'AbrAço Feliz'

Durante o mês de dezembro, o Grupo Aço Cearense realiza mais uma edição da campanha “AbrAço Feliz”. A ação é uma realização do Instituto Aço Cearense, instituição sem fins lucrativos, responsável por todas as ações de cunho social, educacional, esportivo e ambiental do Grupo, e tem como objetivo levar um pouco de alegria para crianças em situação de risco social, por ocasião do período natalino. Cerca de 300 crianças de instituições beneficentes escreveram cartinhas com seus desejos e o Instituto Aço Cearense recolheu e as disponibilizou em árvores de Natal na Aço Cearense Comercial, Aço Cearense Industrial e SINOBRAS. “Estamos aqui reconhecendo o verdadeiro sentido de Natal”, deu as boas vindas a presidente do Instituto Aço Cearense, Rosemeire Matos, durante o primeiro evento de entrega, na Aço Cearense Comercial.
A manhã festiva contou com apresentação musical e muitos sorrisos de crianças de menos de um ano até as mais grandinhas, com 12 anos, das instituições: Associação Escola de Campeões, Pequeno Cotolengo Dom Orione e Creche Amadeu Barros Leal. O colaborador Vinicius Sampaio foi um dos padrinhos e exaltou a alegria que foi realizar o sonho de sua apadrinhada, Edlayny, de apenas seis anos, “é muito gratificante pra gente e eu que tenho três filhos pequenos, me coloco no lugar, sinto a mesma satisfação. Esse olhar para o outro é uma das coisas mais bonitas nessa época do ano”, conta. Edlayny ganhou uma bicicleta, assim como Edberto, de 8 anos, que já sabia andar em uma, mas faltava ter a sua. O sorriso dele falou mais do que as palavras.
No dia 13, a entrega dos presentes foi na Aço Cearense Industrial. Hoje (15), será no Instituto Pequeno Cotolengo Dom Orione. E, fechando a programação, amanhã (16), em Marabá, onde a SINOBRAS, siderúrgica do Grupo, está instalada, contemplando também o Instituto Hosana Lopes de Abreu, que contribui na transformação de vidas de crianças, adolescentes e jovens residentes no bairro Liberdade e adjacências, por meio da realização de programas e projetos na área de educação, tecnologia, comunicação, esporte, meio ambiente, assistência social e cultura.

Comentários