Pular para o conteúdo principal

Emenda de Eunício facilita acesso ao SUS e à medicamentos para famílias em situação de vulnerabilidade

Os senadores aprovaram nesta terça-feira (sete), uma emenda de autoria do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), que dispensa a apresentação de documentos que comprovem domicílio ou inscrição no cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS) para que famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade tenham acesso a atenção integral à saúde, inclusive acesso a medicamentos. A matéria segue agora para sanção presidencial.


O presidente do Senado argumentou que apesar das exigências não terem respaldo constitucional ou legal, elas ocorrem na prática, dificultando atenção à saúde desse segmento da população. “Essa emenda é importante já que o acesso ao SUS é universal e integral e isso se aplica também a família e indivíduo em situação de vulnerabilidade com risco social e pessoal. Eles não podem ser impedidos do seu direito à saúde por exigências burocráticas que na prática ainda existem no Brasil”.

Eunício apresentou emenda ao Projeto de Lei da Câmara (PLC 112/14) que estabelece a normatização e a padronização da identidade visual do Sistema Único de Assistência Social (Suas). A medida vai facilitar o acesso do cidadão a toda a rede de serviços, programas, projetos e benefício de assistência social

A emenda do presidente define que a atenção integral à saúde, inclusive a dispensação de medicamentos e produtos de interesse para a saúde, às famílias e indivíduos em situações de vulnerabilidade ou risco social e pessoal se dará independentemente da apresentação de documentos que comprovem domicílio ou inscrição no cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS), em consonância com a diretriz de articulação das ações de assistência social e de saúde.

Comentários

Mais lidas da semana

BNB começa a chamar aprovados do último concurso em abril

A convocação dos aprovados no último concurso do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) será feita a partir de abril. Até a sexta-feira (29) o BNB espera que até 300 bancários façam adesão no Programa de Incentivo ao Desligamento (PID). Com isso 25% (75) dos aprovados no concurso realizado em dezembro do ano passado comecem a ser chamados.






O anuncio foi feito pelo diretor administrativo do BNB, Cláudio Freire (foto), nesta quinta-feira (21), durante coletiva de imprensa de divulgação do balanço 2018 do BNB, na sala de reunião do gabinete da Presidência, no Passaré, em Fortaleza.

Podem surgir mais vagas a medida que o banco necessite e que bancários se aposentem.

O presidente do BNB, Romildo Rolim em entrevista ao Blog do Lauriberto comenta os números do BNB em 2018, perspectivas para 2019, financiamento para aeroportos e a convocação dos aprovados do último concurso:



Leia também:
BNB lucra R$ 725,5 milhões em 2018

Meninas com câncer realizam hoje sonho da festa de 15 anos à beira mar

Nesta terça-feira, dia 15 de agosto, às 16h30, a barraca Gran Royal, na Praia do Futuro, em Fortaleza, será palco de uma festa especial. Jovens com câncer atendidas pela Associação Peter Pan comemorarão seus quinze anos com toda a pompa e circunstância que a ocasião requer. A ação voluntária é uma iniciativa da Liven Eventos, empresa especializada na realização de festas temáticas personalizadas, que por meio do Projeto Essência reúne dezenas de profissionais do mercado cearense para realizar o sonho das debutantes atendidas pela Associação Peter Pan.

Chove 80 milímetros em Caucaia

O Ceará (foto Felipe Lima) registrou, no intervalo entre às 7 horas desta quarta (6) e às 7 horas desta quinta-feira (7), chuvas em mais de 90 municípios, segundo balanço ainda parcial da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Lava Jato completa cinco anos com 155 pessoas condenadas

A Operação Lava Jato completa cinco anos neste domingo (17). Conforme divulgado pelo Ministério Público Federal no Paraná, os 1.825 dias de trabalho de investigação, acusação e julgamentos resultaram em 242 condenações contra 155 pessoas, em 50 processos sentenciados por lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, organização criminosa, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, tráfico internacional de drogas, crime contra a ordem econômica, embaraço à investigação de organização criminosa e falsidade ideológica.

Nesse período, R$ 2,5 bilhões retornaram à Petrobras, a principal estatal lesada pelo esquema, conforme determinação da Justiça – o que corresponde a uma média de R$ 1,37 milhão por dia devolvido aos cofres públicos desde 2014. Há ainda 11,5 bilhões a serem devolvidos para o erário, inclusive à petrolífera, conforme já acordado com a Justiça Federal.

No total de 13 acordos de leniência com empresas envolvidas, está previsto o ressarcimento de R$ 13 bilhões…

PT defende prisão de Michel Temer e Moreira Franco

O Partido dos Trabalhadores (PT) lançou nota sobre as prisões do ex-presidente Michel Temer (reprodução Rede Globo) e do ex-ministro Moreira Franco:


"O Partido dos Trabalhadores espera que as prisões de Michel Temer e de Moreira Franco, entre outros, tenham sido decretadas com base em fatos consistentes, respeitando o processo legal, e não apenas por especulações e delações sem provas, como ocorreu no processo do ex-presidente Lula e em ações contra dirigentes do PT.
Temer assumiu a presidência em um golpe deplorável. Sua agenda no governo levou ao aumento da desigualdade e da miséria, no entanto é somente dentro da lei que se poderá fazer a verdadeira Justiça e punir quem cometeu crimes contra a população. Caso contrário, estaremos diante de mais um dos espetáculos pirotécnicos que a Lava Jato pratica sistematicamente, com objetivos políticos e seletivos.

O que fica evidente é que, cumpridos os objetivos do golpe do impeachment de 2016 e da proibição ilegal a Lula de concorrer as …