Pular para o conteúdo principal

PF aponta quatro razões para queda de avião que vitimou Eduardo Campos

O relatório final da investigação da Polícia Federal sobre o acidente aéreo que vitimou o então candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, em agosto de 2014, concluiu que a queda da aeronave pode ter sido causada por quatro fatores e recomendou o arquivamento do inquérito, por não ter havido qualquer infração à legislação penal.

Divulgado hoje (7) à imprensa, o documento aponta que a queda do avião ocorreu, de maneira isolada ou cumulativa, pelas seguintes razões: colisão com pássaros; desorientação espacial por parte dos pilotos; possibilidade de disparo de compensador de profundor; ou uma pane com travamento de profundor em posições extremas.

"Diante das conclusões apresentadas não permitirem a indicação de ter havido qualquer infração a legislação penal, a Polícia Federal recomendou ao Ministério Público o arquivamento do inquérito policial", diz o documento que foi encaminhado ontem (6) ao Ministério Público Federal de Santos, litoral paulista, onde ocorreu o acidente.


Foto: Agência Brasil


A Polícia Federal também informou que o relatório final do inquérito não confronta outro documento, apresentado no ano passado, pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa): “As investigações são independentes e voltadas a objetivos distintos, cada um com princípios e características peculiares. As conclusões do inquérito policial não confrontam com as do Comando da Aeronáutica. Diversos atos de investigação, inclusive, ocorreram de forma cooperada e harmônica entre os órgãos”.

Os advogados das famílias do piloto Marcos Martins e do copiloto Geraldo Magela da Cunha, que comandavam o avião no qual morreu o então candidato à Presidência da República, contestaram as conclusões do Cenipa, apontou que a falta de capacitação dos pilotos para operar a aeronave foi um dos fatores que contribuiu para a tragédia.

Na segunda-feira, além de encaminhar o documento ao MPF de Santos, a polícia realizou uma apresentação detalhada do inquérito às famílias dos cinco passageiros da aeronave, em Recife. Nesta terça-feira (7) o relatório foi apresentado às famílias do piloto e do copiloto.
Acidente

Eduardo Campos morreu em 13 de agosto de 2014 na queda de um jatinho em Santos, litoral sul de São Paulo. A aeronave em que estava o ex-governador de Pernambuco, modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP).

Quando se preparava para pouso, o piloto arremeteu o avião devido à falta de visibilidade provocada pelo mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.


Foto: Agência Brasil

Ao lado da ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora Marina Silva, o ex-governador de Pernambuco concorria à Presidência da República pela coligação Unidos Pelo Brasil (PSB, PHS, PRP, PPS, PPL, PSL).

Depois de ser deputado estadual, três vezes deputado federal, secretário estadual de Governo e de Fazenda, ministro da Ciência e Tecnologia e governador de Pernambuco por dois mandatos, o economista pernambucano concorria pela primeira vez ao cargo mais importante da política brasileira. Nas pesquisas eleitorais, Campos aparecia como terceiro colocado.

Eduardo Campos, que é neto do político Miguel Arres, morreu na mesma data em que seu avô, falecido em 2005. Campos era filho de Ana Arraes, ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) e do poeta e cronista Maximiano Campos.

O então candidato do PSB à Presidência da República tinha acabado de fazer 49 anos, no dia 10 agosto daquele ano. Além de Campos e do piloto Marcos Martins, morreram no acidente o copiloto Geraldo Magela Barbosa da Cunha e quatro integrantes da equipe que assessorava o ex-governador de Pernambuco, formada pelo assessor de imprensa Carlos Augusto Percol, o fotógrafo Alexandre Severo o cinegrafista Marcelo Lyra e o advogado Pedro Valadares.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Mais lidas da semana

Confira a agenda dos candidatos a governador do Ceará para este final de semana

Ailton Lopes (Psol) - O candidato do Psol tem a seguinte agenda para este sábado (11):  9 horas – Encontro de resistências: plenária do deputado Renato Roseno (Fortaleza – Sede do PSOL); 11h30 – Feira Agroecológica do MST (Fortaleza – Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto); 14 horas – Plenária de campanha do candidato a deputado federal Alexandre Costa (Fortaleza – Sede do PSOL); e 
15 horas – Aula Pública da candidatura do candidato a deputado federal Rodrigo Santaella: História e Atualidade das Lutas do Centro da Cidade (Fortaleza – Passeio Público). Para o domingo (12), Dia dos Pais, a agenda é pessoal.
Camilo Santana (PT) - Para este sábado (11) e domingo (12) o governador do Ceará, Camilo Santana se dedica a agenda pessoal.
Francisco Gonzaga (PSTU) - Gravação para horário eleitoral gratuito de Rádio e Televisão.
General Theophilo (PSDB) - Agenda com coordenação de campanha.
Helio Gois (PSL) - Reunião com coordenação de campanha.
Mikaelton Carantino (PCO) - Reunião com…

Ceará não sai da zona de rebaixamento e empata pela sétima vez no Brasileirão

O Ceará empatou em zero a zero com o Atlético Paranaense, na tarde deste sábado (11), no estádio Presidente Vargas, em seu 18º jogo no Brasileirão 2018 Série A.




