Ceará para os japoneses


O Ceará tem procurado, nos últimos anos, construir uma nova estratégia de desenvolvimento, focado em infraestrutura, valorização e formação profissional dentro das potencialidades que o Estado tem. A partir dessa estratégia, foi idealizado o Complexo Industrial e Portuário do Pecém e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), com o objetivo de intensificar ainda mais nosso potencial e vocação”, citou o governador Camilo Santana, durante sua apresentação para mais de 130 empresários, executivos e investidores japoneses, a convite da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil, realizado hoje, em São Paulo.

IMG
      1201 web
Na ocasião, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT) mostrou aos empresários as potencialidades, infraestrutura e a capacidade de receber investidores estrangeiros no Estado. Entre os projetos, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) foram destacados por Camilo Santana.

O chefe do executivo do Ceará falou ainda das políticas de incentivos fiscais e oportunidades que o Estado oferece nas áreas de comércio, indústria, turismo e serviços. “Não há dúvidas do nosso potencial em se produzir e investir em nosso Estado. Temos grande equipamentos, indústrias, além de um dos litorais mais visitados no mundo, além de estarmos estrategicamente bem localizados do ponto de vista geográfico. Isso tudo oferece uma vantagem competitiva quando se pensa em investir em novos países.

IMG
      1160 web
O encontro tem o objetivo de consolidar as relações comerciais e culturais entre o Brasil e Japão. Além disso, a apresentação aproveita para destacar que o perfil econômico do Estado se encaixa nos interesses de investimentos do empresariado e governo japonês no país, sobretudo para indústrias dos setores calçadista, têxtil, petroquímico, metalmecânico, agroindústria, granito e de alimentos.

"Nós sabemos das potencialidades do Ceará e ficamos muito satisfeitos em receber o governador Camilo Santana e toda comitiva cearense", citou o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil, Aiichiro Matsunaga, que é diretor da Mitsubishi Corporation do Brasil. O assessor especial de Relações Internacionais do Governo do Ceará, Antônio Bahlmann, também participou do encontro com os empresários japoneses.


Saiba mais sobre a ZPE


A ZPE Ceará é o primeiro empreendimento do gênero no Brasil. Está localizada no município de São Gonçalo do Amarante, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), a 56 quilômetros de Fortaleza. Recentemente, teve a incorporação de 1.911,04 hectares, o que permitiu a expansão de sua poligonal de 4.271,4 hectares para 6.182,44 hectares. Além da CSP, três grandes empresas funcionam na ZPE Ceará: Vale Pecém, White Martins e Phoenix do Brasil.

Saiba mais sobre o CIPP

O CIPP está localizado na Região Metropolitana de Fortaleza, com população em torno de três milhões de habitantes. Foi concebido para abrigar atividades diversas, tendo como infraestrutura e equipamentos previstos: porto, gasoduto, energia convencional e possibilidades de utilização de formas alternativas, ferrovia, correia transportadora e malha rodoviária em constante ampliação. A Área de Despacho Aduaneiro (ADA), porta de entrada da ZPE, fica a 6 km do Porto do Pecém. O CIPP foi planejado para abrigar ainda atividades industriais diversas como siderúrgicas, refinaria, usinas termelétricas, por exemplo. 

Wilame Januário
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Ascom / Governo do Cea

Comentários