do usuário, e conta com a tecnologia IBM Watson, uma plataforma cognitiva que analisa grandes volumes de dados e, a partir disso, gera respostas para as solicitações feitas no App. A solução foi construída na plataforma hospedada na nuvem IBM Bluemix, utilizando serviços cognitivos (APIs) do sistema Watson. 
A Maria Rosa, atendente virtual criada pela MRV, vai interpretar o contexto das situações e formular respostas. À medida que evoluir a interação com a mascote, o sistema aprende mais e vai se aperfeiçoando com o conteúdo de interesse dos clientes MRV. Todas as perguntas feitas pelos usuários são analisadas e utilizadas na aprendizagem do Watson, com isso, ele absorve e passa a ser mais eficiente em suas respostas. “Provavelmente a ferramenta não terá dificuldades para responder dúvidas, mas isso pode acontecer, especialmente considerando que a MRV é a primeira construtora no Brasil a usar o sistema. Nesse caso, o que o cliente digitar será enviado para a equipe da construtora, que incluirá a resposta no aplicativo”, informou o diretor de Tecnologia da Informação da MRV, Reinaldo Sima.
A ferramenta foi pensada e desenvolvida com a ajuda dos clientes, que participaram ativamente da concepção do App. “Fizemos isso através de uma das mais atuais e inovadoras metodologias de desenvolvimento de produtos e serviços, o Design Thinking. Nesta abordagem, o foco é a experiência do cliente: ele é imerso no projeto com o intuito de obter uma visão mais completa na solução dos problemas e, dessa forma, é possível identificar as barreiras e gerar alternativas viáveis de transpô-las. Buscamos dar respostas aos principais pontos juntamente com os clientes, sempre validando e testando as alternativas. O resultado deste trabalho foi uma lista de soluções que estarão no Meu MRV”, revela Sima.
Funcionalidades
No App, o usuário poderá acionar a Maria Rosa Vaz, personagem criada pela MRV para se relacionar com os clientes, para as solicitações. Ela terá a missão de ajudar os usuários 24 horas por dia. A atendente virtual também auxiliará os clientes a navegar de maneira prática na ferramenta, sem ter que passar por vários menus.
O usuário poderá fazer perguntas do tipo “Qual a etapa da minha obra?” ou “Como faço para emitir segunda via de boleto?”. Ao fazer esses e outros questionamentos, o cliente será imediatamente redirecionado para a tela com a informação correspondente.
O App também possibilitará acompanhar por meio de fotos e vídeos a evolução da obra do apartamento adquirido, registrar e acompanhar solicitações, consultar o extrato de pagamentos, copiar o código de barras do boleto e ainda acessar os comunicados enviados pela MRV. A ferramenta ainda permitirá ao usuário solicitar assistência técnica utilizando como recurso adicional a inclusão de fotos e vídeos para melhorar o processo de atendimento.
As informações também vão chegar ao cliente de forma ativa. Ele será avisado via Push (mensagens enviadas pelos aplicativos) em seu smartphone sobre eventos importantes que precise saber. O proprietário será informado automaticamente, por exemplo, sobre a conclusão de uma etapa específica da obra do seu empreendimento. “Atualmente, a maioria dos clientes possuem smartphones e esperam que possam resolver seus problemas rapidamente. O Meu MRV vai se tornar o principal ponto de contato entre a MRV e o nosso consumidor. A principal inovação é o cliente dispor desse contato digital totalmente concebido com foco nas suas principais necessidades. Com o uso do App, ele poderá resolver as questões de maneira mais rápida e fluida”, finaliza Reinaldo Sima.
A MRV Engenharia
Fundada em outubro de 1979, em Belo Horizonte, a MRV Engenharia é líder nacional no mercado de imóveis econômicos. Em 37 anos de atividades, vendeu mais de 300 mil unidades. É a única construtora brasileira presente em mais de 140 cidades de 20 Estados do Brasil e no Distrito Federal.