Foi o sétimo empate do alvinegro e sexto do time paranaense. O Ceará soma 16 pontos, está na 18ª colocação com nove gols negativos. O Atlético (PR) com 15 pontos encontra-se na 19ª posição com dois gols de saldo negativo.

Ceará: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e João Lucas; Edinho, Ricardinho (Jown Cardona), Richardson e Juninho Quixadá (Calyson); Leandro Carvalho (Felipe Azevedo) e Arthur - Treinador: Lisca. Cartão amarelo: Tiago Alves, Richardson e Leandro Carvalho.

Atlético (PR): Santos; Jonathan, Wanderson, Leo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Lucho Gonzales), Marcelo Cirino (Kicão) e Rafael Veiga (Bruno Nazário); Marcinho e Bergson - Treinador: Tiago Retzlaff. Cartão amarelo: Renan Lodi, Rafael Veiga e Wanderson.

Renda de R$ 105.166,00 para 14.772 pessoas, sendo 13.772 pagantes e 1.000 não p…

M. Dias Branco assume obra do Acquario Ceará

O Governo do Estado do Ceará e Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) assinaram nesta sexta-feira (dez) termo de compromisso para viabilizar operação urbana consorciada, por meio de Parceria Público Privada (PPP) com o Grupo M.Dias Branco para requalificar a área do Poço da Draga.

É um investimento de R$ 600 milhões em obras que prevê dentre outras ações a conclusão das obras do Acquario Ceará, na Praia de Iracema.


O Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza assinaram, nesta sexta-feira, em reunião no Palácio da Abolição, documento que viabiliza operação urbana consorciada, por meio de parceria privada com o Grupo M. Dias Branco, para a requalificação da região do Poço da Draga. Com expectativa de investimento de R$ 600 milhões em obras de urbanização e empreendimentos, o consórcio tem o objetivo de dinamizar a economia e o turismo na área da Capital. O acerto envolve o andamento e conclusão das obras do Acquario Ceará. Serão realizados estudos técnicos, com equipe multidisciplina…

Todos pela Educação faz debate com candidatos; Ciro é o 1º convidado

O movimento Todos Pela Educação, organização suprapartidária e sem fins lucrativos, promove até a próxima quarta-feira (15) um debate sobre o ensino no Brasil, focado na educação básica, com os candidatos à Presidência da República. Por enquanto, quatro dos 13 confirmaram presença.
A série de diálogos, que conta com apoio do jornal Folha de S.Paulo, teve início ontem (sexta-feira, 10) na capital paulista, com o candidato Ciro Gomes (PDT). Primeiro a participar da série de encontros, o candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes (foto), criticou o sistema atual de ensino, que, na sua opinião leva à chamada “decoreba” e listou as medidas que considera essenciais para aperfeiçoar o sistema educacional no país.

“[O formato atual] faz com que a escola seja muito ‘careta’, com pouca capacidade de reter, atrair o aluno, e isso vai se agravando na proporção com que a idade sobe."

Para o candidato, é fundamental garantir proteção integral à criança, com assistência médica e odo…

Cine Ceará anuncia neste sábado ganhadores das mostras competitivas

Depois de uma intensa programação em espaços diversos de Fortaleza, termina neste sábado (11), o 28º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que foi aberto no sábado anterior.
A solenidade de encerramento será a partir das 19h30, no Cineteatro São Luiz, com premiação aos vencedores das mostras competitivas, homenagem ao diretor do Canal Brasil, Paulo Mendonça, e aos 10 anos de criação do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Após a cerimônia de encerramento, acontece no sábado a exibição do primeiro episódio da série de tv “Cine Holliúdy: Francisgleydisson encara novos desafios”, de Halder Gomes, Patrícia Pedrosa e Renata Porto D’Ave, que será lançada pela TV Globo em data a ser confirmada. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos na bilheteria no sábado a partir das 19 horas.

Neste sábado pela manhã será o último bate-papo desta edição com os realizadores dos filmes da mostra competitiva exibidos na noite de sexta-feira, a partir das 10 hora…