'Amor Confesso'

A peça carioca Amor Confesso - que já alcançou mais 30 mil espectadores, em 200 apresentações por todo o Brasil e em Lisboa (Portugal) - se apresenta no Ceará. O palco do espetáculo será no Dragão do Mar, em Fortaleza, entre sexta (7) e domingo (9), sendo sexta e sábado, às 20 horas; e no domingo a partir das 19 horas. Os ingressos já estão à venda no Dragão do Mar.
A montagem, que já foi indicada ao Prêmio Shell na categoria "Melhor Direção" em 2012 tem como inspiração os contos do escritor maranhense Arthur de Azevedo e, dessa forma, popularizar a sua obra construindo um rico intercâmbio de artes – literatura e artes cênicas.
Amor Confesso é uma comédia, mas que traz reflexões que permeiam a cabeça de muitas pessoas nos dias atuais – a arte muitas vezes se confunde com a vida real. Em cena dois atores, duas cadeiras, um autor, oito contos e uma questão: casar ou não casar?
Os atores Claudia Ventura e Alexandre Dantas vão casar e, para comemorar essa união, resolvem montar uma peça: Amor Confesso. Para revelar esse amor escolhem os contos de Arthur Azevedo. Mas durante os ensaios descobrem que a maioria das histórias não tem final feliz. Agora eles estão no palco, horas antes da cerimônia do seu casamento, dividindo com o público a dúvida de casar ou não. Mais uma vez a vida e a arte se misturam.
No decorrer da peça, os atores usam a música e diferentes gêneros teatrais - como melodrama, farsa, comédia musical, para darem voz aos diversos personagens dos contos de Arthur Azevedo, cuja obra é marcada pela relação direta com o leitor, por meio de um olhar arguto, crítico e bem humorado. O espetáculo busca popularizar a obra do autor, além de apresentar uma das facetas de Azevedo: autor de contos.
A temporada conta com o patrocínio do Ministério da Cultura e Dakota, com apoio gastronômico do Barney's Burger e Butcher's 746, Cultural do Hotel Quality, Porto Iracema das Artes e Instituto Dragão do Mar. 
Histórico do Espetáculo
O espetáculo Amor Confesso estreou em 10 de novembro de 2011, no Centro Cultural Correios, onde fez uma temporada de dois meses e meio com sucesso de público e crítica, sendo indicado ao Prêmio Shell de melhor direção para Inez Viana (“As Conchambranças de Quaderna”, 2010)
Além disso, a montagem:
*Fez ainda outra temporada no Centro Cultural do Poder Judiciário – RJ;
*Foi convidado para o Festival Janeiro Brasileiro da Comédia, em São José do Rio Preto e para os projetos Gamboavista do Espaço Galpão Gamboa e o projeto 7 Em Ponto no Teatro Carlos Gomes – RJ;
*No mês de abril fez uma temporada no SESC Tijuca – RJ;
*Em maio, uma breve temporada no Teatro Municipal de Niterói;
*Participou, também, do projeto SESI CULTURAL, fazendo apresentações nas seguintes unidades do SESI: Teatro SESI Macaé, Teatro SESI Campos, Teatro SESI Itaperuna, Teatro SESI Duque de Caxias, Teatro SESI Jacarepaguá, Teatro Dom Pedro (Petrópolis) e Teatro Municipal de Nova Friburgo;
*Em parceria com o SESC-RJ fez apresentações no Sesc Nova Iguaçu, Sesc Teresópolis Sesc Petrópolis, Sesc Friburgo, Sesc São João de Meriti, Sesc Jacarepaguá, Sesc Madureira, além da temporada no Sesc Tijuca;
*Em 2013 do projeto Palco Giratório, do SESC Nacional, fazendo apresentações do espetáculo AMOR CONFESSO em mais de trinta cidades do país;
*Em 2014 faz uma itinerância por sete cidades nordestinas com o espetáculo AMOR CONFESSO, com o patrocínio do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura e do MINC. Neste mesmo ano, AMOR CONFESSO faz uma temporada no Teatro Jorge Amado em Salvador-BA;
- Em 2015 AMOR CONFESSO participa da Mostra de Teatro Panorama Petrobras Distribuidora de Cultura, no teatro Dulcina-RJ e é selecionado para participar do Projeto Viagem Teatral 2015, do SESI-SP, circulando por oito cidades do interior do estado de São Paulo;
- Em 2016, com o patrocínio do Ministério da Cultura do Brasil, através do Projeto de Intercâmbio, levam o seu repertório para Portugal onde fazem apresentações no Teatro Passagem de Nível e no Chapitô;
Sobre CiaFaláCia
Companhia teatral criada pelos atores Claudia Ventura e Alexandre Dantas com o objetivo de pesquisar a linguagem narrativa. Eles também são responsáveis pela peça A NOVA ORDEM DAS COISAS que é um monólogo feito por Alexandre e dirigido por Claudia baseado no conto A Igreja do Diabo, de Machado de Assis. No elenco, Alexandre Dantas e Claudia Ventura, que dividem o palco com o pianista Roberto Bahal, pretendem provar que o amor é o mais antigo, universal e intraduzível sentimento que une homens e mulheres.
Sobre a produtora Deberton Entretenimento
É dirigida por Allan Deberton, produtora dos fimes "Doce de Coco" (CE, 2010), "O Melhor Amigo" (CE, 2013), "Os Olhos de Arthur" (CE, 2016) e "Do Outro Lado do Atlântico" (CE, 2016), que juntos receberam 53 prêmios em importantes mostras e festivais de cinema. Produtora dos espetáculos “Avenida Q- O Musical da Broadway em Fortaleza” nas temporadas de 2015 e 2016 e do projeto "Broadway Brasil", que segue para sua terceira edição. Este ano, produz o espetáculo inédito "A Hora da Estrela - O Musical", baseado na obra homônima de Clarice Lispector.
FICHA TÉCNICA:
Autor: Arthur Azevedo
Direção: Inez Viana
Elenco: Claudia Ventura e Alexandre Dantas
Pianista: Marcelo Farias
Direção Musical: Marcelo Alonso Neves
Cenário e Figurino: Carlos Alberto Nunes
Iluminação: Paulo César Medeiros
Operador de Luz: Anderson Aragón
Produção Executiva: Allan Deberton e Christina Carvalho
Realização: Deberton Entretenimento e CiaFaláCia
Sinopse
Em cena dois atores, duas cadeiras, um autor, oito contos e uma questão: casar ou não casar? Os atores Claudia Ventura e Alexandre Dantas vão casar e, para comemorar essa união, resolvem montar uma peça: Amor Confesso. Para confessar esse amor escolhem os contos de Arthur Azevedo. Mas durante os ensaios descobrem que a maioria das histórias não tem final feliz. Agora eles estão no palco, horas antes da cerimônia do seu casamento, dividindo com o público a dúvida de casar ou não. Mais uma vez a vida e a arte se misturam.
Serviço
"Amor Confesso", peça teatral
Dias 7, 8 e 9 de abril (sexta e sábado, 20 horas / Domingo, 19 horas)
Centro Cultural Dragão do Mar
Ingressos
R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Vendas na bilheteria do Teatro Centro Cultural Dragão do Mar
Gênero: Comédia
Duração: 80 minutos
Classificação etária: 10 anos

Comentários