Pular para o conteúdo principal

André Lara Resende, da Rede, participa da sabatina 'Os Economistas das Eleições'

Os economistas escolhidos pelos candidatos à Presidência da República para desenvolverem seu programa de governo serão sabatinados em São Paulo.

A série Os Economistas das Eleições, promovida pelo jornal O Estado de S. Paulo e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), contará com a participação, nesta sexta-feira (dez), do economista André Lara Resende, colaborador da equipe da candidata Marina Silva (Rede). 


Os jornalistas que estão fora de São Paulo poderão acompanhar o debate pelo portal IBRE: http://portalibre.fgv.br.

O objetivo do encontro é aprofundar o debate sobre esse tema fundamental, e que deve dar a tônica ao processo eleitoral. A sabatina acontece entre 9 e 11h40, quando os economistas vão responder às perguntas de especialistas, como pesquisadores do FGV IBRE, de jornalistas e de pessoas presentes.

Marco Antonio Rocha, responsável pelo programa do candidato do PSOL Guilherme Boulos, foi o primeiro sabatinado. Participam ainda Gustavo Franco (16 de agosto), da equipe de João Amoêdo (Novo); Marcio Pochmann (23 de agosto), responsável pelo programa econômico do PT; José Marcio Camargo (11 de setembro), pelo candidato Henrique Meirelles (MDB); Mauro Benevides Filho, da equipe do candidato Ciro Gomes-PDT (18 de setembro); Pérsio Arida, colaborador da equipe de Geraldo Alckmin-PSDB (21 de setembro); e Paulo Guedes (três de outubro), responsável pelo programa do candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Os encontros acontecem no auditório da FGV 9 de julho, na Rua Itapeva 432, Bela Vista, São Paulo. Os interessados em assistir podem se inscrever pelo Portal IBRE: http://portalibre.fgv.br. Os encontros também serão transmitidos pela internet – os links estarão disponíveis no Portal IBRE.

PROGRAMAÇÃO

9h | Credenciamento

9h30 | Abertura: Representantes do O Estado de S. Paulo e do FGV IBRE

9h40 | Convidado faz apresentação inicial
9h55 | Convidado é entrevistado pelos jornalistas do Estadão e pesquisadores do FGV IBRE
11h10 | Convidado responde às perguntas do público (feitas por escrito e endereçadas no palco pelo mestre de cerimônias)
11h40 | Encerramento

Para credenciamento, por favor, inscrevam-se no evento, na data escolhida (links abaixo), e confirmem por este e-mail ou pelo telefone: (21) 2509-5399/ (21) 99121-3771.

- 10/8 - André Lara Resende (REDE - Marina Silva)

- 16/8 - Gustavo Franco (NOVO - João Amoêdo)

- 23/8 - Marcio Pochmann (PT)

- 11/9 - José Marcio Camargo (MDB - Henrique Meirelles)

- 18/9 - Mauro Benevides (PDT - Ciro Gomes)

- 21/9 - Pérsio Arida (PSDB - Geraldo Alckmin)

- 3/10 – Paulo Guedes (PSL - Jair Bolsonaro)


Comentários

Mais lidas da semana

BNB começa a chamar aprovados do último concurso em abril

A convocação dos aprovados no último concurso do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) será feita a partir de abril. Até a sexta-feira (29) o BNB espera que até 300 bancários façam adesão no Programa de Incentivo ao Desligamento (PID). Com isso 25% (75) dos aprovados no concurso realizado em dezembro do ano passado comecem a ser chamados.






O anuncio foi feito pelo diretor administrativo do BNB, Cláudio Freire (foto), nesta quinta-feira (21), durante coletiva de imprensa de divulgação do balanço 2018 do BNB, na sala de reunião do gabinete da Presidência, no Passaré, em Fortaleza.

Podem surgir mais vagas a medida que o banco necessite e que bancários se aposentem.

O presidente do BNB, Romildo Rolim em entrevista ao Blog do Lauriberto comenta os números do BNB em 2018, perspectivas para 2019, financiamento para aeroportos e a convocação dos aprovados do último concurso:



Leia também:
BNB lucra R$ 725,5 milhões em 2018

Meninas com câncer realizam hoje sonho da festa de 15 anos à beira mar

Nesta terça-feira, dia 15 de agosto, às 16h30, a barraca Gran Royal, na Praia do Futuro, em Fortaleza, será palco de uma festa especial. Jovens com câncer atendidas pela Associação Peter Pan comemorarão seus quinze anos com toda a pompa e circunstância que a ocasião requer. A ação voluntária é uma iniciativa da Liven Eventos, empresa especializada na realização de festas temáticas personalizadas, que por meio do Projeto Essência reúne dezenas de profissionais do mercado cearense para realizar o sonho das debutantes atendidas pela Associação Peter Pan.

Chove 80 milímetros em Caucaia

O Ceará (foto Felipe Lima) registrou, no intervalo entre às 7 horas desta quarta (6) e às 7 horas desta quinta-feira (7), chuvas em mais de 90 municípios, segundo balanço ainda parcial da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Lava Jato completa cinco anos com 155 pessoas condenadas

A Operação Lava Jato completa cinco anos neste domingo (17). Conforme divulgado pelo Ministério Público Federal no Paraná, os 1.825 dias de trabalho de investigação, acusação e julgamentos resultaram em 242 condenações contra 155 pessoas, em 50 processos sentenciados por lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, organização criminosa, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, tráfico internacional de drogas, crime contra a ordem econômica, embaraço à investigação de organização criminosa e falsidade ideológica.

Nesse período, R$ 2,5 bilhões retornaram à Petrobras, a principal estatal lesada pelo esquema, conforme determinação da Justiça – o que corresponde a uma média de R$ 1,37 milhão por dia devolvido aos cofres públicos desde 2014. Há ainda 11,5 bilhões a serem devolvidos para o erário, inclusive à petrolífera, conforme já acordado com a Justiça Federal.

No total de 13 acordos de leniência com empresas envolvidas, está previsto o ressarcimento de R$ 13 bilhões…

PT defende prisão de Michel Temer e Moreira Franco

O Partido dos Trabalhadores (PT) lançou nota sobre as prisões do ex-presidente Michel Temer (reprodução Rede Globo) e do ex-ministro Moreira Franco:


"O Partido dos Trabalhadores espera que as prisões de Michel Temer e de Moreira Franco, entre outros, tenham sido decretadas com base em fatos consistentes, respeitando o processo legal, e não apenas por especulações e delações sem provas, como ocorreu no processo do ex-presidente Lula e em ações contra dirigentes do PT.
Temer assumiu a presidência em um golpe deplorável. Sua agenda no governo levou ao aumento da desigualdade e da miséria, no entanto é somente dentro da lei que se poderá fazer a verdadeira Justiça e punir quem cometeu crimes contra a população. Caso contrário, estaremos diante de mais um dos espetáculos pirotécnicos que a Lava Jato pratica sistematicamente, com objetivos políticos e seletivos.

O que fica evidente é que, cumpridos os objetivos do golpe do impeachment de 2016 e da proibição ilegal a Lula de concorrer as …