Roubo de carga

Equipes da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM), por meio do Batalhão de Polícia de Choque e do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), deram cumprimento a seis mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão preventiva contra investigados envolvidos com roubos de cargas, na madrugada de hoje. Os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram expedidos pela 11ª Vara Federal da Seção Judiciária de Fortaleza/CE e 2ª Vara Criminal de Caucaia/CE.
Durante as buscas foram apreendidos veículos roubados, armas, drogas e a quantia de pelo menos R$ 50 mil, havendo indicativo que o grupo participou do recente roubo a banco ocorrido na cidade de Miraíma/CE. Os crimes em apuração são de roubo qualificado, receptação e organização criminosa, com pena de reclusão superior a 22 anos.
A investigação foi iniciada em junho de 2016 em decorrência da notícia-crime trazida pelo setor de inteligência da PRF sobre grupo que estaria agindo contra veículos de carga. No decorrer dos levantamentos constatou-se que boa parte dos caminhões abordados era de transporte dos Correios. A coleta de provas foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), e posteriormente compartilhada para Polícia Federal, considerando os roubos perpetrados contra os Correios.
O grupo atuava abordando veículos de carga nas rodovias de acesso a Fortaleza, sempre com uso de armas de fogo e emprego de violência contra as vítimas. Após a abordagem, os caminhões e motoristas eram levados para local ermo, onde a carga era subtraída. Estima-se prejuízo em torno de R$ 500 mil, havendo vinculação do grupo a pelo menos 20 ocorrências de roubo.

Comentários