Pular para o conteúdo principal

Em setembro, Mercado Manual retorna à Pinacoteca de SP

O Mercado Manual, festival dedicado à cultura feita à mão idealizado pela Florista Produções, realiza sua 2ª edição na Pinacoteca de São Paulo, Museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Com entrada franca, o evento acontece nos dias 1 e 2 de setembro, das 10h às 18h, com uma lista selecionada de expositores e intensa programação cultural.
Foto: Divulgação
Cerca de 80 artesãos contemporâneos e pequenos empreendedores que semeiam a autoria e o fazer manual se reunirão no fim de semana para ocupar a Pina com muito design, moda, decoração, beleza, bem-estar, joalheria, artigos infantis e diversificado menu gastronômico. O Manual na Pina também oferece shows autorais e oficinas sobre manualidades, ambos gratuitos (confira a programação abaixo).

Outro motivo especial para visitar o Mercado Manual na Pina é a celebrada exposição que estará em cartaz no Museu: "Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960 - 1985 – sucesso de crítica em sua passagem pelo Hammer Museum, em Los Angeles, e Brooklyn Museum, em Nova York, que reúne 280 trabalhos de 120 artistas, de 15 países. As obras abordam o corpo feminino como forma de expressão e de crítica social e política num dos períodos mais conturbados da história.

O primeiro Manual na Pina reuniu mais de 13 mil pessoas em novembro de 2017 e a expectativa de público é ainda maior, já que o Mercado Manual se firmou na agenda cultural paulistana como uma importante iniciativa que transcende o universo do consumo consciente e propicia, sobretudo, um ambiente saudável de troca de conhecimento entre designer e consumidor. Apoiar e abrir espaço para os artesãos, responsáveis pela produção autoral em pequena escala, é o elemento condutor do negócio que tem à frente o trio de sócias formado por Karine Rossi, Daniela Scartezini e Patricia Toledo.

Programação cultural
Divulgação

A programação de shows e oficinas prometem tornar o clima ainda mais agradável para quem for ao festival. Além de atividades infantis, realizadas pela Kombi dos Sonhos, que duram o dia todo, o Manual na Pina convida alguns de seus artesãos para realizarem oficinas – as vagas são limitadas e as inscrições poderão ser feitas no evento, com 1 hora de antecedência.

No primeiro dia de MM, às 11h30, João Diel, idealizador da Primeira Folha, comanda a oficina de incensos naturais. Às 14h30, ilustrações artísticas, com Franncine, do Estúdio Luares. No dia seguinte, às 11h30, as oficinas iniciam com a aula de cosméticos naturais, idealizada por Manuela, da Sal do Beija-flor. Durante à tarde, às 14h30, o Coletivo Nalã comanda a oficina de crochê e pompom.

No universo dos shows, quatro bandas estão confirmadas para ocupar a Pinacoteca com uma selecionada curadoria musical, são elas: Mutum, realizada na voz e performance de Jairo Pereira, responsável por unir, de forma íntima e interativa, música e poesia – às 16h, no dia 01. Mais cedo, às 13h, a Banda Strombólica explora em seu espetáculo o fascínio das crianças pelo universo animal.

No dia 02, às 13h, o percussionista Emilio Martins propõe por meio de seu projeto, Entremundos, o resultado sofisticado da fusão de ritmos brasileiros e estrangeiros. Às 16h, é a vez da Banda LaMota encerrar a programação com uma sonoridade acompanhada de influências rítmicas da música jamaicana e brasileira, como samba e frevo, além da transição entre jazz, valsa e tango.

Sobre a Pinacoteca de São Paulo
A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundada em 1905, pelo Governo do Estado de São Paulo, é o museu de arte mais antigo da cidade. Ela está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, que depois passou por uma ampla reforma com projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no final da década de 1990. O acervo original da Pinacoteca foi formado com a transferência de 20 obras do Museu Paulista da Universidade de São Paulo de importantes artistas da cidade como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino, Antônio Parreiras e Oscar Pereira da Silva. Com o passar dos anos, formou um significativo acervo, com quase 10 mil obras.

Sobre a Rede Manual
A Manual, criada pela Floristas Produções, é uma rede que reúne e empodera pequenos empreendedores e novos criadores, propiciando ambientes de negócios, conhecimento e relacionamento. Trata-se de uma plataforma que incentiva e ressignifica o artesão, o autor, o criador, fomentando a economia criativa e o consumo ético. Composta principalmente por mulheres, a rede acredita no potencial feminino como agente transformador e na capacidade de construção de um futuro melhor através da valorização do trabalho manual.