Amanhã na Galeria Bspar

Será lançando, amanhã (27), a partir das 18h30 na Galeria BSPAR, em Fortaleza, o livro Praias do Sol, do fotógrafo José Inacio Parente. O material é o resultado da expedição Praias do Sol, em que o autor percorreu o litoral nordestino para fotografar as praias e os encantos naturais desta região brasileira. Ao todo, foram mais de seis mil quilômetros percorridos tanto por terra quanto pelo ar. “Tive a coragem de viajar amarrado junto às portas abertas de um helicóptero, como um aprendiz de astronauta, frente a frente com o abismo, buscando as mais belas imagens e as mais ousadas posições. Por terra, usei automóveis, jipes, bugres, barcos e canoas para produzir as imagens,” relembra o artista.
Na expedição, foram feitos mais de 12 mil registros de paisagens como praias, dunas, rios e as pequenas vilas de pescadores. “Entrei nas casas, procurando com calma o interior das famílias e os sentimentos expressos na face das pessoas. Para fotografar o interior não podemos ter pressa e é preciso que o olhar movido pela curiosidade ceda lugar para o olhar da ternura”, pontua.
Durante o lançamento, as melhores fotografias estarão expostas para os convidados, que poderão prestigiar também a apresentação do Quarteto de Cordas da Casa Vovó Dedé. O lançamento do Livro Praias do Sol tem o apoio da Fundação Beto Studart.
Sobre o autor
José Inacio Parente nasceu no Ceará em 1942 e reside no Rio de Janeiro desde 1960. É psicanalista e trabalha no seu consultório há cerca de 40 anos. É também fotógrafo e cineasta. Com extensa obra no meio artístico, José Inacio Parente é autor de 13 livros, oito filmes, dez exposições de fotografias e curador e produtor de diversos projetos espalhados pelo Brasil.
Lançamento
Livro Praias do Sol
Quando: 27/4 (quinta) – 18h30
Local: Galeria BSPAR – Avenida Desembargador Moreira, 1300, Aldeota
Evento para convidados

