Meio Ambiente

A iniciativa é uma parceria entre o Estado e a empresa C. Rolim Engenharia
Governo do Ceará inicia o plantio de mais de 40 mil mudas nas áreas degradadas do Parque do Cocó
Os visitantes do Parque do Cocó, além das tradicionais atividades de lazer do Projeto Viva o Parque, promovido pelo Governo do Ceará, através da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) puderam viver uma experiência diferente neste 12 de março.

Simbolicamente 40 mil mudas começaram a ser plantadas em áreas específicas do Parque do Cocó comprometidas pelo desmatamento. A iniciativa faz parte de termo de cooperação assinado entre o Estado, através da Sema, e a Empresa C.Rolim Engenharia. O plantio vai acontecer ao logo dos próximos quatro anos.

WEB MVS1766O termo de cooperação foi assinado durante solenidade com a presença do governador Camilo Santana. “Com esta iniciativa, nós vamos recuperar as áreas degradadas do Cocó chamando também a iniciativa privada para esta responsabilidade, esta parceria com a C.Rolim Engenharia é importante porque ela doa essas 40 mil mudas para o maior patrimônio ambiental de Fortaleza. Uma contribuição social, ambiental e um presente para a cidade”.

Camilo Santana anunciou ainda que vai assinar o decreto que regulamenta o Parque do Cocó nos próximos meses. “Abrimos diálogo com a Prefeitura de Fortaleza, a iniciativa privada, os movimentos sociais e a Secretaria de Patrimônio da União para a confirmação de um Pacto pelo Cocó que vai também salvar o Rio Cocó da degradação e vamos precisar de muitas parcerias para viabilizar este Parque, que será um dos maiores do mundo”, afirmou.


Plantio

WEB MVS1798Acompanhado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, do secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, e do presidente da C.Rolim Engenharia, Pio Rodrigues, o governador Camilo Santana fez o plantio simbólico das primeiras mudas.

O secretário Artur Bruno afirmou que o Programa Ceará Mais Verde tem a meta de plantar mais de 70 mil árvores. Destas, 40 mil serão plantadas pelo Grupo C.Rolim com a assessoria dos técnicos da Sema. “Para o Estado é muito importante a parceria com a iniciativa privada e este exemplo iniciado pode ser seguido por outras empresas. As 40 mil mudas serão plantadas às margens do Rio Cocó ao longo dos próximos quatro anos, sendo 10 mil por ano.”

WEB MVS1689E durante o evento, foram distribuídas 500 mudas para quem estava no Parque. O casal Natália Macedo e Stênio Pinheiro estavam com o filho. Era o momento de ensinar a ele valores como o da preservação ao meio ambiente e da valorização dos espaços da cidade. “Trazer a família para o Parque é uma maneira de resgatar as nossas origens e orientar os nossos filhos que é necessário preservar a natureza e saber conviver com ela”,  afirmou o tecnólogo.


WEB MVS1650Rogério Teixeira, aposentado, e Célia Torres, bancária, também costumam visitar o Parque do Cocó aos domingos e agora vão levar a mudinha de ipê para o sítio da família. “É muito bom que esta geração esteja se preocupando com a preservação do meio ambiente, se a gente não compartilhar essas iniciativas, certamente teremos um futuro comprometido”, afirmaram.

WEB MVS1667E a professora de Biologia Cenira Alexandre Santiago também comemorou a iniciativa do plantio de novas mudas e levou uma para casa. “Precisamos de mais verde em nossa cidade e temos também que fazer a nossa parte. Acho isso fantástico”.

