FNE Sol

O sol é uma importante fonte de energia que pode suprir a crescente demanda energética em todo o mundo e o Brasil tem um grande potencial fotovoltaico. Mas, o custo para a compra dos equipamentos e a falta de crédito com juros baixos para o financiamento sempre foram barreiras para o crescimento do setor. 

No Nordeste, porém, um acordo de cooperação entre a Federação das CDLs do Ceará (FCDL-CE), a CDL de Fortaleza, a Coelce e o Banco do Nordeste será assinado, no próximo dia 03 de novembro, às 18h, no auditório da CDL de Fortaleza, com o objetivo de divulgar a nova linha de financiamento à micro e à minigeração distribuída de energia elétrica: o FNE Sol.

Com o novo produto, segundo o presidente da FCDL-CE, Freitas Cordeiro, empresários do setor varejista poderão financiar a compra de equipamentos para a geração de energia elétrica por meio da energia solar, contemplando geradores de energia, inversores, materiais auxiliares e instalação.

“Com a alta nos preços da energia elétrica tradicional, investir em energia solar tornou-se uma opção boa e segura quanto a taxa de retorno do investimento”, explica Freitas Cordeiro, lembrando outras vantagens como a taxa de juros do banco, que é fixa e não acompanha o reajuste dos preços da energia.   

Além do retorno financeiro da instalação, resultado da economia na conta de luz, o empresário chama atenção para a baixa manutenção do sistema solar e a preocupação em atender as necessidades dos associados sem deixar de contribuir com o meio ambiente. “A energia solar é totalmente limpa. E nós estamos celebrando também uma parceria com a Coelce, uma vez que o sistema solar funciona em consonância com a rede da concessionária”. 

Acesso ao crédito 
O FNE Sol é destinado a empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações. Podem ser financiados sistemas completos com o prazo de pagamento de até 12 anos, com até um ano de carência; financiamento de até 100% do investimento; e bônus de adimplência de 15%.

De acordo com o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, a linha de financiamento é resultado de um esforço do governo para impulsionar a geração solar fotovoltaica no País. “E o empresário só tem a ganhar com essa adesão, porque o financiamento é compensado pela redução do consumo de energia tradicional e, depois, tem-se diminuição significativa dessa despesa”, conclui. 


Serviço Assinatura do Acordo de Cooperação entre Banco do Nordeste, FCDL-CE, CDL Fortaleza e Coelce. 
Data: 3 de novembro de 2016
Horário: 18h30
Local: Auditório da CDL de Fortaleza (Rua 25 de Março, 882 – Centro)

Comentários