Pular para o conteúdo principal

Temer quer antecipar novo teto de R$ 1,5 milhão para financiar imóveis

O presidente Michel Temer quer antecipar para este ano a possibilidade de financiamentos de imóveis de até R$ 1,5 milhão com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A medida já havia sido anunciada, mas com início previsto para janeiro de 2019.



Em reunião com o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, na tarde de hoje (8), Temer comentou sobre a iniciativa. Segundo Martins, o Conselho Monetário Nacional (CMN) será consultado sobre a possibilidade da antecipação antes que o martelo seja batido.

“Nos foi informado que o governo vai providenciar o quanto antes […] o financiamento de imóveis de até R$ 1,5 milhão usando o FGTS. O próprio presidente vai tomar medidas imediatas para isso poder acontecer. Ele vai provocar o CMN para ver se é possível antecipar esta medida”, disse Martins.

Teto atual

Em novembro de 2016, o CMN tinha reajustado o teto de financiamento de imóveis pelo SFH de R$ 650 mil para R$ 800 mil, na maior parte do país, e de R$ 750 mil para R$ 950 mil no Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em fevereiro do ano passado, o limite foi reajustado para R$ 1,5 milhão por unidade em todas as regiões do país, valor que vigorou até o fim do ano passado.

Em janeiro deste ano, tinham passado a valer o teto anterior, de R$ 950 mil, para quatro unidades da Federação, e de R$ 750 mil no restante do país. Segundo o BC, o valor máximo de R$ 1,5 milhão por imóvel será permanente.

Construção civil

Para o presidente da CBIC, a medida, caso confirmada, será boa para o setor da construção civil, com efeitos positivos imediatos. “Isso [a antecipação do financiamento] é bom. Porque conseguimos ter clientes para comprar um imóvel que, sem o fundo de garantia, não fecharia a conta. [Apenas] a soma do financiamento e dos recursos que o cliente tem não são suficientes para comprar imóvel. É uma medida de efeito imediato”.
Ontem (7), o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, conversou com a imprensa e foi questionado sobre essa possibilidade. Mesmo não confirmando a antecipação da medida, o ministro a defendeu. “O governo está antecipando com o objetivo de ativar a economia, incentivar o setor. Eu não sei se isso já foi formalizado. A decisão política vai no sentido de auxiliar o setor, contribuir com o crescimento econômico e com esse objetivo é que ela deve ser tomada”.

O novo teto de financiamento vai beneficiar todas as regiões do país e valerá para o financiamento de imóveis residenciais novos. A pendência está na data de início da contratação, se apenas em janeiro de 2019, como foi anunciado, ou ainda este ano. Concedidos com recursos do FGTS e da poupança, os financiamentos do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) cobram juros de até 12% ao ano. Acima desses valores, valem as normas do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), com taxas mais altas e definidas livremente pelo mercado.

Fonte: Agência Brasil

Leia também:
Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo
Faixa de frequência para 4G é liberada em todas as capitais
Com articulação de Eunício, Senadores aprovam projeto que proíbe cobrança pela marcação antecipada de assento em voos

Comentários

Mais lidas da semana

Meninas com câncer realizam hoje sonho da festa de 15 anos à beira mar

Nesta terça-feira, dia 15 de agosto, às 16h30, a barraca Gran Royal, na Praia do Futuro, em Fortaleza, será palco de uma festa especial. Jovens com câncer atendidas pela Associação Peter Pan comemorarão seus quinze anos com toda a pompa e circunstância que a ocasião requer. A ação voluntária é uma iniciativa da Liven Eventos, empresa especializada na realização de festas temáticas personalizadas, que por meio do Projeto Essência reúne dezenas de profissionais do mercado cearense para realizar o sonho das debutantes atendidas pela Associação Peter Pan.

Abertas inscrições para edição 2018-2019 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo

Profissionais de imprensa de todo o Brasil já podem inscrever-se na nova edição do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional. O link para submissão de trabalhos e o regulamento completo estão disponíveis em www.bnb.gov.br/web/premio-banco-do-nordeste-de-jornalismo. Na edição de 2019, poderão ser inscritas matérias veiculadas de primeiro de janeiro de 2018 a 29 de março de 2019.


A iniciativa premiará as melhores produções jornalísticas que abordem ações promotoras de desenvolvimento regional, localizadas na região Nordeste ou norte de Minas Gerais e do Espírito Santo (área de atuação do BNB). Ao todo, serão R$ 234 mil em prêmios, distribuídos em 18 categorias.

O Grande Prêmio Nacional reconhecerá material que tenha como temática "Microcrédito urbano como ferramenta de desenvolvimento econômico e social". Concorrem nas demais categorias, trabalhos que abordem o desenvolvimento regional considerado em seu sentido mais amplo, incluindo suas vertentes de or…

Semace aponta que praias da Barra do Ceará, Goiabeiras e Farol estão impróprias para o banho neste fim de semana

Boletim da Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace) aponta que três praias de Fortaleza estão impróprias para banho neste final de semana: Barra do Ceará, Goiabeiras e Farol.


O boletim indica condições de banho para as praias do Futuro, Volta da Jurema, Acquário Ceará, Escola de Aprendizes Marinheiros, Iracema, Náutico, Beira-Mar (foto) e Foz do Rio Ceará.

Produtoras receberão R$ 36,8 milhões para parcerias internacionais

Produtoras brasileiras de audiovisual receberão investimento de R$ 36,8 milhões para coproduções com outros países. A Agência Nacional do Cinema (Ancine) será responsável por destinar os recursos. O anúncio foi feito pelo diretor-presidente da agência, Christian de Castro, durante a 10ª edição do Ventana Sur, evento que ocorre até esta sexta-feira (14), em Buenos Aires.
Serão R$ 18,15 milhões para cinema e R$ 18,65 milhões para TV, investidos por meio do Edital de Coprodução Mundo, cujas inscrições começam em janeiro. A seleção funcionará na modalidade de fluxo contínuo e atenderá projetos cujas produtoras brasileiras sejam minoritárias ou majoritárias. Serão exigidos contratos de distribuição para os projetos de cinema e de pré-licenciamento para os de TV.
De acordo com Christian de Castro, o objetivo é fazer com que o empreendedor do audiovisual brasileiro consiga ser mais competitivo no mercado internacional, para atrair mais investimentos. "Nos últimos anos, a Ancine tem coloca…

Museu Nacional tem 51% das obras emergenciais concluídas

Mais da metade das obras emergenciais no prédio do Museu Nacional já foram concluídas. De acordo com o diretor da instituição, Alexandre Kelner, já foram recuperados dos escombros 1,5 mil peças e conjuntos, o que equivale a 51% do total da primeira parte dos reparos. A informação foi divulgada na última quarta-feira (13) durante balanço apresentado pelo Ministério da Educação (MEC). 
O MEC também apresentou outras iniciativas que vão dar continuidade à recuperação do espaço que foi destruído pelo incêndio em setembro. Uma delas é uma parceria com a Agência Brasileira de Cooperação, vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) a fim de subsidiar estudos, pesquisas, metodologias e projetos técnicos para a reconstrução e restauração do Paço de São Cristóvão e de bases para o novo Museu Nacional. No total, serão investidos R$ 5 milhões nesse trabalho. 
Esse valor se soma aos R$ 10 milhões já repassados pel…