Quem vai para o DFB 2017

A menos de um mês do início do Dragão Fashion Brasil (DFB) Festival 2017, que acontece de 24 a 27 de maio no Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza, evento confirma nomes importantes da moda autoral nacional. Nos quatro dias de desfiles, o público vai poder conferir as criações de Aládio Marques, Almerinda Maria, André Sampaio, Bikiny, Society, Caio Nascimento, Rendá por Camila Arraes, David Lee, Iury Costa, Ivanildo Nunes, Jeferson Ribeiro, João Paulo Guedes, Kallil Nepomuceno, Lindebergue Fernandes, Melk Z-Da, Ricciardo Gomes, Ronaldo Silvestre, VillÔ Ateliêr, Wagner Kallieno, Weider Silverio, Babado Coletivo e projeto Ceará Moda Contemporânea.
Sempre valorizando a formação e dando oportunidades às faculdades e cursos técnicos, a programação terá ainda os desfiles Comunidade Moda, Mari Andrade, Lúcio Aureo, Saldanha, Centro Universitário Estácio do Ceará, Centro Universitário de João Pessoa, Faculdade Ateneu, Faculdade Santa Marcelina, Faculdade Técnica Senai Antoine Skaf, Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade de Fortaleza (Unifor). 
Fora das passarelas, personalidades importantes da moda também participam do evento, como Alexandre Herchcovitch, que estará na programação do Dragão Pensando Moda (DPM), espaço realizado em parceria com Senac/CE que promove a troca de cultura e saberes a partir de workshops e talkshows. Herchcovitch fará um talk no dia 24 de maio. Também estão confirmados na programação do DPM Mário Queiroz, Marina de Luca, Gabriela Mazepa e Fernanda Yamamoto. 
DFB Festival 2017
O maior e mais relevante encontro da moda autoral da América Latina chega à maioridade. Celebrando 18 anos de trajetória, o Dragão Fashion Brasil (DFB) 2017 acontece de 24 a 27 de Maio, ocupando, pelo terceiro ano consecutivo, o Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza.
A partir do conceito “Viva Essa Festa”, o evento acompanha o momento de profundas transformações pelo qual a indústria da moda tem passado e anuncia uma série de mudanças estruturais. A mais importante delas é a nova nomenclatura do DFB que passa a definir-se como “Festival”, assumindo uma vocação multidisciplinar abraçada na última década. A moda, agora, sai do centro das ações para integrar uma ciranda plural que faz girar uma programação que abrange diversos aspectos da cultura, gastronomia, música e formação.
Nordeste em destaque
Para festejar os 18 anos do evento, o realizador do DFB Festival 2017, Cláudio Silveira, decidiu celebrar a própria região Nordeste como usina criativa e multicultural, símbolo máximo de resistência e superação do próprio trade. “A indústria da moda brasileira deve muito à tradição têxtil nordestina. Mesmo com tantas adversidades, a criatividade mantém-se como base das nossas confecções, que investem cada vez mais em ações inovadoras e consistentes, como o próprio DFB”, explica Cláudio.
A reverência ao Nordeste ganha força com uma decisão inédita: pela primeira vez, o casting de modelos do DFB será de origem 100% nordestina, incluindo as principais top models brasileiras e internacionais nascidas na Região, que virão ao Ceará exclusivamente para o evento.
Novidades na estrutura
Além do novo nome, o DFB Festival 2017 apresenta uma terceira sala de desfiles, montada no piso superior do Terminal Marítimo, o Pavilhão do Conhecimento, integrando a moda à programação de palestras e mesas redondas do Dragão Pensando Moda, coparceria com o Senac/Ce. 
Com line-up oficial reunindo grandes criadores autorais, novos designers e faculdades de todo o Brasil, o DFB Festival 2017 resgata a tradição de nomear as salas de desfiles com títulos que remetem à primeira década do evento. 
A Sala do Fogo, com capacidade para 800 convidados, apresentará coleções dos grandes nomes da moda autoral do Nordeste.
A Sala do Barro, também para 800 convidados, faz referência direta à riqueza do artesanato brasileiro e deve receber os desfiles com foco em tipologias e saberes do artesanato. 
O terceiro e novo espaço de desfiles, com capacidade para 600 convidados, é a Sala das Marés, que apresenta a programação mais alternativa do Festival, composta pelos desfiles do reality show Comunidade: Moda (TV Cidade/Record TV); o Projeto Tramas&Sonhos (criado por artesãs do Litoral Oeste do Ceará, com destaque para a região de Jericoacoara); Saldanha (projeto autoral de upcycling e design); além dos desfiles do Concurso dos Novos, que apresentarão coleções cápsulas de oito instituições de ensino superior e técnico do Ceará, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo.
Concurso Ceará Moda Contemporânea
Pela primeira vez, o DFB Festival 2017 apresenta o Concurso Ceará Moda Contemporânea, correalizado com o Sinditêxtil, com prêmios em dinheiro para as categorias Design, Modelagem e Costura, apostando cada vez mais no poder da indústria.
Dessa maneira, o DFB torna-se o único evento do mundo a sediar três concursos de moda para novos talentos, entre amadores, estudantes e autodidatas.
Gastronomia, economia criativa e grandes shows garantem tempero extra à animação
Os percursos do DFB através da América Latina, iniciados em 2016 com a homenagem temática à Colômbia, agora fazem escala no Peru, produtor do melhor algodão do planeta - insumo que é uma das bases da economia do país. O DFB vai fazer uma homenagem com uma exposição "Alma Peruana”, na qual reunirá imagens e números que ilustram a força econômica e cultural dessa nação.
Saindo da esfera da moda, o Peru inspira parte da programação gastronômica do Festival, que terá pratos típicos recriados pelos mais célebres chefs do Ceará e disponibilizados a preços acessíveis, em formato de comida de rua.
Ao todo, o DFB Festival 2017 reunirá 10 restaurantes, bares e bistrôs, além de 10 foodtrucks. O objetivo é garantir energia para a maratona de 43 desfiles e 7 grandes shows com artistas locais e nacionais, com sets de abertura comandados por DJs convidados. Na programação paralela, haverá ainda diversos pocket shows. 
Para quem deseja consumir moda e arte, o "Boulevard Kza do Dragão por Sebrae" é uma feira de 1.200 metros quadrados, reunindo 64 expositores, entre estilistas, designers de produto, microempreendedores e até carrinhos com típicas comidas de rua cearense, do quebra-queixo à chegadinha. 
Fomentando a economia
Para mover a máquina do DFB Festival 2017, o evento gera cerca de 1000 empregos diretos e indiretos, traz ao Ceará mais de 100 profissionais das imprensas nacional e internacional, juntamente com a imprensa local, e reúne todas as 8 faculdades e cursos técnicos de Moda e Design do Estado, que participam com seus alunos em atividades de backstage e receptivo. O DFB é o único evento a receber e qualificar, há 18 anos, todos os alunos de moda, gastronomia design, moda, marketing e comunicação do Estado do Ceará, durante os quatro dias do evento, sem nenhum custo para o participantes. 

