Mercado externo

Em momentos de crise e de um cenário desafiador na economia do país​, as empresas precisam estar atentas às oportunidades também no mercado externo. ​​O Ceará criou, em 2015, a Câmara Temática de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro para estimular as exportações. A estratégia reflete a tendência do Governo Federal ao lançar o Plano Nacional da Cultura Exporta­dora (PNCE), em 2016. Além do estímulo, o profissional do comércio exterior deve estar preparado para entender​ os diversos cenários encontrados no mercado internacional, como​, por exemplo, a política econômica norte-americana a partir do governo de Donald Trump, ou a agressiva política chinesa de exportações.
Nesse cenário, muitas empresas​ ​​cearenses ainda carecem​ ​​de profissionais capacitados para atuar no comércio exterior. Uma boa oportunidade de se​ ​​preparar para um cenário mais promissor em 2017​ ​é o curso de extensão “Economia, Finanças e Aduana no Comércio Internacional”, que está com inscrições abertas até 26 de janeiro.
​​A capacitação será ministrada por Marcelo Lettieri, Auditor-Fiscal da Receita Federal, Doutor em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e professor colaborador e pesquisador da Universidade Federal do Ceará (UFC); Marcelo Maciel, Auditor-Fiscal da Receita Federal e vice-presidente da Comissão Regional de Alfandegamento da 3ª Região Fiscal – Ceará, Piauí e Maranhão; e Helder Costa da Rocha, Auditor-Fiscal da Receita Federal e Inspetor-Chefe da Alfândega do Porto de Fortaleza, de 2009 a 2013. ​
O curso, promovido pela Universidade de Fortaleza (Unifor), terá 120 horas/aula,​ e será realizado​ ​entre 6 de fevereiro a 11 de abril de 2017 com aulas de segunda a quinta, de 18h30 às 22h30. As inscrições podem ser feitas no link: http://bit.ly/2hkkd0i.​ Informações pelos fones (85) 3477.3114 / 3174 / 3178. Uma das facilidades é que não há pré-requisitos de formação para participação no curso, que pode reunir profissionais já atuantes na área ou interessados na temática.
Dentre os objetivos do curso estão:
· Capacitar o profissional a exercer as funções relativas ao comércio e às finanças internacionais, em organizações públicas ou privadas;
· Capacitar o profissional a exercer funções relacionadas ao despacho aduaneiro de importação e exportação e a executarem atividades relacionadas a regimes aduaneiros;
· Capacitar o profissional a exercer as funções relacionadas ao alfandegamento de recintos autorizados às atividades de logística no comércio exterior e à instalação e operação de Zonas de Processamento de Exportações - ZPE;
· Dar ênfase às necessidades de mercado e incorpora questões essenciais do conhecimento avançado, teórico e prático, sobre a economia, o comércio e as finanças internacionais.

Comentários