SERVIÇO

2ª Edição – Mercado Manual na Pina
Dias 01 e 02 de setembro
Sábado e domingo, das 10h às 18h
Entrada franca

Leia também:
28º Cine Ceará tem shows de bandas cearenses
Festival de Dança do Litoral Oeste comemora 10 anos
Turnê Thiago Pethit na Caixa Cultural Fortaleza

Comentários

Mais lidas da semana

Meninas com câncer realizam hoje sonho da festa de 15 anos à beira mar

Nesta terça-feira, dia 15 de agosto, às 16h30, a barraca Gran Royal, na Praia do Futuro, em Fortaleza, será palco de uma festa especial. Jovens com câncer atendidas pela Associação Peter Pan comemorarão seus quinze anos com toda a pompa e circunstância que a ocasião requer. A ação voluntária é uma iniciativa da Liven Eventos, empresa especializada na realização de festas temáticas personalizadas, que por meio do Projeto Essência reúne dezenas de profissionais do mercado cearense para realizar o sonho das debutantes atendidas pela Associação Peter Pan.

Abertas inscrições para edição 2018-2019 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo

Profissionais de imprensa de todo o Brasil já podem inscrever-se na nova edição do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional. O link para submissão de trabalhos e o regulamento completo estão disponíveis em www.bnb.gov.br/web/premio-banco-do-nordeste-de-jornalismo. Na edição de 2019, poderão ser inscritas matérias veiculadas de primeiro de janeiro de 2018 a 29 de março de 2019.


A iniciativa premiará as melhores produções jornalísticas que abordem ações promotoras de desenvolvimento regional, localizadas na região Nordeste ou norte de Minas Gerais e do Espírito Santo (área de atuação do BNB). Ao todo, serão R$ 234 mil em prêmios, distribuídos em 18 categorias.

O Grande Prêmio Nacional reconhecerá material que tenha como temática "Microcrédito urbano como ferramenta de desenvolvimento econômico e social". Concorrem nas demais categorias, trabalhos que abordem o desenvolvimento regional considerado em seu sentido mais amplo, incluindo suas vertentes de or…

Semace aponta que praias da Barra do Ceará, Goiabeiras e Farol estão impróprias para o banho neste fim de semana

Boletim da Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace) aponta que três praias de Fortaleza estão impróprias para banho neste final de semana: Barra do Ceará, Goiabeiras e Farol.


O boletim indica condições de banho para as praias do Futuro, Volta da Jurema, Acquário Ceará, Escola de Aprendizes Marinheiros, Iracema, Náutico, Beira-Mar (foto) e Foz do Rio Ceará.

Produtoras receberão R$ 36,8 milhões para parcerias internacionais

Produtoras brasileiras de audiovisual receberão investimento de R$ 36,8 milhões para coproduções com outros países. A Agência Nacional do Cinema (Ancine) será responsável por destinar os recursos. O anúncio foi feito pelo diretor-presidente da agência, Christian de Castro, durante a 10ª edição do Ventana Sur, evento que ocorre até esta sexta-feira (14), em Buenos Aires.
Serão R$ 18,15 milhões para cinema e R$ 18,65 milhões para TV, investidos por meio do Edital de Coprodução Mundo, cujas inscrições começam em janeiro. A seleção funcionará na modalidade de fluxo contínuo e atenderá projetos cujas produtoras brasileiras sejam minoritárias ou majoritárias. Serão exigidos contratos de distribuição para os projetos de cinema e de pré-licenciamento para os de TV.
De acordo com Christian de Castro, o objetivo é fazer com que o empreendedor do audiovisual brasileiro consiga ser mais competitivo no mercado internacional, para atrair mais investimentos. "Nos últimos anos, a Ancine tem coloca…

Museu Nacional tem 51% das obras emergenciais concluídas

Mais da metade das obras emergenciais no prédio do Museu Nacional já foram concluídas. De acordo com o diretor da instituição, Alexandre Kelner, já foram recuperados dos escombros 1,5 mil peças e conjuntos, o que equivale a 51% do total da primeira parte dos reparos. A informação foi divulgada na última quarta-feira (13) durante balanço apresentado pelo Ministério da Educação (MEC). 
O MEC também apresentou outras iniciativas que vão dar continuidade à recuperação do espaço que foi destruído pelo incêndio em setembro. Uma delas é uma parceria com a Agência Brasileira de Cooperação, vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) a fim de subsidiar estudos, pesquisas, metodologias e projetos técnicos para a reconstrução e restauração do Paço de São Cristóvão e de bases para o novo Museu Nacional. No total, serão investidos R$ 5 milhões nesse trabalho. 
Esse valor se soma aos R$ 10 milhões já repassados pel…