Música

O que o mercado da música tem a oferecer aos jovens em formação na área? A pergunta está no centro dos debates do 3º Encontro Jacques Klein, promovido pelo Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF), nos dias 25 e 26 de novembro, na Casa de Vovó Dedé e Casa José de Alencar. O evento pretende reunir educandos, professores e profissionais de projetos de música, em especial os que integram a Plataforma Sinfonia do Amanhã, que se constitui em uma rede colaborativa de instituições e atores da música. 
O Seminário Música e Sociedade: os desafios da educação musical no Ceará abre a programação do Encontro, dia 25 de novembro, na Casa de Vovó Dedé. O evento será voltado a gestores e educadores com o intuito de promover a troca de experiências sobre propostas pedagógicas de cada instituição que compõe a Plataforma Sinfonia do Amanhã. O tema do seminário é Metodologias de ensino de música para crianças e jovens. 
Produção musical, uso das tecnologias, mercado de trabalho, comunicação e empreendedorismos estarão em pauta durante a programação do dia 26, na Casa José de Alencar. Na palestra de abertura, o DJ Guga de Castro parte da interrogação - "Música: que negócio é esse?" - para discorrer sobre a produção musical contemporânea. 
O público alvo são os educandos e profissionais dos projetos da Plataforma, que terão a oportunidade de participar de oficinas sobre os temas: Podcast - conhecendo as rádios de internet; descobrindo habilidades; som e imagem em plataformas audiovisuais; mercado de música; e comunicação transmídia. (Confira abaixo a programação completa) 
O 3º Encontro Jacques Klein também será uma oportunidade de estimular o protagonismo dos adolescentes por meio da Feira de Projetos, onde os grupos apresentam as iniciativas das suas instituições. Cerca de 120 alunos, de aproximadamente 18 instituições, irão participar do evento, que será finalizado com um grande ensaio geral. 
Histórico
A ideia de promover anualmente o Encontro Jacques Klein surgiu do desejo do IBLF de aproximar instituições que se dedicam à formação musical e promover maior integração entre profissionais e estudantes da área de música. O Instituto Beatriz e Lauro Fiuza desenvolve programas de formação musical, esportiva e cidadã, de forma a contribuir com o desenvolvimento de crianças e jovens de Fortaleza.
Na primeira edição, em 2014, o foco do encontro foi a troca de experiências entre organizações não governamentais sobre a gestão de projetos sociais. O segundo evento, realizado em 2015, foi voltado à formação musical e contou com a presença de professores e coordenadores dos cursos de música da Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará e Instituto Federal do Ceará.
Programação
25/11 - Seminário Música e Sociedade: os desafios da educação musical no Ceará
Tema: Metodologias de ensino de música para crianças e jovens
Público: gestores, coordenadores e professores dos projetos da Plataforma Sinfonia do Amanhã. 
Local: Casa de Vovó Dedé. Rua Jerônimo de Albuquerque, 445 - Barra do Ceará.
Horário: 14 às 19 horas 
26/11 - 3º Encontro Jacques Klein: ampliando horizontes musicais
Público: educandos e profissionais dos projetos da Plataforma Sinfonia do Amanhã. 
Local: Casa José de Alencar. Avenida Washington Soares, 6055 / Messejana.
Horário: 8h-17h30
Programação
8h-9h: Credenciamento. 
9h-9h15: Abertura. 
9h15-11h: Palestra de abertura com DJ Guga de Castro. Tema: Música: que negócio é esse? 
11h-12h: Feira de projetos. 
12h-13h30: Almoço e jam session.
13h30-16h30: Oficinas:
Podcast - Conhecendo as rádios de Internet, com Rodolfo Ricardo (IBLF). A oficina mostra as possibilidades de criação de um programa de rádio para Internet. Quais as formas de captação e edição de áudio e como os programas são disponibilizados aos ouvintes são temas abordados. 
Descobrindo Habilidades, com Emanuelly Oliveira (Social Brasilis). Uma jornada lúdica para o descobrimento de habilidades pessoais empreendedoras para a transformação e realização de sonhos através de jogos cooperativos e dinâmicas de grupos.
Som e Imagem em Plataformas Audiovisuais / Helton Vilar (Casa de Vovó Dedé). A oficina propõe refletir sobre as possibilidades técnicas e estéticas da polifonia, construída entre imagem, música e som. Compreender a evolução da linguagem e narrativas audiovisuais através de obras do cinema e publicidade, observando e analisando os elementos sonoro visuais, são parte da abordagem desta oficina.
Mercado de Música, com Lorena Nunes. A oficina pretende abordar questões de ordem prática para quem pretende viver de música, como o que o profissional deve ter em mãos para apresentar o seu trabalho. O que é necessário ter organizado para o relacionamento com o contratante ou para escrever projetos em editais, por exemplo, buscando desmistificar alguns tabus e construir um projeto pessoal com mais profissionalismo. 
Música e Comunicação Transmídia, com Paulo Amoreira (Malemolência). Apresentação das possibilidades comunicacionais da música associadas às convergências tecnológicas proporcionadas pelas novas mídias, no campo das artes e do entretenimento. 
16h30-17h30: Encerramento - ensaio aberto com todos os participantes.

Comentários