Em São Gonçalo

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Coordenadoria de Políticas Públicas Sobre Drogas, promove até sexta-feira (dois de junho) a Semana em alusão ao Dia Nacional Sem Tabaco (31). A ação tem o objetivo de conscientizar sobre os malefícios no uso dessa substância, e alertar para a diminuição do consumo entre adolescentes. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a semana também é uma agenda do Governo Federal em relação à saúde pública e a valorização dos hábitos saudáveis. 
Serão realizadas, em todas as unidades de saúde do município, rodas de conversa sobre a vida sem o uso de substâncias químicas e o que fazer em casos de abstinência. Além das discussões, no dia 31, haverá um momento para a realização de atividades físicas no Centro de Apoio Psicossocial - CAPS.
Para Rossana Kopf, coordenadora de Políticas Públicas contra as Drogas de São Gonçalo do Amarante, mesmo com a conscientização massiva sobre o uso do cigarro ainda há uma necessidade do combate em determinados públicos."Entre os jovens, o uso do tábaco diminui muito frente a outras drogas como a maconha e o álcool. Porém, gerações mais antigas tendem a manter o consumo de cigarro em forma de vício, o que ainda gera um problema de saúde pública, com o desenvolvimento do câncer, por exemplo", afirma Rossana. 
A Secretaria Municipal de Saúde informa que para as pessoas que necessitem de atenção especial em casos de tabagismo e outras dependências químicas, a rede local oferece cuidados integrais. Além de receber pacientes nessa situação, ações são promovidas durante todo o ano por uma equipe multiprofissional do NASF, CAPS e Residentes da Escola de Saúde Pública – ESP-Ce, com a finalidade de alertar a população sobre a dependência química, orientando e despertando nas pessoas o sentimento de autocuidado, levando-as também a uma maior atenção com familiares e amigos.
Consumo 
As evidências mostram que os produtos de tabaco são altamente letais, matam dois em cada três de seus consumidores e afetando também a saúde de pessoas que não fumam. No mundo, aproximadamente 21% da população acima de 15 anos fumam atualmente (cerca de 1,1 bilhão). Do total de fumantes no mundo, 35% são homens e 6% mulheres. De cada cinco fumantes, quatro vivem em países de baixa renda.
Em 2015, 10,4% da população brasileira acima de 18 anos era fumante, o que equivale a um total de pouco mais de 15 milhões de fumantes. O INCA estimou 28.220 casos novos de câncer de traqueia, brônquios e pulmões para o Brasil em 2016, sendo 17.330 entre homens e 10.890 entre mulheres. Esses valores correspondem a um risco estimado de 17,49 casos novos a cada 100 mil homens e 10,54 para cada 100 mil mulheres.
Programação - Rodas de Conversa - Tema: Vida saudável sem o tabaco - Unidades de saúde:
29/5 – CAPS, SEDE I, SEDE II, SEDE III
30/5 – CROATA I, CROATA II, VIOLETE, CAPS, UPA, HOSPITAL MUNICIPAL
31/5 - PECEM PRAIA, PECEM PLANALTO, PARADA, CAPS
Ação no CAPS do MOVIMENTE-SE parceria SESC, SMS e SEJUR, 15 minutos de atividade física com o professor de educação física do NASF
1/6 - SIUPE, TAIBA, TABUBA, ACENDE CANDEIA
2/6 - VARZEA REDONDA, CAGADO, LAGOINHA, UMARITUBA

Comentários