Labiopalatinas

Na sexta-feira (28), a partir das 8 horas, o Hospital Infantil Albert Sabin, da rede pública do Governo do Estado, receberá crianças e adolescentes com idade até 17 anos para a seleção de 70 pacientes que participarão da Operação Sorriso. Voluntários do programa humanitário, em parceria com profissionais do Albert Sabin, realizarão o mutirão de cirurgias labiopalatinas pela 21ª vez em Fortaleza. “O Albert Sabin, mais uma vez, recebe a Operação Sorriso de braços abertos. Serão disponibilizadas quatro salas do Centro Cirúrgico, além de um grupo de profissionais capacitados para atuarem junto aos membros da operação. E o que nós esperamos é mais um ano de metas cumpridas e transformação na qualidade de vida desses pequenos pacientes”, diz a enfermeira do Albert Sabin e porta-voz da Operação Sorriso no hospital, Daura de Queiroz Porto.
As cirurgias este ano ocorrerão entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, no Hospital Albert Sabin, que fica na Rua Tertuliano Sales, 544, bairro Vila União. Para participar, basta comparecer à seleção no dia 28, levando documentos de identificação do paciente e também do responsável. Pacientes e mais um familiar que residam fora de Fortaleza poderão solicitar hospedagem gratuita no dia da seleção. Para o deslocamento até o hospital, será disponibilizando também transporte gratuito e alimentação sem custo aos pacientes. Ainda no mesmo dia, haverá também a avaliação pós-operatória dos 72 pacientes que fizeram as cirurgias de lábio leporino e fenda palatina na Operação Sorriso 2015.
Ao todo, 50 voluntários de diferentes regiões do Brasil e também de outros países participarão da 21ª Operação Sorriso em Fortaleza. “Apenas aqui em Fortaleza já operamos quase duas mil pessoas nesses últimos 21 anos. Além disso, foi na cidade onde realizamos nossa primeira missão no Brasil, por isso a população já nos conhece e confia no nosso trabalho”, explica Ana Stabel, diretora-executiva da Operação Sorriso.
Referência para todo o Estado do Ceará, o Hospital Infantil Albert Sabin promove há 21 anos a reabilitação de crianças e adolescentes com fissuras labiopalatais, mais conhecidas como lábio leporino e fenda palatal. “O Albert Sabin já realiza as cirurgias fissuras labiais e palatais regularmente. A Operação Sorriso fortalece ainda mais esse trabalho. É sempre muito bom poder contar com essa parceria”, fala Daura Porto. Em média, 20 cirurgias para correção de fissuras labiopalatal são realizadas por mês no hospital. O atendimento acontece no Núcleo de Atendimento Integrado ao Fissurado (Naif), do Hospital Albert Sabin, que funciona todas as quintas-feiras, das 7 às 12 horas. O Naif tem uma equipe multiprofissional, que inclui fonoaudiólogos, pediatras, psicólogos, assistentes sociais, cirurgiões plásticos, dentistas e geneticista. Para obter mais informações, basta ligar para o telefone 3101-4214.
Fissuras labiopalatinas - Lábio leporino é uma fenda, abertura, no lábio superior. Há vários graus de comprometimento do lábio desde uma espécie de cicatriz nos casos mais simples, uma abertura parcial, ou total de toda espessura do lábio. Pode ser ainda de um lado só ou dos dois lados. Sempre acompanha uma deformidade da asa nasal de maior ou menor intensidade. Fissura palatina é uma fenda, abertura, no palato (céu da boca). Pode ser somente uma separação da úvula (campainha), uma fenda que separe o palato mole ou que atinja também o palato duro. Essa abertura comunica a boca com o nariz.
As consequências da fissura labiopalatal na vida de uma criança vão além da estética. Podem causar problemas auditivos, infecções crônicas, má nutrição, má formação da dentição e dificuldades no desenvolvimento da fala. Frequentemente observa-se o abandono escolar e a baixa da autoestima, ocasionando também problemas psicológicos.
Serviço
Operação Sorriso
Dia de seleção dos pacientes: 28 de outubro de 2016
Horário: a partir das 8 horas
Datas das cirurgias: 30 de outubro a 2 de novembro de 2016
Informações: (85) 3101-4212
Local: Hospital Infantil Albert Sabin - Rua Tertuliano Sales, 544, Vila União

Comentários