Gratificação de risco

Servidores da Saúde do Ceará, acompanhados de dirigentes do Sindsaúde comemoram a aprovação da mensagem 98/16, na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), que retorna as gratificações por risco de vida e a gratificação pela Execução de Trabalho em Condições Especiais, concedida aos servidores que trabalham no Hospital São José para os mesmos patamares praticados até dezembro de 2012.
A gratificação por Risco de Vida, que foi reduzida para 8% voltar a ser de 20%, e a gratificação pela Execução de Trabalho em Condições Especiais, que baixou para 16%, retorna aos 40%. A aprovação foi realizada por unanimidade.
O retorno das duas gratificações e a retomada das negociações a partir de fevereiro de 2017 foram as condições para que os servidores encerrassem a greve em junho deste ano.
Para que a mensagem fosse aprovada, o Sindsaúde mobilizou a categoria e pressionou o Governo do Estado, com ações tanto no Palácio da Abolição quanto na AL-CE, com o objetivo de sensibilizar os deputados para a aprovação da mensagem. Pela mensagem aprovada na AL-CE, as gratificações tem efeito retroativo a agosto de 2016.

Comentários