Três presos são mortos e cinco fogem da Cadeia Pública de São Gonçalo

Três presos da Cadeia Pública de São Gonçalo do Amarante foram mortos nesta quinta-feira (10), em decorrência de uma briga de facções criminosas. A cidade faz parte da Região Metropolitana de Fortaleza e fica a aproximadamente 63 km de distância da capital cearense.

Os presos foram identificados como Estefferson de Lima Moura de Sousa, Francisco Diego da Conceição e Márcio Cleiton da Silva Ricardo Filho.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), presos de uma cela se rebelaram no momento em que os detentos foram soltos para o banho de sol, durante a ação eles renderam um agente penitenciário e o trancaram em uma sala da direção. Em seguida, o grupo foi até a outra cela e matou os três presos.

Outros dois homens ficaram feridos e foram encaminhados para o Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza. Depois do triplo homicídio, cinco internos fugiram. Até o momento, não foram recapturados pela Polícia.

Esse é o segundo episódio de conflito no sistema penitenciário do Ceará nesta semana. Na última terça-feira (08), três presos tentaram fugir da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, na cidade de Pacatuba. 

Um deles é Antônio Jussivan Alves, o Alemão, mentor do furto milionário ao Banco Central de Fortaleza, em 2005. Ele levou um tiro ao tentar subir o muro da unidade e segue internado também no IJF, em Fortaleza.



Comentários