Pular para o conteúdo principal

Reitor da UFC recebe Troféu Eusélio Oliveira

São quase três décadas de uma história que se renova e fortalece a cada ano. A abertura da 28ª edição do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, esteve à altura da trajetória do festival, um dos maiores do gênero no Brasil. O público que lotou o Cineteatro São Luiz se divertiu, se encantou e se emocionou em cada momento da cerimônia.

Um dos homenageados desta edição com o Troféu Eusélio Oliveira, o reitor da Universidade Federal do Ceará, Henry Campos (foto Arlindo Barreto), teve sua trajetória acadêmica e profissional classificada como brilhante e ouviu agradecimentos da organização do evento pelo apoio no fomento à cultura como reitor da UFC.




"Esse troféu é uma grande generosidade. Faço questão de dividi-lo com toda a comunidade da universidade que represento, pois o Cine Ceará é uma grande festa da Universidade Federal do Ceará", disse o professor Henry, que salientou a importância do festival como palco privilegiado do diálogo por meio da arte e da cultura. Ele reverenciou a "figura notável de Eusélio Oliveira, que teve seu trabalho continuado e ampliado por seu filho Wolney Oliveira".

Também homenageado com o troféu ‒ recebido das mãos do ator Fábio Porchat ‒, o ator, humorista e cineasta cearense Renato Aragão (o eterno Didi) provocou sorrisos e olhares de admiração, como tem feito ao longo de toda a carreira. Falou da honra de voltar ao Cineteatro São Luiz, onde esteve presente no dia da inauguração, em 1958, para assistir ao filme Anastácia, a princesa esquecida. "Recebi muitas homenagens na vida, mas essa é especial, porque é na minha terra", disse Renato. Segundo ele, o sonho de fazer humor foi fortemente influenciado pelos filmes que viu de Oscarito (1906-1970), considerado um dos maiores comediantes do Brasil.

Renato falou também das dificuldades para realizar os primeiros filmes, mas comemorou, com orgulho, o fato de hoje ter chegado à impressionante marca de 50 produções. "E já estamos fazendo o 51", anunciou. Ele recordou ainda a época em que se formou bacharel em Direito (título obtido na UFC, no início dos anos 1960), mas disse que o sonho de fazer as pessoas rirem falou mais alto e o fez deixar o Ceará. "Minha vontade é ficar aqui para sempre. Hoje em dia estou no Rio, mas meu coração fica aqui com vocês", despediu-se Renato, que quebrou o protocolo para receber no palco um fã cujo sonho era vê-lo de perto e conseguir foto e autógrafo.

FORMAÇÃO ‒ A noite teve também a apresentação do curta-metragem de animação A vila, produzido por estudantes de escolas públicas de Fortaleza, que participaram de oficinas de cinema através do projeto Enel Compartilha Animação e receberam certificados durante a cerimônia.

GRANDEZA DO CINEMA CEARENSE ‒ Diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira (CAEO) ‒ equipamento cultural da UFC ‒ e organizador do Cine Ceará, o cineasta Wolney Oliveira enfatizou a força do cinema cearense. Segundo ele, o Estado se destaca em toda a cadeia do cinema, seja na formação, com vários cursos em universidades e centros culturais, seja na produção, premiada em vários festivais pelo Brasil afora, seja na difusão, "que tem o Cine Ceará como principal palco". Wolney falou ainda da importância internacional do festival, ao citar que o filme chileno Uma mulher fantástica, que abriu o Cine Ceará de 2017, foi contemplado neste ano com o Oscar de melhor filme estrangeiro.

DOR E EMOÇÃO ‒ A cerimônia foi marcada também por uma homenagem ao cineasta Tito Ameijeiras, falecido na manhã do último sábado. Nascido na Argentina e radicado há décadas no Brasil, Tito era uma das figuras mais queridas do Cine Ceará, no qual desempenhava diversas funções. Sua trajetória de ativismo político contra regimes autoritários e de amor pelo cinema foi enaltecida pela organização do evento, que exibiu uma pequena entrevista com Tito. A cineasta Bárbara Cariry leu, emocionada, uma carta-homenagem de seu pai, o também cineasta Rosemberg Cariry, destinada ao amigo Tito. A noite contou ainda com a exibição do longa O barco, do cineasta cearense Petrus Cariry (também filho de Rosemberg), que economizou palavras, emocionado pela perda do amigo. Tito foi aplaudido pela plateia.

O 28º Cine Ceará segue até o próximo sábado (11). 


Comentários

Mais lidas da semana

Colégio Estadual Liceu do Ceará completa 173 anos de fundação

O Colégio Estadual Liceu do Ceará completa nesta sexta-feira (19), 173 anos de fundação.



