No CCBNB Fortaleza

Em abril, o universo da música brega será abordado em diversas linguagens artísticas no Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Conde D’Eu, 560 – Centro). No decorrer do mês, a programação contará com performances de artistas convidados, filmes e documentários, lançamento de livro e encenação de espetáculos teatrais, todos com a temática.

“No Brasil, o processo de reconhecimento estético do grotesco vem sendo trazido à tona, sobretudo pela música, em que o gênero brega conquista, cada vez mais, um público heterogêneo. No entanto, o movimento brega não se restringe apenas ao campo musical, atinge também outras artes. Por isso, reservamos várias atividades culturais em nossa programação de abril”, explica o gerente executivo do CCBNB-Fortaleza, Régis Oliveira.

Segundo ele, o Ceará é um dos Estados que mais tem se debruçado sobre o tema "brega" e suas relações com as outras linguagens culturais, como o cinema, artes cênicas, artes visuais, ou, ainda, moda, design e outras.

Uma das atividades da programação é o Cineclube, cuja mostra “O que é Brega?” exibirá filmes que abordam o processo de construção histórica dos afetos, por meio do movimento brega e sua influência cultural. Sempre aos sábados pela manhã, o público conferirá as obras: “Vou Rifar Meu Coração”, “Amor, Plástico e Barulho”, “Eu Sou Carlos Imperial”, “Tropicália”.

Na literatura, será lançado o livro “A Trilha da Vida Louca”, do escritor Ricardo Kelmer, no dia 13, às 18 horas. No livreto de bolso, estão reunidas histórias de amor inspiradas em grandes sucessos musicais da dor de cotovelo. Também serão apresentadas cenas curtas, com histórias do livro.

O grupo “Às de Teatro” encenará a peça “Prometemos Não Chorar – Um Musical de Classe”, que aborda o universo brega da década de 60 aos dias atuais. Serão quatro apresentações, nos dias  6, 20, 27 e 28, sempre às 18h30. Os dez atores em cena contam a história de três irmãs, Perfídia, Carol e Diana, que perdem o pai misteriosamente e têm sua fortuna roubada pela madrasta e sua filha. Os maiores clássicos da música brega, tocados e cantados ao vivo, embalam a história, com cenários e figurinos que remetem ao antigo teatro de revista de Walter Clark.

O programa “De Repente Cordel” terá pocket show brega com Patrick Lima, além do musical “Improviso Brega”, com as performances de Zé Calixto e Marreco. Haverá declamação de poesias e exposição de literatura de cordel, com temas bregas.

Confira as datas das apresentações:
- De Repente Cordel - Dia 13, 11h
- Prometemos Não Chorar – Um Musical de Classe! - Dias 6, 20, 27 e 28, às 18h30
- Lançamento do livro "A Trilha do Vida Louca", de Ricardo Kelmer - Dia 13 às 18h
- Mostra “O Que É Brega?” - Dias 1º, 8, 22 e 29, às 10h30

Comentários