Terremotos em Santana do Acaraú

 A atividade sísmica continua em Santana do Acaraú e há relatos de sismos sentidos na segunda e terça feira. Registros dos maiores eventos podem ser observados na estação de Cascavel. O evento de maior magnitude após o domingo ocorreu às 01:00 UTC (dia 08; 23:00 do dia 07, hora local) e teve magnitude preliminar estimada em 2.6.
    O técnico Eduardo Menezes teve acesso ao registro dos eventos de domingo na estação de Morrinhos (NBMO) e, através dele, foi possível ter uma melhor localização do epicentro do evento de domingo. Eduardo teve acesso também aos dados da estação de Sobral (SBBR). No momento, embora tenhamos 5 estações estações operando no Ceará só estamos com acesso à estação de Cascavel (NBCL) mas esperamos que essa situação seja corrigida em breve. 
    Na Figura1, temos um mapa mostrando o epicentro e as estações sismográficas mais próximas em operação .

Figura 1. Epicentro e estações. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. As estações estão simbolizadas pelos triângulos azuis (NBMO e SBBR) e vermelho (NBCL).
    Na Figura 2 temos um mapa em detalhe da área epicentral.

Figura 2. Mapa em detalhe da área epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo azul representa a estação de Morrinhos (NBMO. Em destaque as áreas dos municípios de Santana do Acaraú e Morrinhos.
    Na Figura 3 temos o registro do evento de domingo, de magnitude 2.7, na estação NBMO.

Figura 3. Registro do evento de magnitude 2.7 em NBMO.
    Como dissemos, a atividade continua. Na Figura 4 está mostrado o registro do evento de magnitude 2.6, ocorrido na noite do dia 07 (hora local; dia 08 UTC) na estação de Cascavel (NBCL).

Figura 4. Registro do evento do dia 07 em NBCL.
    Em situações como essas não é possível dizer como a atividade sísmica vai evoluir. Pode ser que essa atividade diminua e se extinga ou que continue, inclusive com a ocorrência de tremores de maior magnitude que os até agora observados.
    Para ver a descrição de alguns efeitos consultar:

Fonte: LabSis/UFRN, RSISNE, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Guilherme Sampaio  

Comentários