segunda-feira, 29 de maio de 2017

Contra Serraglio

Os auditores e técnicos lotados na CGU Regional Ceará realizam amanhã, a partir das 9h30, em frente ao prédio do Ministério da Fazenda em Fortaleza, ato de repúdio à possível nomeação do deputado Osmar Serraglio para o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União-CGU. Com a notícia, os servidores suspenderam as fiscalizações previstas e estão promovendo protestos em todo o país.
O objetivo da manifestação é mostrar para a sociedade e para o próprio Governo Federal que o órgão precisa atuar de forma independente, para que os servidores tenham autonomia no combate ao desvio de recursos públicos. “É preciso que o Presidente Michel Temer reconheça a importância da CGU, responsável pela fiscalização das atividades de todo o Governo Federal, especialmente no combate à corrupção”, destaca o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon-CE), Edilberto Barreto.
Segundo ele, a ida de Serraglio para a CGU fragiliza as ações do órgão, na medida em que o deputado foi citado nas investigações da Operação Carne Fraca, que apura um esquema de pagamento de propinas envolvendo frigoríficos e fiscais do Ministério da Agricultura. Além disso, a medida evita seu retorno ao mandato de deputado federal e, com isso, seu suplente na Casa, Rodrigo Rocha Loures, mantém o cargo e a prerrogativa de foro privilegiado. "Caso deixasse o cargo de deputado, Rocha Loures poderia ser preso por decisão do ministro do STF, Edson Fachin, sem precisar de aprovação do plenário da Câmara", frisa.
Na manhã de hoje, cerca de 300 servidores da CGU lotados em Brasília realizaram manifestação contra a medida em frente ao prédio Darcy Ribeiro, sede do órgão, por acreditar que isso desgasta a imagem do principal órgão de combate à corrupção.
Ato de repúdio dos servidores da CGU
Quando: 30/05/2017, às 9h30
Onde: Ministério da Fazenda - Rua Barão de Aracati, 909 - Meireles, Fortaleza-CE.

Nenhum comentário:

Seguidores

Arquivo do blog