quinta-feira, 6 de abril de 2017

Educação em Sobral

Visando elevar a qualidade da Educação de Sobral para níveis internacionais, a Secretaria da Educação irá elaborar um documento curricular de Ciências para a Rede Pública Municipal de Ensino. Para planejar a elaboração desse currículo, o secretário da Educação, Herbert Lima, esteve reunido, na segunda-feira (3), com a equipe da Coordenadoria de Ensino Fundamental e, via webconferência, com a professora e pesquisadora de Stanford/Lemann Center, Tatiana Hochgreb, e com o professor e pesquisador da Universidade Federal do Ceará, José Aires Castro.
“O currículo de Ciências terá como referência as melhores experiências internacionais, como currículos do Canadá e da Austrália, e novas abordagens de aprendizagem. Em paralelo à elaboração do documento, os professores serão capacitados para a implementação deste currículo. Também serão implantados laboratórios inovadores de aprendizagem em todas as escolas”, explica o secretário. O desenho do currículo de Ciências do Município será feito por um grupo de trabalho formado por professores da Rede Municipal de Ensino, com consultoria de especialistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, em parceria com a Fundação Lemann e a Universidade Federal do Ceará.
PISA
A elaboração dos currículos de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências está alinhada com a nova meta de elevação da qualidade da educação oferecida nas escolas municipais de Sobral para níveis internacionais. Para isso, Sobral adotará o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), ranking mundial de educação em ciências, matemática e leitura.
O PISA é usado para a classificação da educação nos países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo o qual o Brasil está nos últimos lugares, entre os 70 países participantes. Além de avaliar, o programa também identifica os problemas de cada sala de aula, por aluno. O desafio é elevar o patamar da Rede Pública de Ensino do município de Sobral para uma das três melhores da América Latina.

Nenhum comentário:

Seguidores

Arquivo do blog