1.675 urnas trocadas e 337 prisões no Brasil

O terceiro boletim das Eleições 2016, divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) às 11h54 de hoje, registra que 0,38% - 1.675 urnas do total de 432.959 que estão sendo utilizadas - precisaram ser substituídas.
Em números absolutos, a maior quantidade de substituição até o momento, ocorreu no Rio de Janeiro: 332 urnas. Em porcentagem, houve mais substituições em Sergipe: 1,10%, que corresponde a 72 urnas eletrônicas.
Também foram registradas 907 ocorrências com pessoas: 92 com candidatos, sendo 60 com prisão e 815 com não candidatos, das quais 337 acarretaram prisão.
Hoje, 144.088.912 eleitores vão às urnas para eleger 57.943 vereadores e os prefeitos de 5.568 municípios brasileiros.

Comentários