Pesquisar no blog

terça-feira, 27 de junho de 2017

Ataques-I

Ucrânia, Rússia, Inglaterra, Noruega, Dinamarca e Índia estão entre os países afetados por uma nova onda de ciberataque que começou na manhã desta terça-feira, 27 de junho de 2017. Especula-se que a possível causa seja o vírus Petya, responsável por vários estragos em 2016, agora associado ao famigerado WannaCry. Até o momento os principais alvos têm sido empresas e órgãos públicos europeus, mas nada impede que o ataque se alastre e atinja outros países. 
Em termos práticos, imagina a histeria de ver seu  trabalho de um ano ou mais ir para o espaço em questão de segundos por conta de um ataque desses? O banco de dados, tão fundamental ao projeto pessoal ou à rotina corporativa, vai literalmente pro saco. E agora? Na correria do dia a dia, medidas simples de segurança são por vezes esquecidas – entre elas o bom e velho backup.
Com o crescimento do ransomware ao longo dos últimos anos, a indústria de segurança tem criado novas ferramentas para bloquear ameaças aos computadores. É o caso da tecnologia  SecurDisc 4.0, desenvolvida pela empresa alemã Nero AG. “Proteger arquivos requer firewalls e similares, e ainda assim pode não funcionar”, diz Thomas Liebhold, Diretor Internacional de Negócios da Nero. “Com o Nero Burning ROM e a tecnologia SecurDisc 4.0, a salvaguarda dos arquivos e o acesso aos dados depois de um ataque ransomware está assegurada”.
Segundo o executivo, embora backups regulares não protejam contra crimes virtuais a informações e sistemas, eles garantem que os dados sejam armazenados com segurança  e fora do alcance dos cibercriminosos. É importante que a cópia de segurança seja feita offline, uma vez que os ransomware podem também infectar dados em sistemas NAS e outros locais online. Também é altamente recomendável realizar regularmente o backup de dados particulares, confidenciais e corporativos em mídias ópticas como CDs, DVDs ou BDs.
Com o Nero SecurDisc 4.0 é possível proteger com senha os arquivos gravados e usufruir de recursos extras como adição de assinatura digital e verificação de integridade de dados. Outra ferramenta adicional é a mensagem que avisa que o disco óptico está ficando velho, assim os usuários podem regravar seus arquivos em tempo.
A versão 4.0 da tecnologia SecurDisc está integrada a outros produtos da família de software Nero, a exemplo do Nero 2017 Platinum, Nero 2017 Classic e o Nero Burning Rom 2017. Mais informações estão disponíveis no site oficial da Nero Brasil (www.nero.com/ptb).
Allameda.com - Assessoria de Imprensa 
Mauricio Bonas - mauricio@allameda.com
Renata Bosco - renata@allameda.com
Fone: 11. 3926.5580
www.allameda.com

Sobre a Nero
A Nero cria softwares que ajudam os usuários de todo o mundo a desfrutar plenamente de seus vídeos, fotos e música. A Nero oferece um pacote de software multimídia de uso bem estendido que contém aplicações potentes para a gestão multimídia, a reprodução, edição, conversão de vídeos, a sincronização de conteúdos e a gravação de discos. 
O App Nero Streaming Player te permitirá visualizar fotos, vídeos e música diretamente de teu smartphone ou tablet em teu Smart TV ou outros reprodutores audiovisuais com Wi-Fi®. Você também poderá utilizá-lo como uma unidade de controle remoto e reprodutor para o seu PC. 
O Nero TuneItIp é útil para limpar o seu PC, potente e facil de usar, fazendo com que o seu ordenador funcione mais rápido e mantenha os seus controladores e softwares atualizados. A Nero tem escritórios em Karlsruhe (Alemanhã); Yokohama (Japão) e Hangzhou (China). Mais informações podem ser obtidas em www.nero.com
A Nero e os nomes dos seus produtos são marcas comerciais, ou marcas comerciais registradas da Nero AG. Outros nomes de marcas e produtos podem ser marcas comerciais ou marcas comerciais registradas de seus respectivos proprietários e não denotam afiliação com estes, assim como tão pouco o patrocínio ou endosso de sua parte. © 2016 Nero AG. Todos os direitos reservados. 
A Microsoft e o  Windows são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da Microsoft Corporation nos EUA e em outros países.

Nenhum comentário: