Fala Ciro Gomes

Amigas e amigos,
No último dia 28/04, dia em que o Brasil parou com a greve geral contra as reformas propostas pelo governo golpista, fui surpreendido com uma mentira nas redes sociais sobre uma suposta frase atribuída a mim. Refutei para todos os veículos de comunicação que me procuraram e esclareci que tudo não passou de uma grave invencionice. De todos eles, um único veículo, porém, decidiu publicar a versão fantasiosa em sua edição digital - e isso bastou para que a mentira prevalecesse sobre a verdade e diversos sites, páginas de internet e blogs reproduzissem a matéria sem realizar qualquer crítica ou apuração sobre seu conteúdo.
Todos sabem que tenho críticas claras sobre alguns agentes da vida pública brasileira. Não me furto a falar o que penso, ainda mais quando o Brasil está sendo assaltado em suas riquezas e seu povo atacado em seus direitos. No entanto, minhas críticas são sempre no campo político, econômico e de propostas para o nosso querido país. Jamais são críticas pessoais. Quem me conhece sabe também que tenho apreço, valorizo e contribuo com a luta LGBT, como foi reconhecido recentemente pela grande ativista brasileira, respeitada internacionalmente por seu trabalho pela diversidade, Camille Cabral.
Agradeço aos milhares de apoiadores que tem nos ajudado a desfazer essa mentira contra mim. Não foi a primeira e não deverá ser a última. Mas nada vai tirar o nosso foco, que é lutar por um Brasil melhor, mais digno, menos desigual e com uma democracia consolidada.
Abs,
Ciro Gomes

Comentários