Serviço
DFB Festival 2017
Tema: Viva Essa Festa
Data: 24 a 27 de Maio
Local: Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza
Evento Gratuito

Fortaleza em Cena

Assembleia recebe exposição sobre a história do cinema de Fortaleza
A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), por meio do Memorial Pontes Neto, abre, amanhã (27), às 10 horas, no Comitê de Imprensa, a exposição "Fortaleza em Cena – Memória dos Cinemas".
O evento de abertura contará com palestra sobre a história do cinema no Ceará, com o cinéfilo, professor e pesquisador Ary Bezerra Leite. Ex-redator de cinema no jornal Gazeta de Notícias, Ary Bezerra foi diretor do Cineclube de Fortaleza e membro fundador do Cineclube EBAP (RJ) e da Federação de Cineclubes do Rio de Janeiro.
A exposição, que segue até 19 de maio, é composta por 13 painéis e conta a história do cinema de Fortaleza, reconstituindo o caminho percorrido desde a implantação dos primeiros cineteatros, do final do século XIX, aos dias atuais. Cada painel contém três fotos. O acervo, com fotos raras, faz parte da coleção particular do pesquisador Ary Bezerra Leite.
A história mostra a efervescência cultural de uma cidade que ainda não possuía um ar de metrópole, mas imprimia em sua rotina a importância da arte cinematográfica como meio de entretenimento e instrumento de produção cultural.
São histórias como a do carpinteiro Vavá, que trabalhou durante vários anos no prédio onde funcionou o Cine Paroquial e depois, quando foi fechado, conseguiu, com suas economias, reabrir a sala de exibição, devido a sua paixão pela 7ª arte.
A curadora do Memorial Pontes Neto, Marinez Alves, observa que a última década do século XIX foi propícia a grandes mudanças e descobertas para a provinciana e tranquila Fortaleza. “Segundo o recenseamento de 1890, Fortaleza possuía cerca de 6.489 habitantes. A forma republicana emergia e, juntamente com as mudanças político-administrativas, Fortaleza, a partir de janeiro de 1891, receberia as bases para uma importante via de acesso ao novo mundo, por meio dos inventos tecnológicos, ao ser criada a Empresa Telephonica do Ceará”, relata Marinez.
A curadora ressalta que esse fato foi um divisor de águas. “Em dois de abril de 1891, através do vapor “Gregory”, foi despachado de Nova York todo o material necessário à instalação do nosso sistema de comunicação urbana. Esse fato foi revolucionário”, pontuou.
O cinema chegou a Fortaleza em 1897, trazendo os primeiros cinetoscopes de Edison, instrumento de projeção interna de filmes, inventado por William Kennedy Laurie Dickson, chefe engenheiro da Edison Laboratories, de Thomas Edison. O equipamento possuía um visor individual através do qual se podia assistir, mediante a inserção de uma moeda, à exibição de uma pequena tira de filme em Looping, na qual apareciam imagens em movimento de números cômicos, animais amestrados e bailarinas, relata Marinez Alves.
Segundo ela, “esse fato marcou o início dos espetáculos de fotografias em movimento ou cinema, em nossa capital”.
Serviço
Exposição: Fortaleza em Cena – Memória dos Cinemas de Fortaleza
Data: de 27/4 a 19/5 de 2017
Abertura: 27/4, às 10 horas.
Local: Comitê de Imprensa Assembleia Legislativa.

Morre jornalista Carlos Chagas

Comentarista Carlos Chagas morre aos 79 anos

A filha do jornalista, Helena Chagas, informou sobre o falecimento de Carlos Chagas através das redes sociais

 
    

 postado em 26/04/2017 13:16 / atualizado em 26/04/2017 13:49
Breno Fortes/CB/D.A Press


O jornalista Carlos Chagas morreu aos 79 anos, nesta quarta-feira (26/4), em Brasília. Carlos é o pai de Helena Chagas, ex-ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social no governo Dilma Rousseff. Ela avisou em sua página no Facebook sobre o falecimento. “Amigos, meu pai, jornalista Carlos Chagas, acaba de falecer. Era a melhor pessoa que conheci nesse mundo”, escreveu em um post. 

Nascido em Três Pontas, em Minas Gerais, e morador de Brasília, ele iria completar 80 anos no próximo dia 20 de maio. Carlos também era formado em Direito pela PUC-RJ. Foi um dos nomes mais expressivos do jornalismo brasileiro e professor da Universidade de Brasília (UnB) durante 25 anos. Ao longo de sua carreira, ele passou pelo Estadão, O Globo, SBT, Manchete, RedeTV, CNT, entre outros veículos de comunicação.
 
No período da ditadura militar, Carlos Chagas foi assessor de imprensa da Pre­si­dência da República no governo do general Costa e Silva, e dessa experiência nasceu o livro “A Ditadura Militar e os Golpes Dentro do Golpe: 1964-1969”. Baseado nas suas próprias memórias e nos relatos de outros jornalistas, Carlos Chagas conta os bastidores do golpe de 1964, que tirou o presidente João Gou­lart e pôs o general Castello Branco no poder.

