Intercâmbio em Israel

O Banco do Nordeste levará três empreendedores de startups da Região para intercâmbio de uma semana em Israel, país considerado polo mundial de inovação. Serão selecionados projetos que foquem uso eficiente e reuso de água, smart cities (cidades inteligentes) e uma terceira iniciativa de tema livre, definidos por chamada pública, com inscrições abertas.
Os interessados podem se inscrever até três de março pela internet na página do Hub Inovação Nordeste (Hubine), iniciativa do BNB para fomento à inovação: hubine.bnb.gov.br.
O presidente do Banco, Marcos Holanda, o economista–chefe, Luiz Esteves, e o inovador-chefe da instituição, Eduardo Gaspar acompanharão os empreendedores selecionados na viagem, a partir de 21 de abril. Após o período de intercâmbio, os selecionados ficarão residentes no Hubine, em Fortaleza (CE), com acesso a escritório compartilhado e repassarão a metodologia utilizada no programa a outras startups.
"A integração entre startups nordestinas e israelenses vai transformar conhecimento em negócios de maior valor agregado, quem gerem maior oferta de emprego e riqueza. Israel é modelo mundial de experiências de sucesso no fomento à inovação, principalmente relacionadas ao uso de água, que podem atender demandas históricas da nossa Região", confia Marcos Holanda.
Podem se inscrever startups dos estados nordestinos e norte de Minas Gerais e Espírito Santo, formadas por dois ou três empreendedores - apenas um por empresa fará o intercâmbio. Para a seleção, serão considerados critérios como potencial de impacto da iniciativa na Região, grau de inovação, oportunidade de mercado, plano de negócio e viabilidade técnica e econômica.

Comentários