Também compareceram ao evento, o secretário chefe de gabinete do governador, Élcio Batista, a secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França, o secretário de Política sobre Drogas, Marcelo Uchoa, os deputados Raimundo Gomes de Matos e Danilo Forte (federais), Jeová Mota, Tin Gomes e Carlos Matos (estaduais), além de lideranças empresariais diretores da C.Rolim Engenharia.
Árie das Águas Emendadas dos Inhamuns reúne Conselho Consultivo
A Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Árie das Águas Emendadas dos Inhamuns, realizou na última quinta-feira (09/03), no Campus da Universidade Estadual do Ceará, em Tauá, a 1ª Reunião Ordinária do Conselho Consultivo. Na ocasião, houve apresentação do Zoneamento Ecológico-Econômico das áreas suscetíveis à desertificação da região de Irauçuba e dos Inhamuns, A apresentação foi feita pelos técnicos da Funceme, Ana Maria e Manuel Rodrigues. Os integrantes do Conselho definiram, também, o plano de trabalho da Semana da água e da Árvore 2017. O prefeito de Tauá, Carlos Windson, se dispôs a colaborar na conservação e divulgação da unidade de conservação.

Além da SEMA, participaram as seguintes instituições:  Secretaria do Meio Ambiente de Tauá, Secretaria de Educação de Tauá, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará, Universidade Estadual do Ceará - UECE, Instituto Federal do Ceará - IFCE Campus Tauá, Superintendência Estadual do Meio Ambiente - Semace, Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - Funceme, Comitê da Bacia do Banabuiu, Comitê da Bacia do Alto Jaguaribe, Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns e Sertões de Crateús, Fundação Senhor Pires - Independência, ADAARI, STRAF Pedra Branca, e uma turma do curso de Biologia da referida instituição.
APA do Lagamar do Cauípe e Estação Ecológica do Pecém celebram Dia da Mulher
A SEMA, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade (COBIO), em 8/3, realizou a comemoração do Dia das Mulheres, com práticas socioambientais compartilhadas entre as Unidades de Conservação APA do Lagamar do Cauípe e Estação Ecológica do Pecém. O evento contou com a participação dos discentes do Curso de Paisagismo da Escola Estadual de Educação Profissional Professor Antônio Valmir da Silva, Instituto de Meio Ambiente do Município de Caucaia (IMAC) e Barraca do Natali/Cauípe.
Num primeiro momento, foram desenvolvidas, na APA do Lagamar do Cauípe as seguintes atividades: aula de campo na Barra do Cauípe; palestra com a orientadora das UCs, Aline Parente, sobre “As Unidades de Conservação e o Meio Ambiente”; apresentação do Projeto de Paisagismo da Barra do Cauípe pelos alunos do Curso de Paisagismo; distribuição de camisas, bonés, folders educativos, sacolas veiculares e lanches. Em seguida, houve visita à sede da Estação Ecológica do Pecém, com a explanação sobre a Unidade de Conservação, a exposição do banco de sementes e momento de vivência ambiental sobre a importância da preservação do Meio Ambiente.
Celebrando o Dia Internacional das Mulheres foi realizada distribuição de mudas de ipê amarelo às participantes, com o objetivo de incentivar a prática de plantio de mudas, investindo no aspecto simbólico de “valorizar os bons frutos que podemos ter nas relações com as mulheres que nos cercam e que são tão importantes para a nossa vida: nossas mães, filhas, companheiras e colegas de trabalho, entre tantas outras”.
SEMA participa de monitoramento na APA do Rio Pacoti
A SEMA, por meio da gestora da APA do Rio Pacoti, Luzilene Sabóia, participou, dia 3 de março, de um monitoramento em trechos da Poligonal da APA do rio Pacoti, iniciando na COFECO até o limite da APA com o corredor ecológico do rio Pacoti, na ponte velha no Aquiraz. Luzilene, que é da Coordenadoria de Biodiversidade (COBIO), esteve acompanhada do prof. Dr. Marcelo Freire Moro, do LABOMAR/UFC; de Laymara Xavier, aluna do curso de Ciências Ambientais e de Paulo Pereira, morador da região.
Foram visitados ecossistemas do Porto das Dunas, onde foram registradas algumas espécies presentes nas dunas fixas, matas de tabuleiro, manguezais e beira de praia. O trabalho é uma parceria entre a SEMA e o LABOMAR, buscando o envolvimento da academia em trabalhos futuros naquela APA.
Foi verificado também a grande quantidade de lixo (resíduos sólidos) próximo ao estuário e ocupação em áreas de preservação permanente. A APA do Rio Pacoti foi criada através do Decreto Estadual Nº 25.778, de 15 de fevereiro de 2000, com 2.914,93ha, inseridos nos municípios de Fortaleza, Eusébio e Aquiraz.
SEMA participa de reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Litoral
A Secretaria do Meio Ambiente - SEMA, por meio da gestora Aline Parente, da Estação Ecológica do Pecém da Coordenadoria de Biodiversidade – COBIO, participou dia 23 de fevereiro da 38° Reunião Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Litoral /CBH Litoral, realizada pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Gerência de Pentecoste, no Auditório do Núcleo de Informação Tecnológico – NIT, no município de Itarema/CE.
Na ocasião foram discutidas as seguintes pautas: Formação da Comissão Eleitoral para eleição da diretoria; Prognóstico da FUNCEME; e Lixões nos municípios: Será uma ameaça aos recursos hídricos?
SEMA participa do projeto "Beberibe Ambiental" 

