Anistia para agentes penitenciários

O deputado federal Cabo Sabino (PR-CE) apresentará, em quatro de outubro, Projeto de Lei que anistia agentes penitenciários, que realizaram movimento reivindicatório neste ano de 2016. No último dia 19, o Ministério Público do Ceará (MP/CE) indiciou 10 agentes, pela greve realizada em maio, os culpando pela série de rebeliões ocorridas na mesma época, nos presídios do Complexo Penitenciário de Itaitinga, que resultou em 14 mortos.
“Como representante classista que fui e como representante dos profissionais da Segurança Pública, na Câmara Federal, não posso me calar diante de um absurdo desse. Foi um movimento reivindicatório por melhores condições de trabalho e salariais”, defende o parlamentar.
Cabo Sabino frisa que o seu projeto não visa “anistiar qualquer tipo de bandidagem”, mas “trabalhadores, homens e mulheres sérias", que, diariamente, enfrentam o caos nos presídios cearenses.
“Ao analisar a crise no sistema penitenciário do Ceará, o próprio Conselho dos Presídios do Estado do Ceará, em audiência pública, na Assembleia Legislativa, no último dia doze de agosto, afirmou que, por muito menos, se interditava um zoológico, e, agora, querem imputar aos agentes penitenciários, a responsabilidade sobre o caos nas unidades prisionais”, rechaça Cabo Sabino.

Comentários