As atividades do Liceu começaram em 19 de outubro de 1845, com 98 matrículas, sob direção de Thomaz Pompeu de Sousa Brasil (Senador Pompeu).
O curso secundário tinha duração de seis anos e as aulas eram ministradas nas próprias casas dos professores.
Somente em 1894, no governo do coronel Bezerril Fontenelle, foi inaugurada a primeira sede própria, na Praça dos Voluntários, no Centro de Fortaleza.
Desde 1937 a sede mudou para Praça Gustavo Barroso, na Jacarecanga.

No início foram ministradas aulas de Filosofia Racional e Moral, Retórica e Poética, Aritmética, Geometria, Trigonometria, Geografia, História, Latim, Francês e Inglês aos seus 98 alunos matriculados.

Leia também:
Bicentenário do Senador Pompeu, o senador do Império

Meninas com câncer realizam hoje sonho da festa de 15 anos à beira mar

Nesta terça-feira, dia 15 de agosto, às 16h30, a barraca Gran Royal, na Praia do Futuro, em Fortaleza, será palco de uma festa especial. Jovens com câncer atendidas pela Associação Peter Pan comemorarão seus quinze anos com toda a pompa e circunstância que a ocasião requer. A ação voluntária é uma iniciativa da Liven Eventos, empresa especializada na realização de festas temáticas personalizadas, que por meio do Projeto Essência reúne dezenas de profissionais do mercado cearense para realizar o sonho das debutantes atendidas pela Associação Peter Pan.

Morre radialista Marco Antônio Júnior

O radialista Elvis Marlon Dumbo informa a morte nesta segunda-feira (15) do radialista Marco Antônio Júnior (foto álbum de família), ex-Rádio Verdes Mares FM 93:

"O dia amanheceu mais triste, pela partida do meu amigo e colega, Marco Antonio Junior, (FM 93) um dos grandes comunicadores do rádio cearense e um dos mais queridos. O 'Marquinhos' como era chamado sofria de problemas cardíacos e chegou a sofrer um AVC há tempos atrás. Hoje pela madrugada o seu coração veio pregar essa peça na vida dessa família que esse ano já perdeu o 'Fonsequinha Porto'. Vá em paz meu querido. Fica aqui a lembrança de um amigo sincero e bom companheiro!".

Porto Iracema das Artes: cineasta João Moreira Salles realiza minicurso

Um dos mais reconhecidos diretores de não-ficção do Brasil, João Moreira Salles estará na escola Porto Iracema das Artes entre os dias 05 e 08 de novembro para ministrar o minicurso “O que é um documentário?”. A formação, que é inteiramente gratuita e contará com 60 vagas, acontecerá de 15h às 18h30min, no auditório da Escola. Entre os pré-requisitos, é preciso ter idade mínima de 18 anos e ser estudante de cinema ou realizador de audiovisual. As inscrições iniciam nesta quinta-feira (18) e seguem até 25 de outubro no site do Porto (http://www.portoiracemadasartes.org.br/inscricoes/).

Para tentar responder à pergunta “O que é um documentário?”, João Moeira Salles percorrerá parte da bibliografia sobre cinema não-ficcional para tratar das definições clássicas do gênero e explicar por que nenhuma delas satisfaz o diretor de No Intenso Agora (2017). A ideia é refletir junto com os participantes do curso o critério proposto por ele para identificar o que distingue o documentário do cinema …

Fortaleza Esporte Clube festeja 1º Centenário nesta quinta-feira

O Fortaleza Esporte Clube (FEC) completa nesta quarta-feira (18), 100 anos de fundação.

Fundado em 18 de outubro de 1918, na Rua Barão do Rio Branco, entre ruas Pedro I e Pedro Pereira, no Centro de Fortaleza, por Alcides Santos e um grupo de seis amigos, o FEC está prestes a comemorar o primeiro centenário com o acesso à Série A (Primeirona) do Brasileirão 2019.

Um dos primeiros times a homenagear o FEC no seu Primeiro Centenário foi o Ceará Sporting Cluve, que através de suas redes sociais (facebook, twitter e instagram) publicou:

"Parabéns, Fortaleza EC, pelos 100 anos de fundação. Que a rivalidade fique dentro de campo e que fora dele prevaleça sempre a paz."


O presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, publicou mensagem pelos 100 anos do Fortaleza:



O governador reeleito do Ceará, Camilo Santana (PT) parabenizou o Fortaleza pelo primeiro centenário:
"Parabenizo ao Fortaleza Esporte Clube pelo seu centenário, comemorado neste 18 de outubro. Dono de …