A Secretaria do Meio Ambiente - SEMA, por meio da gestora Aline Parente, da Estação Ecológica do Pecém da Coordenadoria de Biodiversidade – COBIO, participou dia 23 de fevereiro da 38° Reunião Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Litoral /CBH Litoral, realizada pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Gerência de Pentecoste, no Auditório do Núcleo de Informação Tecnológico – NIT, no município de Itarema/CE. 
 
Na ocasião foram discutidas as seguintes pautas: Formação da Comissão Eleitoral para eleição da diretoria; Prognóstico da FUNCEME; e Lixões nos municípios: Será uma ameaça aos recursos hídricos?
Dica de Sustentabilidade
Aproveite a água da chuva, capte a água das chuvas através de calhas e use-a para regar seu jardim ou limpar sua casa.
SEMA participa de Colóquio sobre Bioma Caatinga no IFCE/Quixadá
Nesta quinta (9/3), 9h, o secretário Artur Bruno, junto com a gestora dos Monólitos de Quixadá, Leyla Barros, participou da abertura do I Colóquio de Estudos Ambientais do Bioma Caatinga, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, em Quixadá. O evento serviu para consolidar a parceria entre a SEMA e o IFCE.
Bruno abordou a relevância do evento para região do semiárido do Sertão Central, ressaltando as práticas educativas de conservação da caatinga. Explicitou os trabalhos e competências da SEMA, em articulação com a SEMACE e das ações da SEMA nas Unidades de Conservação (Ucs).
O titular da SEMA falou das particularidades do Monumento Natural Monólitos de Quixadá, deixando claro que é do interesse da Secretaria firmar pactos de cooperação com prefeituras – sobretudo secretarias de Educação e Meio Ambiente – e demais instituições do meio acadêmico, empresarial e outras que tenham esta competências frente às questões ambientais para gerenciar as UCs. “Temos poucos recursos, mas quando nos unimos com outras entidades, estes recursos se multiplicam”, falou.
Informou ainda sobre o andamento do Plano de Manejo dos Monólitos de Quixadá e da importância do Grupo de Trabalho sobre o açude do Cedro. Estavam presentes estudantes de graduação de faculdades e universidades de Quixadá; professores da UFC-Quixadá do Curso de Engenharia Ambiental do IFCE-Quixadá, além de representantes das secretarias de Educação e Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Quixadá.
SEMA participa da Reunião Ordinária do Plano de Área do CPP 
SEMA, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade (COBIO), participou da 1a Reunião Ordinária do Plano de Área do Terminal, realizada no dia 7 de março, no Auditório da Cearáportos, na Esplanada do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, através da gestora Aline Parente, da Estação Ecológica do Pecém. A reunião definiu ações e atores envolvidos, quanto ao atendimento a emergências relacionadas ao óleo na costa oeste cearense. Por meio das definições deste plano é que as ações poderão ser aplicadas com efetividade, a fim de minimizar possíveis prejuízos ao meio ambiente e saúde da população. Foram debatidaainda as seguintes pautas:
* Apresentação do cronograma de reuniões para 2017;
* Atualização da última versão do PEI do Terminal e abertura para os demais apresentarem o andamento de seus planos;
* Apresentar o Plano de Área às empresas convidadas, como sugestão para elaboração do PAM;
* Apresentação do cronograma de simulados do PEI do Terminal como proposta de simulados do PA.
SEMA realiza I Oficina do Projeto Orla em Trairi 
A Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento Sustentável (Codes) realiza nos dias 13, 14 e 15 de março a I Oficina do Projeto Orla, no Centro de Promoções Turísticas Ambientais, no município de Trairi. O principal objetivo é fortalecer a capacidade de atuação e articulação de diferentes atores do setor público e privado na gestão integrada da orla.
O projeto também desenvolve mecanismos institucionais de mobilização social para a sua gestão integrada e estimula a atividades socioeconômicas compatíveis com o desenvolvimento sustentável das áreas litorâneas.
Como um dos instrumentos de gestão da orla marítima, os municípios deverão elaborar o Plano de Gestão Integrada – PGI, tendo como base o reconhecimento das características naturais, nos tipos de uso e ocupação existentes e projetados. O Plano será elaborado em conformidade com o planejamento federal e municipal da zona costeira.
O Projeto Orla é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente -MMA, em parceria com a Superintendência do Patrimônio da União -SPU que busca contribuir, em escala nacional, para a aplicação de diretrizes gerais de disciplinamento de uso e ocupação da orla marítima.
Bruno participa do lançamento do Projeto Cidadão Sustentável, em Caucaia
A convite da Escola Municipal Manoel Rocha, o Secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, participou nesta manhã (7), do lançamento do Projeto Cidadão Sustentável – Multiplique essa Ideia, que aconteceu na Escola Gonzaga Mota, em Caucaia. A Escola Manoel Rocha é a única escola municipal no Ceará a receber o Selo Interinstitucional PEA UNESCO, pelo projeto “Seja uma Rocha Contra a Dengue”
Segundo orientações da Unesco, um dos temas para trabalhar o PEA em 2017 é a sustentabilidade, visando isto a Escola este ano traz o tema: “ Cidadão Sustentável – Multiplique essa Ideia”. Bruno parabenizou os professores e alunos pela conquista e afirmou a necessidade de mais ações conjuntas como esta, para disseminação de práticas sustentáveis.
SEMA discute alocação das águas do Vale do Jaguaribe e a oferta da Região Metropolitana de Fortaleza
A SEMA, representada pela gestora do Monumento Natural Os Monólitos de Quixadá, Leyla Barros, participou nessa terça, 07/03, da Reunião Extraordinária do Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Baixo Jaguaribe, realizada na Câmera de Dirigentes Logista (CDL), em Russas. Na pauta, “Os cenários operacionais da alocação emergencial hidrográfica do Vale Jaguaribe do primeiro semestre de 2017”. incluindo distribuição e cota de vazão dos perímetros irrigáveis, agricultura familiar, empreendedores e usuários locais, bem como a distribuição da oferta do Açude Castanhão. Na ocasião foram lançadas cinco propostas de operação emergencial, pelos membros do Comitê, seguida de votação. Entre os presentes estavam COGERH, CAGECE, DNOCS, SRH, IFCE-Limoeiro, KARITAS, Secretaria do Meio Ambiente de Russas, Associações Comunitárias, Agricultores, Carcinicultores, entre outros.
SEMA homenageia mulheres no Dia Internacional
A Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) realizou palestra com a socióloga Profa. Dra. Irlys de Alencar Barreira, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, nesta quarta-feira, 8 de março de 2017, no Cine Cocó, às 8h.
Irlys falou da importância da mulher no cotidiano, suas lutas pela afirmação no mercado de trabalho e pelo reconhecimento social. Após a palestra houve um coffee break, com distribuição de brindes e sorteio de orquídeas.

Comentários