Expolog 2016

Amanhã (1º), às 8h30, no auditório do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Estado do Ceará (SETCARCE), em Fortaleza, acontece o lançamento oficial da Feira Nacional de Logística/XI Seminário Internacional de Logística (Expolog 2016). Na ocasião, além da apresentação da programação do evento, o consultor em negócios Daniel Hakin conduzirá uma palestra sobre o seguinte tema: 2017- Economia e Negócios no Brasil e no Mundo. A Expolog acontece nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro de 2016, no Centro de Eventos do Ceará.
Segundo Daniel, o setor logístico tem que estar atento aos desdobramentos da economia, em especial ao mercado internacional, já que o Brasil é um grande exportar de commodities. “No lançamento da Expolog vamos fazer algumas considerações do que o empresário tem que estar atento para ter sucesso independente de a economia melhorar 100% ou 50%. Então a gente vai levantar o comportamento empresarial, incluindo a parte de marketing, a parte de gestão. É um levantamento macro do que nós estamos esperando para o próximo ano, fazendo uma relação com outros países”, comenta o palestrante. 
Logística
O cenário é de olhar bem mais à frente, segundo Hakin. Isso porque 2018 é ano de eleição presidencial e sempre mexe com a economia e a logística é um dos setores que mais sente mudanças. O consultor ainda afirma que o desempenho logístico no Brasil e no mercado internacional é fundamental para o crescimento econômico e para a competitividade. 
Estudo
Neste segundo semestre, o Banco Mundial divulgou seu estudo sobre desempenho logístico dos países. Nele, o Brasil aparece na 55ª posição, dez colocações acima do último levantamento feito em 2014. O estudo é feito a cada dois anos e leva em consideração fatores, como a infraestrutura das estradas e portos, procedimentos alfandegários, prazos de entrega e eficiência de rastreamento. Mesmo com essa crescente o país segue atrás de economias emergentes, como a Índia (35º), China (27º), e países vizinhos, como Chile (46º) e Panamá (40º). A Alemanha lidera a pesquisa, seguida por outros países desenvolvidos, como Luxemburgo, em segundo, e a Suécia em terceiro. 
Expectativa
O setor logístico ainda segue na expectativa de mais investimentos no setor, como já divulgado pelo governo federal, através do Programa de investimento em Logística (PIL 2), que prevê investir nos próximos anos mais de R$ 100 bilhões no segmento (ferrovias, rodovias, portos e aeroportos).

Comentários