No Amici's

Após uma série de shows ao longo do primeiro semestre, com destaque para o Aterrinho da Praia de Iracema, dentro da programação oficial do Carnaval de Fortaleza, Beach Park e Let’s Go Rock Bar, ao lado dos pernambucanos do Mundo Livre S/A, a Casa Maré divide agora o palco com o Figueroas. A apresentação acontece na próxima sexta-feira (30), a partir das 22 horas, no Amici’s Bar.
Durante o show, a Casa Maré traz o repertório baseado no EP Fervura, lançado em fevereiro deste ano. O disco, gravado no Magnólia Estúdio e com coprodução, mixagem e master de Klaus Sena, busca inspiração na mistura de sonoridades, transitando por ritmos como ska, frevo, carimbó, reggae, bossa, música latina, entre outras referências, definindo-se como um som multicultural. A Casa Maré vai apresentar músicas do primeiro disco, lançado em 2016, além de releituras de artistas que influenciam o grupo, como Caetano Veloso e Chico Cesar.
Em sua segunda passagem por Fortaleza, a dupla de Alagoas, formada por Givly Simons (vocal) e Dinho Zampier (orgão, sintetizador e arranjos), apresenta ao público cearense o novo álbum, Swing Veneno (Läjä Records e Deck), lançado há menos de um mês. Além das melodias aceleradas, recheadas de frases de guitarra, efeitos de teclado e letras pegajosas, o disco apresenta uma sonoridade ainda mais original, com a lambada sempre presente, misturada a ritmos como a cumbia, o carimbó e o brega-raíz. 
Sobre a Casa Maré
Criada no ano de 2015, a Casa Maré é uma banda autoral cearense, formada por músicos com experiência na cena musical cearense, integrando bandas como Luxo da Aldeia, Artur Menezes, Felipe Cauzaux, Kátia Freitas, Breculê, Kubaikan, Radio Ilusión, dentre outras. As músicas trazem influências de diversos estilos, incluindo bossa nova, samba, frevo, mangue beat, música latina, reggae e ska, definindo-se como um som multiculturalista.
Após um ano de encontros e composições, o grupo lançou em março de 2016 o seu primeiro EP de composições. Nesse mesmo ano, foi uma das atrações do Maloca Dragão, também sendo selecionado no edital “Temporada de Arte Cearense Editais Culturais 2016/2017”, na categoria novo som.
“Fervura” é o segundo trabalho da Casa Maré, que atualmente é formada pelos músicos Paulo Henrique Barcellos, Eduardo Lopes, Rodrigo Ildefonso, Thales Catunda, Jordão Luz, Zylton Sena e Bruno Biú. 
FERVURA
Disponível para download: www.casamare.com.br
Sobre o Figueroas
Figueroas é um conjunto de Maceió, Alagoas, com predominância da guitarra elétrica, gênero que surgiu na década de 1970, em Belém do Pará. Em seu primeiro álbum, “Lambada Quente” (Läjä Records/ Deck/ 2015), os alagoanos buscaram revisitar a lambada, adaptando a mistura de sons latinos e brasileiros com a psicodelia e as influências próprias, como as do Mestre Vieira, Aldo Sena e o grupo caribenho Les Aiglons. Já o novo disco, “Swing Veneno”, mais dançante do que nunca, foi produzido em um momento de amadurecimento de sons e ideias, mas sem esquecer da ousadia e do toque vibrante da dupla. Literalmente, um swing-veneno.
SERVIÇO
Figueroas + Casa Maré
Dia: 30/6
Horário: a partir das 22 horas
Local: Amici’s Bar – Rua José Avelino, 349 – Centro Dragão do Mar
Preço
A partir de R$ 20,00 
Mais informações:
(85) 3023-3338

Comentários