A causa da morte do jornalista ainda não foi divulgada. 

Dia das Mães Del Paseo

Em homenagem ao Dia das Mães, o Shopping Del Paseo realiza, durante os dias 26 de abril a 14 de maio, a ação “Sonho de Mãe”, que vai sortear 10 vales-compra de R$ 5 mil. Cada R$ 150,00 em compras valem um cupom para concorrer ao sorteio.
O Posto de Troca funciona no piso L1 e L2, de segunda a sábado, das 10 às 22 horas e domingo, das 14 às 20 horas. Para aumentar as chances, de quinta a domingo, os cupons tem valor em dobro. A promoção é válida até 14 de maio e o sorteio acontece no dia 15.
Além da campanha de Dia das Mães, o Del Paseo está com a promoção Estacionamento Grátis. A cada R$ 35,00 em consumo na praça de alimentação, nos espaços gourmet, ou na loja Baby Dog, o estacionamento sai gratuitamente. A promoção é válida para os pisos S2 e S3, de segunda a sexta-feira, a partir das 18 horas, e sábados e domingos, o dia todo.
Serviço
Shopping Del Paseo
Avenida Santos Dumont, 3131
(85) 3456.5500
Facebook.com/delpaseo
Twitter e Instagram: @delpaseo

Samba Brasil

Um dos maiores eventos de samba e pagode do país está em contagem regressiva. O festival Samba Brasil 2017, está marcado para o dia 8 de julho e acontece pela primeira vez no estacionamento do Shopping Iguatemi.
E para a galera já ir entrando no clima da festa, o festival promove um ‘Esquenta do Samba Brasil’ com o grupo Tá na Mente amanhã (27), na área de convivência da expansão do Iguatemi, a partir das 18 horas.
Rony Lúcio, vocalista do grupo, vai receber os fãs para uma tarde de autógrafos, encerrando a noite com um pocket show, que promete não deixar ninguém parado. Todas as atividades são abertas ao público e têm acesso gratuito.
SERVIÇO
Esquenta Samba Brasil com tarde de autógrafos e pocket show com o grupo Tá na Mente.
Quando: Quinta-feira (27)
Hora: 18 horas
Onde: Área de convivência da expansão (Shopping Iguatemi)
Classificação: Livre
Aberto ao público. Acesso gratuito.

Calamidade Pública

video
O vereador Soldado Noélio pediu hoje estado de calamidade pública para Fortaleza por causa da chikungunya

Em junho

Fala Ciro

'Nos últimos dias tive a honra e o prazer de debater com professores, estudantes e trabalhadores brasileiros que vivem na Europa. Em encontros em universidades de Paris, Barcelona, Lisboa e Coimbra, pudemos pensar e formular sobre o Brasil.
Agradeço o carinho e entusiasmo de todos que me receberam e participaram dos eventos.'

Saúde III


Próxima terça na AL-CE

Na próxima terça-feira (dois de maio), às nove e meia da manhã, o Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) promove encontro com todos os prefeitos cearenses, no auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), para apresentar o relatório "Cada Vida Importa", com recomendações para os gestores municipais no enfrentamento da questão da violência. O documento, resultado de um grande esforço de pesquisa e entrevistas realizado ao longo de 2016, foi elaborado pelo comitê, criado pela Assembleia Legislativa e que tem como relator o deputado estadual Renato Roseno (PSOL)
Trata-se da maior e mais abrangente pesquisa feita no Ceará sobre homicídios na adolescência. Ao longo do trabalho, foram ouvidas 224 famílias de adolescentes assassinados em sete municípios cearenses: Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Maracanaú, Caucaia, Horizonte e Eusébio. A equipe de pesquisadores foi formada por 24 profissionais com mestrado, doutorado e pós-doutorado, em diversas áreas de formação. Cerca de 1.630 pessoas participaram das 11 audiências públicas realizadas durante a pesquisa.
No encontro do dia 2, os prefeitos também assinarão um pacto de adesão às recomendações do comitê, como forma de efetivar os dados do relatório e auxiliar os gestores a evitar que a violência continue fazendo tantas vítimas em nosso estado.
Serviço
Reunião de apresentação do relatório do Comitê Cearense pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência. Dia 2 de maio, às 9h30. Auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), no anexo da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. 

O Povo

Edição impressa do Jornal O POVO

Na AL-CE

Aprovado projeto de Lei que cria o Ensino Médio em tempo integral no Ceará A Comissão de Educação, da Assembleia...

Seguidores

Arquivo do blog