Raios

A Enel Distribuição Ceará informa que registrou, por meio do Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, em 2017, 9.774 raios no Ceará até hoje (17). Mesmo antes de o mês de fevereiro ter se encerrado, o número já representa mais do que o dobro do primeiro bimestre de 2016, quando houve registros de 4617 raios.
Até aqui, Granja foi o município com a maior incidência de raios no Ceará (808); seguido de Parambu (624) e Santa Quitéria (358). Em fevereiro, já foram registradas 2.206 descargas elétricas. O dia com maior incidência de raios no mês foi o último domingo (12), quando houve 637 raios.
Monitorar as descargas atmosféricas no Ceará é um trabalho feito pela Enel por meio do seu Centro de Controle do Sistema (CCS). A atividade tem o objetivo de acompanhar e orientar as equipes de manutenção do estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas. O Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas foi desenvolvido com a finalidade de identificar o local de queda do raio na rede elétrica, prever tempestades e, consequentemente, minimizar o tempo de atendimento.
O Sistema de Monitoramento de Raios, com acesso gratuito e ilimitado pela internet (http://www.zeus.iag.usp.br/coelce_estat/index.php), oferece informações sobre o número de descargas atmosféricas e a situação do tempo em todo o Brasil.
Cuidados dentro de casa durante tempestade
· Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;
· Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;
· Evitar consertos de instalações elétricas;
· Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.
Cuidados fora de casa durante tempestade:
· Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;
· Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Comentários