Pesquisar no blog

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Centro Universitário Estácio Recife

Com a presença do ministro da Educação, José Mendonça Filho, do secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado, do vice-presidente de Ensino, Hudson Mello, Do diretor de Regulação, Robson Melo, do diretor regional Nordeste, Elísio Neto, do diretor do Núcleo Recife, Kesi Sodré e da diretora do Núcleo Fortaleza, Ana Flávia, a Estácio Recife com 19 anos de atuação e uma das mais respeitadas instituições de ensino superior privado do estado, recebeu, o reconhecimento de Centro Universitário pelo MEC, passando a se chamar Centro Universitário Estácio de Recife.
Com isso, a instituição passa a ter maior autonomia para abertura e fechamento de cursos, sem necessidade de consulta ao Ministério da Educação, e torna-se reconhecida como Instituição de Ensino Superior que oferta um serviço de qualidade. No Brasil, as instituições de ensino superior são credenciadas como Faculdades, Centros Universitários ou Universidades. Cada um dos três níveis pressupõe atribuições, compromissos e graus de autonomia diferentes.
Com aproximadamente 12 mil alunos matriculados em seus cursos distribuídos em 22 áreas nas modalidades Graduação, Graduação Tecnológica e Pós-graduação em seus três campi, o Centro Universitário Estácio do Recife conta com uma infraestrutura moderna, adaptada aos portadores de necessidades especiais, e um quadro funcional de aproximadamente 500 colaboradores.
“Fatores como infraestrutura, responsabilidade social, interação com a comunidade, sustentabilidade, corpo docente, laboratórios, pesquisa e extensão, entre outros, foram analisados pelo MEC – Ministério da Educação - para aprovação do credenciamento”, afirma Kesi Sodré, diretor da instituição. “Nosso trabalho ao longo desses anos sempre foi pensando no aluno. Buscamos melhorias, fizemos investimentos e essa conquista é principalmente deles. É um passo que nos dá autonomia, mas por outro lado aumenta nossas responsabilidades”, conclui Kesi.


Hudson Mello, Robson Melo, Elísio Neto, Henrique Prado, Ana Flávia e Kesi Sodré.



Kesi Sodré com alunos na entrada da unidade 




Nenhum comentário: